Categoria: Joaquim Pinheiro

28 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

TV União e Companhia da Notícia: juntos pela informação sem manipulação

arte_quadrada

João Ricardo Correia

O Portal Companhia da Notícia e a TV União de Natal, veículos de comunicação empenhados em noticiar com credibilidade, seriedade, tendo como foco a informação sem manipulação, solidificam a parceria e, a partir deste domingo, 27 de novembro de 2016, concentram seus conteúdos jornalísticos em uma só endereço na internet.

Quem acessar o www.companhiadanoticia.com.br, em poucos dias, será redirecionado ao www.tvuniaodenatal.com.br. O site da TV União de Natal é um dos braços dessa emissora conhecida por sua independência editorial, profissionalismo e qualidade de programação e imagem.

Ganham com essa fusão as pessoas interessadas em conteúdo, no jornalismo responsável, sem agressões, comprometido com a verdade. E também ganha o mercado, que terá oportunidade de apresentar seus produtos e serviços em um espaço autêntico, alicerçado na verdade, no trabalho, na produção, no talento, na competência.

ACESSE: www.tvuniaodenatal.com.br

23 nov by João Ricardo Correia

Câmara discute lei que proíbe paredões de som em Natal

rossana_sudario_marcelobarroso
Promotora Rossana Sudário: “Recebemos diariamente reclamações de cidadãos sobre isso devido os inúmeros transtornos que provoca na saúde e bem-estar da população”

A Câmara Municipal de Natal debateu na manhã de hoje (22) a proibição do uso de paredões de som na cidade. A iniciativa foi do vereador Sandro Pimentel (PSOL) que é autor de um projeto de lei para revogar o artigo 4º da Lei 6.246/11 que só permite que veículos transitem na cidade com paredões de som, se tiverem encobertos com capa acústica, mesmo desligados.

“O que não acho correto é multar equipamentos de som desligados por estarem sem capa acústica. É do bom senso prevalecer que a prefeitura encontre espaço público para que os usuários possam usar seus equipamentos sem incomodar a população”, defendeu. Da audiência, participaram usuários de equipamento de som de alta potência da cidade e o porta-voz deles, Emerson Melo, declarou que a lei municipal é inconstitucional pois versa sobre equipamentos de veículos, sendo que a legislação de trânsito e veículos só é cabível à União. “O que se quer é que a prefeitura pare de enxergar essa atividade como crime. O que se pede é a regulamentação para que se possa utilizar na cidade dentro dos limites legais”, destacou.

23 nov by João Ricardo Correia

Resíduos da arborização urbana podem ser reaproveitados

bertone_marinho_elpidiojunior

Uma porção importante do lixo gerado nas cidades é formado por resíduos vegetais, gerados pela poda de árvores e manutenção de jardins. Todavia, não existem programas de destinação adequada desse material – menos ainda de sua reciclagem ou reaproveitamento. Foi esta constatação que ensejou o projeto de lei apresentado nesta terça-feira (22) pelo vereador Bertone Marinho (FOTO) que institui, no âmbito do Município do Natal, o Programa de Aproveitamento de Madeira de Podas de Árvores – PAMPA. A iniciativa foi aprovada em segunda discussão e segue para sanção do Executivo.

23 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Raniere Barbosa: “Fui retirado da liderança num ato de truculência”

ranierebarbosa2_elpidiojunior

Joaquim Pinheiro

O vereador Raniere Barbosa (FOTO), do PDT, informou ,após se afastar politicamente do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, que deverá deixar o partido e se filiar a uma nova legenda, no mais tardar até abril do próximo ano.

Segundo ele, na próxima legislatura adotará posição de independência na Câmara Municipal de Natal, votando favoravelmente à projetos de interesse da população. Visivelmente magoado com o prefeito, que lhe destituiu do cargo de líder do governo no Legislativo Municipal, Raniere Barbosa disse que ficou decepcionado com a atitude de Carlos Eduardo, após vários anos ao lado do prefeito, defendendo o seu governo e sendo fiel aos princípios defendidos pelo chefe do Executivo municipal. “Fui retirado da liderança num ato de truculência, depois de ter sido preterido pelo meu partido em várias oportunidades”, disse o vereador, candidato a presidente da Câmara Municipal.

16 nov by João Ricardo Correia

“Limpeza cívica” livraria o Brasil do excesso de feriados

pernas_para_oar2

Joaquim  Pinheiro

O Governo Federal precisa urgentemente revogar a maioria dos feriados que existem no País, promovendo uma verdadeira limpeza cívica para o bem geral da Nação. São inúmeros dias parados durante o ano prejudicando o desenvolvimento do País num momento em que requer trabalho, empenho e dedicação de todos para tirar o Brasil do caos e da insolvência generalizada. Alguém já disse com propriedade que o Brasil é o País da preguiça e que no jogo da Copa do Mundo contra a Alemanha, a competência venceu a malandragem. Verdade absoluta. A maioria da população brasileira aprova esse descaminho, preferindo ficar em casa na ociosidade do que trabalhar para gerar riqueza para o País e renda para si própria e sua família. É a chamada cultura da inutilidade. O trabalho dignifica a pessoa humana e como tal deve ser valorizado, entretanto, não se pode cometer a injustiça da generalização, até porque milhares de pessoas clamam por ocupação e gostam de trabalhar. Os prejuízos dessa ausência no trabalho durante muitos dias do ano causa prejuízos incalculáveis à indústria e ao comércio. Por isso, é preciso uma decisão política corajosa para coibir esse abuso.

O Brasil não pode mais conviver com esse número absurdo de feriados travando a sua  economia, contribuindo para o aumento do desemprego e colocando um contingente expressivo da população na ociosidade. O lazer é essencial para o bem estar do ser humano, mas existem os finais de semana e as folgas programadas dos trabalhadores. A semana inteira tem que ser dedicada ao trabalho. Os gestores públicos que viveram outra realidade, instituíram esses feriados como forma de agradar, principalmente a igreja, objetivando fazer “média” para angariar votos. Mas, esse tempo passou e agora se vive outra realidade. Chegou o momento dessa “farra” oportunista ser revogada para o bem do País e da Nação. O País precisa que todos deem as mãos na busca de soluções para o Brasil, e não será com preguiça e malandragem que esse País vai pra frente.

10 nov by João Ricardo Correia

Vereadores criticam gastos de R$ 4 milhões com iluminação natalina

ranierebarbosa3_elpidiojunior
Vereador Raniere Barbosa garante que os gastos estão “dentro da lei” (Foto: Elpídio Júnior)

Joaquim Pinheiro

Vereadores de vários partidos com representação na Câmara Municipal de Natal usaram a tribuna da Casa para criticar o que consideram de gastos exorbitantes e desnecessários da Prefeitura de Natal com decoração natalina, no valor  de 4 milhões de reais. O único vereador favorável foi Raniere Barbosa, do PDT, líder do prefeito Carlos Eduardo. O primeiro a criticar foi Sandro Pimentel, do Psol, afirmando que inclusive, está sendo cometida uma inconstitucionalidade, já que o prefeito está usando recursos da COSIP (Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública), desviado para outra finalidade. “O prefeito está descumprindo a lei orçamentária”, disse Sandro Pimentel. “Isso é um desperdício “, ressaltou a vereadora Eleika Bezerra, lembrando que o município enfrenta uma grave crise financeira.

Quem também criticou os gastos com iluminação para o período natalino foram os vereadores Amanda Gurgel, Júlio Protásio, Bertone Marinho, Maurício Gurgel e Paulinho Freire. Este último chamando atenção para o não aproveitamento da estrutura do ano anterior. Paulinho Freire sugeriu que fosse feita parceria com a iniciativa privada para minimizar os curtos com investimentos para a festa natalina.

2 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Rejeição do PT deu lugar a forças tradicionais e conservadoras

lula3

Joaquim Pinheiro

Configura-se um novo cenário político no País após as eleições deste ano com o eleitorado decidindo mudar novamente o curso da história. Antes, o crédito foi dado ao PT, que agora foi rejeitado a bem da disciplina para dar lugar a forças tradicionais e conservadoras da política nacional representadas por PSDB e PMDB. O Partido dos Trabalhadores – que tem no ex-metalúrgico Lula da Silva – sua maior expressão – teve a oportunidade de melhorar o Brasil, mas perdeu-se no caminho dos desmandos, da corrupção e do empoderamento do Estado. Os governos petistas protagonizaram alguns avanços sociais, entretanto, no geral foi um desastre que culminou na atual crise vivida pela população brasileira. Se desejar continuar presente na vida nacional e político-partidária, o PT tem que se reinventar, mudar a prática e até trocar de nome. PT hoje em dia é sinônimo de safadeza, descaso, esculhambação. Suas principais lideranças estão presas e outras tantas deverão ser punidas conforme a lei.

17 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

PEC 241: oposição blefa e tenta enganar trabalhadores brasileiros

ctps2

Joaquim Pinheiro

A oposição está blefando quando diz que trabalhadores brasileiros vão perder direitos e consequentemente serão prejudicados com a aprovação da PEC 241. Falácia e mentira irresponsável. Pelo contrário, terão conquistas garantidas e o futuro assegurado sem atrasos salariais. A Proposta de Emenda Constitucional tem como objetivo frear despesas do País que se tornaram insustentáveis e crescem geometricamente e sem limite, colocando o Brasil na iminência de um desastre ainda maior do que o deixado pelos “lulupetistas”. E essa sempre foi uma retórica deles antes de assumir o Poder. Alardeavam que o governo não podia gastar mais do que arrecadava, mas ao assumirem os cargos praticaram o erro multiplicado por mil. Por que agora são contra decisões que venham corrigir esse equívoco deliberado?

10 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , ,

Vaquejadas: decisão do STF deixará milhares de pessoas desempregadas

vaquejada3

Joaquim Pinheiro

Uma decisão equivocada do STF – Supremo Tribunal Federal causará o desemprego de milhares de pessoas, principalmente numa das regiões mais pobres do Brasil, que é a nordestina. Sem fazer um debate com a população nem tampouco ouvir os segmentos envolvidos com a causa, alguns dos senhores magistrados que compõem aquela Corte de Justiça decidiram acabar com as vaquejadas, evento secular e representativo da cultura nordestina que vem ao longo de décadas resistindo as adversidades, como intempéries do tempo materializadas através de secas catastróficas como a que se vivencia agora, deixando a população sem nenhuma alternativa de sobrevivência.

A alegação é de que as vaquejadas maltratam os animais, sem saber que essa atividade tem evoluído nesse quesito através de novas técnicas de proteção a bois e a cavalos. Existe todo um cuidado para garantir a integridade física da boiada e dos cavalos. A decisão piora a situação do desemprego, deixando desamparados milhares de pais de família que vivem dessa atividade. E os rodeios também vão ser proibidos?

Melhor seria se os senhores ministros decidissem por outras questões de relevância para o País, como por exemplo, coibir abusos de pessoas que recebem altos salários e benesses dentro da própria magistratura. Examinar o recebimento de aposentadorias múltiplas e imorais dentro dos três Poderes da República, muitas vezes ultrapassando o limite permitido por lei, que é não receber acima do presidente da República. A proibição de vaquejadas causará um dano irreparável ao povo nordestino, já que essa atividade emprega vaqueiros, tratadores de animais, caminhoneiros e outros motoristas, além de pequenos comerciantes, mesmo que temporários. É um universo grande de pessoas que tem nessa atividade a única maneira de sobreviver. As vaquejadas é também uma festa no interior, onde famílias reúnem-se para se reencontrar e comemorar a vida numa verdadeira integração do homem do campo na expressão maior da sua nordestinidade. Diante dessa decisão equivocada do STF, é necessário a união e mobilização da sociedade, particularmente as pessoas atingidas, para pressionar e reverter a situação uma situação que se prenuncia catastrófica.

5 out by João Ricardo Correia

Franklin Capistrano vai disputar novo mandato de presidente da Câmara Municipal de Natal

franklin_fotoelpidiojuniorJoaquim Pinheiro

O presidente da Câmara Municipal de Natal, Franklin Capistrano (FOTO), ocupou a tribuna pela primeira vez, após o último pleito para agradecer à população de Natal os votos recebidos que permitiram sua sexta reeleição, além de comentar as distorções existente no processo eleitoral e no comportamento de representantes de alguns segmentos da sociedade que, segundo ele, agem com intolerância e sectarismo. “Algumas pessoas cometem o equívoco da generalização chamando os políticos de marginais. E não é assim que se deve agir, já que existem pessoas boas e más em todas as camadas da sociedade”, disse ele, lembrando que a política deve ser entendida como a arte do bem social comum. E completou: “Estão ferindo os princípios da democracia”.

De acordo com Franklin Capistrano, que já se declarou candidato a um novo mandato na presidência da Casa, todos devem se unir na busca de alternativas para melhorar a atividade política e discernindo sobre o que é melhor para governar o Brasil, os Estados e os Municípios. “Não se deve agir com atitudes raivosas, intolerância e ações sectárias. Essas atitudes não levam a nada e esse não é o caminho”, ressalta, acrescentando que o mais importante é se combater a intolerância, a raiva, o radicalismo e lutar pela preservação da democracia. O vereador, que foi eleito para o seu sétimo mandato pelo PSB, entende que a população brasileira vive momentos de dificuldades, mas não será com atitudes radicais e com intolerância que os problemas serão resolvidos, “pelo contrário, eles se agravarão”. Conclamou as pessoas a apoiarem a atividade política, já que segundo entende, é através dela e do diálogo que são encontradas as soluções para os problemas de uma Nação.

4 out by João Ricardo Correia

Carlos Eduardo terá maioria de vereadores oposicionistas no começo de 2017

preto_aquino2
Preto Aquino: uma das caras novas da Câmara Municipal de Natal

Joaquim Pinheiro

A nova configuração da Câmara Municipal de Natal, após o pleito do último dia 2, apresenta uma desvantagem para o prefeito reeleito Carlos Eduardo Alves, na composição de forças entre os diversos partidos com representatividade naquela Casa Legislativa. Entretanto, historicamente, o governante instalado no Executivo Municipal negocia apoios e alianças circunstanciais objetivando garantir maioria para aprovar as matérias de interesse do Poder Executivo.

A Câmara Municipal de Natal registra uma renovação de quase 50 por cento com a chegada de 14 novos vereadores, quase todos para exercer o primeiro mandato, exceção de Ney Lopes Júnior, que retorna à Casa após ausente durante os últimos 4 anos. Na próxima legislatura haverá também aumento de 50 por cento da bancada feminina, passando de quatro para oito vereadoras. São elas: Carla Dickson (PROS), Natália Bonavides (PT), Júlia Arruda (PDT), Ana Paula (PSDC), Eudiane Macedo (PSDC), Wilma de Faria (PT do B), Eleika Bezerra (PSL) e Nina Souza (PEN)

14 set by João Ricardo Correia

Brasil vive a era do falso moralismo

corrupcaoJoaquim Pinheiro

O Brasil está vivendo um momento estranho da sua história: a era do falso moralismo.São pessoas que não têm autoridade ética e moral para criticar quem quer que seja, mas o fazem contumazmente sem nenhuma cerimônia, como se fossem as maiores reservas de honestidade, probidade e zelo com o dinheiro público. Isso vai do cidadão comum aos formadores de opinião, o que é mais grave, já que a condição de falso moralista certamente tem um maior poder multiplicador nesse último caso. Muitos desses personagens exercem cargos públicos, recebem salários vultosos, mas não comparecem ao local de trabalho.

Outros passaram anos usufruindo dessa condição de parasita e usurpador do dinheiro público e aposentaram-se. Onde está a autoridade dessas pessoas para criticar os desonestos? Primeiramente, é preciso fazer uma reflexão e uma autocensura para poder criticar, seja alguém do PT, PSDB, DEM ou integrantes de outras legendas partidárias, já que a moda agora é criminalizar unicamente a política. E os outros?

7 set by João Ricardo Correia

Não adianta ficar com discurso enfadonho de “golpe, golpe, golpe”

pt2

Joaquim Pinheiro

A partir de agora não adianta ficar com esse discurso enfadonho e contraproducente de golpe, golpe, golpe, por parte do lulupetismo, mas iniciar um processo de refundação da legenda exercendo o direito que lhe foi reservado de ser oposição e não agentes de destruição do patrimônio público e privado, como estamos verificando no momento.

Os governos petistas proporcionaram avanços sociais importantes, entretanto, foram negligentes e irresponsáveis nos itens ética, competência e honestidade. Têm que reconhecer isso e pedir desculpas à Nação Brasileira, mas não o fazem, preferindo desqualificar o novo governo e incitar as pessoas à violência. Que democracia é essa tão falada pelos liderados do senhor Lula da Silva?

26 ago by João Ricardo Correia

Franklin Capistrano ressalta trabalho das Forças Armadas nas Olimpíadas

FRANKLINCAPISTRANO2_ELPIDIOJUNIOR
Joaquim Pinheiro

O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Franklin Capistrano (FOTO), fez um pronunciamento no plenário daquela Casa Legislativa reconhecendo como positivo o trabalho das Forças Armadas durante as Olimpíadas realizadas no Rio de Janeiro. Ele disse que o sucesso do evento, principalmente na sua organização, está sendo reconhecido, não só no Brasil, mas em diversos países. “Antes, surgiram rumores de que o Brasil não estava preparado para sediar as Olimpíadas, entretanto o que se viu foi o contrário. O Brasil demonstrou preparo e competência para sediar o evento”, disse ele, lembrando ter ficado um legado inestimável para o País.

Fale no ZAP