Tag: eleição

10 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Datafolha: Bolsonaro tem 58% dos votos válidos, Haddad tem 42%

O Instituto Datafolha divulgou hoje (10) resultado de pesquisa de opinião que indica que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) tem 49% das intenções de voto e Fernando Haddad (PT) tem 36%. O número de eleitores indecisos ou que declaram votar em branco é de 8%. Seis por cento não souberam ou não quiseram responder. Considerando os votos válidos (sem nulos, brancos e indecisos), a vantagem de Jair Bolsonaro (58%) é de 16 pontos percentuais (42%).

Essa é a primeira pesquisa do Datafolha no 2º turno. O levantamento ouviu nesta quarta-feira 3.235 pessoas de 227 municípios. Como ocorria nas pesquisas do 1º turno, a margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. A margem de confiança é de 95%.

4 out by João Ricardo Correia Tags:, , ,

MP recomenda que prefeito de Carnaubais não utilize transporte escolar para deslocamento de eleitores

O Ministério Público Eleitoral (MPE) recomendou ao prefeito de Carnaubais que obedeça às regras de proibição de cessão e utilização do bem público em benefício do candidato, partido político ou coligação, especialmente no que tange à condução de eleitores em ônibus de transporte escolar, seja para votação ou qualquer outro evento político. O documento será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (5).

1 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Votar nulo ou em branco não faz diferença no resultado da eleição, mas serve como recado do eleitor

Todo ano de eleição surgem as mesmas dúvidas: se mais da metade dos eleitores votarem em branco ou anularem o voto, a eleição é cancelada? O voto nulo ajuda a eleger o candidato favorito nas pesquisas? Nos dois casos a resposta é não.

De acordo com Arlindo Fernandes, consultor legislativo do Senado, votar nulo ou em branco apenas invalida o voto. E é sempre um recado do eleitor.

— É uma forma encontrada pelos eleitores para protestar contra o que quer que seja, como a obrigação de votar, ou contra todos os candidatos de um pleito, quando não querem escolher nenhum — explica.

Pesquisa de intenção de voto para presidente da República realizada há pouco mais de uma semana da eleição apontava que votos nulos e brancos somavam 12%, percentual maior do que o alcançado pela maioria dos presidenciáveis.

25 set by João Ricardo Correia Tags:, , ,

TSE cancelou 3,3 milhões de títulos por ausência de biometria

Em manifestação enviada ao ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, nesta segunda-feira (24/9), o Tribunal Superior Eleitoral informou que 3,3 milhões de brasileiros tiveram seus títulos cancelados por não comparecerem à revisão eleitoral no período entre 2016 e 2018.

Barroso pediu, na última quinta-feira (20/9), que o TSE apresentasse esclarecimentos sobre o cancelamento de títulos de brasileiros que não realizaram o cadastro biométrico, após ação do Partido Socialista Brasileiro (PSB). No documento, de 207 páginas, a presidente da Corte Eleitoral, ministra Rosa Weber, afirma que a mera ausência de comparecimento à revisão não geram, automaticamente, exclusão do eleitor.

30 ago by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Show de horrores: propaganda eleitoral começa nesta sexta-feira

Numa época em que, segundo as pesquisas de intenção de votos, milhões de brasileiros ainda se dizem indecisos sobre as eleições de 7 de outubro, a propaganda eleitoral gratuita começa a ser divulgada no rádio e televisão para todo o país nesta sexta-feira (31). Durante o primeiro turno, o conteúdo político será veiculado até 4 de outubro, três dias antes de os eleitores comparecerem às urnas. No total, serão 35 dias de propaganda – dez a menos que antes da aprovação da Reforma Eleitoral de 2015 (Lei 13.165/2015).

Em casos em que haja segundo turno, a veiculação será retomada no dia 12 de outubro, ou seja, na primeira sexta-feira após o primeiro turno. Serão mais 15 dias até o dia 26 de outubro – dois dias antes dos eleitores voltarem às urnas.

São as mesmas promessas, os mesmos sorrisos sem graça, as imagens produzidas a preço de ouro, a hipocrisia em alta.

Mas, pelo menos, existe a opção de não dar audiência aos candidatos, é só não ligar o rádio ou a TV, enquanto eles estiverem exibindo suas performances eleitoreiras.

Com informações da Agência Brasil / Brasília

 

24 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

TSE abre debate sobre proibição de campanha em templos religiosos

A pouco mais de um mês das eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) abre o debate sobre a possível punição de candidatos que se utilizam de espaços religiosos para campanhas políticas.

A cassação dos mandatos do deputado federal Franklin Roberto Souza (PP-MG) e do deputado estadual Márcio José Oliveira (PR-MG), confirmada pelo TSE, levantou a discussão sobre abuso do poder religioso, que não está previsto na legislação, mas é suscitado na esteira do abuso do poder econômico.

No julgamento dos parlamentares mineiros, o ministro Jorge Mussi citou a decisão de abril do ano passado, que proíbe campanha em eventos religiosos. Na ocasião, o relator foi ex-ministro Henrique Neves, que ressaltou que a liberdade religiosa não pode ser utilizada para fins políticos.

17 ago by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Comitê da ONU sugere que o presidiário Lula participe de eleição

O Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) emitiu hoje (17) um documento que sugere ao governo brasileiro que reconheça os direitos políticos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, divulgou nota informando que o pedido da ONU será encaminhado ao Judiciário e que a iniciativa tem peso de recomendação, pois não é “juridicamente vinculante”.

“O teor da deliberação do comitê será encaminhado ao Poder Judiciário”, diz a nota do ministério. “O comitê, órgão de supervisão do Pacto de Direitos Civis e Políticos, é integrado não por países, mas por peritos que exercem a função em sua capacidade pessoal. As conclusões do Comitê têm caráter de recomendação e não possuem efeito juridicamente vinculante.”

18 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Prefeito de Macau desiste da reeleição para apoiar “Zé e Coroné”

ZE_E_CORONE
Prefeito Einstein Barbosa e os pré-candidatos Zé Antonio e Fernandes

O prefeito de Macau, Einstein Barbosa, desistiu de sua candidatura à reeleição para apoiar as pré-candidaturas a prefeito e a vice do médico José  Antonio e do tenente-coronel PM Fernandes. O anúncio de apoio da chapa  “Zé e Coroné” aconteceu na tarde do sábado, 15, durante entrevista ao vivo na rádio FM 98 na cidade.

Einstein dará apoio ao que ele hamou de “melhor para Macau”. Na entrevista, o prefeito analisou a situação da prefeitura de Macau, ressaltando as dificuldades financeiras em que se encontra o município.  “Eu irei apoiar a candidatura do médico e ex-prefeito Zé Antonio nestas eleições. Articulei esta aliança, abrindo mão de ser candidato, sem nenhuma ambição pessoal, para buscar o melhor para Macau. Acredito que o ex-prefeito Zé Antonio e o coronel Fernandes, juntos, somam as condições necessárias para resgatar a autoestima dos macauenses”, disse.

11 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Justiça Eleitoral revela queda na quantidade de registros de pesquisas para as eleições

PESQUISA

A cada pleito, as entidades e empresas interessadas em realizar pesquisas eleitorais de opinião pública relativas às eleições ou aos candidatos são obrigadas a efetuar o registro na Justiça Eleitoral, a partir de 1° de janeiro, e com no mínimo cinco dias de antecedência da divulgação. Este ano, a Justiça Eleitoral recebeu, até o momento, 795 registros de pesquisas eleitorais. Houve uma queda de 21,5% na comparação com o mesmo período das eleições municipais de 2012, quando os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) receberam 1.013 registros.

De acordo com a Resolução n° 23.453, que dispõe sobre pesquisas eleitorais para o pleito de 2016, o registro de pesquisa deve ser realizado, obrigatoriamente, pela internet, a qualquer tempo, por meio do Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle), disponível nas páginas dos respectivos regionais. Na hipótese de a pesquisa envolver mais de um município, deverá ser efetuado um registro para cada município abrangido.

2 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

A partir deste sábado, agentes públicos não podem mais contratar e exonerar

URNAPor Tadeu Rover

Os agentes públicos, servidores ou não, devem ter atenção redobrada à partir deste sábado (2/7). Isso porque a legislação eleitoral proíbe uma série de condutas nos três meses que antecedem a eleição.

“O objetivo dessas normas é evitar o desequilíbrio no pleito, impedindo, por exemplo, que um candidato se beneficie ou favoreça o seu candidato”, explica o juiz André Guilherme Lemos Jorge, que recentemente lançou o Manual de Direito Eleitoral e Jurisprudência, editado pela ConJur.

As proibições estão na Resolução 23.457/2015 do Tribunal Superior Eleitoral, que repete as normas já definidas pelo artigo 73 da Lei 9.504/1997 (Lei das Eleições). Lemos Jorge aponta que há três proibições gerais que merecem destaque. O primeiro é o dispositivo que veda o uso, em benefício de um candidato, de bens móveis e imóveis da administração direta ou indireta.

12 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

OAB/RN: Magna Letícia recebe apoio de advogadas na reta final da campanha

MAGNALETIICIAMULHERESAPOIO1_JOANALIMA

Um evento para discutir a influência da mulher advogada no cenário local. Assim foi definido o encontro promovido na tarde desta quarta-feira (11) por um grupo de mulheres advogadas que atuam no Estado e que manifestaram seu apoio à candidatura de Magna Letícia para a presidência da OAB/RN.

Representante da Chapa 20 na disputa, Magna Letícia é candidata pela oposição e mantém a confiança de ser a primeira mulher a presidir a entidade em 83 anos de história no Estado.

Entre as advogadas presentes no encontro e que tiveram a oportunidade de discursar, todas citaram como principal problema da seccional regional a omissão da atual gestão em relação à valorização das profissionais. A advogada e procuradora do Município de Natal, Cássia Bulhões, também integrante da Chapa 20, iniciou o seu discurso citando a ausência da OAB/RN no cotidiano das advogadas. Ela destacou a militância e trajetória de Magna como uma esperança para a entidade. “A OAB não me representa, mas Magna tem a sensibilidade feminina, ela tem a postura e a necessidade de querer mudar. Eu acredito na capacidade dela em trazer a mulher advogada para dentro da OAB e fazer dela a nossa casa”, salientou Cássia Bulhões.

As advogadas apontaram ainda dos prejuízos causados pela falta de representatividade da atual gestão da seccional potiguar. Uma das mobilizadoras do encontro, a advogada Hortência Melo fez uma convocação para todas as advogadas votarem em Magna Letícia como garantia da mudança que a OAB/RN precisa. “Eu acredito que, com Magna Letícia presidente, a OAB vai me respeitar como mulher advogada. Na próxima segunda-feira, dia 16, todas nós iremos pensar nesse mesmo sonho e nessa mesma esperança e iremos todas votar na Chapa 20”, conclamou.

Dentre os compromissos assumidos em seu plano de gestão, Magna Letícia garante o cumprimento do Plano Nacional de Valorização da Mulher Advogada, que prevê cotas mínimas de advogadas na composição de todas as comissões.

Em resposta aos anseios expostos pelas advogadas, Magna enfatizou o seu propósito de representar os advogados potiguares na defesa das suas prerrogativas profissionais. “Os meus colegas advogados não se sentem acolhidos na nossa OAB, não se sentem em casa, e eu me lancei candidata com o ideal de mudar esse atual cenário”, resumiu ela, definindo a campanha da Chapa 20 como voltada para atender as necessidades dos advogados. Em clima de confiança, Magna encerrou sua fala no encontro reiterando a certeza na vitória da sua chapa. “Nós estamos fazendo uma campanha limpa, idealista e rica de força, de firmeza e de responsabilidade, então vamos adiante à nossa vitória no próximo dia 16”, ressaltou a candidata a presidente.

Fonte: Graphos Comunicação 
Fotos: Joana Lima

1 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

PSN participará do próximo pleito no RN

URNA

O empresário Arnaldo Lúcio Ribeiro assumiu o comando do PSN – Partido da Solidariedade Nacional no Rio Grande do Norte. Criado e com sede na Paraíba, o novo partido é presidido nacionalmente pelo paraibano Eugênio Falcão e tem como filosofia de luta a defesa de projetos para promoção de políticas públicas nacional em apoio aos movimentos e sindicatos de todos os segmentos que buscam melhorias para as diversas categorias da sociedade brasileira. O PSN, segundo o presidente Arnaldo Lúcio Ribeiro, apoia também a realização de uma reforma tributária no País por entender que a grande carga tributária brasileira está inviabilizando, principalmente o pequeno empreendedor.

“O PSN defenderá também a família brasileira”, ressalta Arnaldo Lúcio, informando que o partido já se encontra presente em 18 Estados da Federação. No Rio Grande do Norte, segundo ele, o PSN trabalhará forte para consolidar o partido, inclusive com o propósito de participar ativamente das próximas eleições municipais, quando pretende apresentar candidatura própria em vários municípios do Estado, começando pelos maiores como Mossoró, Macau, Caicó, Currais Novos, João Câmara,  Macaíba São Gonçalo do Amarante e Parnamirim. “No Rio Grande do Norte estamos representados em 18 municípios”, disse ele.

CAPITAL ELEITORAL

De acordo com o presidente Arnaldo Lúcio, o PSN, apesar de ser a nova sigla partidária do País, conta com 1 deputado estadual no Amapá, o vereador mais votado de Porto Velho, 1 vereador em Belo Horizonte, 1 vereador em Coritiba e mais de 20 vereadores na Paraíba. O partido foi registrado no TSE e está apto a disputar o pleito do próximo ano.  Foi protocolado no dia 6 de fevereiro e até mais dará entrada nas assinaturas de apoiamento, que já chegam a mais de 400 nomes.

15 jan by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Melhor parlamentar: uma eleição sem futuro para o povo

VOTACAO1

 

Quem é o melhor professor do Rio Grande do Norte? Quem é o melhor gari do Rio Grande do Norte? E o melhor policial civil? O melhor PM? O melhor advogado? O melhor médico? O melhor enfermeiro? Não existe o menor interesse de apresentar destaque nessas e outras áreas de atividades profissionais. Mas, anualmente, desde 1972, jornalistas escolhem o Parlamentar do Ano, ou seja, aquele que, na visão do grupo de comunicadores que cobrem as atividades na Assembleia Legislativa, foi o melhor.

Em 2014, por ser o último ano da legislatura, ainda foi eleito o Parlamentar da Legislatura, título concedido justamente ao presidente da Casa, Ricardo Motta. Kelps Lima foi o parlamentar do ano.

Os escolhidos, independentemente de quem sejam ou a quais partidos pertençam, foram melhores em quê?! E o restante dos nobres representantes do povo potiguar são, consequentemente, os piores? Ou “menos competentes”?

Qual o motivo de precisar ressaltar o trabalho de deputados?! O que eles fazem é obrigação. Estão lá porque foram votados. Quer homenagem maior que essa?! Está bom demais. Chega de puxasaquismo! Como jornalista – e respeitando a decisão dos colegas que participam da escolha – considero totalmente desnecessária a premiação. O que rende de frutos à sociedade mais essa eleição? O que resulta de interessante ao Estado? Ocupar espaço na mídia para ressaltar essas ações parlamentares interessa a quem? O que o povo ganha com isso? É mais uma sacanagem com o cidadão que precisa de um aparelho governamental em funcionamento e que, muitas vezes, caminha lentamente exatamente pela inércia de alguns deputados, que mal sabem falar, que assassinam a língua portuguesa em seus pronunciamentos, que são especialistas em obter votos, nada mais.

Os deputados trabalham no maior conforto, em ambientes com ar-condicionado, cafezinho a toda hora, suquinho, cercados de assessores, recebem salários mensais que ultrapassam os 25 mil reais, usufruem de regalias, são paparicados e ainda precisam que a imprensa eleja os melhores?!

É muita necessidade de massagear o ego desses senhores e senhoras. Segundo informações da Assessoria de Comunicação da Assembleia Legislativa do RN, a eleição acontece desde 1972, quando o primeiro eleito pelos jornalistas foi o ex-deputado Roberto Furtado.

Não seria mais interessante apontar o deputado mais faltoso? O que apresentou menos projetos? O que menos falou no plenário? Será que, agindo assim, os jornalistas não estariam prestando um serviço mais importante à sociedade que consome as notícias que produzem?

28 fev by Henrique Goes Tags:, ,

ASSOCIAÇÃO DE OFICIAIS DOS BOMBEIROS ELEGEM PRESIDENTE NA PRÓXIMA QUARTA

O Conselho Deliberativo da Associação dos Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte (ASSOFME) estará elegendo o novo presidente, vice-presidente, diretores e secretário da associação na próxima quarta-feira (06).

Brasão-bombeiros-RN
Reprodução

A ASSOFME é uma instituição sem fins econômicos, apartidária, de caráter civil, com personalidade jurídica própria, e tem entre seus objetivos congregar os oficiais militares estaduais do Rio Grande do Norte, promovendo o fortalecimento da classe, através do desenvolvimento de uma postura política, não-partidária, nas questões institucionais que envolvam seus interesses, atuando junto ao Poder Estatal, através de ações na esfera político-administrativa ou judicial, na defesa dos interesses comuns de seus associados, entre outros.

A Associação dos Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte é composta por oficiais do serviço ativo, da reserva e reformados, Aspirantes a Oficial, Alunos do Curso de Formação de Oficiais, pensionistas de Oficiais militares estaduais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte.

ASSOCIAR-SE

Para se associar a ASSOFME é simples. Além de atender aos critérios estabelecidos no estatuto social da mesma, o interessado deverá preencher um ficha cadastral e autorizar, formalmente, que seja descontado mensalmente, em folha de pagamento, a importância de R$ 40,00 (quarenta reais), como forma de contribuição ao seu funcionamento administrativo. Mais informações pelo www.assofme.com.br.

 

Com informações da Assessoria de Imprensa

Fale no ZAP