Tag: Assaltos

31 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Gustavo Carvalho pede ação do Estado em favor da segurança de Angicos

O deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB) fez um pronunciamento, na sessão plenária desta quarta-feira (31), em defesa do aumento do efetivo policial do município de Angicos. O parlamentar disse que vai pessoalmente à Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) reforçar o pleito, pois a população local sofre consequências similares aos de uma “guerra”.

“Nos últimos anos, a violência em Angicos aumentou muito. São assassinatos, invasões de domicílios, estupros e outros atos de violência que afetam a população na sede do município e nos seus distritos. O Estado precisa agir energicamente e com urgência”, acrescentou Gustavo.

Fonte: ALRN
Foto: Eduardo Maia

 

9 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , ,

Segurança pública é destaque na pauta do Senado nesta semana

A segurança pública é tema de uma série de propostas que podem ser votadas essa semana pelo Senado. Na pauta da sessão plenária desta terça-feira (10) está a proposta de emenda à Constituição (PEC) que cria as polícias penais federal, estaduais e distrital. Com isso, os agentes penitenciários passam a ter os direitos inerentes à carreira policial.

De autoria do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), a PEC 14/2016 acrescenta essas polícias ao rol dos órgãos do sistema de segurança pública e determina como sua competência a segurança dos estabelecimentos penais e a escolta de presos. Para o autor, além de igualar os direitos de agentes penitenciários e policiais, a proposta visa a liberar as polícias civis e militares das atividades de guarda e escolta de presos. A PEC já foi aprovada em primeiro turno e está pronta para a votação em segundo turno pelo Plenário. Se aprovada, seguirá para a Câmara dos Deputados.

Também está na pauta o projeto (PLC 44/2016) que transfere à Justiça Militar o julgamento de crimes cometidos por militares em missões de garantia da lei e da ordem (GLO), como a que ocorreu recentemente na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Na semana passada, houve uma tentativa de votar o projeto. Por falta de acordo, porém, a matéria foi retirada de pauta.

14 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Bancos vão usar “cortina de fumaça” para impedir explosões

cortina_fumaca

Diante do expressivo aumento de explosão em agências de banco, as instituições bancárias vão passar utilizar uma nova tecnologia para minimizar a ação de criminosos especializados no manuseio de dinamites para explodir caixas eletrônicos. Trata-se da chamada “cortina de fumaça”, um sistema de segurança que será automaticamente acionado diante de tentativa de sabotagem dos terminais de autoatendimento. O sistema gera uma densa nuvem de fumaça, que tira a visão dos criminosos, impedindo a realização do assalto.

A novidade foi discutida no último sábado, em Natal, durante o “Seminário de Segurança Empresarial”, promovido pela empresa potiguar Interfort Segurança de Valores, em parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF). O evento reuniu no auditório da Caixa Econômica, na Avenida Roberto Freire, especialistas em segurança bancária como Rosalvo Cordeiro Nogueira (Caixa Econômica), Reinaldo Santos (Interfort) e Evandro Pedro (Polícia Federal).

30 maio by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Moradores denunciam insegurança e pedem providências ao Governo

PROTESTOSATELITE3_JRC

Moradores dos conjuntos Cidade Satélite, Vale do Pitimbu e do bairro Planalto, Natal, fizeram na manhã deste sábado,  30, o segundo protesto, em uma semana, exigindo segurança na região. Casos de assaltos, roubos de carros, assassinatos e arrombamentos imóveis viraram rotina e os populares resolveram cobrar respostas concretas do Governo do Estado.

PROTESTOSATELITE5_JRC

Com faixas e apitos, homens e mulheres ocuparam por cerca de duas horas, a partir das 8, imediações da rótula que dá acesso às comunidades. Motoristas e motociclistas buzinavam em apoio ao movimento. Pedestres paravam para observar o evento e reforçavam as reclamações.

A dona de casa Madalena Rodrigues contou que, nos últimos seis meses, a situação ficou “muito grave”: “A gente tem medo de sair e de chegar em casa. A bandidagem está solta, é um perigo”, lamenta. O estudante Clécio Duarte Silva já foi assaltado em Cidade Satélite e tem, pelo menos, mais três amigos que também viraram alvo dos bandidos. “O pior de tudo é que os assaltantes atacam a qualquer hora, seja cedo da manhã, final da tarde, à noite. Está todo mundo apavorado”, relata.

PROTESTOSATELITE1_JRC

Francisco Emerson Revoredo passava pelo local na hora do protesto. Assim como os demais entrevistados, pediu para não ser fotografado – temendo represálias -, e criticou a “completa ausência do poder público”: “Isso aqui virou uma imoralidade. Esse pessoal que organiza o protesto está de parabéns, merece aplauso, mas o Governo é vergonhoso, só tem propaganda enganosa. Por aqui, quando tem um assalto, as viaturas aparecem, passam pra lá  pra cá, soldados ficam lanchando aqui na avenida dos Xavantes, tem uma viatura que fica parada numa padaria lá na avenida dos Pintassilgos todos os dias, mas nós, moradores, não temos direito à nada. Não temos a quem reclamar. É verdade mesmo, os bandidos estão mandando por aqui”.

PROTESTOSATELITE2_JRC

Morador do conjunto Vale do Pitimbu, o aposentado Florisvaldo Ângelo Pinto ressalta a insegurança na comunidade e denuncia: “Além do ladrões, dos arrombadores, tem um camarada perto da minha casa que é um terror. Ele se faz de doido, dizem que é aposentado e vive perturbando todo mundo. Ele picha postes e muros com o nome dele, diz que é candidato a vereador, corre atrás das mulheres, tenta agarrar as mocinhas, invade um mercadinho que tem lá perto da estação ferroviária, rouba, é uma desgraça, mas vive por lá. Há poucos dias, eu soube que ele tentou agarrar a mulher de um psicólogo. Todo mundo sabe disso por ali e a polícia não faz nada; acho até que ele é protegido por alguém”.

PROTESTOSATELITE4_JRC

PROTESTOSATELITE6_JRC

PROTESTOSATELITE7_JRC

Texto e fotos: João Ricardo Correia

16 jan by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Moradores denunciam tráfico de drogas e sujeira em área de Cidade Satélite

PRACAAA5

Um espaço que serve de área de lazer e prática de esportes no conjunto Cidade Satélite, zona Sul de Natal, teria sido “descoberto” por traficantes e consumidores de drogas que, segundo fontes do Portal Companhia da Notícia, frequentam o local, principalmente, à noite. Além disso, a sujeira termina dando o aspecto de abandono ao lugar.

Vizinhos, que preferem o anonimato temendo represálias, relatam histórias de assaltos, consumo de drogas, tentativas de estupro na região, cercada por casas, dois condomínios residenciais verticais (Jardim Satélite e Porto Venetto) e uma sede dos Alcoólicos Anônimos (AA).

Roberto (nome fictício) explica que mora naquele ponto do bairro Pitimbu há mais de 20 anos e ultimamente fica difícil até sair de casa, por causa da insegurança: “Aqui era um paraíso, mas tornou-se um inferno. De uns oito anos pra cá, os bandidos é que mandam em tudo. Essa praça que hoje vive suja, maltratada, era usada somente pelas famílias. Hoje, algumas pessoas ainda fazem caminhadas, jovens se divertem, mas correm risco. À noite, isso aqui fica muito estranho. Tem uns caras que param umas motos, uns carros, ficam sentados nesses banquinhos fumando maconha. A gente sente o cheiro da droga em casa, mas policiamento aqui não existe”, lamenta.

PRACAAA1

A dona de casa Maria (nome fictício) revela que nas últimas semanas, à noite, sempre soltam fogos de artifício ali perto. Ela suspeita que seja algum tipo de comunicação entre os marginais: “Uns conhecidos que são policiais disseram que os drogados soltam esses fogos para avisar que os traficantes chegaram com as drogas, ou então para alertar que a polícia está na área, mas como a gente quase não vê polícia por aqui, acho que é mesmo o negócio das drogas”.

Francisco (também nome fictício) critica a falta de cuidado das autoridades com a limpeza do lugar: “Teve uma época que isso aqui também era tudo escuro. Ano passado, a Prefeitura trocou as lâmpadas, colocou uns postes na área da caminhada, até instalou uma academia da terceira idade, mas não passou disso. O mato está tomando conta de tudo, tem gente sem educação que também joga lixo por aqui. O lixo jogado nos sacos é coletado, mas uma limpeza geral, com recuperação do espaço, isso não é feito há muito tempo”.

O alvo das reclamações fica numa das avenidas mais movimentadas do Conjunto, a dos Caiapós, por onde passam linhas de ônibus e bem perto existem duas unidades de ensino privadas.

PRACAAA3

 

PRACAAA2

 

Fotos: João Ricardo Correia

Fale no ZAP