Fátima Bezerra estaria buscando apoio de membros da Maçonaria para se aproximar de Bolsonaro

26 nov by João Ricardo Correia

Fátima Bezerra estaria buscando apoio de membros da Maçonaria para se aproximar de Bolsonaro

Dilma falou em pacto com o diabo e Fátima estaria buscando apoio na Maçonaria

A senadora petista Fátima Bezerra, governadora eleita do Rio Grande do Norte, começa a anunciar os nomes do seu futuro secretariado e, segundo fontes deste informativo, terá membros da Maçonaria como aliados, para buscar aproximação com o presidente eleito Jair Bolsonaro.

Conhecedora da trágica situação financeira do RN, Fátima Bezerra, árdua defensora de Lula e Dilma Rousseff, que declarou recentemente fazer pacto até com o diabo para vencer o fascismo, estaria disposta a montar uma equipe “eclética” em nome da governabilidade. Só não se sabe se algum dia ela chamará o futuro chefe do executivo federal de “companheiro Bolsonaro”; os maçons, que apoiaram o presidente eleito, seriam decisivos para que o “namoro” desse certo.

Ligada recentemente com deputados estaduais também muito bem articulados, entre eles o presidente da Assembleia Legislativa potiguar, Ezequiel Ferreira, Fátima Bezerra tem demonstrado segurança e maturidade política nesse período de transição, até porque sabe que se o radicalismo petista prevalecer, vai bater de frente com o Governo Federal recheado de conservadores que declaram ódio aos “vermelhos”.

O tempo, mais uma vez, será o senhor da razão e mostrará se o que se comenta, hoje, nos bastidores da política papa-jerimum, é verdade e os maçons vão levar Fátima pelo braço até o capitão Jair Bolsonaro, ou se tudo não passou de especulação.

Aguardemos.

 

Por João Ricardo Correia

ByJoão Ricardo Correia

Formado em Comunicação Social pela UFRN. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor geral do Portal Companhia da Notícia.

Deixe seu comentário

Fale no ZAP