Tag: Candidatos

6 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Candidatos que disputaram 1º turno têm até hoje para prestar contas

Os candidatos que não disputaram o segundo turno das eleições têm até às 19h de hoje (6) para prestar contas da movimentação financeira da campanha do primeiro turno. O prazo vale também para os partidos políticos. Já prestação de contas dos candidatos que concorreram no segundo turno tem de ser feita até o dia 17 de novembro.

Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a mídia contendo os comprovantes da prestação de contas deve ser gerada a partir do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE) e protocolada presencialmente no Tribunal Regional Eleitoral responsável pelo exame das contas. Após a entrega e validação da mídia, os dados são gravados e transmitidos eletronicamente para o TSE.

Já os candidatos à Presidência da República que não disputaram o segundo turno devem prestar contas perante o TSE. A documentação entregue à Justiça Eleitoral pelos candidatos e partidos estará disponível no portal do TSE. Para o Tribunal, essa medida vai permitir que “candidatos, partidos, imprensa, órgãos de fiscalização do Estado e cidadãos possam ter acesso aos documentos comprobatórios das prestações de contas dos candidatos e das legendas nas Eleições de 2018”.

Também hoje vence o prazo para que os candidatos, os partidos políticos e as coligações removam as propagandas eleitorais relativas ao primeiro turno, bem como restaurem os bens utilizados para essa divulgação. Pela legislação eleitoral, isso têm de ser feito até 30 dias, após a eleição. O primeiro turno ocorreu no dia 7 de outubro.

Por Luiza Damé – Repórter da Agência Brasil / Brasília

27 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , ,

Liderança de Fátima Bezerra preocupa esquema de Carlos Eduardo Alves na véspera da eleição

Fátima Bezerra (PT) e Carlos Eduardo Alves (PDT): numa hora, se divertem juntos; na outra, se acusam, trocam farpas: vale tudo pelo poder. Um dos dois comandará o RN a partir de janeiro de 2019

O clima entre os apoiadores do candidato Carlos Eduardo Alves é de apreensão. Fontes deste informativo revelam que, embora o que seja transmitido estrategicamente ao público seja a sensação de uma “virada”, a tensão foi potencializada desde a noite desta sexta-feira, 26, quando a pesquisa de intenção de votos válidos, divulgada pelo Ibope, apontou 10 pontos a mais para Fátima Bezerra, que ficou com 55%. Para complicar ainda mais o situação da campanha de Carlos, o instituto Certus deu hoje uma maioria de 7 pontos percentuais (votos válidos).

Do outro lado, os petistas estão animados e confiantes na vitória de Fátima Bezerra, que aliou-se recentemente a tradicionais políticos do RN, muitos dos quais investigados por suspeita de participação, por exemplo, de desvio de recursos públicos. Carlos Eduardo também contou com apoios na mira das autoridades, como os senadores José Agripino Maia e Garibaldo Alves Filho, que terminaram derrotados nas urnas.

Pelo nível dos debates, percebeu-se que o “sujo falando do mal lavado” foi a diretriz das discussões. Carlos Eduardo e Fátima se acusaram, foram irônicos. Ex-aliados viraram adversários e a falta da qualidade de propostas diz que, a depender disso, o Estado não enfrentará bons momentos, vença quem vencer.

Carlos Eduardo e seus aliados potiguares pedem aos eleitores e se esgoelam pelos quatro cantos, na tentativa de atrelar a candidatura ao do presidenciável Jair Bolsonaro, que lidera o quadro nacional. O PSL potiguar se pronunciou favorável à eleição do ex-prefeito de Natal.

Fátima Bezerra carrega ainda todo o peso das mazelas que atingiram o Brasil, patrocinadas pelo seu partido o PT, cujo maior líder, o ex-presidente Lula da Silva, está na cadeia, entretanto, a senadora petista tem conseguido avançar e sua militância está aguerrida e disposta a não eleger mais um Alves.

O Rio Grande do Norte, que está perto de se livrar do Governo de Robinson Faria, reprovado nas urnas, assiste, mais uma vez, velhos políticos disputando o comando do território potiguar. Ou alguém acredita que Fátima e Carlos Eduardo representam alguma novidade?

João Ricardo Correia

25 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Justiça condena candidatos que sujaram ruas a multa de R$ 2 mil

O Ministério Público Eleitoral obteve a condenação de oito candidatos pelo despejo de santinhos nas proximidades dos locais de votação, no último dia 7 de outubro, quando do primeiro turno das eleições gerais. As decisões judiciais dizem respeito a duas das quatro representações formuladas pelo MP contra esse tipo de irregularidade, no Rio Grande do Norte.

Na primeira representação, foram condenados o casal Albert Dickson e Hilkea Carla “Dickson” – candidatos a deputado estadual e federal, respectivamente. Na segunda, os candidatos a governador Carlos Eduardo Alves; a senador Geraldo Melo; a deputado federal Evandro “Cabo” Gonçalves ; e a deputado estadual Gustavo Carvalho, Cristiane Dantas e Francisco “Dotozinho do Araçá”.

18 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Datafolha: Bolsonaro tem 59% e Haddad 41%

Pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada hoje (18), indica que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) tem 59% das intenções de votos válidos, e que o candidato Fernando Haddad (PT) tem 41%. Os dados excluem os votos nulos, brancos e indecisos.

Na comparação com a pesquisa realizada no dia 10, os candidatos oscilaram um ponto percentual dentro da margem de erro que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O ex-capitão do Exército tinha 58% das intenções declaradas e o ex-prefeito de São Paulo tinha 42%.

Considerando os votos totais (válidos, nulos, brancos e indecisos), Bolsonaro tem 50% das preferências e Haddad, 35%.

A proporção de entrevistados que declaram voto em branco ou nulo é de 10%, dois pontos percentuais acima do verificado anteriormente. Cinco por cento declararam não saber, um porcento acima do observado no levantamento da semana passada.

Por Agência Brasil / Brasília

8 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Sujeira no RN: MP Eleitoral representa contra candidatos por espalharem santinhos nas ruas

O Ministério Público Eleitoral representou por propaganda irregular contra quatro 23 candidatos por espalharem centenas de santinhos pelas ruas, sobretudo na proximidade das seções eleitorais. A prática – que suja as vias, calçadas e fere a legislação – ocorreu entre a noite de sábado (6), a madrugada de domingo e ainda durante o período de votação, nesse dia 7 de outubro.

O “Voo da Madrugada”, como é conhecida essa ação ilegal, desrespeita a Lei n.º 9.504/97 (Lei das Eleições), a Resolução nº 23.551/2017 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Recomendação nº 09/2018 da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE/RN). Os beneficiados pela propaganda irregular poderão ser condenados ao pagamento de multa que varia de R$ 2 mil a R$ 8 mil.

27 set by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Algum político no RN promete lutar para acabar com as “entradas secretas” na AL e CMN?

Quem conhece as instalações da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e da Câmara dos Vereadores de Natal – acredito que isso ocorra na maioria das capitais – sabe que existem entradas para os parlamentares, pelas quais, eles não precisam se deparar com o público, ou seja, com os eleitores que estão em seus gabinetes, geralmente, para fazer pedidos.

São entradas exclusivas, não tem essa história de casa do povo. Muitos deputados e vereadores entram e saem dos gabinetes sem nenhum contato com o público.

Qual deles, aqui no Rio Grande do Norte, teria coragem de apresentar projeto para acabar com as tais “entradas secretas”? Qual o motivo de se esconder dos eleitores depois da eleição, quando durante as campanhas os candidatos estão soltos em busca de votos, caminhando em periferias, abraçando preto, branco, amarelo, pobre, rico, gordo, magro, enfim, todos?

Qual?? Qual deputado e/ou vereador tem coragem de apresentar o projeto? Ou qual candidato prometeria apresentar a proposta, caso eleito?

30 ago by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Show de horrores: propaganda eleitoral começa nesta sexta-feira

Numa época em que, segundo as pesquisas de intenção de votos, milhões de brasileiros ainda se dizem indecisos sobre as eleições de 7 de outubro, a propaganda eleitoral gratuita começa a ser divulgada no rádio e televisão para todo o país nesta sexta-feira (31). Durante o primeiro turno, o conteúdo político será veiculado até 4 de outubro, três dias antes de os eleitores comparecerem às urnas. No total, serão 35 dias de propaganda – dez a menos que antes da aprovação da Reforma Eleitoral de 2015 (Lei 13.165/2015).

Em casos em que haja segundo turno, a veiculação será retomada no dia 12 de outubro, ou seja, na primeira sexta-feira após o primeiro turno. Serão mais 15 dias até o dia 26 de outubro – dois dias antes dos eleitores voltarem às urnas.

São as mesmas promessas, os mesmos sorrisos sem graça, as imagens produzidas a preço de ouro, a hipocrisia em alta.

Mas, pelo menos, existe a opção de não dar audiência aos candidatos, é só não ligar o rádio ou a TV, enquanto eles estiverem exibindo suas performances eleitoreiras.

Com informações da Agência Brasil / Brasília

 

13 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Candidatos “preocupados com o povo” saem das tocas

É muita cara de pau. É brincar com o povo. É desafiar a inteligência alheia. É ter a certeza que vive num país onde a sacanagem impera. É ter a convicção que consegue enganar. Quando não é época de campanha eleitoral, são poucos, pouquíssimos, os políticos com mandatos ou aqueles que desejam um dia tê-los, que frequentam festejos populares, que vão a procissões, missas, cultos evangélicos, reuniões em garagens, feiras livres, associações de moradores…

Basta ser ano de eleição que lá vem a mesma corja: algumas caras antigas, talhadas pelo tempo e “rebocadas” pelo Photoshop na hora de fazer os “santinhos”. Tem também caras novas e outras conhecidas que insistem em se vender como novas. Todos em uma só missão: ganhar voto e nada mais.

Vale tudo para ganhar o voto. Tomam caldo de cana, comem pastéis, abraçam todo e qualquer tipo de provável eleitor, sorriem sem parar. Cafezinhos são uns trinta por dia. E botam menino catarrento no colo. Sujeitos reconhecidamente arrogantes, canalhas, mais parecem meninos querendo pirulito, de tão manhosos e “fofinhos” que ficam.

Tem os que “já se fizeram”, tem os que sonham em mamar nas tetas do dinheiro público, tem os que botam os filhos, a mulher, a amante, a ex, o ex, tem de tudo para todos os gostos. E preços.

Claro que em meio a tantos espertalhões – e espertalhonas – existem pessoas sérias, autênticas, com boas intenções. Mas como dizem que de boas intenções o inferno está cheio, é melhor se prevenir contra essa turma que, de uma hora pra outra, aparece em sua rua, em seu local de trabalho, em sua rede social. Por onde danado essas criaturas circulam quando não precisam de votos? Quantos deles te procuraram? Quantos sorriram para você? Você esbarra costumeiramente com esses candidatos e candidatas nas feiras livres, nas igrejas, nos botecos, nas vaquejadas, nos campeonatos de porrinha, dando entrevista até em rádio pirata? Ficam tão simpáticos, não é? E as roupas “simples” que usam? Tadinhos deles e delas… Dá uma pena… Como querem nosso bem! Como querem ajudar o povo! Haja altar para tanto santo!

O Brasil necessita de uma reforma política e também de investimentos na educação de base, no incentivo à leitura. Ou as crianças de hoje recebem um tratamento adequado, crescendo com inteligência, com uma consciência crítica apurada, ou podem preparar a paciência para muitos e muitos anos de bandalheira com o dinheiro público, porque não vai falta esse povo bonzinho para nos abraçar.

João Ricardo Correia

COMPANHIA DA NOTÍCIA
Informações com personalidade
Aqui não tem blablablá

30 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Os “representantes do povo” ficariam solidários aos servidores públicos sem salários?

Os pré-candidatos se apresentam tão bonzinhos, tão solidários, tão admiradores do funcionalismo público, não é mesmo? Fazem tantas promessas! Abraçam tanto, beijam tantos… Qual deles se comprometeria, caso eleito/eleita, apresentar um projeto ou defender a bandeira de suspender os salários dos juízes, desembargadores, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, deputados estaduais, deputados federais, senadores e governador, durante o tempo que os pagamentos dos servidores estaduais atrasarem? Quem? Quem? Os novos? Os fichas limpas? Algum? Alguma?

Os servidores públicos não comem? Não têm contas para pagar? E a Constituição não diz que todos são iguais perante a lei?

28 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Votar: uma obrigação repugnada pela maioria dos brasileiros

Votar no Brasil, país destruído por uma classe política – com raríssimas exceções – nefasta, desonesta e sem nenhum compromisso com a população, está cada vez mais difícil. Por mais que os votos em branco e nulos terminem “ajudando” aqueles candidatos conhecidos, que há anos mamam nas tetas dos cofres públicos, os eleitores não encontram motivos suficientes para irem às urnas, pelo menos é isso que indicam as pesquisas de intenção de votos.

São tantos casos de corrupção envolvendo políticos de quase todos os partidos e empresários ligados a eles que a nação vive um caos em todas as áreas. Além de ser mundialmente conhecido como o país do futebol e do carnaval, o Brasil também pode requerer o “título” de país da corrupção. Aliado às sacanagens protagonizadas pelos canalhas que nos roubam está uma justiça lenta quase sempre. Leis que escancaram brechas para beneficiar criminosos também enojam os homens e mulheres de bem. Claro, essas leis são elaboradas pelos deputados federais e senadores, portanto, não há nenhuma novidade se proporcionam ambientes favoráveis à prática criminosa.

Ideologias não existem. Vergonha na cara está quase extinta. Caras de pau surgem a cada campanha, sorridentes, cínicas. “Inimigos” históricos se abraçam, se elogiam, na certeza que a memória do povo é curta. Não sabem – ou se fazem de idiotas – os políticos e aqueles e aquelas que estão doidinhos para entrar na vida fácil, essa sim, que o cenário está mudando aos poucos, mas está mudando.

E para completar a sensação de revolta, votar ainda é obrigatório. Quem danado está satisfeito com o País? E com o Rio Grande do Norte?! E ainda ser obrigado a escolher esse tipo de “representante”? E os que se dizem novos, honestos? Será que são mesmo? Ou são lobos em pele de cordeiros?

João Ricardo Correia

8 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Tem cada candidato nesse nosso Brasil

eleicoes_2016a

Você já sabe em quem votar nas próximas eleições?
Se ainda está em dúvida, clique abaixo e escute alguns tipos de políticos/candidatos.

 

Fale no ZAP