São Gonçalo do Amarante: Prefeitura não paga transporte e alunos ficam sem aulas

EDUCACAO_SGA

Waldir Barroso

Alunos da rede pública de ensino do município de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, enviaram denúncia a esta coluna, dizendo que estão sendo prejudicados, por ficarem sem aulas mais uma vez, devido à falta de compromisso da prefeitura, que não faz o pagamento aos prestadores de serviços  que transportam estudantes e professores.

O atraso de pagamento já se tornou uma constante no município, chegando até ficar cerca de 90 dias, sem que o dinheiro seja repassado às empresas  que prestam serviços.

“É uma situação bastante difícil, pois precisamos repor peças e colocar combustível, sem nenhum retorno financeiro, chegando até ser desumano, já que temos família e precisamos cumprir com nossas obrigações”, reclamou um motorista, bastante chateado.

Isso é uma prova do descaso do prefeito Jaime Calado com todo o município, onde a educação nunca foi prioridade.    Só este ano, já houve várias paradas, por falta de pagamento. No entanto, foi aprovada pela Câmara dos Vereadores a criação de 110 cargos comissionados, para abrigar pessoas indicadas por políticos que não se preocupam com as condições em que se encontra o município.

No final, sobra para as pessoas mais carentes, que colocam seus filhos na rede pública, e veem ficar distante o sonho de um curso superior.

Deixe seu comentário