7 nov by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Palestra sobre gado de corte promovida pela Anorc reúne mais de cem produtores rurais no Parque Aristófanes Fernandes

Mais de cem produtores rurais se reuniram na noite desta terça-feira, 6, no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim(RN), para prestigiar a palestra, promovida, em parceria com as empresas Rancho Alegre (produtos agropecuários) e Ceva (fabricante de produtos veterinários), pela Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc).

Sob o tema “Estratégias Operacionais para o Gado de Corte no Nordeste”, o especialista da Agropillan Consultoria Agropecuária, Fernando Meirelles, empolgou a plateia com uma visão bastante pragmática da atividade, listando gargalos e apontando soluções para o seu crescimento da no Rio Grande do Norte.

“Produzir bem, com custo compatível, é a saída para o negócio”, resumiu ele. Meirelles citou a recente polêmica em torno do preço do milho praticado pela Conab, tema levantado pela Anorc, como um dos que precisam da atenção do setor. “O boi produzido pelo criador norte-americano consome milho subsidiado, numa economia infinitamente mais forte, como nós, no Nordeste, no Semiárido, não iremos ter isso? É uma questão de justiça”.

O especialista também destacou que a atividade de pecuária de corte é, sim, viável no Nordeste. “Há mercado, mas é preciso que o setor se una para, entre outras coisas, reduzir a importação, investir em desenvolvimento tecnológico e corrigir distorções. Enquanto isso não ocorrer não dá para sermos competitivos. Hoje, nós temos a arroba mais cara do Brasil, exatamente porque não conseguimos quebrar estas barreiras”, pontuou.

Fonte: Graphos Comunicação

1 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Preço do milho na Conab fica igual ao mercado normal e Anorc alerta para prejuízos, sobretudo no semiárido

Criadores e produtores potiguares estão indignados com a Portaria do Conselho Interministerial de Estoques Públicos (Ciep), publicada esta semana e que autoriza a Conab a comercializar, até o próximo dia 31 de dezembro, 100 mil toneladas de milho dentro do Programa Venda em Balcão para produtores rurais de todo o país. O motivo é que, apesar do preço pleiteado para a saca de 60 Kg de milho ter sido de R$ 33, a portaria liberou a Conab para vender cada saca por nada menos que R$ 51,66, valor muito semelhante ao praticado no mercado normal (no qual uma saca de milho, com 50KG, sai por R$ 50,66.

O diretor da Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc), Acácio Brito, afirma que o preço “inviabiliza o uso do produto, sobretudo pelos produtores de menor porte e aqueles que estão baseados em regiões de reconhecida baixa produtividade, como é o caso do nosso semiárido”. “Infelizmente, o preço autorizado foi uma ducha de água fria no setor, que é extremamente dependente do milho subsidiado da Conab para viabilizar a alimentação dos animais. Nossa ideia agora é unir forças com as demais entidades representativas de todo o setor produtivo potiguar e fazer um apelo pela união da nossa bancada em torno do tema. A ideia é voltarmos ao Ministério da Agricultura para pedir que a saca do milho subsidiado fique mesmo em torno dos R$ 33 a saca”, diz Brito.

Fonte: Graphos Comunicação

30 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Anorc promove palestra sobre gado de corte no Nordeste

Em parceria com as empresas Rancho Alegre (produtos agropecuários) e a Ceva (fabricante de produtos veterinários), a Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc), promove, na próxima terça-feira, 6 de novembro, a palestra “Estratégias Operacionais para o Gado de Corte no Nordeste”, que será proferida pelo especialista da Agropillan Consultoria Agropecuária, Fernando Meirelles.

A palestra será a partir das 19h, no auditório do Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim. O evento é para sócios da Anorc e criadores interessados, desde que confirmem disponibilidade de vagas pelo telefone 3272 2430.

Fonte: Graphos Comunicação

19 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Anorc inaugura estátua em homenagem ao ex-governador Sylvio Pedroza, fundador do Parque Aristófanes Fernandes

Sylvio Pedroza está, de novo, presente no Parque Aristófanes Fernandes. A Associação Norte-Riograndense dos Criadores (Anorc) em homenagem ao ex-governador do Estado construiu uma estátua na entrada principal do parque, que foi inaugurada nesta quinta-feira (18), com a presença de familiares do homenageado, diretores e ex-diretores da Anorc.

O parque, como conhecemos hoje, foi idealizado e inaugurado pelo então governador, em 1953. Amigos de Sylvio Pedroza, Diógenes da Cunha Lima, membro da Academia Norte-Riograndense de Letras, e o ex-presidente da Anorc, Kleber Bezerra, relembraram os feitos do governador do estado.

“Ele era um amante da agropecuária, mesmo sendo um grande esportista, era ligada ao campo”, disse Diógenes, e Kleber acrescentou, “a obra que mais me marcou foi a Avenida Circular, que integrava a cidade com as praias, hoje é a Avenida Café Filho. Sua maior vocação era o Executivo e sua história se confunde com a história do Rio Grande do Norte”.

Fale no ZAP