Tag: Batata

20 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Operação que ‘fritou’ Batata é desdobramento de esquema criminoso investigado na Semsur de Natal

A operação Tubérculo é um desdobramento das operações Cidade Luz, deflagrada em julho de 2017 e que desvendou um esquema criminoso instalado na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal através da constituição de cartel entre empresas pernambucanas que prestavam serviços de iluminação pública na cidade; e Blackout, realizada em agosto do mesmo ano e que apurou superfaturamento e pagamento de propina para manutenção do contrato de iluminação pública em Caicó.

Em Natal, na época o MP informou que foram expedidos 15 mandados de prisão e presos temporariamente por 5 dias: Alberto Cardoso Correia do Rego Filho, Antônio Felipe Pinheiro de Oliveira, Antônio Fernandes de Carvalho Junior, Daniel Fernandes Ferreira de Melo, Epaminondas da Fonseca Ramos Junior, Jerônimo da Câmara Ferreira de Melo, Jorge Cavalcanti Mendonça e Silva, Kelly Patricia Montenegro Sampaio Alves, Mauricio Custódio Guarabyra, Mauricio Ricardo de Moraes Guerra, Sergio Pignataro Emerenciano e Valério Max de Freitas Melo. Além deles, foram presos preventivamente Allan Emmanuel Ferreira da Rocha e Felipe Gonçalves de Castro. Um único mandado de prisão temporária não foi cumprido, o de Adelson Gustavo Coelho Ponciano, que estava viajando, mas que, segundo o MPRN, deveria se apresentar até o final da segunda-feira.

O ex-secretário de Serviços Urbanos de Natal, Raniere Barbosa, foi afastado do mandato de vereador e do cargo de presidente da Câmara Municipal de Natal, que ocupa atualmente. Ele ficou proibido de ir à Câmara Municipal, à Semsur e à Controladoria do Município.

==> Leia publicação do MPRN:
http://www.mprn.mp.br/portal/inicio/noticias/8102-em-coletiva-de-imprensa-mprn-detalha-operacao-cidade-luz

20 ago by João Ricardo Correia Tags:, , ,

MP denuncia Batata e mais nove por corrupção e associação criminosa

Prefeito Batata (FOTO) estava escalado para ser um dos coordenadores da campanha de Carlos Eduardo Alves ao Governo do Rio Grande do Norte

Três dias após ser deflagrada a Operação Tubérculo, o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) ofereceu denúncia à Justiça potiguar contra dez investigados nesta sexta-feira (17). Além do prefeito de Caicó Robson Batata, do vereador Raimundo Inácio Filho e do lobista Edvaldo Pessoa de Farias, foram denunciadas mais sete pessoas. O documento é assinado pelo procurador-geral de Justiça, Eudo Rodrigues Leite.

O prefeito de Caicó foi denunciado pelos crimes de corrupção passiva (duas vezes), dispensa indevida de licitação, corrupção ativa (duas vezes) e associação criminosa. Já o vereador Raimundo Inácio Filho, por corrupção ativa (duas vezes), e o lobista Edvaldo Pessoa de Farias por corrupção passiva, tráfico de influência e associação criminosa.

14 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Prefeito e vereador de Caicó são presos acusados de corrupção, lavagem de dinheiro, associação criminosa…

Prefeito Robson Araújo, o “Batata”, foi preso durante operação do Ministério Público do RN

Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) prendeu nesta terça-feira (14) o prefeito de Caicó, um vereador da cidade e ainda um lobista suspeitos de corrupção ativa e passiva, associação criminosa, tráfico de influência, lavagem de dinheiro e dispensa indevida de licitação. A operação Tubérculo cumpriu três mandados de prisão, e outros seis mandados de busca e apreensão na cidade seridoense e em Natal. Além de presos preventivamente, o prefeito Robson de Araújo (FOTO) e o vereador Raimundo Inácio Filho foram afastados dos cargos. O lobista Edvaldo Pessoa de Farias teve prisão temporária decretada.

A operação Tubérculo é desdobramento das operações Cidade Luz, deflagrada em julho de 2017 e que desvendou um esquema criminoso instalado na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal através da constituição de cartel entre empresas pernambucanas que prestavam serviços de iluminação pública na cidade; e Blackout, realizada em agosto do mesmo ano e que apurou superfaturamento e pagamento de propina para manutenção do contrato de iluminação pública em Caicó.

Ao todo, 12 promotores de Justiça, 22 servidores do MPRN e 28 policiais militares participaram da operação Tubérculo. Os gabinetes do prefeito e do vereador foram alvos dos mandados de busca e apreensão.

7 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Família Costa caminhará dividida nas eleições desse ano em Caicó

VIVALDO3
Deputado estadual Vivaldo Costa

Joaquim Pinheiro

A tradicional família Costa caminhará dividida mais uma vez no processo sucessório deste ano, no município de Caicó, no Rio Grande do Norte. Integrantes do clã reuniram-se recentemente para discutir sobre a sucessão municipal, oportunidade em que ficou acertado que o deputado Vivaldo Costa, do PROS, e o ex-prefeito Bibi Costa, do PSB, não serão candidatos a prefeito no pleito de 2016.

A decisão abre espaço para o vereador Nildson Dantas, também do PROS, protegido político do deputado Vivaldo Costa. Acontece que o nome de Nildson não é consenso dentro da família. O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Tarcísio Costa, considerado mentor intelectual da família e conselheiro político de Vivaldo Costa, articulou para que Vivaldo não fosse candidato, entretanto, não concorda com o nome de Nildson Dantas para prefeito de Caicó. O mesmo acontece com o ex-deputado e ex-prefeito, atualmente empresário do segmento de aguardente, Dadá Costa. “Não votaremos em Nildson de maneira nenhuma”, assegurou Dadá Costa, interpretando o sentimento do irmão Tarcísio Costa.

VIDALVOCOSTA
Vidalvo Costa, o Dadá, é empresário no ramo de aguardente

Tarcísio e Dadá argumentam que Vivaldo Costa tem uma vida pública vitoriosa e pode continuar prestando serviços a Caicó no parlamento estadual, sem se expor numa prefeitura com imensas dificuldades financeiras e cada vez mais vulnerável à ações fiscalizadoras, as vezes até improcedentes. Segundo Dadá Costa, o seu irmão deputado Vivaldo Costa entendeu o momento da vida brasileira e, em particular, dos municípios e abdicou da candidatura a prefeito de Caicó. O outro irmão, Bibi Costa, que também teve seu nome citado como possível candidato, informou que não será candidato por essas e outras razões. Bibi é empresário do ramo de medicamentos e não quer deixar sua empresa em segundo plano para se dedicar à administração pública, entendendo que já deu sua contribuição ao município, inclusive sacrificando seus negócios.

VÁRIOS NOMES

Na disputa municipal deste ano em Caicó, deverão concorrer seis candidatos. São eles: Roberto Germano, atual prefeito do PMDB, vereador Nildson Dantas, do PROS, Franciele, do PPS, João Bras, do PC do, apoiado pelo PT, o popularmente conhecido vereador Batata e um outro nome do Psol. Já que em Caicó não tem segundo turno, o número grande de candidatos poderá beneficiar o atual prefeito Roberto Germano, desde que ele (Roberto) consiga registrar sua reeleição, pois o mesmo tem pendências judiciais que poderão impedi-lo de ser candidato nas eleições deste ano.

5 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Vereador “Batata” quer desbancar grupos tradicionais da política de Caicó

ROBSONDEARAUJO-BATATA1

Joaquim Pinheiro

O pré-candidato a prefeito de Caicó, vereador Robson de Araújo (FOTO), popularmente conhecido por “Batata”, recentemente filiado ao PSDB, afirmou ao Portal Companhia da Notícia que decidiu disputar o cargo de prefeito nas eleições deste ano para desbancar  grupos tradicionais da política que, segundo ele, têm revezado no poder e comandando a prefeitura sem promover nenhum tipo de planejamento, daí a situação de dificuldade que vive a instituição. Ele disse ainda que mesmo não tendo votado em Robinson Faria, vai procurar o governador para efetivação de parcerias, objetivando tirar Caicó da grave crise em que se encontra no momento com os serviços básicos que deveriam estar servindo a população funcionando precariamente.

Questionado sobre críticas e declarações irônicas feitas pelo vereador Leleu Fontes, o vereador “Batata” mostrou-se tranquilo, preferindo não responder a Leleu. Em matéria publicada recentemente, com exclusividade, por este Portal Leleu Fontes considerou Robson Araújo “candidato mijão”, em alusão a um foguete junino que mija fogo e não sobe.

“O mijão quando tem pólvora boa sobe muito”, disse ele, referindo-se às pesquisas de opinião pública. Em discurso pronunciado durante a filiação de “Batata” ao PSDB, na manhã da última sexta-feira, o presidente de honra do partido, deputado federal Rogério Marinho afirmou que o vereador Robson de Araújo está desafiando os poderosos de Caicó.”Batata vai vender essa eleição”, ressaltou Rogério, ao lado do líder do partido na Câmara Federal, deputado Antonio Imbassahi, da Bahia.

O vereador “Batata” disse que vai procurar lideranças de outros partidos , como PP e Rede Sustentabilidade, entre outros , para fortalecer sua candidatura a prefeito de Caicó. E eleito prefeito municipal fará uma gestão moderna e eficiente para resgatar a  autoestima do povo caicoense, além de promover o desenvolvimento municipal.

Fale no ZAP