Luiz Almir anuncia: Wilma de Faria pode virar tucana e ser candidata a prefeita

LUIZALMIREWILMA1_MARLIOFORTE

Joaquim Pinheiro

A vice-prefeita de Natal Wilma de Faria, que deverá se filiar ao PSDB até amanhã, poderá ser candidata à prefeita de Natal, segundo informa o vereador Luiz Almir, do PR. Ele disse que em conversa recente com a ex-governadora ela deixou evidenciada essa possibilidade. “Acredito que existe mais de 90 por cento de possibilidade de Wilma ser candidata a prefeita de Natal com chances reais de vitória”, ressaltou Almir, acrescentando que, inclusive, poderá ser seu companheiro de chapa na condição de candidato a vice-prefeito. “Não descarto também essa possibilidade”, disse, mostrando-se convencido de que o pleito em Natal será decidido no segundo turno. “Se Wilma for candidata a eleição será decidida no segundo turno. Não tenho dúvidas disso”, observa.

Luiz Almir fez contundentes críticas ao comportamento do prefeito Carlos Eduardo. E alerta: “É bom que o prefeito tome cuidado e cumpra os compromissos assumidos com os vereadores e com a população. Se continuar assim ele poderá ser surpreendido, já que em eleição ninguém se elege antes de abrir as urnas”, afirma o vereador,  alertando também no sentido de que o prefeito não deve subestimar o governador Robinson Faria nem o deputado Ezequiel Ferreira, atual presidente da Assembleia Legislativa.

Ainda sobre a possibilidade de Wilma de Faria ser candidata, o vereador Bispo Francisco de Assis, do PRB, entende que o fato muda  totalmente o quadro político e levará a eleição para o segundo turno. “Não se enganem, Wilma será uma forte candidata à prefeita de Natal”, avalia o vereador  do PRB, candidato à reeleição.

MAIS CRÍTICAS

Outros vereadores também criticaram o prefeito, segundo Aroldo Alves, pelo desatenção como ele trata os representantes do povo no parlamento municipal. “A lei tem que ser cumprida e o prefeitonão está cumprindo”, disse Aroldo, referindo-se às emendas parlamentares que mão estão sendo liberadas pelo prefeito. “O prefeito não respeita a Câmara Municipal”, afirmou o vereador Ubaldo Fernandes, do PMDB, partido aliado do prefeito.

Sobre as emendas, o vereador Júlio Protásio sugeriu ao presidente da Câmara Municipal, Franklin Capistrano, a articulação de uma audiência com o prefeito para discutir o assunto. O líder do prefeito Raniere Barbosa alegou a crise econômica como sendo responsável pela não liberação das emendas.

Deixe seu comentário