Servidores planejam protestos na AL e vão exigir posicionamento de deputados

9 jan by João Ricardo Correia

Servidores planejam protestos na AL e vão exigir posicionamento de deputados

Ao ser candidata ao Governo do Rio Grande do Norte, a então senadora Fátima Bezerra, evidentemente, sabia das dificuldades que enfrentaria, caso eleita. Agora, ao comando do Estado, a professora petista e ex-líder sindical enfrenta um rombo milionário deixado por antecessores e começa a ser alvo de críticas por parte de servidores, que estão com salários atrasados desde 2018 e também ainda não receberam o décimo terceiro de 2017. Mas muitos que a apoiaram também serão lembrados.

Onde estão os deputados que pediram votos para ela? Acharam que ela faria milagre? De olho em cargos, para empregar parentes e afilhados políticos, muitos parlamentares se aliaram à Fátima Bezerra e agora estão fugindo do problema, como o diabo foge da cruz. O peso da calamidade financeira não deve ser depositado apenas nos ombros da governadora. Muitos caciques da política potiguar pediram votos para Fátima, prometeram apoio, pois perceberam que ela estava com melhores chances de vencer Carlos Eduardo Alves no segundo turno.

As milhares de pessoas prejudicadas pelos atrasos dos salários têm todo o direito de exigir da governadora o pagamento, mas devem também lembrar da turma que a cercou até a festa da vitória. A Assembleia Legislativa, não tenham dúvida, será palco de protestos de servidores e seus familiares, afinal de contas é lá que são tomadas as decisões acerca da governabilidade.

Por João Ricardo Correia

ByJoão Ricardo Correia

Formado em Comunicação Social pela UFRN. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor geral do Portal Companhia da Notícia.

Deixe seu comentário

Fale no ZAP