Tag: Brasília

6 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , , ,

José Adécio não descarta disputar a majoritária após percorrer 75 municípios do RN

 

Nos últimos dois meses, o deputado José Adécio (DEM) percorreu 75 municípios do Rio Grande do Norte, prestigiando eventos que vão de cavalgadas a festas de emancipação política, passando por exposições agropecuárias, procissões e visitas a líderes políticos. A movimentação do experiente parlamentar tem chamado a atenção, principalmente daqueles que militam nos bastidores da política, incluindo-se aí os próprios detentores de mandatos, jornalistas e pré-candidatos em 2018.

Além das viagens, o deputado José Adécio tem comparecido com maior frequência a gabinetes de deputados federais, senadores e ministros, em Brasília, sempre acompanhado de prefeitos que integram seu grupo político. Da capital federal, além de projetos apresentados e com chances palpáveis de execução, emendas parlamentares têm sido liberadas para obras em várias cidades, como também ambulâncias e carros coletores compactadores de lixo.

Amigo e liderado político do senador José Agripino (DEM) há mais de 30 anos e também com livre acesso ao senador Garibaldi Filho (PMDB), José Adécio tem partilhado os anseios dos municípios também com os deputados federais Beto Rosado (PP), Felipe Maia (DEM), Walter Alves (PMDB), Rogério Marinho (PSDB) e Antônio Jácome (Podemos).

6 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Antônio Jácome é favorável à apuração de denúncia contra Temer

O deputado federal Antônio Jácome declara seu posicionamento favorável ao prosseguimento do processo de denúncia contra o presidente Michel Temer.

24 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Delegada Paoulla Maués apresenta projeto no Fórum Brasileiro de Segurança Pública

paoulla_brasilia

A titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher de Parnamirim, Paoulla Maués, foi uma das expositoras no 10º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, na Universidade de Brasília (UNB), na sessão “Violência contra a Mulher e Acesso à Justiça”.

A delegada expôs sobre o projeto “A Segurança Delas é Responsabilidade Nossa”, uma Iniciativa do TJRN e da Polícia Civil, tendo como um dos autores um juiz e uma delegada que trabalham com mulheres vítimas de violência e  que resultará ganhos para toda a sociedade.

O projeto, além de propor uma formatação eficiente e de baixo custo ao Poder Público , apresenta duas ferramentas inovadoras, expostas na apresentação. Tem o intuito de transformar informações de interesse público, em soluções digitais, a um custo quase zero para o Executivo Estadual.

12 abr by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Homem detido em Brasília não é do MST e explicou origem do dinheiro

MST55MIL1
O homem detido ontem (11), em Brasília, com uma grande quantidade de dinheiro na mochila não é integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), como tem sido divulgado na imprensa e em redes sociais. José Carlos dos Santos foi detido na noite de ontem pela Polícia Militar (PM), nas imediações do Teatro Nacional,  sob alegação de não saber explicar a origem do dinheiro que carregava. Ele foi levado à 5ª Delegacia de Polícia (DP).

O Portal Companhia da Notícia teve o cuidado, ao noticiar o fato, de tratar o homem detido como “suposto” integrante do MST e não postou sua fotografia. Mesmo assim, pede desculpas a José Carlos dos Santos e aos leitores, pelo equívoco originado a partir de inúmeras informações de noticiários Brasil afora.

De acordo com o delegado Paulo Henrique e Almeida, diretor de Comunicação da Polícia Civil, o homem carregava R$ 13 mil e explicou que se tratava de uma rescisão trabalhista que recebera. Segundo o delegado, Santos, além de explicar o dinheiro que levava consigo, negou fazer parte do MST e foi liberado, por não haver nada que o incriminasse. “Não havia fato ilícito, não é crime portar dinheiro. Portanto, liberamos em seguida”.

Em nota, o MST reiterou que Santos não faz parte do movimento. “O senhor José Carlos, que não integra o MST nem em sua base militante, nem em suas instâncias diretivas, prestou seus esclarecimentos, declarou a origem do dinheiro e foi liberado. Segundo informações prestadas pelos policiais da 5° DP de Brasília ao MST, o senhor Santos afirmou não ser integrante de nenhum partido, ou movimento algum, tendo ido à manifestação por ato individual, que também é legítimo”.

A notícia da detenção de José Carlos foi dada a jornalistas pela Polícia Militar do Distrito Federal em uma rede social às 19h58 de ontem. A informação inicial da PMDF indicava que o homem faria parte do MST e portava R$ 20 mil sem saber explicá-los.

O fato repercutiu rápido no Congresso Nacional. O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) usou as informações iniciais da PMDF divulgadas pela imprensa para criticar a postura do MST e dos “movimentos ligados à esquerda” que se opõem ao impeachment de Dilma Rousseff.

Com informações da Agência Brasil

 

11 abr by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Suposto integrante do MST é preso com R$ 55 mil em mochila

MST55MIL1

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu um suposto integrante do MST, agora à noite,  em protesto na Esplanada dos Ministérios com cerca de R$ 55 mil reais em espécie. Identificado como José Carlos dos Santos, ele não soube explicar a origem do dinheiro e foi levado para a 5ª Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos.

O sem-terra estava com o dinheiro em uma mochila e foi abordado como parte do procedimento de revista promovido pelos policiais. O MST está acampado no estacionamento do Teatro Nacional, próximo à Esplanada, para onde se dirigiram no início da noite.

O Portal Companhia da Notícia obteve um áudio que teria sido gravado por um jornalista, e não um um policial do DF, como publicado anteriormente, falando da ocorrência, que circula nas redes sociais.

Ouça:

 

Com informações do Diário do Poder

17 fev by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Paraíso da preguiça: forrozeiros querem que São João se torne feriado nacional

HENRIQUEFORRO1_MARCELLOCASALJR-ABR
Pelo jeito, a festança já começou com Henrique Alves e os forrozeiros (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

 

Nada contra os forrozeiros, nem contra o forró, muito menos contra a cultura musical brasileira, seja oriunda do Nordeste ou de qualquer outra parte, mas como encarar o Brasil como um país sério, que está disposto a vencer os desafios, se por aqui os feriados são exagerados, existe a malandragem dos “imprensados”, feriados prolongados e, agora, os forrozeiros querem que até o dia de São João seja feriado nacional?

Tem mais: o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, se comprometeu com os forrozeiros a trabalhar para que uma emenda parlamentar de R$ 13 milhões, aprovada pela Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, seja liberada pelo Ministério do Planejamento e empregada integralmente na promoção das festas juninas.

No Brasil que trata com o dinheiro público, em quase todos os casos, não tem espaço para a seriedade. O negócio é fazer o povo, literalmente, dançar.

Abaixo, matéria publicada pela Agência Brasil:

Cerca de 20 dos principais nomes do forró tradicional nordestino estiveram hoje (17) nos ministérios do Turismo e da Cultura para pedir, entre outras reivindicações, empenho dos ministros Henrique Eduardo Alves e Juca Ferreira para que o dia de São João se torne feriado nacional.

Atualmente, o São João, comemorado em 24 de junho, é feriado em alguns estados do Nordeste, como Alagoas, Sergipe, Pernambuco e Paraíba. Em agosto de 2015, o deputado Valmir Assunção (PT-BA) apresentou um projeto de lei na Câmara dos Deputados para que o feriado seja nacionalizado.

“Gostaríamos que o São João se tornasse uma festa do calendário oficial do governo brasileiro, que o 24 de junho seja feriado nacional e que nós tenhamos força como movimento cultural do Brasil, porque o São João é a maior festa brasileira”, disse o cantor e compositor cearense Alcymar Monteiro.

Os artistas argumentam que, enquanto festas como o carnaval têm seus eventos concentrados em algumas poucas capitais brasileiras, o São João está mais presente nas pequenas cidades do interior. Com a nacionalização do feriado, os forrozeiros esperam que os governos de regiões com tradição mais tímida de festas juninas passem a investir mais na data.
“Existe uma dificuldade do trabalhador de outras regiões que não o Nordeste em participar da festa”, disse o cantor baiano Adelmario Coelho, que lidera o movimento “São João – Um Novo Produto do Turismo Cultural para Unir o Brasil”.

Entre as principais queixas apresentadas pelos músicos durante a reunião com o ministro Henrique Eduardo Alves, está a descaracterização das festas juninas. Parlamentares das bancadas da Bahia e de Pernambuco também participaram do encontro.

Segundo os artistas, atualmente, grande parte do dinheiro investido nas festas juninas é destinado a bandas com músicas de apelo sexual, muitas vezes de objetificação da mulher. “Poucos controlam [os patrocínios], inclusive com conteúdo machista, e nós não podemos fortalecer isso com dinheiro público”, disse Coelho.

Garantia de recursos

O grupo que veio a Brasília está preocupado em garantir recursos para a realização das festas juninas deste ano, no momento em que diversas cidades brasileiras enxugaram o orçamento para o setor cultural. Dezenas de prefeituras cancelaram o apoio oficial ao carnaval deste ano, por exemplo.

Uma das principais reivindicações é que os artistas tenham maior inserção no Cadastur, do Ministério do Turismo, para que possam se beneficiar de programas como o Artista do Turismo, que paga cachês para shows por meio de convênios com os municípios.

O secretário de Turismo da Bahia, Nelson Pelegrino, sugeriu na reunião que o cadastro seja aprimorado para facilitar o acesso dos forrozeiros e que empresas públicas, principalmente bancos, repassem mais recursos de patrocínio às festas de São João.

Outra preocupação dos artistas é garantir que sejam liberadas emendas parlamentares destinadas a financiar o São João, tradicionalmente uma das principais fontes de recursos para as festas. No ano passado, devido ao atraso na aprovação do orçamento federal, o empenho dos recursos para as festas juninas foi prejudicado, segundo a senadora Lídice da Matta (PSB-BA).

 

“Foram também colocados muitas condicionantes para que as emendas de promoção do São João fossem liberadas. Este ano esperamos que seja diferente, embora não tenha sido apresentado ainda nem o contingenciamento fiscal”, disse a senadora.

“O empenho de emendas em eventos foi praticamente proibido no ano passado, e sem essas emendas fica difícil a participação efetiva dos deputados na garantia da festa”, reclamou o deputado Wolney Queiroz (PDT-PE).

Promessas

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, se comprometeu a trabalhar para que uma emenda parlamentar de R$ 13 milhões, aprovada pela Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, seja liberada pelo Ministério do Planejamento e empregada integralmente na promoção das festas juninas.

Alves disse que vai conversar com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, para que eventos relacionados à cultura junina do Nordeste e ao forró tradicional sejam incluídos na programação oficial dos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

O ministro também se comprometeu a incluir a cultura junina nas apresentações de promoção do turismo no Brasil feitas pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) em outros países. “Vamos fazer com que essa festividade, tão entranhada no nosso Nordeste, possa tomar conta do país e do mundo”, disse o ministro.

“Se eles fizerem metade do que dizem, já saímos daqui vitoriosos”, comentou o cantor e compositor paraibano Genival Lacerda, antigo parceiro de Luiz Gonzaga e um dos artistas mais reverenciados do forró.

8 dez by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Robinson Faria e mais sete governares do Nordeste dizem não ao impeachment

ROBINSONMAOSPRACIMA1

A presidenta Dilma Rousseff adiantou parte do encontro que terá com os governadores de todos estados. Dilma está reunida neste momento com alguns deles para discutir o cenário político após a aceitação, na semana passada, do pedido de impeachment contra ela na Câmara dos Deputados.

Mais cedo, os nove governadores do Nordeste, dos quais oito já se manifestaram contrários ao impeachment, almoçaram com o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, para discutir o mesmo assunto.

Às 17h, Dilma dará continuidade à reunião, desta vez com todos os chefes dos Executivos estaduais, para conversar sobre o plano nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus Zika, e uma campanha de atendimento às gestantes e bebês com microcefalia.

Além dos representantes do Nordeste, já estão com Dilma os governadores do Rio, Luiz Fernando Pezão, e do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg. Para discutir o quadro político nesta primeira parte do encontro, todos os demais governadores também foram convidados.

Assinam a nota de repúdio ao impeachment os governadores Rui Costa, da Bahia; Camilo Santana, do Ceará; Flávio Dino, do Maranhão; Jackson Barreto, de Sergipe; Ricardo Coutinho, da Paraíba; Renan Filho, de Alagoas; Robinson Faria, do Rio Grande do Norte; e Wellington Dias, do Piauí. Paulo Câmara, de Pernambuco, foi o único governador nordestino que não assinou a nota. Câmara divulgou seu próprio comunicado, no qual evitou criticar abertamente o processo de impeachment que se inicia no Congresso.

30 abr by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Fecomércio RN é representada no lançamento da Frente Parlamentar do Comércio, Serviços e Empreendedorismo

FECOMERCIOFRENTEPARLAMENTAR1

O vice-presidente da Fecomércio RN, Luiz Lacerda, e o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do RN, Geraldo Paiva Júnior, representaram o presidente da Federação potiguar, Marcelo Queiroz, no lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo. A solenidade aconteceu na terça-feira (28), em Brasília.

O lançamento contou com a participação de representantes do setor produtivo de todo o Brasil, e fez parte do Encontro Político-Empresarial Ranking Abras 2015, realizado anualmente pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras) em parceria com a União Nacional das Entidades de Comércio (Unecs). O deputado federal e vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Laércio Oliveira, é também vice-presidente institucional da Frente.

“É uma frente muito importante, porque reúne o setor terciário. Nós temos uma oportunidade muito grande, junto com parlamentares que entendem o funcionamento do setor produtivo, de trazer para essa casa diálogos de alto nível, visando o fortalecimento da atividade que mais emprega no Brasil. E assim contribuir para um País melhor, com mais produtividade e competitividade”, informou Laércio.
A Frente Parlamentar vai tratar dos assuntos relacionados aos setores, que representam 67,4% do PIB nacional e mais de 70% dos empregos formais. “A nova Frente Parlamentar pretende colocar o Congresso Nacional em uma posição proativa na formulação de diretrizes que apoiem o setor, defendendo temas como simplificação da carga tributária, empreendedorismo, desburocratização, regulação dos meios de pagamento, estimulo à qualificação profissional, entre outros”, disse Laércio Oliveira.
A nova Frente teve o apoio de cerca 270 deputados federais e mais de 30 senadores, e também atuará no estímulo à qualificação profissional, no estabelecimento de acordos bilaterais de comércio e no fomento do consumo, por meio do mercado de capitais.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Presidência do Sistema Fecomércio RN

26 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Antônio Jácome é titular da Comissão Especial do Pacto Federativo

JACOMEDEPFED_DIVULGACAO
O Pacto Federativo voltou a ser debatido nesta quarta-feira, 25, em Brasília, como uma das soluções para os problemas que impedem o crescimento da economia do país.

A comissão está reunida para analisar e apresentar propostas com relação à partilha de recursos públicos e respectivas obrigações da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal.

Em seu aparte, o deputado federal Antônio Jácome (PMN) relatou que muito tempo foi perdido no avanço do Pacto Federativo e que chegou o momento de somar as inteligências e capacidades da comissão para  apresentar propostas com relação a partilha de recursos públicos as respectivas obrigações dos entes federais

Jácome ainda sugeriu a criação de subcomissões regionais para colher as demandas e traçar paralelos, e reforçou a realização de seminários regionais em conjunto com representantes de cada Estado.

Fonte: Suzy Noronha – Assessoria de Comunicação

 

6 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Xerife Maurílio Pinto será homenageado pela Adepol do Brasil

 

MAURILIO1_CANINDESOARES
Reconhecimento da Adepol do Brasil: Maurílio Pinto de Medeiros será homenageado em Brasília (Foto: Canindé Soares)

 

O delegado Maurílio Pinto de Medeiros será homenageado pela Associação Nacional dos Delegados de Polícia Civil, quando receberá a “Medalha Senador Delegado Romeu Tuma”, maior honraria da instituição. Será no dia 10 de dezembro de 2014, na Adepol do Brasil, às 20:30 horas, em Brasília.

A indicação do nome do “Xerife” foi feita pelo presidente da Adepol do Brasil, Paulo Roberto D’Almeida, pela atuação e relevantes serviços prestados pelo destemido policial.

Fale no ZAP