SERVIDORES DA EMATER FAZEM GREVE PARA QUE GOVERNO ROSALBA OBEDEÇA DECISÃO DOS DESEMBARGADORES DO RN

Os servidores da EMATER/RN decidiram em assembleia paralisar as atividades durante cinco dias – de 24 a 28 próximos. A greve acontece em protesto pelo descumprimento de ordem judicial proferida pelos desembargadores do Tribunal de Justiça determinando o pagamento dos 70% do Plano de Carreira, Cargos e Salários – PCCS.

O governo  Rosalba Ciarlini Rosado (DEM) se nega a cumprir as Leis que instituíram os PCCS de 14 categorias de servidores estaduais e não obedece a decisão dos Desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte tomada de forma unânime.

No início da administração, o Governo do Estado firmou acordo por escrito se comprometendo a pagar os 70% dos Planos de Carreira, Cargos e Salários em duas parcelas – uma de 30% em março de 2010 e outra de 40% em junho de 2010.

O governo Rosalba não cumpriu o acordo assinado pelo então secretário chefe do Gabinete Civil, advogado Paulo de Tarso Fernandes e continua afrontando a Lei e a decisão dos desembargadores do Tribunal de Justiça.