Carlos Eduardo terá maioria de vereadores oposicionistas no começo de 2017

preto_aquino2
Preto Aquino: uma das caras novas da Câmara Municipal de Natal

Joaquim Pinheiro

A nova configuração da Câmara Municipal de Natal, após o pleito do último dia 2, apresenta uma desvantagem para o prefeito reeleito Carlos Eduardo Alves, na composição de forças entre os diversos partidos com representatividade naquela Casa Legislativa. Entretanto, historicamente, o governante instalado no Executivo Municipal negocia apoios e alianças circunstanciais objetivando garantir maioria para aprovar as matérias de interesse do Poder Executivo.

A Câmara Municipal de Natal registra uma renovação de quase 50 por cento com a chegada de 14 novos vereadores, quase todos para exercer o primeiro mandato, exceção de Ney Lopes Júnior, que retorna à Casa após ausente durante os últimos 4 anos. Na próxima legislatura haverá também aumento de 50 por cento da bancada feminina, passando de quatro para oito vereadoras. São elas: Carla Dickson (PROS), Natália Bonavides (PT), Júlia Arruda (PDT), Ana Paula (PSDC), Eudiane Macedo (PSDC), Wilma de Faria (PT do B), Eleika Bezerra (PSL) e Nina Souza (PEN)

Entre os vereadores eleitos em 2 de outubro considerados da bancada de oposição destacam-se Aroldo Alves (PSDB), Wilma de Faria (PT do B), Eleika Bezerra (PSL), Sandro Pimentel (Psol), Paulinho Freire (SD), Ériko Jácome (PTN), Fernando Lucena (PT) e Klaus Araújo (SD). O presidente da Casa, que é candidato a presidente do legislativo novamente, Franklin Capistrano, do PSB, tem adotado uma posição de independência com relação ao executivo, momentos votando favorável e em outras oportunidades votando contra a projetos encaminhados pelo prefeito de Natal. Com relação a alguns vereadores eleitos pela primeira vez existe uma certa incógnita, dependendo do posicionamento dos seus respectivos partidos, como é o caso do PMB – Partido da Mulher Brasileira, que elegeu Aldo Clemente, Robson Carvalho e Dinarte Torres.

Raniere Barbosa (PDT), o mais votado do último pleito com 10.510 votos, Ubaldo Fernandes (PMDB), Júlia Arruda (PDT), Bispo Francisco de Assis (PRB), Kleber Fernandes ((PDT), Eudiane Macedo (SD), Chagas Catarino (PDT), Felipe Alves (PMDB) e Ana Paula (PSDC), compõem o grupo de vereadores da base aliada do prefeito Carlos Eduardo. O vereador Luiz Almir (PR), também tem mantido posição de independência dizendo que vota de acordo com os interesses da população, principalmente da zona Norte, onde tem destacada atuação política. Outros nomes, como Preto Aquino (PEN), Cícero Martins (PTB), Ney Lopes (PSD) e Sueldo Medeiros (PHS) também são incógnitas dentro do processo de composição e correlação de forças para a próxima legislatura.

Deixe seu comentário