POLÍCIA CIVIL DO RN PRENDE BANDO ESPECIALIZADO EM ARROMBAMENTOS A CAIXAS ELETRÔNICS

Policiais civis da Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), com apoio do Batalhão de Operações Policiais Especiais da PM (Bope), prenderam em flagrante, na madrugada dessa terça-feira, 12, uma quadrilha especializada em arrombamentos de caixas eletrônicos dentro da loja do Armazém Pará, na avenida Antônio Basílio, zona Oeste de Natal.

Os presos foram identificados como César Cardoso de Lima, 22 anos; Resivaldo Gomes de Souza, 38 anos; Carlos Cardoso André, 37 anos, e José Airton Cabral Lima Neto, 22 anos, todos foragidos ou reincidentes.

A Polícia Civil chegou quando os bandidos ainda estavam cortando o terminal, mas eles  conseguiram fugir, sendo alcançados já em Parnamirim, município vizinho. O grupo era  organizado e experiente, o que dificultou o trabalho de investigação, de acordo com os policiais civis do Deicor.

Segundo informações dos Delegados Adjuntos da Deicor, Danielle Filgueira e Marcelo Maceiras, estima-se que o bando seja responsável por mais de vinte arrombamentos de caixas eletrônicos com o uso de maçarico por todo o Nordeste. “Nós os acompanhamos por cerca de dois meses e estávamos esperando apenas que cometessem um erro para que pudéssemos pegá-los. Esta noite, eles erraram”, disse a delegada Danielle Filgueira.

César Cardoso de Lima foi considerado um dos arrombares de caixas eletrônicos mais procurados pela polícia de Alagoas e acusado de arrombar bancos em vários estados, incluindo Rio Grande Norte, Paraíba e Pernambuco. Ele já havia sido preso pela Polícia Civil do RN, na zona Norte de Natal, em dezembro de 2011, sob acusação de participar de assalto aos caixas eletrônicos do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN). José Airton Cabral Lima Neto também já foi preso por arrombar caixas eletrônicos, na cidade de Fortaleza-CE, em abril do ano passado. Carlos Cardoso André havia sido preso em setembro de 2011, também no estado do Ceará, pela mesma acusação. Resivaldo Gomes foi preso em 2011 por policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), acusado de receptação.

(Fonte: Assessoria de Imprensa da Degepol)