Família Costa caminhará dividida nas eleições desse ano em Caicó

VIVALDO3
Deputado estadual Vivaldo Costa

Joaquim Pinheiro

A tradicional família Costa caminhará dividida mais uma vez no processo sucessório deste ano, no município de Caicó, no Rio Grande do Norte. Integrantes do clã reuniram-se recentemente para discutir sobre a sucessão municipal, oportunidade em que ficou acertado que o deputado Vivaldo Costa, do PROS, e o ex-prefeito Bibi Costa, do PSB, não serão candidatos a prefeito no pleito de 2016.

A decisão abre espaço para o vereador Nildson Dantas, também do PROS, protegido político do deputado Vivaldo Costa. Acontece que o nome de Nildson não é consenso dentro da família. O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Tarcísio Costa, considerado mentor intelectual da família e conselheiro político de Vivaldo Costa, articulou para que Vivaldo não fosse candidato, entretanto, não concorda com o nome de Nildson Dantas para prefeito de Caicó. O mesmo acontece com o ex-deputado e ex-prefeito, atualmente empresário do segmento de aguardente, Dadá Costa. “Não votaremos em Nildson de maneira nenhuma”, assegurou Dadá Costa, interpretando o sentimento do irmão Tarcísio Costa.

VIDALVOCOSTA
Vidalvo Costa, o Dadá, é empresário no ramo de aguardente

Tarcísio e Dadá argumentam que Vivaldo Costa tem uma vida pública vitoriosa e pode continuar prestando serviços a Caicó no parlamento estadual, sem se expor numa prefeitura com imensas dificuldades financeiras e cada vez mais vulnerável à ações fiscalizadoras, as vezes até improcedentes. Segundo Dadá Costa, o seu irmão deputado Vivaldo Costa entendeu o momento da vida brasileira e, em particular, dos municípios e abdicou da candidatura a prefeito de Caicó. O outro irmão, Bibi Costa, que também teve seu nome citado como possível candidato, informou que não será candidato por essas e outras razões. Bibi é empresário do ramo de medicamentos e não quer deixar sua empresa em segundo plano para se dedicar à administração pública, entendendo que já deu sua contribuição ao município, inclusive sacrificando seus negócios.

VÁRIOS NOMES

Na disputa municipal deste ano em Caicó, deverão concorrer seis candidatos. São eles: Roberto Germano, atual prefeito do PMDB, vereador Nildson Dantas, do PROS, Franciele, do PPS, João Bras, do PC do, apoiado pelo PT, o popularmente conhecido vereador Batata e um outro nome do Psol. Já que em Caicó não tem segundo turno, o número grande de candidatos poderá beneficiar o atual prefeito Roberto Germano, desde que ele (Roberto) consiga registrar sua reeleição, pois o mesmo tem pendências judiciais que poderão impedi-lo de ser candidato nas eleições deste ano.

Deixe seu comentário