Tag: Bandidos

1 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Vítima e acusado de assalto saem baleados em ocorrência no bairro do Alecrim

Dois acusados de tentar assaltar uma revenda de joias, na rua dos Caicós, bairro do Alecrim, em Natal, foram presos nesta quinta-feira, por volta das 15:30 horas. Um deles foi baleado na troca de tiros com policiais. Uma mulher que estava no estabelecimento comercial também saiu ferida à bala.

Segundo comerciantes da região, na zona Leste da capital do RN, a dupla, ainda não identificada, teria chegado a anunciar o assalto, quando foi abordada por policiais militares.

Até o começo da noite, as identidades dos marginais e da vitima ainda não haviam sido confirmadas.

O repórter fotográfico José Aldenir (Joinha) passou pelo local poucos minutos depois da ocorrência e registrou as imagens.

 

24 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Assaltantes aterrorizam moradores de comunidade em São Gonçalo do Amarante

Moradores da comunidade de Olho D’Água dos Carrilhos, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, estão aterrorizados com a onda de assaltos que fazem vítimas diariamente.

Os assaltos, de acordo com informações recebidas pela redação do Companhia da Notícia, acontecem a qualquer hora e, em algumas oportunidades, os bandidos agem à pé e fogem tranquilamente, diante da ausência do policiamento ostensivo.

Os vídeos abaixo mostra a ação de quatro marginais, ocorrida dia 18 passado.

18 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Bandidos são flagrados com fuzis, pistolas, droga e coletes balísticos

Cinco bandidos fortemente armados foram presos na noite dessa sexta-feira (17) em um cerco montado pelas polícias Militares do Distrito Federal e de Goiás. Segundo o porta-voz da PM-DF, major Michello Bueno, com o bando, interceptado em Samambaia, cidade a 25 quilômetros do centro de Brasília, foram apreendidos 10 fuzis modelo AK-47 e HK, usados em ações terroristas, 10 pistolas, 21 carregadores de fuzil, oito carregadores de pistolas, munições variadas, além de crack, maconha, alicates de alta pressão, luvas e coletes à prova de bala. Eles seriam especializados em roubo de caixas eletrônicos e empresas de transporte de valores.

Ainda segundo a Polícia Militar, no momento da prisão, três homens, duas mulheres e uma criança – de aproximadamente de dois anos – estavam em uma caminhonete blindada. “Eles se organizavam para aparentar ser uma família comum”, explicou Michello Bueno.

Como os criminosos estavam com armamento importado e há suspeita de tráfico internacional de armas, eles foram encaminhados à Superintendência da Polícia Federal em Brasília, que investiga o caso. A criança foi encaminhada ao Conselho Tutelar.

Por Karine Melo – Repórter da Agência Brasil / Brasília

20 set by João Ricardo Correia Tags:, ,

Vídeo mostra dupla fazendo “arrastão” no Campus Central da UFRN

 

Dois vagabundos fizeram um “arrastão”, por volta das 7 horas desta quarta-feira(20), em uma das paradas de ônibus do Campus central da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Levaram o que quiseram e fugiram em uma motocicleta.

No Rio Grande do Norte, as vítimas se multiplicam e o governo do Estado não tem demonstrado nenhuma competência para, pelo menos, minimizar a atuação dos marginais. Somam-se a isso as deficiências enfrentadas pelos policiais e as tais audiências de custódia, que devolvem às ruas diariamente bandidos que cometeram crimes.

22 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Arrombamento na Sejuc: bandidos defecaram no chão e urinaram em documentos

SEJUCMERDA1_CEDIDA

A ousadia dos bandidos é crescente e isso não é novidade para ninguém, principalmente em estados como o Rio Grande do Norte, onde o aparelho da Segurança Pública tem demonstrado total incapacidade para combater as ações delituosas, que se espalham pelos quatro cantos. Fugas de presídios, homicídios, roubos, furtos de automóveis e explosões de caixas eletrônicas são rotina por aqui.

SEJUCMIJO1_CEDIDA

No arrombamento detectado na Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc), na segunda-feira (20), além de roubarem computadores, documentos e outros objetos, os marginais ainda defecaram em uma das salas e urinaram em documentos.

O Portal Companhia da Notícia obteve, com exclusividade, fotografias mostrando o abuso dos ladrões, que agiram a lado, a poucos metros da Governadoria, ou seja, local onde trabalha o governador Robinson Faria.

SEJUCMERDA2_CEDIDA

 

23 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Até quando aceitaremos que os bandidos decidam nosso destino?

ASSALTANTE1

Por João Ricardo Correia

 

O Brasil está precisando ser rígido com os criminosos. Precisamos de um toque de recolher! É preciso conter o avanço da vagabundagem, dos criminosos. Liberdade é uma coisa. Libertinagem é outra. Hoje, os cidadãos estão acuados e viraram alvos de drogados, de canalhas travestidos de adolescentes, de um bando de sem futuro que anda por aí armado, fumando maconha, crack, cheirando cocaína, tomando cachaça, uísque e se protege com uma Legislação retrógrada, cheia de brechas para beneficiar somente o crime.

Os cidadãos brasileiros nem mais têm o direito de portar uma arma, a menos que sejam submetidos quase a uma inquisição, enquanto isso os marginais têm livre acesso a todo e qualquer tipo de armamento. Pouco me importa o que pensam os defensores da paz mundial sobre minhas opiniões, mas não suporto mais ver a sociedade brasileira sendo assassinada, agredida diariamente, sem que haja uma reação à altura.

Não precisamos de discursos, de falácias politiqueiras, de ladrões de ternos que dizem nos representar e só fazem besteira, ficam num blablablá desgraçado. Todos os dias morrem milhares de brasileiros de fome, sede, sem assistência médica e assassinados.

Os marginais embonecados vivem nas reuniões, tomando cafezinho, água mineral, planejando, planejando, planejando e o povo se lascando, se lascando e se lascando. Ou não é assim?!

A maior crise que nossa nação enfrenta é a da falta de autoridade. Por aqui, em quase todas as esferas, somente os bandidos têm vez.

O Brasil precisa enfrentar os bandidos, tenham eles 14, 16, 20 ou 80 anos. Estejam eles na periferia nordestina, no Palácio do Planalto, nos gabinetes do judiciário, na casa do ca…peta. Até quando ficaremos parados? Até às próximas eleições? Até o próximo funeral?

Enquanto uns e outros acham bonitinho estampar uma bandeira da França nas redes sociais, nossos próximos continuam aterrorizados aqui mesmo. O Estado Islâmico é cruel, covarde?! É??!!!  E o Estado Brasileiro é o quê? É canalha, inconsequente, insensível, desonesto. Quantos os terroristas mataram até hoje? Eles estão certos? Claro que não! E o mundo todo é contra eles, chora por suas vítimas, segura cartaz, acende velas… E quantos morrem anualmente no Brasil vítimas de quadrilhas e mais quadrilhas que nos assaltam e periodicamente saem às ruas pedindo nossos votos? E o que fazemos? Votamos de novo, não é?

Ser solidário, acolhedor, simpático, bom de carnaval, futebol (sem falar nos 7 a 1 contra a Alemanha) e samba não adianta de nada, se não temos capacidade de nos indignar contra os bandidos! O povo precisa ir às ruas, de forma organizada, ordeira, patriótica, defender o direito à vida, lutar por poder sair de casa, por poder ir trabalhar, por poder pegar um ônibus, por poder exercer o direito de ir e vir.

Vamos ser radicais, sim. Radicais no sentido literal da palavra, de ir às raízes, de ir ao fundo, de buscar soluções, de ter coragem de levantar contra o mal, contra esses canalhas que matam nossos amigos, nossos parentes, nossos filhos, nossos irmãos. Até quando? Até quando aceitaremos que os bandidos decidam nosso destino?

1 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Vereador Adão Eridan defende “peia” nos bandidos

ADAO1
O vereador Adão Eridan, do PR, disse em pronunciamento na Câmara Municipal de Natal que  o aumento da violência nas cidades brasileiras “é motivado pela falta de vergonha, de castigo e peia” e que  “quando os marginais eram castigados pensavam duas vezes antes de cometer crimes hediondos”.

Segundo o vereador, “o sistema prisional do País e em particular do Rio Grande do Norte é uma vergonha”. Ele se refere à fuga de presos, o uso de drogas e de telefones celulares dentro dos presídios. E afirmou o parlamentar: “É preciso mudanças urgentes e atitude dos parlamentares federais  para votar uma reforma do Código Penal”, disse ele, sugerindo a redução da maioridade, ocupação para os presos, construção de presídios fora das capitais e longe das cidades, além de penas  severas para crimes hediondos.

Adão Eridan destaca a construção de galpões para propiciar trabalho para os apenados como fabricação de móveis, confecção de bolas de futebol, cadeiras para escolas municipais, entre outras atividades, além estudo e lazer dentro da unidade prisional.  “ A cada 5 dias de trabalho seria reduzido 1 dia da pena”, ressalta Adão Eridan, observando que “os presos seriam tratados condignamente e dessa maneira haveria chances de recuperação”. O vereador do PR encerrou dizendo que se não for tomada uma atitude por parte dos gestores, continuarão as rebeliões, não haverá recuperação de presos e o cidadão continuará refém da bandidagem. Ele defende também uma mudança na lei, permitindo que os cidadãos tenham direito a andar armado através de porte, para se defender.

17 maio by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Dinheiro para acomodar bandidos não falta no Rio Grande do Norte

ASSALTANTE1

O Governo do Rio Grande do Norte acaba de entregar um pavilhão novinho aos detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, que recentemente promoveram uma série de motins e destruíram grande parte daquela unidade penal. A reforma para reacomodar os bandidos foi feita rapidamente, o dinheiro parece que já estava “escutando a conversa”.

E o dinheiro para reformar as Casas dos Estudantes, para melhorar as escolas, para priorizar a saúde, para construir moradias, para contratar policiais? Não tem?!

Danem-se as explicações burocráticas, os textos prontos das cartilhas dos incompetentes.

Um Estado que vive de pires na mão – pelo menos aparentemente – não pode priorizar pavilhão novinho em folha para abrigar assassinos, estupradores, assaltantes, sequestradores e outros tipos de canalhas.

Diariamente, há anos, a imprensa mostra a necessidade de uma reforma em diversos equipamentos públicos do RN, mas o pouco que sai não atende à demanda.

É por essas e outras que a cada eleição diminuem nossas opções de voto. Quando não são os mesmos, maquiados com óleo de peroba, são seus herdeiros ou apadrinhados.

As Casas dos Estudantes podem cair, os hospitais permanecerão um caos, escolas com estruturas capengas, a sociedade clamando por policiamento nas ruas, mas reforma em presídio é rápida.

Não precisar ser gênio para entender que os bandidos por aqui são prioridade.

Fale no ZAP