Sem negociação com o Governo servidores da FUNDAC voltam à greve pelo PCCR e reposição de perdas

Santino-Arruda-2

Por Ivo Freire

Por falta de uma proposta concreta por parte do Governo do Estado os servidores da FUNDAC retomam a greve nesta terça-feira, 10.

Os servidores suspenderam a greve na semana passada em um compromisso firmado com a administração Rosalba Ciarlini Rosado, DEM, que se comprometeu a apresentar uma proposta às reivindicações da categoria.

Nesta segunda-feira, 09, não houve qualquer proposta por parte do Governo.

O diretor do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta – Sinai, Santino Arruda, afirma que agora os servidores voltam à greve até que a administração estadual negocie com a categoria.

Os servidores pedem a reposição das perdas salariais de 35%, vez que estão há 5 anos sem reajuste salarial e pagamento do Plano de Cargos e Salários.

Deixe seu comentário