Tag: Exército

7 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Doze militares do Exército ficam feridos em acidente de trânsito

Doze militares do Exército Brasileiro ficaram feridos na tarde de hoje (7) quando um comboio de viaturas do Comando Conjunto das Forças Armadas, que participaria de um patrulhamento regular nas comunidades de São Gonçalo, envolveu-se em acidente na BR-101, perto do bairro Jardim Catarina, região metropolitana do Rio de Janeiro.

O comboio era constituído por um caminhão de transporte da tropa e por dois carros blindados, modelo Guarani. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o caminhão que vinha na frente no comboio tombou na pista, por volta das 13h30, e os dois blindados que vinham atrás acabaram batendo no carro que estava à frente.

Os militares feridos foram encaminhados para o Hospital Estadual Alberto Torres e para a Policlínica do Exército, em Niterói.

De acordo com o Comando Militar do Leste (CML), nenhum militar corre risco de morte. Um deles permanece em observação, com dores abdominais, e tem seu quadro clínico do militar investigado pela equipe médica.

Em nota, o CML informou que as investigações preliminares sobre o acidente indicam que houve falha mecânica. O Exército instaurou um inquérito policial militar (IPM) para esclarecer as causas do acidente.

Por Douglas Corrêa – Repórter da Agência Brasil / Rio de Janeiro

27 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Coronel do Exército que ameaçou Rosa Weber deve usar tornozeleira eletrônica

O coronel da reserva Antônio Carlos Alves Correia (FOTO), investigado por gravar vídeos ameaçando ministros do Tribunal Superior Eleitoral e xingando a ministra Rosa Weber, terá que usar tornozeleira eletrônica e manter distância dos ministros do Supremo Tribunal Federal, do Tribunal Superior Eleitoral, e do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

Correia foi alvo de mandado de busca e apreensão nesta sexta-feira (26/10), no Rio de Janeiro. Na decisão que a autorizou, a juíza federal Adriana Alves dos Santos Cruz, da 5ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, impôs medidas cautelares ao coronel, dentre elas, o monitoramento por tornozeleira eletrônica, andar armado e viajar à Brasília.

Além disso, a juíza determinou que o coronel mantenha precisa distância de ao menos de cinco quilômetros de todos os ministros do STF, do TSE, e do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

30 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Rio de Janeiro se acabando na bala e Temer considera resultados da intervenção federal “extraordinários”

O presidente Michel Temer, disse hoje (30) que os índices de combate à criminalidade da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro são “extraordinários” e que está “satisfeitíssimo” de ter decretado a medida. O presidente chegou por volta de 11h ao Palácio Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, e participou de uma reunião no Comando Militar do Leste, em que foi apresentado um balanço dos seis meses de intervenção federal no Rio de Janeiro.

Temer disse que os primeiros meses da intervenção foram de estruturação, e que os resultados começaram a surgir nos meses seguintes. “Nesses três a quatro meses, os índices de combate à criminalidade são extraordinários. E eu sei que, de vez em quando, se diz que o apoio à intervenção federal caiu de 74 para 66 [por cento], e eu mesmo me indago: qual é o setor da atividade pública que tem 66% de aprovação da população? Quando ultrapassa a margem de 50%, é extremamente favorável”.

20 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Negado recurso de sargento investigado em operação que apura fraudes em reforma de militares

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou provimento ao Recurso Ordinário em Habeas Corpus (RHC) 158773, interposto contra acórdão do Superior Tribunal Militar (STM) que negou pedido de trancamento de inquérito contra o sargento J.M.V., investigado na Operação Reformados, que apura esquema de obtenção fraudulenta de reforma de militares.

No caso dos autos, o sargento do Exército foi reformado após ter sido considerado pela Junta de Saúde Militar incapaz definitivamente para o serviço ativo com “diagnóstico definitivo de alienação mental”. De acordo com as investigações no âmbito da Operação Reformados, realizada em conjunto pelo Exército Brasileiro, pelo Ministério Público Militar, pela Polícia Federal e pela Advocacia-Geral da União, o militar, mesmo sendo considerado incapaz, exerce trabalho intelectual que, em tese, é incompatível com o diagnóstico de “esquizofrenia paranóide crônica irremissível”.

19 ago by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Brasil nas mãos da bandidagem: Exército volta a ocupar o Complexo do Alemão

Pela segunda vez em menos de uma semana, militares do Exército realizam hoje (19) operação contra o tráfico de drogas no Complexo de Favelas do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. A operação começou durante a madrugada.

Há informações de moradores de que houve tiroteios em algumas das localidades.

Esta é a segunda vez que o Alemão é ocupado pelas Forças Armadas em operação que se realiza no âmbito das ações ligadas à intervenção federal no estado.

23 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Bolsonaro: discurso fácil e indignação contra sistema apodrecido

O crescimento do nome de Jair Bolsonaro, como candidato a presidente da República pode ser chamado de revolta, indignação, resposta, protesto, qualquer palavra contra o sistema que aí está. O capitão da reserva do Exército não é novidade, cumpre seu sétimo mandato como deputado federal, tem filhos na política, já se envolveu em inúmeras polêmicas, mas sempre demonstrou, pelo menos aparentemente, coragem e fala exatamente o que a maioria do povo está querendo ouvir.

Numa época em que explodiu no Brasil uma série de casos de corrupção, com empresários e políticos – dos mais variados partidos – presos, acusados, denunciados, investigados e com o índice de violência comparado ao de uma guerra civil, Bolsonaro, que não é menino, apropriou-se de um discurso populista, bem articulado e até está sorrindo com mais frequência.

Carregados nos ombros por seus admiradores, Bolsonaro está sendo transformado em uma espécie de troféu cobiçado por uma torcida que já não suporta mais o caos generalizado no território brasileiro.

De acordo com as pesquisas de intenções de votos, até gora, Bolsonaro perderia somente para o ex-presidente e atual detento Lula, atrás das grades em uma unidade da Polícia Federal, em Curitiba. Caso o homem “mais honesto do mundo”, perdendo somente para Deus, como ele mesmo disse, não consiga ser candidato, as indicações apontam para a eleição de Bolsonaro. Se ele decepcionaria, como tantos outros, ou se devolveria um pouco da dignidade aos brasileiros, somente o tempo diria.

Militar teoricamente bem preparado, Bolsonaro precisaria aprender a lidar com o Congresso Nacional, formado por 513 deputados federais e 81 senadores, e estar cercado de auxiliares vacinados contra essas canalhices arquitetadas e executadas nos bastidores podres da política brasileira. Caso contrário, será mais um deles.

 

João Ricardo Correia

5 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Militares em dificuldade: general fala sobre “perda de poder aquisitivo” da categoria

GENERAL_GARRIDO2

ARTIGO – A reestruturação da remuneração dos militares das Forças Armadas e os efeitos na redução de gastos do Governo

Por Gen Div Eduardo Castanheira Garrido Alves

A forte crise econômica que se abate sobre o País requer medidas de contenção de gastos, no âmbito da administração pública. Independentemente dos fatores que deram origem à atual crise, seus reflexos são sentidos diretamente por grande parcela da população brasileira, quer pela perda de poder aquisitivo, ocasionada pelo retorno da inflação, quer pela redução da oferta de emprego, levando à mudança de hábitos de consumo e à busca por novas alternativas de renda.

O Governo Federal tem anunciado, entre outras reformas, a necessidade de uma Reforma Previdenciária que se traduz em mais um grande esforço ao qual todos os cidadãos brasileiros serão submetidos. A argumentação está em que o Tesouro Nacional não tem como arcar com os elevados déficits gerados pelo Regime Geral de Previdência Social (RGPS), pelo Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) e pelas pensões pagas às pensionistas de militares.

31 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

RN pede socorro e Temer autoriza envio de tropas do Exército

ATAQUENATAL1

O presidente interino Michel Temer autorizou hoje (31) o envio de tropas do Exército para ajudar a garantir a segurança da população no Rio Grande do Norte, em meio aos recentes ataques a ônibus e prédios públicos, cometidos, segundo o governo local, em retaliação à instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária Estadual de Parnamirim, em Natal.

A autorização foi assinada por volta das 18h atendendo a pedido do governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria. Segundo a assessoria do Palácio do Planalto, os militares serão enviados para “auxiliar as forças de segurança do Estado”, que, desde sexta-feira (29), registrou 54 ocorrências de vandalismo e depredação, a maioria de incêndios a ônibus. Também há registros de disparos contra prédios públicos e explosivos em uma agência bancária.

21 jun by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Abaixo-assinado virtual protesta contra morte de onça usada pelo Exército

JUMA1
Juma foi acorrentada durante cerimônia, ficou perturbada e fugiu, sendo morta com tiro na cabeça por militar do Exército

 

O texto abaixo – entre aspas –  foi retirado de um abaixo-assinado virtual, motivado pela morte de uma onça que foi retirada do seu habitat natural para servir de mascote para um evento em prol das Olimpíadas 2016. O mais grave é que tudo foi feito pelo Exército brasileiro. Se você é contra a morte de animais, leia e assine, como forma de pedir punição para os culpado.

“Juma foi retirada de seu habitat natural para servir de alegoria para as PATÉTICAS Olimpíadas que só geram prejuízos ao Brasil. Uma ATITUDE IRRESPONSÁVEL que custou a vida de uma animal inocente.

A cerimônia de revezamento da Tocha Olímpica realizada no Centro de Instruções de Guerra na Selva (Cigs), envolvendo fogo, odores e pessoas diferentes, causou uma situação atípica, com estresse, para a onça Juma, segundo especialistas. O fato culminou na morte do animal. Após fugir e ser alvejada com tranquilizantes, Juma levou um tiro de pistola e morreu, segundo nota enviada pelo Comando Militar da Amazônia (CMA)”

Veja como participar do abaixo-assinado:

https://www.change.org/p/justi%C3%A7a-para-juma-assine-o-abaixo-assinado?tk=NabTFlHhALzPx67aMPqW3598tuNTzM_qqo0G-_IJa2A&utm_medium=email&utm_source=signature_receipt&utm_campaign=new_signature

 

 

 

 

 

 

 

 

21 set by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

TIM investirá no Brasil e tenente-coronel é condenado por improbidade

CELULAR
O presidente-executivo da Telecom Italia, Marco Patuano, confirmou nesta segunda-feira (21) o plano de investimentos para a controlada brasileira TIM, apesar da situação política e econômica do Brasil. “A situação no Brasil mudou significativamente, tanto do ponto de vista macroeconômico quanto do político-institucional. É um momento de bastante turbulência que exige reflexão”, disse Patuano durante um evento em Roma. “A primeira decisão importante que devemos ter é confirmar o plano de investimentos, tendo o esforço investidor em dólar, apesar da dinâmica do real”, explicou. Marco Patuano informou que, nos próximos dias, executivos da Telecom estarão no Brasil e na Argentina para se reunirem com empresários, investidores e governos locais. Entre estes encontros, destaca-se um com o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, e com a diretoria da Anatel. “O Brasil é uma área monitorada de perto. Nos beneficiamos de uma economia positiva; não precisamos nos assustar, se agora vivemos um momento cíclico diferente do passado recente”, disse. (Fonte: Agência Brasil)

=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=

OFICIAL CONDENADO
Um tenente-coronel do Exército teve a condenação por improbidade administrativa confirmada pela 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal por desvio de verbas destinadas à compra de alimentos para a 3ª Região do Comando Militar do Sul. O administrador e o casal proprietário da empresa que fornecia os mantimentos também foram condenados.

OFICIAL CONDENADO 2
Conforme o MPF, o militar, que atuava no 3º Batalhão de Suprimentos, em Nova Santa Rita, município da Região Metropolitana de Porto Alegre, atestava notas fiscais da empresa fornecedora sem que os produtos fossem de fato entregues. Em alguns casos, os alimentos eram de qualidade inferior ao contratado na licitação. O valor que sobrava era dividido entre ele e os outros acusados. Os réus terão que ressarcir os cofres públicos, devolvendo R$ 211.445.

INTERNET
A proporção de estudantes e professores que usam internet pelo celular cresceu nos últimos anos. Entre alunos de escolas públicas, o percentual chega a 79% e em colégios particulares, 84%. Os dados fazem parte da pesquisa Tecnologia da Informação e da Comunicação (TIC) Educação 2014, divulgada hoje (21) pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br). Entre os professores, o percentual passou de 36%, em 2013, para 64%.

MINISTÉRIOS
A presidenta Dilma Rousseff vai se reunir, a partir de hoje (21), com líderes da base aliada na Câmara e no Senado para discutir a reforma administrativa, que deve cortar dez dos 39 ministérios. As mudanças só serão anunciadas depois de a presidenta se reunir com os líderes. A previsão é que o anúncio da reforma administrativa ocorra até a próxima quarta (23). O assunto foi tratado pela manhã na reunião de coordenação política, com a presença da presidenta Dilma, do vice-presidente Michel Temer, de ministros e líderes do governo na Câmara, no Senado e no Congresso Nacional.

CORRUPÇÃO
A campanha de coleta de assinaturas em prol das “10 Medidas contra a Corrupção”, do Ministério Público Federal (MPF), atingiu a marca de 5.384 assinaturas em todo o Rio Grande do Norte. O número faz parte do balanço da campanha, que já registra mais de 251 mil assinaturas em todo o Brasil. Agora um “assinômetro” permitirá acompanhar o passo a passo da coleta, através do site www.10medidas.mpf.mp.br.

CORRUPÇÃO 2
A meta é alcançar um total de 1,5 milhão de assinaturas nacionalmente, para que as 10 medidas sejam encaminhadas ao Congresso Nacional como projeto de lei de iniciativa popular. As propostas visam ajudar no combate a um dos crimes que mais prejuízos traz à sociedade brasileira: a corrupção. Qualquer cidadão pode participar, assinando as listas e até mesmo as imprimindo no site www.10medidas.mpf.mp.br e entregando nos pontos de coleta. As unidades do MPF em Natal, Mossoró, Caicó, Assu e Pau dos Ferros vêm recebendo as listas, assim como diversas entidades parceiras.

CLASSIFICADOS
O Portal Companhia da Notícia agora tem uma página de classificados. O anúncio, que custa 30 reais por mês, pode ser pago com o cartão de crédito, no sistema PagSeguro. Clique e saiba mais: http://companhiadanoticia.com.br/classificados-encontre-aqui-as-melhores-oportunidades/

BANDIDAGEM
O Ministério da Justiça autorizou, por mais seis meses, a presença da Força Nacional no Rio Grande do Norte. Se com esse reforço está ruim, imagine se for retirado. Lamentavelmente, a bandidagem continua mandando por aqui, em várias esferas.

DE OLHO
Fontes do colunista informam que gente dos “terceiro e quarto escalões” não está dormindo direito há meses, desde a deflagração da Operação Lava Jato. No RN, muitos “ricos” e “influentes” estariam envolvidos “até o gogó” em algumas canalhices. Teria até aposentado do serviço federal, aparentemente “santinho”, que vai ser chamado para dar explicações das suas riquezas. Vamos aguardar…

SÓ POLÍTICO?
Qual sua profissão? Sem ser político, em que você trabalhou até agora? Essas duas perguntas estarão muito presentes na campanha do próximo ano em Natal. Candidatos e pré-candidatos que preparem as respostas.

3 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

O “Exército de Engomadinhos” delira, toma cafezinho e quer se ver na TV

ROBINSON3
Robinson Faria: pouco mais de dois meses como governador e muitos desafios pela frente

 

O governador Robinson Faria tem demonstrado, desde quando ainda era candidato, vontade para minimizar a insegurança no Rio Grande do Norte. Não é fácil, sabemos. Mas fica muito mais difícil quando o “Exército de Engomadinhos” entra em ação. Eles estão por toda parte, sempre arrumadinhos, sorridentes, cabelinhos no lugar e adoram participar de “apresentações”. É um tal de apresentar isso, aquilo, acolá, comparações, blablablá; pura encheção de linguiça, nada mais.

Confio em minhas fontes. Algumas têm mais de vinte anos de “parceria” com meu trabalho. Confio porque não foram cultivadas em mesa de bar, pagando almoço, nem dividindo “momentos sociais”. E algumas dessas fontes, em plena atividade, tanto na Polícia Civil, quanto na Polícia Militar, falam da insatisfação dessas categorias, principalmente daqueles que têm “sangue de polícia” e que, portanto, não integram as fileiras dos que vivem dando polimento nos dentes, porque sabem que a qualquer momento estarão diante da Sua Excelência o governador, “correndo o sério risco” até de aparecer na televisão!!!! Que coisa, não?!

Pois é! Longe dos holofotes, existem centenas de homens e mulheres trabalhando diuturnamente, como fazem há anos, em prol da sociedade. Exigem respeito – que passa necessariamente por uma remuneração decente – e condições de trabalho. Nada mais. Não se importam com reuniões regadas a cafezinho e água gelada. Não querem sair na foto. São competentes por natureza, por aptidão, capacidade. Não querem ocupar nenhum cargo eletivo. São técnicos, profissionais.

Robinson Faria tem ao seu lado, no comando da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), a delegada de Polícia Civil Kalina Leite, uma mulher competente, estratégica, destemida, vista nos bastidores da atual gestão como uma das principais peças da engrenagem corroída pelo tempo e que, agora, insiste em funcionar de maneira adequada. Kalina é sincera. O governador sabe disso. E não pode esquecer. Talvez pela capacidade de articulação da chefe da Sesed, ainda não tenha aparecido na sociedade algum movimento mais intenso partindo daqueles que não estão gostando do tratamento que recebem. Mas a paciência da secretária, garantem algumas das minhas fontes, tem limite e esse limite não se alimenta de papo-furado, nem de promessas pós-campanha.

De forma rápida: o governador Robinson Faria precisa colocar o exército de verdadeiros policiais nas ruas, com profissionais estimulados. Viatura e equipamento bonitinho herdado da Copa do Mundo não farão nada sozinhos. Podem até servir de cenário para o teatro dos “engomadinhos”. E só.

Os dados oficiais estão aí, muito bem apresentados. E as vítimas das violência também estão aí, aterrorizadas, desesperadas, pois terminam virando números das estatísticas, nada mais. E serão lembradas, abraçadas, visitadas, atendidas somente na próxima campanha eleitoral.

Corra, governador Robinson! O povo depositou uma grande confiança no senhor! O tempo passa rápido! Daqui a pouco, o senhor estará novamente nos palanques. Ou não. Lembra de Rosalba? Aquela de quem o senhor foi vice? Pois é…

31 jan by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Estágio para jornalista em área de conflito – Uma preparação eficiente

JORNALISTAUCRANIANOEB

O Centro de Comunicação Social do Exército recebeu uma mensagem de um ex-integrante do Estágio para Jornalista em Área de Conflito realizado pelo Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), sediado no Rio de Janeiro, cujo teor enaltecia as atividades desenvolvidas durante a atividade e o quanto o aprendizado lhe foi útil.

A finalidade do Estágio é transmitir conhecimentos específicos das operações de paz em ambiente de conflito, sob a égide das Nações Unidas e o aluno, durante as duas semanas de intensas atividades, recebe noções sobre características, particularidades e aspectos relacionados à segurança neste tipo de ambiente operacional, buscando propiciar aos profissionais da imprensa informações e cuidados necessários à realização de suas reportagens.

O jornalista, ucraniano, atua como repórter especial da Revista Tecnologia & Defesa, cobrindo a guerra da Ucrânia e frequentou a primeira turma em 2008. Sua mensagem apresentava o seguinte teor:

“Tive a honra de fazer parte da turma pioneira do curso de corresponde em areas de conflito no entao CIOPAZ, do EB, em 2008. Lá me ensinaram que em terreno minado ou suspeito se caminha pisando no mesmo local daquele que segue à frente, na coluna. Com isso sempre em mente, segui atrás de um soldado, caminhando sobre suas pegadas em meio à neve, que chegava às canelas. Não tirava meu olho dos passos dele. Esse foi um detalhe que salvou minha vida e a do meu desatento acompanhante, que seguia logo atrás de mim e não parava de falar, emocionado por estar a poucas centenas de metros de distância das linhas separatistas. Durante a caminhada, momento em que atravessávamos um cemitério, eu vi um fio quase encoberto a apenas um passo de mim, que cruzava o caminho e que, aparentemente – para sorte dele -, não havia sido notado pelo soldado a minha frente. Num golpe de reflexo eu parei, a neve ajudou a me segurar e com os dois braços eu segurei o acompanhante que já iria “me ultrapassar”. Foi por pouco. Era uma armadilha, com um fio conectado a um explosivo e que teria nos levado pelos ares…

 

Fonte: Agência Verde Oliva

24 jun by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Prefeitura e Exército entregam donativos a famílias atingidas pelas chuvas em Mãe Luíza

Um mutirão formado pela Prefeitura do Natal, por intermédio de equipes da Secretaria Municipal do Trabalho e da Assistência Social (Semtas), e pelo Exército Brasileiro efetua nesta terça-feira (24) a entrega de kits com alimentos, peças de vestuário e materiais de higiene a 270 famílias de Mãe Luíza cadastradas pelo Município. Os materiais foram doados pelos natalenses na campanha coordenada pela Prefeitura e promovida desde o início das ocorrências das fortes chuvas no bairro e em outras regiões da cidade.

Até o momento, as equipes da Semtas já repassaram 10 toneladas de donativos a famílias que sofreram os efeitos dos temporais, principalmente em Mãe Luíza, na comunidade do Jacó e na Zona Norte (conjuntos Pajuçara, Santarém e loteamento José Sarney), além dos moradores de áreas próximas às lagoas do Preá e de São Conrado. Ao todo, a Semtas cadastrou 475 famílias vitimadas pelas chuvas.

Os kits entregues pela Prefeitura são compostos de cestas básicas, conjuntos de roupas (incluindo peças de vestuário, lençóis e toalhas), de calçados (com sandálias e tênis entre os itens) e de higiene pessoal (sabonetes, pastas e escovas dentais inclusos). Entre os donativos, há ainda materiais de uso específico de crianças.

A entrega desta terça está sendo efetuada na sede da Associação de Delegados da Polícia Civil (Adepol), localizada na avenida João 23, e na base da Marinha no Farol de Mãe Luíza. Voluntários da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA Brasil) também participaram da entrega dos donativos no bairro.

(Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação)

27 mar by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Mais de 3 milhões de armas de fogo são destruídas pelo Exército

 

Grandes quantidades de armas de fogo têm sido inutilizadas e destruídas pelo Exército Brasileiro (EB) nos últimos anos. Dados da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC) apontam que, entre 1997 e 2012, a Força Terrestre incinerou 3,1 milhões de pistolas, revólveres, fuzis, espingardas, entre outros. Desse total, 15% referem-se ao material recolhido na Campanha do Desarmamento, realizada entre 2004 e 2006 pelo Ministério da Justiça. As informações de 2013 ainda estão sendo apuradas, segundo o DFPC.

Não há linearidade no número de apreensões nem de destruições ano a ano, já que o montante varia para mais ou para menos dependendo da época ou da cidade. As 12 regiões militares – que representam a forma como é dividida a atuação do Exército pelo País – receberam, de 2003 a 2010, 1,3 milhão de armas, tendo destruído 1,2 milhão delas.

Imagem ilustrativa

Para a coordenadora do Núcleo de Estudos sobre Violência e Segurança da Universidade de Brasília (UnB), Maria Stela Grossi Porto, “qualquer iniciativa de retirar armas de circulação é positiva”. Apesar de afirmar que “ainda existe quantidade enorme de armamento ilegal em circulação no Brasil”, a pesquisadora acredita que os números representam mais efetividade na resposta à violência em conflitos armados.

Maria Stela, que é professora do Departamento de Sociologia da UnB, defende que campanhas como a do Desarmamento contribuem para uma “cultura de paz” e mostram que há punição para os que infringem as leis. “A sociedade tem que começar a acreditar que é menos vantajoso o porte e uso de armas. Isso pode vir a diminuir a criminalidade”, conclui.

PASSO A PASSO

A destruição de armas pelo Exército é a última etapa de um processo que envolve vários outros atores. O primeiro passo é a apreensão do armamento pelos órgãos de segurança pública (OSP), como as Polícias Militares, Federal, Rodoviária Federal, Civil, e as Guardas Municipais. As Forças Armadas só realizam esse tipo de trabalho em ações pontuais de fiscalização ou em atividades interagências.

O armamento só é encaminhado ao Exército após investigação sobre o uso da arma ser concluído e quando a peça não tiver mais relevância para o esclarecimento jurídico. De acordo com a Força Terrestre, a maior parte do material recebido para incineração é entregue pelos fóruns de Justiça.

Uma vez que chega ao EB, o armamento é conferido quantitativa e qualitativamente. É feita a inspeção de segurança e expedido o Recibo de Entrega. Todo o processo é filmado. O procedimento seguinte envolve a inutilização prévia do material por meio de prensamento e queima dos componentes plásticos, de madeira e polímeros. Depois, fica a cargo dos Depósitos de Suprimento a guarda temporária. A Força Terrestre possui essas instalações em todas as regiões do País.

Quando há quantidade suficiente nos depósitos, os armamentos são transportados para fornos incineradores de empresas, em geral companhias siderúrgicas parceiras. Por fim, o material é queimado, transformando-se em liga metálica, que algumas indústrias reaproveitam convertendo em arame, tubulação e demais materiais de construção de estrutura metálica.

Tanto a atuação dos OSP quanto das Forças Armadas são regidas pela Lei 10.826, de 23 de dezembro de 2003, que trata sobre o registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, além de estabelecer outras providências.

No entanto, a destruição do armamento apreendido não é o único fim que o material pode ter. De acordo com a Lei 11.706, de 19 de junho de 2008, ao receber as armas, o Comando do Exército tem autorização para, caso julgar pertinente, doar o material para as próprias Forças Armadas ou órgãos de segurança pública.

 

(Fonte: Ministério da Defesa)

Fale no ZAP