RN vai pagar R$ 67 mil para blindar carro usado pelo “governador da segurança”

robinson_sorrido
Robinson Faria, o “governador da segurança”

 

João Ricardo Correia

Falta dinheiro para pagar em dia os salários dos servidores, hospitais são fechados, tetos de escolas desabando, mas o Diário Oficial do Estado publica hoje, sábado, que a secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, autorizou, com dispensa de licitação, a blindagem do veículo Toyota Hilux, placas QGG-5259, que, segundo fontes deste informativo, é um carro modelo SW4 fabricado em 2015, que ficará à disposição do governador Robinson Faria.

Por mais que o valor possa ser pequeno, diante da finalidade do serviço, é um atestado que Robinson, que na campanha prometia ser o “governador da segurança”, está temeroso, assim como todos aqueles entregues à bandidagem no RN . A diferença é que ele tem à disposição o cofre do Estado – que para isso tem dinheiro -, enquanto o restante do povo que “se vire”, contratando vigia de rua, criando cachorro, colocando caco de vidro, cerca elétrica e concertina em cima dos muros.

De acordo com o site Wikipédia, a blindagem contratada para o carrão que o “governador da segurança” circulará por aí protege contra calibres 22, 38, ataques com ferros e pedras, Magnum35,7, 9 mm, Magnum.44 e submetralhadora Uzi.

Além do blindado, Robinson Faria, com qualquer outro governador, tem ainda equipes de segurança onde estiver. É um direito de quem ocupa o cargo.

Robinson deve mesmo ser um excelente governador da segurança. Dele.

Abaixo, a publicação:

GABINETE CIVIL DO GOVERNADOR DO ESTADO
EXTRATO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO

Processo nº 339269/2016-9-GAC. Interessado: Gabinete Civil do Governador do Estado. Assunto: Inexigibilidade de Licitação: Fundamento legal: art. 25, inciso I, da Lei Federal nº 8.666/93 e alterações posteriores. Objeto: contratação de serviços de blindagem III-A em veículo oficial Toyota Hilux SW4, placa QGG-5259, de propriedade do Gabinete Civil do Governador do Estado. Valor: R$ 67.000,00 (sessenta e sete mil reais).

Autorização: Tatiana Mendes Cunha – Secretária-Chefe do Gabinete Civil.

 

Deixe seu comentário