RN sofre com ausência de policiais, mas vai enviar 361 ao Rio de Janeiro

10 jan by João Ricardo Correia

RN sofre com ausência de policiais, mas vai enviar 361 ao Rio de Janeiro

HOMICIDIO3_REDEPINDORAMACOM

Não é de hoje que o Rio Grande do Norte sofre com a defasagem de policiais civis e militares. Governos entram, governos saem, prometem, falam, concedem entrevistas, mas nada, efetivamente, é feito para aumentar substancialmente o número de agentes de segurança pública. O máximo que acontece é a reposição dos que se aposentaram, morreram ou procuraram emprego melhor. Em média, segundo fontes deste Portal, nove mil homens estariam faltando apenas nessas duas instituições. O resultado disso está nas ruas, com a bandidagem agindo quase sem reação do Estado. Mesmo assim, o RN se prepara para enviar 316 servidores para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, que acontecerão no Rio de Janeiro, no segundo semestre desse ano.

Se com o atual efetivo, a insegurança aterroriza os potiguares e os que visitam o Estado, o que poderá acontecer com a diminuição de policiais durante os Jogos? Será que o Governo vem com aquela velha história do “remanejamento” e do pagamento de diárias operacionais para encobrir os buracos deixados pela ausência dos servidores?

Eis a informação passada pela assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed):

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, em parceria com Departamento da Força Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, inicia nesta segunda-feira (11), às 9h, na Escola Estadual Reginaldo Teófilo, situada no CAIC Lagoa Nova, em Natal, a Instrução de Nivelamento de Conhecimento (INC), que capacita os agentes de segurança pública do estado a serem empregados nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Além do CAIC Lagoa Nova, os treinamento stambém ocorrerão na sede do 7º Batalhão de Engenharia e Combate do Exército Brasileiro (7º Becom).  
 
Um total de 361 profissionais da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), sendo 319 policiais militares, 30 policiais civis, 10 bombeiros militares e dois peritos do ITEP participarão da INC, dividos em três turmas.
 
A previsão é de que os agentes de segurança do RN sejam cedidos de forma gradual, durante o período de 20 de junho a 30 de setembro de 2016, devendo ter seu número total integralizado até o dia 1º de agosto de 2016, a critério da Secretaria Nacional de Segurança Pública.
 
A grade curricular contemplará disciplinas como Direitos Humanos; Armamento, Munição e Tiro Policial; Busca e Varredura de Explosivos; Atendimento Pré-Hospitalar; Policiamento de Eventos; Terrorismo e Contraterrorismo.
 
Além da capacitação do efetivo com a doutrina da FNSP, o Estado do RN receberá, como contrapartida (legado), viaturas, armamento e outros equipamentos para incrementar as ações de segurança no estado.

 

 

Foto: Rede Pindorama

ByJoão Ricardo Correia

Formado em Comunicação Social pela UFRN. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor geral do Portal Companhia da Notícia.

Deixe seu comentário

Fale no ZAP