Plano cicloviário de Natal é debatido em Audiência Pública

AUDIENCIACICLOVIA1_MARCELOBARROSO
A implantação de um sistema cicloviário na capital potiguar foi discutida na manhã desta segunda-feira, durante uma audiência pública proposta pelo vereador Raniere Barbosa (PDT). Na ocasião foi apresentado projeto de ciclovias a serem construídas em toda a cidade e anunciado que a partir da noite hoje começam os trabalhos de sinalização, a partir do Parque da Cidade até Parque das Dunas.

“Natal já tem 15 km de faixas exclusivas para bicicletas, mas sequer estão sinalizados. Sabemos que tendo o projeto, já é um bom sinal porque temos a lei que estabelece o plano de ciclovias e temos o projeto, agora é correr atrás dos recursos para viabilizar”, disse o vereador. Raniere, juntamente com os então vereadores George Câmara e Edivan Martins, conseguiram aprovar a lei em 2009.

Agora, a prefeitura anunciou o início da execução do plano de ciclovias, que trata-se da sinalização na Avenida Omar O’Grady/Prudente de Moraes, a partir do Parque da Cidade, até o Parque das Dunas, chegando também à Praça Cívica. O secretário adjunto de Mobilidade Urbana (STTU), Walter Pedro, apresentou o projeto na audiência e disse que começará pela sinalização, mas que o projeto também contempla obras físicas. “Começamos com a sinalização de ciclovias e ciclofaixas até abrir a licitação para as obras físicas onde for necessário. Será executado em três fases”, explicou. Os estudos para o plano são de 2007 quando a prefeitura constatou que a demanda de ciclistas na cidade era de 3%. Oito anos depois, ciclistas e autoridades de mobilidade acreditam que esse percentual cresceu progressivamente. O plano prevê a interligação de todas as zonas da cidade, com faixas centrais nos principais corredores e também faixas menores em vias de ligação. Além disso, vai interligar à obras de programas em execução, como o pró-transporte na Zona Norte. Ao final, a cidade terá 72 km de ciclovias, segundo o secretário, num investimento que gira em torno de R$ 11,5 milhões, contudo, só há 10% desses recursos no momento e não há um prazo concreto para a conclusão das três fases do projeto.

No Campus universitário da UFRN, um projeto de ciclovias já está em execução sob a responsabilidade da instituição. O especialista em planejamento urbano da universidade, Nilberto Gomes, mostrou que em todo o anel viário do Campus, serão executados 8 km de ciclovias, parte já está feita. “O projeto na universidade é o melhor laboratório para avaliar os obstáculos que podemos encontrar no projeto a ser instalado na cidade. Estamos trocando ideias com o Município para afinarmos os projetos”, disse o especialista. Da audiência participaram vereadores, representantes da Polícia Rodoviária Estadual, vereadores, ciclistas e representantes de associações de ciclismo. Eles relataram as dificuldades em trafegar na cidade e a demora para executar projetos que facilitem a mobilidade com bicicletas, que, além da falta de estrutura, se agrava com a falta de educação e respeito por parte dos motoristas com os ciclistas, como o desrespeito nas vias durante as ultrapassagens e o estacionamento irregular nas faixas exclusivas para bicicletas.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal do Natal
Texto: Cláudio Oliveira
Fotos: Marcelo Barroso

Deixe seu comentário