PEC 241: oposição blefa e tenta enganar trabalhadores brasileiros

ctps2

Joaquim Pinheiro

A oposição está blefando quando diz que trabalhadores brasileiros vão perder direitos e consequentemente serão prejudicados com a aprovação da PEC 241. Falácia e mentira irresponsável. Pelo contrário, terão conquistas garantidas e o futuro assegurado sem atrasos salariais. A Proposta de Emenda Constitucional tem como objetivo frear despesas do País que se tornaram insustentáveis e crescem geometricamente e sem limite, colocando o Brasil na iminência de um desastre ainda maior do que o deixado pelos “lulupetistas”. E essa sempre foi uma retórica deles antes de assumir o Poder. Alardeavam que o governo não podia gastar mais do que arrecadava, mas ao assumirem os cargos praticaram o erro multiplicado por mil. Por que agora são contra decisões que venham corrigir esse equívoco deliberado?

Os críticos da PEC 241 sabem que se nada for feito – inclusive a Reforma Previdenciária – os trabalhadores brasileiros não receberão seus salários num futuro bem próximo. Portanto, é mais uma irresponsabilidade oportunista praticada por essa gente que afundou o Brasil e agora critica sem autoridade nenhuma pra isso. Ou querem novos aumentos de impostos para sufocar mais ainda a população? Não existe uma segunda alternativa, e eles sabem disso, mas o propósito é inviabilizar o novo governo jogando a população contra. A solução será a PEC 241, ou não haverá solução e o Brasil viverá momentos de incertezas e mais dificuldades. É isso que querem? Afirmam economistas de renome nacional.

O governo Temer tem assegurado – baseado em estudos, logicamente – que não haverá prejuízo dos programas sociais nem tampouco redução de recursos em setores essenciais como saúde e educação, mas os sectários opositores do Brasil teimam afirmando o contrário, sem ao menos conhecer diretrizes, normas e concepção da PEC 241. Numa atitude irresponsável, oportunista e revanchista. Sem vê o Brasil nem os brasileiros, mas na ânsia de dificultar as ações governamentais necessárias nesse momento difícil deixado por eles próprios. Todos sabem sobre essa oposição raivosa, inconsequente e revanchista. É que perderam privilégios, benesses e até recebimentos ilícitos comprovados através de auditorias. Aí estão escândalos, falcatruas e ações criminosas. Misturaram o público com o privado e deu no que deu.

Deixe seu comentário