Categoria: Elinôra Martins

6 jul by João Ricardo Correia

12o. Festival Gastronômico de Búzios reúne 49 restaurantes do balneário

buzios_festival

O Festival Gastronômico de Búzios (RJ) já faz parte do calendário oficial do balneário mais charmoso da Costa do Sol. Esse ano o evento cresceu. Além da adesão de 48 restaurantes, três a mais do que em 2012, este ano serão dois fins de semana de degustação nas ruas, dias 05 e 06 e 12 e 13 de julho. Nos anos anteriores, o festival acontecia durante apenas um fim de semana. Outra novidade é que chefs locais e chefs convidados, de diferentes partes do Brasil, darão aulas na “Tenda Gourmet” diariamente durante o festival. 

Gil Castelo Branco, produtor e idealizador do evento desde a primeira edição, prevê ocupação de 90% na rede hoteleira da cidade. “O Festival Gastronômico de Búzios é o principal atrativo no inverno buziano. São dias em que a cidade fica em festa, com bastante movimento. Para esse ano, esperamos cerca de 30 mil pessoas circulando na cidade”, explica.

A dinâmica do evento continua a mesma: os restaurantes participantes servirão, das 20h à meia noite, degustações a preços populares em mesas montadas em quatro pontos da cidade: Orla Bardot, Rua das Pedras e Rua Manoel Turíbio de Farias, no Centro, Porto da Barra e Espaço Domme, ambos em em Manguinhos. Cada restaurante escolhe que receita servirá, podendo ser uma entrada (R$ 10), um prato principal (R$ 15) ou uma sobremesa (R$ 10).

Além de receitas dos restaurantes, participam com degustações nas ruas as mesas com clássicos da “cozinha buziana”, comandadas por filhas de pescadores da região; a mesa da cozinha “africana”, uma das culinárias que influenciaram a gastronomia local, através dos Quilambolas; a mesa dos “chefs mirins”, este ano representados pelos estudantes de gastronomia Matheus Freitas e Pedro Mirinho, que tradicionalmente servem uma sobremesa; e a mesa da Associação de Maricultura da Rasa, pela primeira vez participando do evento, comandada pela colônia de pescadores da cidade, servindo ostras frescas. A relação completa dos restaurantes pode ser vista na página do evento www.festbuzios.com.br

Agenda da Tenda Gourmet
Sábado, 06/07
20h – Chef Wanderson Medeiros – Florianópolis/SC
(convidado)
Tema da aula: Os encantos do Sertão na nova cozinha nordestina – Magret de pato ao sol / queijo coalho em chamas
21h – Chef Felipe Castanho – Belém/PA
Tema da aula: Vegetais da Amazônia

5 jul by João Ricardo Correia

Salão de Turismo Rota 101 Nordeste tem ampla programação cultural e gastronômica

O Salão de Turismo Rota 101 Nordeste, que foi aberto ao público nessa quinta-feira, 4, no Centro de Convenções de Natal, segue até amanhã, 6, com vasta programação cultural e gastronômica aberta ao público.

Dentre a programação Cultural estão confirmadas as apresentações do Xaxado, da Paraíba; do Frevo, de Pernambuco; do Folguedo Coco de Roda, de Alagoas. O Rio Grande do Norte como anfitrião do Evento vai contar com as apresentações do Boi de Reis, de Extremoz; dos Congos de Calçola, da Vila de Ponta Negra, dos Caboclinhos e do Maculelê, de Ceará-Mirim.

Já o Salão Gastronômico conta com dois pratos típicos de cada Estado da Rota 101 Nordeste. A Paraíba vai servir Carne de Sol e Cordeiro Precoce, do Tábua de Carne de João Pessoa; Alagoas participa do Salão com o Spaguethi ao Molho de Camarão e Risoto de Polvo com frutos do mar, do chefe Nego, de Japaratinga; Pernambuco traz o Bobó de Camarão com Arroz de Açafrão e o Cuscuz de Massa Mandioca com Queijo Coalho e Paleta de Bode ao Molho de Vinho do São Francisco, do chefe Alcindo Queiroz, do Restaurante Patuá. O Rio Grande do Norte serve a tradicional a Paçoca: Feijão Verde com Carne de Sol pilada no pilão, servida com banana e arroz branco e o Camarão no molho de tomate e alecrim, servido com arroz branco e purê de batata doce, do Restaurante Paçoca de Pilão, situado na praia de Pirangi, litoral Sul do Estado. Cada prato custa R$ 18,00.

No espaço do artesanato, Alagoas comercializa o bordado de filé, a cestaria da palha de ouricuri de Coruripe e os bordados de Penedo; Pernambuco trouxe esculturas em madeira, cerâmica do Alto do Moura, do Mestre Vitalino e o couro, com sapatos, sandálias e chinelos. A Paraíba participa do Salão de Artesanato com bordados em labirinto, escultura em cerâmica e o artesanato em couro com selaria e arreios. Já o Rio Grande do Norte apresenta o seu artesanato com bordados, labirintos, renda de bilro, esculturas em madeira, cerâmica, e produtos diversos feitos com a palha da carnaúba. A entrada é gratuita.

SAIBA MAIS

O Salão de Turismo Rota 101 Nordeste abrange 19 municípios no Rio Grande do Norte, 15 na Paraíba, 16 em Pernambuco e sete em Alagoas. Todos os envolvidos no projeto terão direito, em futuro próximo, a linhas de crédito diferenciadas para investimento em Turismo, assim como a projetos de capacitação do Sebrae, que deverá investir, sobretudo, na produção associada ao Turismo nos 57 municípios.

O Salão de Turismo Rota 101 Nordeste possui 128 estandes, onde a maioria pertence à hotelaria. Outras ações do Salão de Turismo Rota 101 Nordeste são as caravanas, que reúne cerca de 400 agentes de viagens regionais, 50 jornalistas do Nordeste e mais dez profissionais de imprensa do Sudeste e Sul.

20 jun by João Ricardo Correia

Hotel Serrano promoverá 13a. edição do Festival de Fondue em julho, na cidade de Martins(RN)

O frio das serras durante os meses de julho e agosto te convidam para finais de semana repleto de grandes momentos. Consagrado na região do Alto Oeste e fortalecido entre todo o Estado, o Festival de Fondue realizado pelo Hotel Serrano na cidade de Martins chega a sua 13ª edição, apresentando aos adeptos da bela iguaria de origem suíça grandes delícias e aromas em um cenário natural espetacular.

O evento tem solenidade de abertura agendada para o dia 6 de julho, no restaurante Wanda Gondim, do próprio hotel Serrano. A direção da Rede Sabino acerta últimos detalhes para a ocasião que promete trazer muitas homenagens e novidades ao público participante. “O jantar do Fondue reúne famílias e amigos que apreciam o prato e desfrutam de todas as belezas que oferecemos. Estamos nos reunindo com a equipe do hotel para fechar todos os detalhes do evento”, informou o empresário João Sabino, diretor da rede hoteleira.

Os pacotes da temporada de Fondue apresentam duas diárias com alimentação completa, do jantar da sexta ao almoço do domingo. Na noite do sábado é quando ocorre o jantar de Fondue, com as opções de carne, frango, queijo e chocolates. A ocasião ainda oferece diversas opções de frios como entrada, além de música ao vivo e presentear os participantes com uma garrafa de vinho a cada dois hóspedes. Os valores dos pacotes variam de acordo com o mês escolhido e a categoria dos apartamentos, do tipo stand a suíte.

Mais informações sobre aquisição dos pacotes e formas de pagamentos, por meio da central de atendimento da Rede Sabino Palace (84) 3323-0800 e do hotel Serrano (84) 3391-2299.

(Fonte: Elevare Comunicação)

13 jun by João Ricardo Correia

Santo casamenteiro tem até bolo em sua homenagem

O santo casamenteiro também é guloso. Santo Antônio pode dizer que tem um bolo só seu – e para chamar de seu! Pois não é que existe um bolo chamado de Santo Antônio! E ele é feito para ser consumido do dia do santo! O bolo é recheado com alianças e diz a lenda que a sortuda que achar o anel será a próxima pessoa a se casar.

Esse ritual se repete por muitos anos em várias cidades brasileiras. E há mulheres que afirmam que a simpatia dá certo. Algumas relatam que casaram logo após encontrar o adorno dentro do bolo. Pode??!! Então corre lá que ainda dá tempo de fazer a receita hoje, 13 de junho, ou para animar as brincadeiras das festas juninas.

HISTÓRICO

Santo Antônio de Pádua era português e nasceu em 1195, em Lisboa. De família rica e nobre, ingressou muito jovem na Ordem dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho. Após os estudos, foi ordenado sacerdote.

Com apenas 26 anos, foi eleito provincial dos franciscanos do norte da Itália. Antônio aceitou o cargo, mas não ficou nele por muito tempo. Ele decidiu sair pela Itália praticando a caridade, catequizando o povo simples, dando assistência espiritual aos enfermos e excluídos e até mesmo organizando socialmente essas comunidades.

Ele morreu em 13 de junho de 1231, com apenas 36 anos de idade. Sua popularidade era tão grande que seu sepulcro virou alvo de peregrinações. São milhares os relatos de milagres e graças alcançadas rogando seu nome. Ele foi canonizado no ano seguinte ao de sua morte pelo papa Gregório IX.

Receita do bolo Santo Antônio, do livro “Sobremesas e doces brasileiros”, de Marcia Zoladz

Como fazer a massa:
Amendoim:
Ingredientes:
150g de amendoim cru sem casca e pele
1/4 de xícara de açúcar

Modo de preparo:
Aqueça os amendoins por aproximadamente 10 minutos para retirar a umidade dos grãos. Triture os amendoins já frios junto com o açúcar em um processador de alimentos. A textura correta é a de uma farinha grossa.

Massa:
Ingredientes:
60g de farinha de trigo
65g de farinha de trigo integral
1 colher (chá) de fermento em pó
120g de manteiga em temperatura ambiente
220g de açúcar cristal
4 ovos separados
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 colher (sopa) de melaço
1 pitada de sal
80ml de creme de leite fresco

Modo de preparo:
Numa tigela, misture as farinhas com o fermento e o amendoim processado. Em outro recipiente, na batedeira, bata a manteiga até que fique firme como uma pomada; acrescente o açúcar e continue a bater. Junte as gemas, uma de cada vez, a essência de baunilha, o melaço e a pitada de sal, até que o creme adquira uma cor bem clara. Bata as claras em neve bem duras. Misture alternadamente um terço da clara em neve e um terço da mistura de farinhas e amendoim e, por último, o creme de leite. Desligue a batedeira, misture o que sobrou das claras e da mistura de farinhas com uma espátula.
Distribua a massa em porções iguais, utilizando forminhas de papel que devem ser apoiadas em uma forma de metal ou silicone onde os bolinhos serão assados. Asse os bolinhos em forno médio, a 180ºC, por 15 minutos ou até dourar.

Como decorar o bolo:
Ingredientes:
1 laranja média
100ml de água
100g de açúcar

Sugestão para decorar:
Descasque a laranja sem a parte branca. Corte a casca em tiras bem finas. Leve ao fogo a água e o açúcar e, em seguida, acrescente as cascas. Deixe caramelizar por aproximadamente 10 minutos. Corte gomos da laranja, retirando a parte branca. Coloque um gomo de laranja em cada bolinho e arrume 4 ou 5 tiras da casca caramelizada em cima.

10 jun by João Ricardo Correia

MCDONALD’S ABRE SUA PRIMEIRA LANCHONETE EM NOVA PARNAMIRIM

O crescimento imobiliário de Nova Parnamirim, bairro pertencente à cidade de Parnamirim, na Grande Natal, fez uma das maiores redes internacionais de fast food pensar rápido e no futuro. O McDonald’s acaba de abrir sua primeira filial da lanchonete na região, situada à avenida Abel Cabral, quase esquina com a rua Adeodato José dos Reis, cruzamento conhecido como o do sinal quatro tempos.

A construção se deu em pouquíssimo tempo e os detalhes finais foram surpreendentes. Em apenas duas semanas foram acertados os ajustes finais – como placa de propaganda – e na terça-feira passada, 4, foi inaugurada sua quinta lanchonete e segunda de rua. As outras quatro estão em Natal. Três delas em shoppings da cidade.

A visão mercadológica voltada para a região que mais cresce no entorno da capital vem sendo percebida por vários outros estabelecimento comerciais, que também estão abrindo filiais, como também outra rede de fast food: Subway.

A rede, que em 2011, foi considerada a maior rede de fast food do mundo, em termos de unidade, já havia aberto uma loja na ala de serviços de um posto de gasolina no final da avenida Ayrton Senna, na rotatória com a avenida Gastão Mariz de Faria.

5 jun by João Ricardo Correia

DOIS MIL E TREZE É O ANO INTERNACIONAL DA QUINOA

O Ano Internacional da Quinoa foi lançado em março passado, para aumentar a conscientização sobre o valor nutricional, econômico, ambiental e cultural de um alimento que tem sido cultivado por milhares de anos na Bolívia, Colômbia, Equador e Peru.

“Espero que este Ano Internacional seja um catalisador para aprender sobre o potencial da quinoa para a segurança alimentar e nutricional, para reduzir a pobreza – especialmente entre os pequenos agricultores do mundo – e para a agricultura ambientalmente sustentável”, disse o secretário-geral, Ban Ki-moon, no lançamento do ano na sede da ONU em Nova York.
Chamando-a de “extraordinária” e uma “âncora cultural” dos Andes, Ban Ki-moon observou que a quinoa contém todos os aminoácidos essenciais, vitaminas, e não possui glúten.

A quinoa é rica em proteína, ferro e ômegas 3 e 6, além de diminuir o apetite também melhora o funcionamento intestinal e regula o colesterol e até o açúcar do sangue. Cada 100 gramas de quinoa contêm 15 gramas de proteínas, 68 g de carboidratos, 9,5 mg de ferro, 286 mg de fósforo, 112 mg de cálcio, 5 g de fibras e 335 kcal.

Sua plantação é amplamente adaptável, e cresce em temperaturas que variam de 8 graus negativos a 38 graus Celsius, no nível do mar ou a 4.000 metros, e não é impactado pela baixa umidade. Essa versatilidade faz da quinoa uma opção alimentar viável para áreas com condições agrícolas áridas e altas taxas de desnutrição.

A Organização da ONU para Alimentação e Agricultura (FAO) estima que um bilhão de pessoas sofreram devido a problemas causados pela desnutrição em 2010, quase todos vivendo no mundo em desenvolvimento.

RECEITA

Linguado cocrante de quinoa – Chef Claude Troisgros

800 gramas de filé de linguado ou outro peixe de sua preferência que seja em filés e sem espinha (200 gramas por pessoa)
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
2 ovos ligeiramente batidos
Quinoa cozida
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 colher (sopa) de azeite

Cozinhe a quinoa em água salgada durante 20 minutos. Coe e deixe esfriar. Seque bem em um pano.

Tempere os dois lados do linguado com sal e pimenta-do-reino. Passe a parte de dentro do linguado na farinha de trigo e nos ovos e empane com a quinoa. Aperte bem com a mão para a quinoa colar no peixe. Frite o peixe no lado da quinoa até tostar e vire.

31 maio by João Ricardo Correia

FESTIVAL GASTRONÔMICO DE PIPA ACONTECERÁ DE 4 A 12 DE OUTUBRO

O 9º Festival Gastronômico da Pipa já tem data certa: acontecerá entre os dias 4 e 12 de outubro na mais famosa praia do Rio Grande do Norte.

Ainda faltam quatro meses para o evento acontecer, mas os restaurantes e alunos que queiram participar devem apressar o passo. Os estabelecimentos comerciais só têm até o dia 30 de junho para realizarem a inscrição do que será eleito o melhor prato da praia e os estudantes até o final de julho para participarem do concurso de Novos Talentos.

Os cozinheiros terão total liberdade de criação de seus pratos de acordo com a categoria inscrita sendo obrigatória inclusão de no mínimo três componentes característicos das mesas do Rio Grande do Norte em suas produções com exceção da categoria “Drinks” que terá a obrigatoriedade de apenas um ingrediente regional. Ou seja, cada prato deve representar a alma da culinária nordestina, usando ingredientes como camarão, feijão verde, jerimum, queijo de manteiga, carne de sol, nata, rapadura, caju, entre outros.

Os clientes, que escolherão quem será o vencedor, podem decidir em qual categoria votar: prato principal (almoço ou jantar); lanche; petisco, sobremesa e drinks. O festival também estipulou um valor máximo para cada prato: R$ 30 para almoço ou jantar; R$ 20 para lanches e petiscos e R$ 15 para sobremesa e drinks.

Com relação à votação não há novidade: o consumidor preencherá uma ficha contida no guia do festival e analisará a apresentação e o sabor. O guia poderá ser comprado ou baixado no site do evento, mas se faz necessário um cadastramento simpli¬cado. Os votos serão personalizados, cabendo a cada julgador/votante a possibilidade de dar um voto por receita inscrita. O resultado do concurso será informado ao público no último dia do evento, na praça central da Pipa (Praça do Pescador).

O portal do festival ainda está em construção, mas os regulamentos e as fichas de inscrições já podem ser preenchidas no site http://www.festivaldapipa.com.br/

Caju será ingrediente principal do concurso Novos Talentos

Os estudantes participantes do concurso Novos Talentos terão total liberdade de criação de acordo com a categoria inscrita, porém ficam obrigados ao uso do caju como ingrediente principal na preparação apresentada. O uso da castanha do caju, porém, é opcional.

O Festival disponibiliza apenas doze vagas para alunos da área de gastronomia, desde que estejam ou estiveram cursando durante o ano de 2013 e comprovem através de diploma ou declaração da instituição. A inscrição poderá ser feita individual ou em dupla.

O júri técnico fará a degustação e analisará os seguintes itens: Harmonia de sabor e textura;
Criatividade (inovação); Técnica gastronômica; Apresentação do prato (estética); Apresentação pessoal (higiene, postura, organização); Didática (capacidade de transmitir sua receita com clareza).

A avaliação técnica se dará durante o período de realização do concurso, nos dias 7, 8 e 9, um dia para cada categoria respeitando a ordem: entrada, prato principal e sobremesa. A sequência de apresentação será definida por sorteio a ser realizado no evento de lançamento do Festival Gastronômico da Pipa, no dia 31 de agosto de 2013, posteriormente divulgada no site. A premiação ainda não foi definida.

25 maio by João Ricardo Correia

OUTBACK FAZ PESQUISA PARA COMPOR NOVO CARDÁPIO

Conhecida mundialmente pela cebola gigante (receita já divulgada pelo Portal Companhia da Notícia) e pelas batatas fritas com queijo derretido e bacon, a rede de restaurantes Outback Steakhouse está promovendo uma pesquisa para saber dos clientes quais seriam os novos pratos que poderiam fazer parte do novo cardápio.

A pesquisa, porém, só pode ser realizada pelos moradores do Rio de Janeiro e São Paulo, e ao ser concluída o entrevistado ganha um voucher para degustar gratuitamente um aperitivo do restaurante até o dia 27 deste mês.
O cliente pode escolher entre o Kookaburra Wings, Billy Ribs ou a Aussie Cheese Fries (as famosas batatas). A gratuidade, porém, está vinculada à compra de uma entrada ou prato principal.

O link para a pesquisa: http://www.rfbconsultoria.com.br/pesquisa_outback502/

SAIBA MAIS

Outback Steakhouse é uma cadeia de restaurantes norte-americana de casual dining, com sede em Tampa, na Flórida, e com mais de oitocentas unidades espalhadas por 22 países, nas Américas, Europa, Ásia e Austrália. É especializada em carne bovina, além de outros pratos da culinária australiana, especialmente da região do Outback.

Seu primeiro restaurante em solo brasileiro foi inaugurado em 1997, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Hoje, está presente em 11 estados brasileiros. A rede possui 43 restaurantes espalhados pelo Brasil e apesar de ter chegado bem pertinho – em Recife –, ainda não possui restaurante em Natal. Há especulações de ser aberto na expansão do Natal Shopping ou Midway Mall.

O Outback acabou conquistando uma grande quantidade de clientes no país e a operação no Brasil é tida pela matriz americana como “uma das mais rentáveis do mundo.” O faturamente da rede cresce, em média, 20% ao ano no país.

Dos 10 restaurantes mais rentáveis da rede, nove estão em solo brasileiro. A unidade com maior faturamento da rede no mundo está no Shopping Center Norte, na cidade de São Paulo. O Brasil é o terceiro país em quantidade de restaurantes do Outback, só perdendo para os EUA e Coréia do Sul.

20 maio by João Ricardo Correia

TEM AROMA NOVO NO AR: GENOT CAFÉS ESPECIAIS APRESENTA NOVO GRÃO AOS CLIENTES

O Genot Cafés Especiais apresenta aos clientes um novo grão para saborear. Uma edição limitada do prestigiadíssimo café do Chapadão de Ferro.

O lote premium foi adquirido recentemente quando o Genot Cafés Especiais participou do leilão dos premiados cafés da 9ª edição do Concurso Nacional ABIC de Qualidade do Café. Juntamente com o Nuance Cafés Especiais e o Ateliê do Grão, foram responsáveis pelo maior lance de aquisição por saca: R$ 903,00, ofertado pelo café especial produzido por Ruvaldo Delarisse, da Fazenda Chapadão de Ferro, em Patrocínio/MG.

Os grãos arrematados foram eleitos no concurso da ABIC, na categoria de melhor café pelo método de secagem natural, ou seja, quando os grãos são secos por inteiro. O café arrematado também conquistou o quarto lugar geral da mesma competição. Em termos sensoriais, este café possui perfil de elegante aroma floral, como flor de laranjeira e fundo lembrando mel. Exuberante bebida de características floral, cítrica, amêndoas tostadas, toffee, mineral e fundo como mel. Finalização resinosa como toffee, mel e toque cítrico.

O novo café especial do Genot está sendo apresentado aos clientes desde  sexta-feira, dia 17, servido na sua forma espresso. Saiba mais sobre… Genot Cafés Especiais

O Genot Cafés Especiais está localizado num charmoso ambiente, todo inspirado no continente Africano, no mezanino da Livraria Saraiva – Midway Mall. Sua atmosfera aconchegante acolhe confortavelmente os apreciadores do excelente café servido, obtido por meio de grãos especiais 100% arábica, produzido num pequeno e exclusivo lote dos melhores grãos da Fazenda Serra Negra, em Patrocínio/MG.

Para acompanhar essa bebida dos deuses, um cardápio diversificado disponibiliza opções gastronômicas entre quentes e frios, doces e salgados, de sabores irresistíveis que facilmente agradam o paladar. O Genot também se destaca pela equipe de profissionais, composta em sua maioria por baristas treinados para extrair os cafés mais saborosos, utilizando equipamentos de alto padrão como a La Marzocco, considerada por muitos especialistas a melhor máquina de espresso do mundo. A cafeteria também inova na promoção de eventos culturais como campeonatos de Latte Art e apresentações musicais com o projeto Genot Maior.

Delarisse Original Volcanic Coffee – Fazenda Chapadão de Ferro

A Delarisse Original Volcanic Coffee tem a qualidade como missão acima de tudo. É uma imensa satisfação poder dividir a magia da profusão e complexidade de aroma e sabor dos nossos cafés. Os prêmios conquistados e o reconhecimento internacional pela alta qualidade do Café Delarisse, são condizentes a todo o esforço, dedicação e trabalho de seus proprietários, os quais valorizam cada conquista e estão sempre busca de novas certificações para inserções em novos e diferentes mercados. O café produzido na Fazenda Chapadão de Ferro, por Ruvaldo Delarisse, na microrregião de mesmo nome em Minas Gerais, é um raro exemplar que pode se confundir entre os vulcânicos de origens como os do Sudeste Asiático pela sua complexidade de notas de sabor, incluindo frutas vermelhas em profusão, que por vezes lembram vinhos provenientes dos Andes.

(Fonte: Assessoria de Imprensa da Livraria Saraiva)

13 maio by João Ricardo Correia

28 DE MAIO: DIA MUNDIAL DO HAMBÚRGUER, SANDUÍCHE COM SABORES DELICIOSOS MUNDO AFORA

Para quem pensa que o hambúrguer é um mero pedaço de filé mignon em meio a duas fatias de pão está meramente enganado. O sanduíche ganha formas e sabores diferentes em restaurantes famosos e bem conceituados pelo mundo afora, como hambúrguer de cordeiro, frango, porco, picanha e até carne de sol! Alguns, inclusive, podem custar alguns mil reais!

A iguaria é motivo de competição nos EUA para quem elabora o melhor hambúrguer do país. Vários estabelecimentos servem apenas ele no cardápio, considerado lá o rei de todas as comidas.

Alguns são bem tradicionais. Apenas hambúrguer, queijo, alface, tomate e picles. O cliente escolhendo apenas o ponto da carne. Existe até uma lista do jornal The New York Times que elege os dez melhores de Nova York. A coluna já experimentou alguns na terrinha do Tio Sam e elegeu o do Dean and Deluca como o “The Best”.

Como o Brasil não poderia ser diferente, desde o ano passado surgiu uma maratona interessante em São Paulo: o ‘SP Burguer Fest’. O evento nada mais é que alguns estabelecimentos competirem para quem elabora a receita inédita mais original.

Este ano, em sua segunda edição, o festival começa no dia 14 de maio e encerra no Dia Internacional do Hambúrguer, 28 de maio. Até o momento, 39 casas confirmaram presença, entre elas Butcher’s Market, Casa Nero, Marcelino Pan y Vino, Meats e Z Deli Sanduíches.

O restaurante Praça São Lourenço, na Vila Olímpia, já definiu o cardápio. A sugestão será um hambúrguer de 230 gramas com guacamole, queijo cheddar, anéis de cebola empanada, alface americana, relish de tomate e maionese de pimenta chipotle no pão ciabatta (R$ 41,00).

Natal também caiu no gosto do sanduíche e começaram a surgir algumas lanchonetes especializadas em hambúrgueres caseiros, com acompanhamentos mais refinados, com toques de ‘chef’. Ainda se contam nos dedos. Apesar de uma já ter fechado, é bom saber que nossa cidade está crescendo e criando novos hábitos gastronômicos, com, inclusive, a recém-inaguração de uma no bairro de Petrópolis, onde, por sinal, concentram-se a maioria.

SURGIMENTO

O hambúrguer, apesar de ser tido como uma instituição norte-americana, só chegou ao país, pelas mãos de imigrantes alemães, vindos dos arredores de Hamburgo.

A história deste bife de carne moída, segundo relatos, começou no fim do século XVII, quando tribos nômades da Ásia Ocidental desenvolveram a técnica de temperar a carne bovina, finamente picada, a fim de evitar seu perecimento. A iguaria teve bastante aceitação, uma vez que dispensava o manuseio do fogo nos acampamentos.

Marinheiros alemães que faziam a rota do Báltico conheceram a receita, porém, torceram o nariz para a carne crua. Levaram, então, a idéia para casa, mas passaram a cozinhar a carne. O sucesso foi tal que rapidamente virou um prato típico da culinária alemã.

Os americanos aperfeiçoaram a receita, acrescentando o pão. Hoje, o hambúrguer é um ícone da culinária americana.

Mas vale enfatizar, que ninguém sabe ao certo à verdadeira história da origem do tão famoso hambúrguer que pode ser encontrado nos mais diversos lugares do mundo, há hipóteses distintas, mas que seguem o mesmo princípio básico: primeiramente era apenas pão e carne e com o passar dos anos foi ganhando aperfeiçoamentos e ingredientes a mais, como o queijo, o alface e a tomate.

Em 1836, no restaurante Del Monico’s, em Nova Iorque, o hambúrguer ganhou, pela primeira vez, estatuto de iguaria e passou a constar no cardápio – entre duas fatias de pão, já em formato de sanduíche.
O HAMBÚRGUER NO BRASIL

Quem pensa que a rede de lanchonetes Bob’s é americana está enganado. Seu dono e idealizador sim, mas a primeira loja da marca foi inaugurada no Rio de Janeiro, em 1952.

Robert Falkenburg, campeão de tênis em Wimbledon, que teve a grande sacada de abrir uma lanchonete no Brasil que seguia os padrões americanos. Surgia, então, o Bob’s que se tornou, anos depois, famoso pelo seu milk shake e passou a fazer parte da crônica social do Rio e do Brasil, sendo frequentada por celebridades da época, como o compositor Villa Lobos, o músico de jazz Booker Pittman, entre muitos outros.
RECEITA
Hamburguer do chef Gordon Ramsay

500 gramas de carne de boi
1 e 1/2 colher (chá) mostarda de dijon
2 gemas
3 colheres (sopa) ketchup
1/2 cebola roxa picada
sal e pimenta (quanto achar necessário)

PREPARAÇÃO

Colocar a carne picada numa vasilha. Temperar com sal e pimenta a gosto. Adicionar a mostarda, o ketchup, as gemas e a cebola bem picadinha. Misturar tudo até obter uma pasta homogênea.
Moldar os hambúrgueres no formato preferido. Grelhá-lo sem virar muitas vezes nem espalmar, para não secarem. Servir em pão com salada, acompanhado, se preferir, de chips de batata-doce.

11 maio by João Ricardo Correia

NATAL PARTICIPA DO FESTIVAL BRASIL SABOR ATÉ O FINAL DO MÊS

 

Com o tema “A comida do lugar em todos os lugares”, a Abrasel promove pela oitava vez o Festival Brasil Sabor, que acontece em quase todos os Estados do país, com exceção do Acre, Mato Grosso e Piauí. No Rio Grande do Norte, os restaurantes se concentram em Natal e apenas um na praia de Pirangi do Norte, no município de Parnamirim.

O Festival Gastronômico Brasil Sabor 2013 é uma ação promocional em que cada estabelecimento participante oferecerá um prato especialmente preparado para o evento, a preços diferenciados.

Quem quiser saborear algum prato específico tem até o final do mês para ir ao restaurante e participar do evento.

Os estabelecimentos participantes aqui na cidade são: Aquária Natal Hotel, Bud Bar, Botequim tá na Hora, Camarões Potiguar Midway Mall, Cascudo Bistrô, Casa de Taipa, Chinatown, Cipó Brasil Pizza e Creperia, Dom Miguel, Dom Vinicius, Famiglia Reis Magos, Galo do Alto, Manary Gastronomia, Mazzano, Marenosso, Paçoca de Pilão (Pirangi), Páprika, Sobradinho Creperia e Café, Tábua de Carne (Ponta Negra), Tábua de Carne (Via Costeira) e Trattoria Bella Napoli.

A lista completada das cidades e com os pratos de cada restaurante pode ser vista no site www.brasilsabor.com.br/festival

 

9 maio by João Ricardo Correia

ESCOLA INFANTIL PROMOVE FEIRA DE ALIMENTAÇÃO PARA ESTIMULAR ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL

Um evento para expor todo o conhecimento adquirido pelas crianças sobre como ter uma vida mais saudável. Com esse objetivo, a Escola Lápis de Cor promove nesta sexta-feira (10) a sua Feira da Alimentação. Na ocasião, ocorrerá o lançamento de um jornal periódico só com assuntos relacionados à alimentação funcional, como também degustação de sopas como resultado das aulas de culinária.

A preocupação com o que os alunos ingerem partiu da nutricionista e também coordenadora da Escola Ampliada, Izabelle Oliveira. A professora temia, principalmente, pelas crianças do setor que ela está à frente, pois eles fazem quatro refeições na escola.

Izabelle lembra que “muitos pais relatam que depois que seus filhos entraram para a Escola Ampliada, não só passaram a gostar de alimentos naturais – como frutas, legumes e verduras – como passaram a policiar a dieta da família”, destaca.

Um dos diferenciais que a Escola Lápis de Cor oferece para seus alunos é a associação do conteúdo aprendido em sala de aula com projetos em que eles podem atuar em casa também. A ideia é que eles levem da escola o conhecimento adquirido, para, assim, mudar a percepção de mundo deles. Ao retornarem, eles compartilham com os colegas de sala a experiência vivida em cada família.

Dessa forma, a cada bimestre, um tema é abordado em atividades diversas. Como a alimentação é um cuidado primordial com os alunos, esse é um assunto recorrente há 11 anos, sempre no primeiro bimestre.

Na cantina da ELC não há frituras, produtos industrializados e alimentos ricos em corantes à venda. Em sala, as professoras do ensino infantil contam que antes de começarem as tarefas relacionadas à alimentação, as crianças pensam que o leite que elas bebem vem somente da embalagem tetrapark ou do supermercado.

Hoje, ao contrário, a professora Águida, do estágio III da Educação Infantil, se orgulha porque conseguiu que uma de suas alunas percebesse em aula de campo que ema não dá leite. Ou seja, eles já adquiriram a noção da origem do produto.

(Fonte: Fácil Comunicação)

6 maio by João Ricardo Correia

RECEITA DA SEMANA: APRENDA A FAZER UM DELICIOSO CREME DE RICOTA, CACAU E AMÊNDOAS

Quer uma sobremesa simples, fácil de fazer e ainda melhor: com poucas calorias e quase sem gordura???? Então vamos à receita de creme de ricota, cacau e amêndoas que você pode fazer, pois não quer perder muito tempo na cozinha ou para aquela visita que chegou sem avisar!!!

Vamos lá!!!!!

Ingredientes (para duas porções)

¼ de xícara de ricota (escolha o tipo mais molhado e cremoso que encontrar, evitando as muito secas).
4 gotas de essência de baunilha
2 gotas de essência de amêndoas (opcional)
1 colher de sobremesa de cacau em pó (sem açúcar)
3 colheres de chá de adoçante em pó
2 clara em neve
1 colher de chá de amêndoas em pedaços (podem também ser substituídas por castanhas de caju)
1 colher de chá de gotas de chocolate picadas

Modo de fazer

Bata a ricota com um processador e acrescente as essências, o adoçante e o cacau. Depois, incorpore delicadamente as claras em neve. Veja se está doce o suficiente, distribua em 2 taças e salpique com amêndoas e as gotas de chocolate. Leve para gelar.

3 maio by João Ricardo Correia

GRAND CRU PROMOVE GRANDE EXPERIÊNCIA DE VINHOS EM NOVE CIDADES

GRAND1

“Os saca-rolhas não param e nossas taças jamais ficam vazias”. Assim, a Grand Cru anuncia seu mega evento de vinhos que percorrerá nove cidades brasileiras. 

Natal está incluída no circuito e abraçará o Grand Tasting 2013, no dia 25 de maio, que acontece também em Curitiba, dia 14; Florianópolis, dia 15; Brasília, 16; Campinas, 17; Belém, 18; São Paulo, 20 e 21; Rio de Janeiro, 22; e Macaé, dia 24.

O evento acontece das 17 às 22 horas, no Espaço Guinza, Via Costeira, onde os participantes poderão experimentar vários rótulos de vinhos bem conceituados entre os enófilos e comercializados pela casa. O investimento é de R$ 200 por pessoa.

Mais informações pelo telefone: 84.3201.0589.

29 abr by João Ricardo Correia

REVISTA FORBES PUBLICA LISTA COM OS DEZ CHEFS MAIS RICOS DO MUNDO

Rachael Ray: fortuna de 25 milhões de dólares

Ser chef de cusine não é para qualquer um. Alguns pensam que é só se formar em algum curso de culinária ou faculdade que se tornará chefe. Ledo engano… Precisa galgar muito conhecimento ainda, ralar bastante, perder muitas horas de sono, suar e escutar muitos gritos. Ao contrário disso, só se tiver dinheiro suficiente para abrir o próprio restaurante e se auto-intitular de chefe!

Ser chefe não é tão fácil assim. Não precisa saber apenas cozinhar. É necessário manter o padrão de sua cozinha, treinar sua equipe, se relacionar bem com clientes e funcionários, saber exatamente quanto de dinheiro seu restaurante ganha, quanto de desperdício você tem no final de todo mês, lidar com fornecedores, fazer planilhas de custos, cuidar das horas extras de seus funcionários, abrir mão de finais de semana, feriados e da família, receber críticas diretamente de seu consumidor final, pensar no rumo de seu negócio e profissão para os próximos cinco anos, ter tempo para ser simpático na televisão e estar sempre sorrindo. Ufaaa!!! Isso não é para todos!!

Chef Gordon Ramsay: 38 milhões de dólares

Pois bem… alguns conseguem administrar tudo isso tão bem que alcançam prestígio e são reconhecidos pelo seu talento. Uns são beeeemmmm conhecidos na cidade onde atua, na país todo ou até mundialmente, como o ‘nosso’ Alex Atala, do DOM, em São Paulo, cotado para ser o  n° 1 do mundo.

Ser o nº 1, porém, não significa que seja milionário. Poucos, porém, conseguem se tornar milionários nesse ramo. A revista Forbes divulgou no ano passado, a lista dos dez chefs mais ricos do mundo, que ganharam mais dinheiro entre junho de 2011 e junho de 2012. São exceções que chegaram ao topo com muita capacidade, inteligência e determinação.

Eis a lista:
1º – Gordon Ramsay, 38 milhões de dólares (45 anos, Inglaterra);

2º – Rachael Ray, 25 milhões de dólares (43 anos, Estados Unidos);

3º – Wolfgang Puck, 20 milhões de dólares (63 anos, Estados Unidos);

4º – Paula Deen, 17 milhões de dólares (65 anos, Estados Unidos);

5º – Mario Batali, 13 milhões de dólares (51 anos, Estados Unidos);

6º – Alain Ducasse, 12 milhões de dólares (55 anos, França);

7º – Todd English, 11 milhões de dólares (51 anos, Estados Unidos);

8º – Nobu Matsuhisa, 10 milhões de dólares (63 anos, Estados Unidos);

9º – Bobby Flay, 9 milhões de dólares (47 anos, Japão);

10º – Guy Fieri, 8 milhões de dólares (44 anos, Estados Unidos).

Fale no ZAP