Médico assassinado por adolescentes era colaborador do Movimento Viva Brasil

O médico Marco Antonio Loss, de 47 anos, foi assassinado a tiro na tarde deste sábado, no Campo Grande, em Santos. Ele foi abordado por dois menores, um de 14 e um de 16 anos, quando saía com seu carro do estacionamento do Hospital Ana Costa (HAC), na Rua Amazonas, em Santos. Após cometer o crime, a dupla fugiu com o veículo da vítima, mas foi localizada e capturada em Cubatão.

O crime aconteceu por volta das 16 horas, quando o médico, que é gastroenteorologista, deixava o HAC. Ele estava de folga, mas tinha ido ao hospital para visitar um paciente de 12 anos com tumor. Na saída, ao ser abordado, Marco Antonio chegou a descer do veículo, um Honda Fit preto. Ele levou um tiro pelas costas, que acertou o coração. A vítima chegou a ser atendida na calçada em frente ao hospital, mas, devido a forte hemorragia, não resistiu e morreu no próprio local.

Logo após o crime, os dois infratores fugiram com o veículo. Imediatamente a polícia deu início às operações de buscas e preparou um grande cerco aos infratores foragidos. Várias equipes foram acionadas e uma denúncia levou policiais militares a Cubatão, onde o helicóptero Águia foi utilizado.

Os menores haviam fugido com o carro da vítima para o Bolsão 9 e, naquela região, se depararam com viaturas policiais. Imediatamente, eles largaram o veículo e tentaram se esconder nas imediações, refugiando-se no quintal de uma das casas, mas acabaram sendo capturados.

Segundo o 1º tenente da Polícia Militar, Daniel de Oliveira Maiche, a arma usada no crime é um revólver calibre 9 milímetros, de fabricação argentina e uso das Forças Armadas, com alto poder de impacto. Ele disse que conversou com os dois menores e que ambos confessaram o crime. O menor de 14 anos foi quem atirou no médico.

Os infratores, que estariam envolvidos em vários outros roubos de veículos na região, foram apresentados à Delegacia Sede daquela cidade, onde a ocorrência foi registrada. (A Tribuna On-line)

 

O Movimento Viva Brasil publicou, em seu portal, a seguinte informação:

“COLABORADOR DO MVB É COVARDEMENTE ASSASSINADO

No último sábado o amigo, atirador esportivo e colaborador do MVB, Marco Loss, foi covardemente assassinado com um tiro nas costas por um menor de 14 anos. Foi vítima do Estatuto do Desarmamento que lhe negou o direito de defesa e do Estatuto da Criança e Adolescente que garantiu a impunidade dos menores que armados com um pistola 9mm tiraram a sua via.

Nossos profundos sentimentos à família e amigos.”

Deixe seu comentário