Fátima e dois grandes desafios: pagar salários em dia e combater criminalidade

8 nov by João Ricardo Correia

Fátima e dois grandes desafios: pagar salários em dia e combater criminalidade

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, senadora Fátima Bezerra, tem dois desafios que precisam ser enfrentados desde seu primeiro instante na cadeira atualmente ocupada por Robinson Faria: atraso no pagamento dos servidores e insegurança.

Paraibana de origem simples, Fátima ganhou notoriedade entre os potiguares a partir de sua atuação sindical, como professora. Foi eleita deputada estadual, deputada federal, tentou sem êxito ser prefeita de Natal, ganhou para o Senado e agora foi escolhida para governar o Estado que a acolheu.

Apesar de seu partido, o PT, está envolvido numa série de escândalos, Fátima ficou imune e tinha a seu favor, como os dois principais adversários, o governador Robinson Faria e o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, integrante de uma das oligarquias que sempre estiveram no poder, por cerca de 70 anos.

Fátima é experiente na política e não deve tentar, como Robinson, especialista em atrasar salários, fez, desafiar a inteligência dos potiguares, apostando em postagens no Instagram e acreditar numa comunicação limitada e pouco criativa.

A governadora eleita precisa, como se diz, “chegar chegando”, cortando gastos, impondo respeito, sendo transparente, respeitando os servidores e, principalmente, devolvendo aos cidadãos o direito de ir e vir. As dificuldades, como praticamente em todo o Brasil, serão imensas, mas a professora que chegou ao governo do RN é inteligente e precisa ter bom senso em cada ato, sabendo que os resultados do seu trabalho atingirão milhares de famílias e não serão escondidos por auxiliares babões ou por peças publicitárias.

O “recado” do eleitoral começou a ser dado este ano.

João Ricardo Correia

ByJoão Ricardo Correia

Formado em Comunicação Social pela UFRN. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor geral do Portal Companhia da Notícia.

Deixe seu comentário

Fale no ZAP