Carlos Eduardo Alves promete ser “duro” contra o crime, se equilibrar “receita e despesa”

26 jul by João Ricardo Correia

Carlos Eduardo Alves promete ser “duro” contra o crime, se equilibrar “receita e despesa”

Carlos Eduardo Alves quer ser governador do RN (Foto: Canindé Soares)

Ex-prefeito de Natal e pré-candidato a governador do RN, Carlos Eduardo Alves disse que o governador Robinson Faria, que pretende continuar no cargo, foi irresponsável e contou uma “piada de péssimo gosto” ao citar que “estudou segurança 20 anos”. Tata, como é conhecido pelos mais próximos disse que, caso eleito, vai ser “duro” contra o crime, mas já avisou que isso será possível “equilibrando receita e despesa”. Ou seja: se não der certo, a falta de dinheiro será a justificativa.

Ontem, Carlos Eduardo Alves esteve em Lagoa Nova, no interior do Estado. Segundo a assessoria de imprensa do seu partido, o PDT, ele ouviu depoimentos contundentes sobre a insegurança no Rio Grande do Norte. “O prefeito Luciano Santos, vereadores, ex-prefeitos e as pessoas com quem conversou apelaram para que Carlos Eduardo restabeleça a ordem no Estado pois está sendo impossível conviver com assassinatos, assaltos, latrocínios e o tráfico de drogas”, diz o comunicado, acrescentando: “Em seu primeira viagem como pré-candidato a vice-governador, o publicitário Kadu Ciarlini (PP) acompanhou os relatos”.

Carlos Eduardo discursou: “Vamos, a exemplo do que fizemos na Prefeitura de Natal, tomar medidas corajosas para garantir capacidade de investimento ao Estado. Vamos aparelhar e dar condições à polícia. Sem varinha de condão nem as promessas irresponsáveis do atual governador que contou uma piada de péssimo gosto ao citar que estudou segurança 20 anos, mas equilibrando receita e despesa, seremos duros contra o crime”

ByJoão Ricardo Correia

Formado em Comunicação Social pela UFRN. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor geral do Portal Companhia da Notícia.

Deixe seu comentário

Fale no ZAP