Autor: João Ricardo Correia

Jornalista, nascido em Natal(RN). Formado em Comunicação Social pela UFRN. Radialista. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor geral do Portal Companhia da Notícia.
10 jan by João Ricardo Correia

MAIS PITTSBURG

O Pittsburg está em festa. A rede potiguar de fast-food, que já é considerada uma das maiores do Nordeste, comemora 28 anos e o crescimento de franquias pelo Brasil. Este ano, duas novas lojas estão sendo inauguradas, uma em Natal, no bairro Nova Parnamirim, e outra em Aracaju, Sergipe. O cardápio de muitas delícias está com novidades sempre e em breve a loja Premium, no bairro Petrópolis, ganhará opções exclusivas e diferenciadas. (Mosaïque Assessoria de Comunicação)

10 jan by João Ricardo Correia

AGRADECIMENTO

Agradeço, em nome da equipe do Companhia da Notícia, ao jornalista-amigo Danilo Sá (que está assinando interinamente a coluna de Túlio Lemos n’O Jornal de Hoje) ao espaço destinado, na edição de hoje, para noticiar o surgimento deste portal. Grande abraço, mestre Danilo.

10 jan by João Ricardo Correia

MOSSORÓ: AVENIDA LAURO MONTE SERÁ INTERDITADA NOS DOIS SENTIDOS

A avenida Lauro Monte, no trecho entre o Posto Líder e o Hotel Garbos, será interditada nos dois sentidos para colocação de tubos para condução de água. A partir das 7 horas da segunda-feira, 14, os veículos não poderão mais trafegar neste trecho. A previsão de conclusão do serviço é no final da tarde do mesmo dia.

O trabalho faz parte das obras de ampliação e melhoria no sistema de abastecimento de Mossoró realizadas pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern). O trecho que será interditado na segunda-feira está recebendo rede nova de água, com tubos de 300 milímetros. Posteriormente, esta tubulação será interligada à adutora que será construída e possui captação de água na barragem de Santa Cruz. Já foi assentada a nova rede na rua Maria Salem Duarte e rua Luís Fausto, que são perpendiculares à Avenida Lauro Monte.

A empresa Ecocil, contratada da Caern para a realização da obra, trabalha em outros pontos de Mossoró, na substituição e ampliação da rede de água. Os bairros que atualmente recebem estas obras são o Abolição IV, Vingt Rosado, Planalto e Centro.

O Governo Federal e o Governo do Estado, em parceria com a Caern, estão investindo R$ 214,8 milhões em obras e material, incluindo a construção da adutora. Além da substituição e ampliação da rede de água, serão construídos três reservatórios em Mossoró. O do bairro Sumaré, armazenará 800 mil litros de água. Ele está com a sua estrutura física pronta, faltando à instalação de equipamentos. Também serão construídos um reservatório no setor Shopping e outro no Sítio Estreito. (Com informações da Assessoria de Comunicação da Caern)

10 jan by João Ricardo Correia

MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS RECOMENDA QUE GASTOS EXCESSIVOS NO CARNAVAL SEJAM EVITADOS

Em decorrência da grave seca que penaliza o Rio Grande do Norte, o Tribunal de Contas do Estado, através do Ministério Público de Contas, recomenda que não sejam feitos gastos excessivos com o carnaval, festa tradicional que está se aproximando. “Numa situação de calamidade como esta, não há muito que comemorar. Os gestores não devem fazer gastos desarrazoados com festas”, relatou o procurador geral do Ministério Público de Contas, Luciano Ramos, na ordem administrativa da sessão do Pleno do TCE desta quinta-feira (10/01) pela manhã.

Citando artigo publicado em jornal local pelo procurador Ricart César, intitulado “Os gastos públicos com festas e a seca”, Luciano Ramos informou que alguns prefeitos procuraram o Ministério Pública para tirar dúvidas, já que em muitos municípios o carnaval integra o calendário de comemorações. A partir de sugestões dos conselheiros Carlos Thompson, Tarcísio Costa e Poti Júnior, decidiu-se por renovar a Recomendação feita em junho de 2012, consignando a abstenção dos gestores de realizar despesas com eventos festivos, incluindo a contratação de “buffets”, artistas e montagem de estruturas de palco para eventos. (Com informações da Assessoria de Comunicação Social do TCE/RN)

10 jan by João Ricardo Correia

MUDANÇAS

A governadora Rosalba Ciarlini disse esta manhã que não fará reforma significativa no seu secretariado e que as mudanças ocorridas acontecem normalmente em qualquer administração. Rosalba preferiu não falar sobre um possível rompimento político do PMDB com o seu governo e elogiou a atuação do peemedebista Luiz Eduardo Carneiro Costa à frente da Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social. A governadora deu essas declarações ao participar do lançamento da Feira Internacional do Artesanato, no restaurante Mangai.

10 jan by João Ricardo Correia

RINHA

Presente ao evento na Fiart, o vereador Luiz Almir comentou sobre a discussão que teve com a vereadora Amanda Gurgel e com os vereadores do PSOL, que estariam recriminando a forma de atuação do vereador do PV. Luiz Almir pediu respeito à suas opiniões e disse que se os vereadores estão insatisfeitos com os salários que recebem, poderiam destiná-los para instituições de caridade.  Disse também, que a Câmara Municipal de Natal é a casa do povo e não deve ser transformada numa rinha com a presença de vândalos para fazer anarquia. Ele se refere a claques organizadas pelos vereadores do PSOL e PSTU que ocupam as dependências da Câmara para vaiar os demais colegas.

10 jan by João Ricardo Correia

LUIZ ALMIR: “QUEM QUISER QUE FALE INGLÊS, JAPONÊS. EU FALO A LINGUAGEM DO POVO E QUERO RESPEITO”

O vereador Luiz Almir já disse várias que vezes que não quer briga com ninguém, mas exige respeito ao apresentar suas posições na Câmara Municipal de Natal. “Eu sou brega, popular, fui eleito pelo povão, por votos de toda a cidade e, principalmente , pela minha querida zona Norte. Não admito que ninguém queira dizer como tenho que falar. Quem quiser que fale inglês, francês, japonês. Eu falo a linguagem do povo”, avisa.

Luiz Almir é experiente. Já foi vereador e deputado estadual duas vezes. Retorna à Câmara anunciando que não será mais candidato a nada. “Não estou pensando em pedir votos para 2014, não sou de bancada do prefeito, nem de bancada de oposição radical. Sou da bancada de Natal. O que for bom para Natal eu voto. O que for ruim eu não voto. Mas tenho meu estilo e continuarei assim”, disse.

Ele considera o vereador uma espécie de assistente social voluntário, daí não achar que a categoria ‘ganha demais’. “O salário de um vereador é de 15 mil reais, mas com os descontos ficam um pouco mais de 10 mil. Tem vereador que ajuda sindicato, cada um faz o que quer com seu dinheiro, eu respeito. Eu sempre estou ajudando aos mais pobres. Mesmo sem mandato, como fiquei agora por dois anos, eu ajudava o povo, pagando conta de luz, de água, dando cadeiras de roda, material escolar do filho, comprando remédio. Quando uma pessoa está muito necessitada não vai para frente da casa da governadora, nem do prefeito. Vai para a casa de vereadores populares, como eu. Além da Câmara, eu também estou na rádio e na televisão, o povo sabe onde encontrar Luiz Almir e vai ao meu encontro. Eu tenho uma mãe e um pai idosos, que moram comigo, e já não andam. Eu tenho um filho portador de necessidades especiais, ou seja, eu enfrento os mesmos problemas de milhares de pessoas e ajudo até onde eu posso. Não vou deixar de dar uma cadeira de roda a que precisa. Sei que esse não é o papel do vereador, mas é o papel do ser humano que pensa no próximo, que tem amor a Deus”.

O vereador-seresteiro garante que não sairá de sua casa, para o expediente na Câmara Municipal, para arranjar confusão, nem agredir os colegas. “Todos ali são vereadores, eleitos ou vindos de carona, todos merecem respeito. A gente não pode entrar naquela Casa Legislativa armado, como se fosse para uma guerra, como se fosse para o meio da rua promover baderna. O povo merece respeito. Quem escolheu os vereadores não elegeu vândalos. Vou respeitar cada colega. E espero ser respeitado. Não estou para briga, estou para discutir os problemas de Natal, para apoiar o prefeito Carlos Eduardo quando preciso, para criticá-lo quando for necessário, cobrar melhorias para nossa cidade. Não vivemos mais no tempo da anarquia. Precisamos nos respeitar mais.”

 

10 jan by João Ricardo Correia

SERESTEIRO NA FIART

Convidado para compor a mesa onde estavam a governadora Rosalba Ciarlini e outras autoridades, o vereador Luiz Almir foi aplaudido quando o locutor anunciou que ele será uma das atrações musicais da Feira Internacional do Artesanato (Fiart), apresentada nesta manhã, durante café da manhã no restaurante Mangai, em Natal. O vereador-seresteiro se apresentará às 21 horas do próximo dia 24, no Centro de Convenções de Natal.

10 jan by João Ricardo Correia

INSCRIÇÕES PARA O PROUNI COMEÇAM DIA 17 E SERÃO FEITAS EXCLUSIVAMENTE PELA INTERNET

As inscrições para a primeira edição de 2013 do Programa Universidade para Todos (ProUni) serão abertas no dia 17 deste mês e se estenderão até às 23h59 do dia 21, horário de Brasília.

Elas terão uma única etapa e serão efetuadas exclusivamente pela internet. O processo seletivo do ProUni terá duas chamadas sucessivas. A divulgação dos resultados estará disponível pela internet, nos dias 24 (primeira chamada) e 8 de fevereiro (segunda).

Para se inscrever, o candidato deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Precisa ainda ter tirado nota na redação que não tenha sido zero. No momento da inscrição, o estudante deve informar o número de inscrição e a senha do Enem de 2012 e o número no Cadastro de Pessoa Física (CPF).
Criado pelo governo federal em 2004 e institucionalizado pela Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005, o ProUni oferece a estudantes brasileiros de baixa renda bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições particulares de ensino superior que ofereçam cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Podem fazer a inscrição os egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular, estes na condição de bolsistas integrais da própria escola.

Para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio (R$ 1.017). Para as bolsas parciais, a renda familiar deve ser de até três salários mínimos (R$ 2.034) por pessoa. Para se inscrever, é só acessar: www.siteprouni.mec.gov.br. (Fonte: Portal Brasil)

10 jan by João Ricardo Correia Tags:,

PORCARIA NO AR

O tal do Big Brother Brasil já é um troço. E agora está com participantes de outras edições. Ou seja: é o ‘Vale a pena ver de novo do BBB’. É muita porcaria reunida em um só programa.

10 jan by João Ricardo Correia

ARMAS X CRIME

As estatísticas que apresentam apenas números, quando se afirma que 90% das armas legais alimentam o crime, podem ser contraditórias, uma vez que dos homicídios apenas cerca de 10% são elucidados pela policia. Os crimes elucidados são aqueles em que quem os praticou tem domicilio fixo e se apresenta espontaneamente. Os crimes cometidos por autoria desconhecida não são investigados, daí temos a dúvida quando afirmamos que o comércio legal abastece o crime. O crime já existiu antes, uma vez de que o cidadão de bem teve a sua casa arrombada e sua arma furtada. Isso prova a falta de capacidade do Estado de prover a segurança do cidadão, até porque a pessoa que foi vitima do criminoso não teve a intenção e não existiu a facilitação. Dessa forma, estaríamos nivelando o cidadão que foi vitima com o criminoso.

Estou à procura de algum noticiário em que o marido assassinou a esposa, a criança atirou no coleginha com a arma do pai ou que em uma briga de trânsito alguém tenha assassinado outra pessoa, já há aproximadamente 30 dias, e não encontrei. Isso prova que as armas da qual se fala que abastece o crime vem de diversas origens e não apenas são legais, uma vez que só estão sendo contabilizadas armas apreendidas em operações policiais. As armas de uso restrito – que podem portadas por policiais e militares – têm um fator que temos que esclarecer, que a sua letalidade é infinitamente maior do que as de uso permitido, e daí a dificuldade da polícia em recuperar esse armamento, uma vez de que os criminosos que se utilizam dele sempre mantêm confronto com as polícias.

Precisamos, nas pesquisas, não apenas quantificar essas armas, mas, sim, buscar a origem delas, modelo, calibre e fabricante. O fato da arma ter sido fabricada no Brasil não significa de que ela tenha sido comercializada aqui, pelo simples fato de que quase 85% da produção da indústria brasileira de material bélico são para exportação, daí essa arma ter inscrito “made in Brasil” não tem a garantia de que foi comercializada em território nacional.

Temos que ter a consciência de que cerca dessas 90% de armas são contrabandeados para o Brasil. Por que? Pelo simples fato de nossas fronteiras serem porosas e nossas forças armadas estarem sucateadas e a Policia Federal sofrer com um déficit acima de 20.000 homens. Por isso deve-se ser avaliada a pesquisa sobre armas pelos órgãos responsáveis. Há pouco mais de dez anos, não tínhamos controle efetivo sobre os registros! Por que hoje temos a certeza de as armas que abastecem o crime tem a origem do cidadão de bem?! Atribuir violência à arma é no mínimo desprezar ou desconhecer os fatores aos quais levam o cidadão se tornar um criminoso, porque esse cidadão não teve educação, acesso à saúde, condições dignas de vida e oportunidades, deveres do Estado, apenas lhe restando a opção de partir para o crime.

Tem sido noticiada há décadas apreensão de armas de uso restrito, como granadas, fuzis, pistolas e metralhadoras. É de conhecimento de quase todos que esse armamento entra por nossas fronteiras, e com essas armas vem às fabricadas aqui no Brasil e exportada para os países vizinhos. Os casos isolados onde uma pessoal mentalmente perturbada, de posse de uma arma, comete diversos homicídios, não significa de que o cidadão que possui sua arma registrada legalmente vem a tirar a vida de alguém, até porque essa pessoa para adquiri sua arma legal, foi submetido a um rigoroso teste psicológico. Assim também é importante distinguir essa ação do cidadão comum do cidadão doente.

10 jan by João Ricardo Correia

MANUAL DO CREA

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do RN já está entregando o Manual do Profissional 2013 a todos os seus filiados, empresários, engenheiros, agrônomos , técnicos e afins de todo o Rio Grande do Norte, em sua sede, na avenida Senador Salgado Filho. Para receber o manual, o profissional só precisa  estar em dia com o órgão. A HB Comunicação, responsável pela produção e comercialização das 4 mil e 300 unidades da publicação, faz a distribuição com  todos os seus anunciantes.

9 jan by João Ricardo Correia

CANDIDATURA PRÓPRIA

As seguidas declarações de peemedebistas evidenciam que o PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro está se preparando para apresentar candidatura própria para o Governo do Estado nas eleIções de 2014. Primeiro virá o rompimento político da legenda com o governo Rosalba Ciarlini, o que deverá ocorrer a partir do meio do ano. Está em curso o processo de “micarlização” do governo estadual. Só não enxerga quem não quer. Nos meios políticos existe uma quase certeza que se o PMDB romper com a governadora, Rosalba Ciarlini não será candidata à reeleição.

9 jan by João Ricardo Correia

ENTREGA DE RAIS COMEÇA NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA

A declaração da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), correspondente ao ano base 2012, deve ser entregue pelas empresas brasileiras no período entre 15 de janeiro e 8 de março, conforme portaria publicada nesta quarta-feira (9). A Rais é importante no fornecimento de diversos benefícios ao trabalhador e orienta a elaboração de políticas trabalhistas. As empresas devem fornecer as informações pela internet.

Entre os benefícios aos trabalhadores, destacam-se a identificação dos trabalhadores com direito a receber o Abono Salarial. Também presta subsídios ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e à Previdência Social; ajuda no registro da nacionalização da mão-de-obra; auxilia nas políticas de formação de mão-de-obra; gera estatísticas sobre o mercado de trabalho formal e presta subsídios ao Cadastro Central de Empresas (Cempre) e às pesquisas domiciliares do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a portaria, são obrigados a declarar a Rais estabelecimentos inscritos no CNPJ com ou sem empregados; empregadores urbanos e rurais, conforme estabelecido na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT); órgãos da administração pública; filiais, agências, sucursais, representações ou outras formas de entidades vinculadas à pessoa jurídica no exterior; autônomos ou profissionais liberais que tenham mantido empregados em 2012. A Rais não se aplica aos empreendedores individuais. (Portal Brasil)

Fale no ZAP