Miguel Mossoró, um homem que sonhava em construir uma ponte

MIGUELMOSSORO1_OJORNALDEHOJE

Chegou a hora de Miguel Mossoró! O inusitado ex-candidato a prefeito de Natal faleceu hoje à tarde, aos 76 anos, no Hospital do Exército, na capital do RN, onde, segundo informações extra-oficiais, estava internado há cerca de um mês. Sou crítico dos “profissionais” em homenagens fúnebres, ou seja, aqueles que só resolvem falar bem de alguém quando a pessoa já está sem vida, mas fico à vontade para escrever algumas linhas, para eternizar o que penso sobre esse senhor tão boa praça, autêntico, pai de família, avô. Simpático, tive o primeiro contato pessoal com ele na redação d’O Jornal de Hoje, em 2004, quando disputou a Prefeitura e tornou-se um fenômeno, obtendo pouco mais de 67 mil votos, com ideias como construir uma ponte ligando a cidade até Fernando de Noronha. Era uma festa quando Miguel chegava. Sentia-se em casa, como dizia. Foi manchete de várias edições do vespertino. Coloquei adesivos no meu carro, tocava o CD com a música da campanha. Colegas de trabalho também fizeram o mesmo. Universitários viraram simpatizantes da causa. Miguel comandou várias carreatas. Quatro anos depois, foi candidato de novo, mas já sem a mesma euforia. Meu último encontro com o velho Miguel Mossoró foi ano passado, numa convenção partidária, na Câmara Municipal de Parnamirim. Ele chegou dirigindo seu Astra branco, desceu terminando de abotoar a camisa azul, discursou, foi cumprimentado por muitos, conversamos por uns dez minutos. Ele ainda acreditava que seria eleito deputado ou prefeito. Fui pego de surpresa com sua morte. De agora em diante, Miguel tentará conquistar espaços mundo afora, em outro patamar. Talvez, por lá, seja mais ouvido, mais respeitado. Miguel Mossoró pode ter tido todos os defeitos do mundo, mas teve uma virtude que jamais esquecerei: sonhava em construir uma ponte. Pontes unem, ligam, agregam, aproximam. Vai com Deus, meu prefeito (assim o chamava)! Siga erguendo pontes, nem que seja em seu imaginário.

=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=..=.=.=.=.=.=.=

VACINAÇÃO
Em parceria com estados e municípios, o Ministério da Saúde realiza a 36ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. Do dia 15 até 31 deste mês, a meta é imunizar 12 milhões de crianças entre seis meses e cinco anos incompletos. Isso representa 95% do público-alvo, formado por 12,7 milhões de crianças.

VACINAÇÃO 2
No Rio Grande do Norte, a meta é vacinar 95% das 213 mil crianças que fazem parte do público-alvo. Para isso, o Ministério da Saúde distribuiu 267 mil doses ao estado. A ida ao posto de saúde também será a oportunidade para colocar a vacinação das crianças  em dia. Por isso, paralelamente à campanha contra poliomielite, o Ministério da Saúde promove uma mobilização para atualizar o esquema vacinal das crianças menores de cinco anos. Os profissionais de saúde vão avaliar a caderneta infantil, alertando aos pais sobre as vacinas que estão vencendo.

INTERVENÇÃO
A Justiça Federal concedeu uma liminar requerida pelo Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Estado (MP/RN) e determinou a intervenção na Fundação Hospitalar Dr. Carlindo Dantas, que mantém o Hospital do Seridó, em Caicó. A intervenção tem prazo de 120 dias, prorrogáveis por igual período.

INTERVENÇÃO 2
A decisão judicial se baseia nas “falhas graves no atendimento à população, tais como má administração no serviço hospitalar, péssimas condições estruturais e sanitárias, além de problemas na gestão da equipe de recursos humanos, quadro este que teria contribuído para recorrentes mortes de gestantes e neonatos (bebês recém-nascidos) na região seridoense”.

TURISMO
O Secretário Municipal de Turismo (Setur), Fred Queiroz, recepcionou a equipe da TV Record que desembarcou ontem (10), em Natal, onde realizam uma série de matérias que serão gravadas na capital potiguar e no Rio Grande do Norte, e exibidas a partir de setembro no programa “Domingo Espetacular”.

TURISMO 2
A recepção aconteceu no restaurante Tábua de Carne, onde foram entregues kits de divulgação turística da cidade. A Setur apoiou a vinda da equipe através do trans aéreo e firmou parceria com a jornalista Mauricéia Cavalcante para prestar apoio no que for preciso durante a estadia da equipe na capital.

PRAZO
A Prefeitura de Natal está ampliando o prazo e os descontos, em juros e multas, para pagamento à vista e parcelamento de créditos tributários e não tributários. O decreto N.º 10.783 republicado no Diário Oficial desta terça-feira (11) estabelece desconto de 90% nos juros e multas para pagamento até o dia 31 deste mês e condições especiais para parcelamento em até 60 meses.

PRAZO 2
Especificamente para o caso de pagamento parcelado, os descontos oferecidos chegam a 40% nos juros e multas de mora com valores escalonados: 40% de 2 a 6 vezes; 30% de 7 a 12 vezes; 20% de 13 a 18 meses; 10% de 19 a 24 vezes e 5% de 25 a 30 vezes. Em 31 vezes até 60 não são concedidos descontos.

SANGUE
O Brasil está entre os países que mais ampliou a assistência aos pacientes com doenças do sangue (coagulopatias). Neste ano, o país atingiu a meta definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que preconiza o consumo de hemoderivados de 3,0 unidades internacionais (UI) per capita. Isso significa que mais pacientes portadores de hemofilia estão tendo acesso a medicamentos na rede pública de saúde, como o Fator VIII plasmático, Fator VIII Recombinante e Fator IX. Para este ano, o Ministério da Saúde irá investir quase três vezes mais que o total gasto em 2008, passando de R$ 234 milhões para cerca de R$ 880 milhões.

Entre em contato comigo:
E-mail: [email protected]
WhatsApp: (84) 9 9401-5905
Twitter: @joaoricardo_rn

 

 

Deixe seu comentário