Tag: correios

16 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Correios fecham 41 agências a partir de hoje

A partir de hoje (16), os Correios vão fechar e encerrar as atividades em 41 agências de 15 estados do país. De acordo com a estatal, as unidades que serão desativadas estão em imóveis alugados, localizadas muito próximas a outras agências (menos de dois quilômetros) e não geram lucros. A empresa informou que os funcionários que trabalham nesses locais serão realocados.

Atualmente, os Correios têm pouco mais de 6,3 mil agências próprias em todo o país, além de 4,3 mil comunitárias, 1 mil franqueadas e 127 permissionárias. Segundo a empresa, o encerramento das atividades dessas agências faz parte do processo de remodelagem da rede de atendimento, que prevê a substituição gradativa de unidades convencionais “por soluções diferenciadas e mais adequadas às necessidades dos clientes”.

8 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Defur prende bando acusado de planejar explosão de agência dos Correios

defur_municao
Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) prenderam seis homens que são suspeitos de estarem envolvidos com a prática de roubos, nesta sexta-feira (07). Eles foram flagrados portando armas e munições, quando estavam nas cidades de Macaíba e São Gonçalo do Amarante.

A Polícia tinha informação de que um grupo de quatro homens estava deslocando-se para uma cidade do interior com o intuito “levantar” informações para explodir uma agência dos correios. Policiais civis foram até Macaíba e prenderam Anjuly Bastos de Carvalho, conhecido como “Camarão”; Fernando; Miguel Paulo de Macena Bezerra e Joelmir Barbosa Pinto. Os quatro homens estavam portando uma pistola calibre 45 e foram autuados por associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito de forma compartilhada, pois não assumiram a propriedade da arma.

14 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Agências dos Correios não vão mais abrir aos sábados para reduzir gastos

CORREIOS2

A partir do próximo sábado (19), a maioria das agências dos Correios não vai mais abrir aos sábados. A medida é uma forma de reduzir os gastos da empresa e tentar chegar ao fim do ano com o orçamento em dia. Apenas as agências com grande movimentação, como em aeroportos e rodoviárias, continuarão abertas aos sábados.

“Queremos fazer um ajuste financeiro para, que ao final deste ano, os Correios não tenham deficit como no ano passado”, explicou o presidente dos Correios, Giovanni Queiroz. O balanço de 2015 da empresa ainda não foi concluído, mas no final do ano passado, Queiroz estimava que o deficit da estatal chegaria a R$ 2 bilhões.

Segundo o presidente, muitas agências são deficitárias e com baixo fluxo de clientes aos sábados, como a de Teófilo Otoni (MG), onde a receita média aos sábados é R$ 416 e a despesa para abrir é R$ 6,6 mil. “Não há nada que justifique estar aberta ao sábado”, diz. A medida não vale para as agências franqueadas dos Correios, só para as agências próprias. Atualmente, os Correios têm 6.471 agências próprias e 1.011 franqueadas.

Redução de despesas

Até o fim do ano, a empresa espera economizar R$ 1,6 bilhão com diversas ações de redução de despesas. Os Correios estudam a possibilidade de fundir agências que estejam próximas, realocando os funcionários e fechando as que dão prejuízo. Ainda neste mês, um projeto-piloto deve começar a funcionar no Distrito Federal e depois pode ser levado para outras cidades do país.

Queiroz deu o exemplo de sua cidade natal, Redenção (PA), onde atualmente há duas agências dos Correios, mas uma delas é pequena e deficitária. “Tem uma agência maior, em que faltam funcionários, e tem muito mais condições, fica a 800 metros da outra. Não faz sentido manter essa outra, porque tem um custo muito alto”, diz. Ele garante que nenhum município ficará sem pelo menos uma agência dos Correios.

O presidente fez uma recomendação para que todas as agências reduzam o pagamento de horas extras e o trabalho noturno dos funcionários. No ano passado, a empresa pagou R$ 720 milhões com hora extra. “Em nenhuma circunstância vamos prejudicar o serviço, vamos fazer um ajuste de gestão”, garante.

O corte pela metade dos gastos com publicidade e patrocínio, que no ano passado significou R$ 380 milhões, também é objetivo dos Correios para economizar. Outras medidas administrativas, como revisão de contratos de aluguel, redução do uso de carros, telefone, viagens e diárias serão adotadas. Também será feita uma auditoria na folha de pagamento para detectar pagamentos irregulares de benefícios.

Aumento de arrecadação

Para aumentar as receitas, os Correios vão começar a prestar os serviços de telefonia móvel virtual, chamada de MVNO (Mobile Virtual Network Operator). A concorrência para escolher a operadora de celular que irá fazer a parceria com os Correios para vender o chip com a marca da empresa será feita nesta semana. Com o serviço, a empresa pretende arrecadar R$ 282 milhões nos cinco anos de contrato.

Outra medida para aumentar a arrecadação dos Correios será a ampliação do número de agências que oferecem a venda de consórcios, como de veículos e imóveis, de 190 para 3,2 mil até o fim do ano. A estatal também vai investir no setor de logística e já iniciou a negociação para ser o operador logístico oficial de todos os setores do governo federal, como já faz com a distribuição de livros didáticos e de medicamentos.

 

Fonte: Agência Brasil

10 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

MPF denuncia assaltantes dos Correios de Sítio Novo

ASSALTANTE1

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) denunciou à Justiça Diego Emanuel Martins Genuíno da Silva (conhecido como “Diego do Japão”); Janderson Filipe da Silva; Viviana Karla Firmino da Silva; e Madson Roberto Alves da Fonseca. Os dois primeiros participaram do assalto à agência dos Correios de Sítio Novo, ocorrido em 25 de janeiro deste ano, e os outros dois ajudaram na tentativa de fuga de um dos assaltantes.

Diego e Janderson, hoje custodiados no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pirangi, levaram uma quantia de R$ 3.891,36 da agência e fugiram do local em uma moto que havia sido furtada na véspera, em Natal. Os dois chegaram por volta das 10h da manhã. Diego entrou primeiro, anunciou o assalto, sacou uma pistola calibre .40 e perguntou pelo cofre.

Janderson entrou na agência logo depois, com um revólver. Como o cofre não abriu, Diego retirou o dinheiro do caixa e fugiu junto com Janderson na motocicleta. A gerente da agência, contudo, estava do lado de fora, percebeu o assalto e chamou a polícia. Os policiais encontraram os assaltantes já se retirando do local e iniciaram uma perseguição.

Os ladrões caíram da moto, em uma curva, e tentaram fugir a pé para lados opostos. A PM foi atrás de Diego Martins e efetuou sua prisão. Já na delegacia, o assaltante recebeu uma ligação no celular que foi atendida por um dos policiais. Do outro lado da linha, um homem se identificando como “Ceguinho” exigiu que a polícia abandonasse a perseguição ao outro ladrão, Janderson, caso contrário sua quadrilha iria invadir a cidade e “tocar o terror”.

Janderson da Silva foi preso por volta das 14h30, quando os policiais abordaram um táxi onde se encontravam, além dele e do motorista, os outros denunciados: Madson Roberto e Viviana Karla. Em interrogatório, esses dois últimos afirmaram ter pego o táxi em Natal com o objetivo de resgatar Janderson, que se escondeu em meio ao mato. Ele passou sua localização para os comparsas por telefone.

Um policial retornou a ligação feita com ameaças e o número era, exatamente, o do celular que se encontrava com Viviana Karla. Madson já responde a crime de roubo na Comarca de São Paulo do Potengi e teve sua voz reconhecida como o homem que se passou por “Ceguinho”. Já Viviana Karla afirma ter sido companheira do marginal Isaac Heleno da Cruz, conhecido como Rivotril, morto em Natal em 2014, e possui diversas fotos para as quais posou segurando armas de fogo.

Confissão

Diego e Janderson confessaram a participação no assalto, que foi todo registrado pelas câmeras de segurança dos Correios. Segundo os policiais militares, durante a prisão em flagrante Diego fez ameaças aos PMs e garantiu que voltaria a assaltar a agência local, configurando “a prática de crime de desacato”. O assaltante já era alvo de um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado. Ao ser preso, ele ainda mantinha uma carteira de identidade falsa, com outro nome.

Diego do Japão foi denunciado por roubo (artigo 157 do Código Penal), receptação (art. 180), falsidade ideológica (art. 299), uso de documento falso (art. 304) e desacato (art. 331). Janderson da Silva por roubo e receptação. Madson Roberto responderá por desacato e favorecimento pessoal (art. 348); e Viviana Karla por favorecimento pessoal. A ação penal tramitará na Justiça Federal sob o número 0000217-28.2016.4.05.8400.

 

Fonte: Procuradoria da República no RN

28 jan by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

MPF denuncia ex-gerente dos Correios por empréstimos fraudulentos, peculato e simulação de assalto

CORREIOS2
Foto meramente ilustrativa

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) apresentou uma denúncia e uma ação de improbidade, assinadas pelo procurador da República Kleber Martins, contra Naide Xavier de Souza, ex-gerente da agência dos Correios do Município de Boa Saúde. De acordo com as ações, entre 2009 e 2010 Naide Xavier se aproveitou da função que exercia para realizar pelo menos 59 empréstimos consignados em nome de beneficiários do INSS e se apropriar dos respectivos valores, o que teria rendido aproximadamente R$ 37.890, que atualizados equivalem a R$ 65.576.

No final do expediente de 11 de maio de 2010, ela se apropriou de toda quantia existente no cofre da agência, R$ 64.507,88 (R$ 106.959,83 em valores corrigidos) e, em seguida, telefonou para a Diretoria Regional dos Correios, em Natal, comunicando falsamente que teria ocorrido um assalto. A intenção, além de obter lucro ilicitamente, era utilizar parte do dinheiro para quitar alguns dos empréstimos fraudulentos, cujos clientes ameaçavam procurar as autoridades para denunciá-la.

INVESTIGAÇÕES

O falso relato sobre o suposto assalto foi rapidamente desmentido pelas investigações internas dos Correios e pelas diligências da Polícia Federal. Moradores da vizinhança não viram qualquer pessoa invadindo a agência no horário mencionado por Naide Xavier. Uma webcam que filmava a porta de entrada foi desligada intencionalmente no dia anterior e outra, voltada para o guichê, registrou a ex-gerente realizando atendimentos normalmente e indo até o cofre, sem qualquer indício da presença dos dois ladrões armados que ela afirmou terem feito ela de refém.

Após responder a processo disciplinar, Naide Xavier de Souza foi demitida por justa causa dos Correios e terá de arcar com a devolução de toda a quantia indevidamente apropriada. A ex-servidora deverá responder ainda pelos crimes de estelionato, peculato e por atos de improbidade administrativa que importam em enriquecimento ilícito e prejuízo ao erário, nas ações propostas pelo MPF/RN.

A ação penal tramita na 14ª Vara Federal sob o número 0004149-92.2014.4.05.8400; a ação civil, na 4ª Vara Federal, sob o número 0800256-26.2015.4.05.8400.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Procuradoria da República no RN

2 set by Henrique Goes Tags:, ,

Cerca de dois mil carteiros usam smartphones para atualizar informações de entregas no país

Cerca de 2 mil profissionais de todo o país já estão utilizando smartphones para atualizar em tempo real as informações sobre a entrega de encomendas. Na primeira fase, os equipamentos são usados para o serviço Sedex 10, mas a previsão é que a ferramenta seja utilizada para os demais serviços de entrega registrada.

correios2
Imagem de internet

Com o uso do aplicativo pelo carteiro, o cliente tem informações na internet no exato momento em que a entrega ocorre. Atualmente, essa atualização só é feita ao fim do dia, quando o carteiro retorna para a central de entrega. A mudança também deverá gerar economia de papel, já que a lista de entregas do dia será disponibilizada no próprio smartphone.

A nova tecnologia também agiliza o trabalho. Ramos diz que antes levava cerca de 40 minutos para fazer a prestação de contas da entrega das encomendas, processo que agora leva um minuto.

“Antigamente, a gente chegava aqui nos Correios, tinha que aguardar em uma fila para fazer uma prestação de contas. Alguém organizava a fila, pegava de um em um e ia dando baixa manualmente. Hoje não, a gente chega, a gente mesmo dá baixa e não precisa de ajuda de ninguém”, explica.

Os smartphones utilizados pelos carteiros têm um mecanismo de segurança que bloqueia remotamente seu funcionamento em caso de furto ou roubo. Os carteiros receberam um treinamento para usar os equipamentos. Mas, na avaliação de Santos, não foi difícil aprender. “Foi muito fácil, não tem segredo não”.

Os carteiros estão usando o sistema nos 14 estados onde o Sedex 10 está disponível: Goiás, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco, Piauí, Bahia, Mato Grosso do Sul, Ceará e Espírito Santo, além do Distrito Federal. A segunda fase do projeto, em processo de contratação, prevê a utilização da ferramenta para os demais serviços de entrega sob registro.

Os serviços de telefonia celular (voz e dados) e aparelhos de smartphones em sistema de comodato foram contratados por meio de pregão eletrônico. A previsão dos Correios é investir R$ 3 milhões até o fim do ano com a implantação de sistemas, a compra de softwares e tecnologia da informação e o treinamento de funcionários.

 

Fonte: Agência Brasil

Fale no ZAP