Carnatal 2016: vai ter dinheiro para Governo bancar segurança de evento privado?

13 nov by João Ricardo Correia

Carnatal 2016: vai ter dinheiro para Governo bancar segurança de evento privado?

robinson_e_temer
Robinson foi conversar com Temer e voltou animado com o Plano Nacional da Segurança Pública

João Ricardo Correia

O presidente Michel Temer e seus ministros teriam atendido pedido do governador Robinson Faria e a Operação do Plano Nacional de Segurança Púbica “deverá” ser iniciada ainda este ano no Rio Grande do Norte. Está previsto o envio de um grupo especial para atuar na redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), composto por policiais militares, civis e peritos criminais. Servirá como reforço aos integrantes da Força Nacional que já estão atuando no RN desde 13 de setembro.

robinson_carnatal
Vice-prefeita de Natal, Wilma, e o governador Robinson: no Burro Elétrico

Para quem acredita em Papai Noel, Saci Pererê, Mula sem cabeça, já pagou as primeiras parcelas do seu lote no céu e espera pela segunda viagem do homem à lua – a primeira foi em 1969 e ainda não houve outra -, tudo parece uma maravilha. Mas a realidade é diferente: o Rio Grande do Norte passa por sua pior fase, com a insegurança em alta.Tem teoria sobrando, o governador é “da segurança”, mas a esculhambação está aí.

Coincidências à parte, eis que surge uma determinação grandiosa por parte das “autoridades”, justamente quando o Carnatal bate à porta. Sim, não podemos esquecer que essa festança privada que há duas décadas ocorre na capital potiguar recebe um aporte substancial de homens, viaturas e outros equipamentos da Segurança Pública. Cada um deles recebe sanduíche, refrigerante e uma diária operacional (50 reais) por cada noite de folia.

O que não se pode deixar de questionar, pelo menos quem pode fazer isso, é: de onde sairá o dinheiro para bancar toda essa estrutura? Se o Governo do RN está pagando salários dos servidores atrasados, parcelados e vive choramingando o liseu. Quando os salários eram pagos em dia, as diárias operacionais sempre foram pagas com atraso; sempre. Imaginemos agora.

Por mais que o Carnatal gere renda, empregos temporários, anime uma parte da cidade, apesar de todos os transtornos que sempre provocou, interditando avenidas, obrigando moradores da redondeza saírem de casa, por exemplo, o que poderá ser dito aos servidores públicos estaduais que estão pagando juros porque só recebem com atraso? Faltam medicamentos, alimentação, vigilantes nos hospitais e tem dinheiro extra para financiar segurança de evento privado?  Ou os PMs vão ser voluntários?

robinson_carnatal2
Robinson vai testar sua popularidade no Carnatal 2016?

O governador Robinson Faria e seus assessores mais próximos, os que o aconselham, sugerem as fotos para o Instagram, farão o teste da popularidade no corredor da folia? Robinson vai aos camarotes e lá de cima acenará para o povão? Ou teme que o aquilo ali, para ele, vire o “corredor da agonia”? O governador irá no carro blindado?

Outra questão que precisa ser verificada: os homens da Força Nacional serão empregados na segurança do Carnatal?! O Governo alegou a necessidade desses PMs, para que fosse garantida a segurança na cidade por causa da revolta dos detentos com a instalação dos bloqueadores de sinal de telefonia celular nos presídios, se bem que até agora isso só aconteceu no Presídio Estadual de Parnamirim.

O que será dito na entrevista coletiva daqui a uns dias? Alguma novidade ou tudo do mesmo jeitinho de sempre? Será que haverá ao menos fundo musical inovador, ou vão de “é o bicho, é o bicho, vou te devorar, crocodilo eu sou..”

ByJoão Ricardo Correia

Jornalista, nascido em Natal(RN). Formado em Comunicação Social pela UFRN. Radialista. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor geral do Portal Companhia da Notícia.

Deixe seu comentário

Fale no ZAP