Empresários planejam protesto contra “quebradeira” de terceirizadas da UFRN

No rastro dos questionamentos que estão sendo feitos pelo empresário Flávio Rocha, a respeito da atuação da atuação do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte, empresários de empresas terceirizadas já estudam uma forma de protestar contra o que consideram, pelo menos, estranho, que é o fato da “quebradeira” pela qual passam as empresas que prestam serviços à Universidade Federal do RN.

Segundo fontes deste informativo, prestar serviço à UFRN é missão “quase impossível”. Alguns empresários sugerem que seja feita uma investigação sobre os atrasos nos pagamentos, possíveis descumprimentos de contratos e por aí vai.

Deixe seu comentário