Tag: Governador

12 set by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Tribunal proíbe Vox Populi de divulgar pesquisa para governador

A empresa de pesquisas de opinião Vox Populi está proibida de divulgar uma pesquisa eleitoral feita sobre as intenções de voto para governador de São Paulo, encomendada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT). A decisão é do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, que atendeu a pedido da coligação do PSDB, que tem João Doria como candidato.

Segundo a coligação, representada pelos advogados Tony Chalita, do Braga, Nascimento e Zilio, e Flávio Henrique Costa Pereira, a Vox Populi não ofereceu dados sobre sexo, idade, grau de instrução e nível econômico dos entrevistados, o que fere a lei que regula as pesquisas eleitorais.

12 set by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Operação da PF tem como alvo governador, deputado e fazendeiros

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (12) a Operação Vostok, em Mato Grosso do Sul, para combater um esquema de pagamento de propina à cúpula do Poder Executivo estadual. Entre os alvos estão o governador de Mato Grosso, Reinaldo Azambuja (PSDB), um deputado estadual e um conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, além de empresários e fazendeiros.

As investigações foram iniciadas no início deste ano a partir de colaboração premiada de executivos de uma grande empresa do ramo frigorífico. Os colaboradores detalharam os procedimentos adotados junto ao governo do estado para a obtenção de benefícios fiscais (Tare’s).

O inquérito foi autorizado e tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que autorizou o cumprimento das medidas. Cerca de 220 policiais federais cumprem 41 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão temporária.

5 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Fake News chapa branca?! Governo do RN continua sem informar sobre as “1.200 obras” anunciadas por Robinson

Ajoelhou tem que rezar! Robinson diz que fez as obras, mas Governo não apresenta (Foto: Cláudio Abdon)

O Governo do Rio Grande do Norte continua sem informar sobre quais são as tais “mil e duzentas” obras que o governador Robinson Faria, candidato à reeleição, continua dizendo ter feito. O jornalista João Ricardo Correia, editor do Companhia da Notícia, desde junho passado faz o questionamento por meio do Twitter, Facebook, site e e-mail enviado à Assessoria de Comunicação.

A Saiba Mais Agência de Reportagem também quer saber se é mentira ou verdade a afirmação de Robinson. Desde o mês passado,  questiona o Governo e também não obteve resposta.

Teria Robinson Faria inaugurado a era da “Fake News Chapa Branca?”. Se é verdade, qual o motivo de não divulgar?

Abaixo, reportagem da Saiba Mais:

Governo não confirma nem sabe onde estão as 1.200 obras divulgadas por Robinson

Algumas postagens do Companhia da Notícia:

Governador Robinson Faria, as “mais de mil obras” do seu governo existem?

Verdade ou mentira? Robinson volta a dizer que “construiu mil e duzentas obras”, mas o Governo não diz onde foram feitas

 

6 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , , ,

José Adécio não descarta disputar a majoritária após percorrer 75 municípios do RN

 

Nos últimos dois meses, o deputado José Adécio (DEM) percorreu 75 municípios do Rio Grande do Norte, prestigiando eventos que vão de cavalgadas a festas de emancipação política, passando por exposições agropecuárias, procissões e visitas a líderes políticos. A movimentação do experiente parlamentar tem chamado a atenção, principalmente daqueles que militam nos bastidores da política, incluindo-se aí os próprios detentores de mandatos, jornalistas e pré-candidatos em 2018.

Além das viagens, o deputado José Adécio tem comparecido com maior frequência a gabinetes de deputados federais, senadores e ministros, em Brasília, sempre acompanhado de prefeitos que integram seu grupo político. Da capital federal, além de projetos apresentados e com chances palpáveis de execução, emendas parlamentares têm sido liberadas para obras em várias cidades, como também ambulâncias e carros coletores compactadores de lixo.

Amigo e liderado político do senador José Agripino (DEM) há mais de 30 anos e também com livre acesso ao senador Garibaldi Filho (PMDB), José Adécio tem partilhado os anseios dos municípios também com os deputados federais Beto Rosado (PP), Felipe Maia (DEM), Walter Alves (PMDB), Rogério Marinho (PSDB) e Antônio Jácome (Podemos).

6 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Robinson, Fábio Faria e Serra na mira de Janot

A Procuradoria-Geral da República pediu ao Supremo Tribunal Federal a abertura de dois novos inquéritos baseados na delação premiada de executivos da JBS. Um para investigar o senador José Serra (PSDB-SP) por recebimento de caixa 2 e outro para apurar o recebimento de caixa 2 pelo deputado federal Fábio Faria (PSD-RN) e seu pai, Robinson Faria (PSD/FOTO), governador do Rio Grande do Norte.

Saiba mais:

http://www.conjur.com.br/2017-jul-06/janot-abertura-inqueritos-serra-governador-rn

5 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Ministro suspende decisão de retirar postagens de rede social de jornalista

justica8

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar na Reclamação (RCL) 24760 suspendendo os efeitos de decisão que determinou a remoção de postagens da rede social Instagram, de uma jornalista, relativas ao governador da Paraíba, Ricardo Coutinho.

O juízo da 7ª Vara Cível de João Pessoa (PB) afirmou que as mensagens maculavam a imagem do governador ao estabelecer relação indireta com fatos criminosos sem apresentar provas. Na reclamação, a jornalista alega que a decisão afrontou o julgamento do STF na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 130. Na ocasião, o Plenário declarou a Lei de Imprensa (Lei 5.250/1967) não recepcionada pela Constituição de 1988.

13 abr by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Justiça determina que ex-governador do RN continue na cadeia

FERNANDOFREIRE_OJORNALDEHOJE

A Câmara Criminal do TJRN negou, na sessão desta terça-feira (12), o oitavo pedido de Habeas Corpus movido em favor do ex-governador do Estado, Fernando Antônio da Câmara Freire (FOTO). Com a decisão, à unanimidade dos votos e que teve a relatoria da desembargadora Maria Zeneide Bezerra, o órgão julgador manteve a prisão do ex-chefe do Executivo, que permanecerá detido no Comando Geral da Polícia Militar, em Natal.

A defesa requeria que fosse concedida a ordem de Habeas Corpus para revogar a prisão preventiva decretada ao réu, para que Freire pudesse aguardar em liberdade o trânsito em julgado da condenação, que é objeto da Ação Penal nº 0028191-84.2004.8.20.0001. Para os advogados, o réu não foi encontrado em apenas um feito e a manutenção da prisão tipificaria uma suposta prática de “dois pesos e duas medidas”.

No HC, o advogado Flaviano da Gama Fernandes, alegou, dentre outros pontos, que em nenhum momento foi “subtraída” a necessidade de aplicação da lei penal e pedia a imposição das medidas alternativas previstas no artigo 319 do Código de Processo Penal, a exemplo das reconhecidas e concedidas pelo Superior Tribunal de Justiça em outro processo.

Demanda essa que, para os desembargadores do TJRN, trata de outra situação jurídica, já que o réu, neste feito específico alegado pela defesa, não foi considerado foragido.

A Câmara Criminal definiu que a sentença está devidamente fundamentada, pois considerou, concretamente, o fato do réu encontrar-se foragido no momento da prisão, que se deu no Rio de Janeiro, em julho de 2015, o que demonstraria a contemporaneidade dos fatos, justificadores dos riscos que a prisão pretendia evitar.

“Entendemos que cada caso realmente é um caso, mas o fundamento nesses HCs tem sido o mesmo”, enfatiza o desembargador Glauber Rêgo, que acompanhou o voto da relatora.

Saiba mais

Governador do Estado no ano de 2002, Fernando Freire foi condenado a mais de seis anos de prisão, além de multa de R$ 217 mil, em sentença proferida pela 4ª Vara Criminal de Natal, a qual apreciou as acusações de que Freire, junto à servidora pública Katya Maria Caldas Acioly, desviou em esquema fraudulento, a importância de R$ 4.455,00 em seu proveito.

Fonte: Portal do TJRN

17 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Governador Robinson Faria anuncia criação do Conselho Estadual LGBT

ROBINSONLGBT1_ASSECOM

O governador Robinson Faria anunciou na noite desta quarta-feira (16), durante abertura do da III Conferência Estadual LGBT do RN, a criação do Conselho Estadual LGBT do Rio Grande do Norte. O anúncio atende a uma reivindicação antiga da comunidade e visa discutir políticas públicas para igualdade de direitos. O evento foi realizado no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves  (CEMURE), no bairro de Cidade da Esperança, em Natal. A Conferência será encerrada na sexta-feira (18).

A Conferência, que tem como tema “Por um Brasil que criminalize a violência contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais” terá atividades culturais, políticas, palestras, grupos temáticos e paineis que debaterá simultaneamente Direitos Fundamentais, Políticas Inter setoriais, Pacto Federativo, Participação Social, enfrentamento da violência contra a população LGBT, direitos humanos, seguridade social, marcos jurídico-normativos e Sistemas de Justiça na promoção e Defesa dos direitos humanos, entre outros

O governador Robinson Faria falou sobre a criação do Conselho no estado. “Esse foi um gesto de reconhecimento da luta pela igualdade de direitos da comunidade. Estamos aqui para reforçar o nosso apoio e dizer que vocês sempre poderão contar com o nosso governo”.

O membro da Comissão Organizadora Estadual (COE) da Conferência, Eridelson de Sousa, falou sobre o anúncio do chefe do executivo Estadual. “Essa é uma luta antiga do nosso movimento e do fórum LGBT, de homens e mulheres trans. Isso significa um avanço muito grande e sonhávamos com esse momento histórico há muito tempo”, disse.

O evento contou com as participações das secretárias de Estado da Mulher, Tereza Freire, da Juventude, Divaneide Basílio, da Comunicação Social, Juliska Azevedo, da Segurança Pública, Kalina Leite, dos vereadores Hugo Manso e Fernando Lucena e de representantes do movimento LGBT do Rio Grande do Norte.

Texto e fotos: Assecom

22 jan by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Tenente-coronel PM Fernandes diz que Robinson Faria “errou feio”

FERNANDESPM1_JOSIVANDANTAS

O tenente-coronel PM Fernandes (FOTO) foi candidato a deputado estadual, em 2014, pelo PSD. Por pouco não foi eleito, ficou na primeira suplência. Subiu no mesmo palanque do então candidato a governador Robinson Faria. Os dois no mesmo partido. Robinson foi eleito e uma das suas principais promessas era ser “o governador da Segurança”. Pouco mais de um ano depois, Fernandes postou hoje, no Facebook, um relato que presta solidariedade ao coronel Ângelo, exonerado do posto de comandante geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, e critica a gestão estadual, dizendo, entre outras coisas, que o governador “errou feio”.

 

Abaixo, entre aspas, o texto do tenente-coronel Fernandes:

 

“Venho a público externar minha indignação perante a decisão parcial e equivocada do Senhor Robinson Faria, governador do RN, na pasta da segurança pública. Ora, se quer mostrar verdadeiramente ao povo norteriograndense que é de fato o governador da Segurança Pública, que faça, então, a mudança de toda a cúpula da referida pasta.

Exonerar apenas o nosso Comandante Geral e não mudar o Delegado Geral nem tampouco a Secretária de Segurança Pública, não foi nem um pouco imparcial de sua parte, governador. E, pior, dizer que a gloriosa Polícia Militar não acompanhou a violência, imputando-lhe, injustamente, toda a culpa pelo caos em que vivemos, sem reconhecer que o sistema de segurança pública é uma engrenagem, na qual a PM é mais uma peça desse todo, que só funciona bem se todos os entes envolvidos cumprirem metas e mostrarem resultados, coisa que a PM vem fazendo, como sempre fez, mostrando resultados, todo santo dia, carregando a segurança pública nas costas, prendendo dezenas e mais dezenas de infratores, e apreendendo, igualmente, centenas de armas de fogo, e recuperando inúmeros veículos roubados, e retirando de circulação significativas quantidades de drogas, sobretudo de crack, a droga da morte, e salvando, enfim, incontáveis vidas no trânsito de Natal e de todo o estado elefante, convenhamos, governador, pegou mal pro senhor. Vossa Excelência errou feio, errou rude.

A população esperava uma grande mudança digna do homem que prometeu ser o governador da segurança pública. E eis que o senhor Robinson Faria, mal assessorado, só pode, cria um bode expiatório, sobre quem recai, injustamente, todo o fracasso das políticas de segurança pública do seu governo; como se a completa falência do sistema penitenciário do RN não fosse um dos principais geradores dos altos índices de criminalidade, atualmente; como se o déficit existente hoje de cinco mil policiais militares não fizesse a menor falta nas fileiras da gloriosa Polícia Militar do RN; como se, para ilustrar apenas um exemplo, somente três viaturas da PM (isso mesmo, somente três!) fossem suficientes para fazer a segurança de toda a zona norte de Natal, quando, em 2010, há seis anos, contávamos com catorze veículos patrulhando a zona norte.

Me solidarizo, neste momento, com o nosso Comandante, o Coronel Ângelo, homem digno, honrado, profissional dedicado, cujo comando sempre esteve pautado na ética, no equilíbrio e no diálogo. Além de excelente oficial, o Coronel Ângelo é historiador, protagonista da compilação de toda a História da PM-RN. Não merecia passar por tamanha injustiça. Não merecíamos! Igualmente, me solidarizo com todos os praças e oficiais, os quais, mesmo diante das inúmeras adversidades aqui já elencadas, continuam trabalhando, diuturnamente, para salvaguardar a sociedade potiguar, mesmo com o risco a própria vida.

Por fim, sugiro ao senhor governador que termine a mudança que começou, para ficar menos feio na fita com a polícia e, principalmente, com o povo, que não aguenta mais promessas não cumpridas. Substitua, portanto, a Secretária de segurança pública por alguém externo às polícias militar e civil, bem como crie duas subsecretarias de segurança pública, cujos subsecretários serão um Coronel fechado e um Delegado especial, para que haja equilíbrio. Não questiono aqui a competência da Sra Delegada a Dra Kalina Leite. Mas do que jeito que está a balança do bônus só pende para um lado; a sardinha só é puxada para a brasa de uma instituição, no caso, a Polícia Civil. Para a PM, coitada, com centenas de promoções atrasadas, só restou-lhe o ônus. E a culpa de toda a insegurança do estado. Até quando a Polícia Civil será blindada, Senhora Secretária? Até quando a PC vai se eximir da responsabilidade, da parte que lhe cabe neste latifúndio?

TC PM Fernandes”

 

 

Foto: Josivan Dantas

8 jan by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Governador Robinson emite nota de pesar pelo falecimento de Jurandy Nóbrega

ROBINSON3A

Recebi com profunda tristeza a notícia do falecimento do jornalista Jurandy Nóbrega. Repórter político de inteligência apurada, Jurandy construiu sua longa carreira sem jamais abrir mão da postura crítica e analítica dos fatos. Herdei sua amizade de meu pai, Osmundo Faria, convivemos ao longo dos anos e tive com ele uma relação de apreço, admiração e respeito mútuo. Neste momento de dor, presto minha solidariedade ao seu filho, Ebenezer Nóbrega, extensiva à toda a família.

Robinson Faria
Governador do Rio Grande do Norte

 

Fonte: Assecom RN

26 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , ,

Começam os acordos que têm apenas um objetivo: permanecer no poder

ELEITOR1

Os acordos, anunciáveis ou ainda não, começaram com vistas às eleições do próximo ano, numa disputa que promete ser acirrada pelo cargo de prefeito(a) de Natal.

Pelas notícias que circulam, direções de partidos serão trocadas, antigos adversários se juntarão, fulano precisa da autorização de siclano para ir para o partido de beltrano, o deputado novinho filho do deputado calejado vai dar um canto de carroceria na veterana guerreira, que iria para o partido dos ministros potiguares, enfim, um emaranhado de interesses se desenha.

Não é novidade esse tipo de arrumação na política brasileira, principalmente na região Nordeste e, mais particularmente, no Rio Grande do Norte.

Por aqui, é assim há décadas, desde os anos 60 com a disputa entre Aluízio Alves e Dinarte Mariz. De lá pra cá, na maioria das situações, continuamos vivendo o clima de capitanias hereditárias, onde os donos do dinheiro passavam o poder para os filhos, esses passavam para os netos e por aí vai.

Mas vai surgir alguém questionando: Mas quem vota não é o povo?! Sim, pois é, mas a maioria que elege os mesmos – quase sempre – sobrevive ainda sob os chicotes, só que os chicotes de hoje são materializados em sacolões, consultas médias, óculos, próteses dentárias, cirurgias médicas, cargos comissionados, templos religiosos, etc, etc, etc…

O interesse é manter a desgraça do mesmo jeito; maquiada, talvez! São os mesmos! São as mesmas! As exceções são raras. Raríssimas.

A turma acostumada a mandar faz, desfaz, ata, desata. Tem anúncio de pré-candidatura que, se o tal pré não tiver cuidado, o comitê vai ser num presídio!!!

E também tem pré-candidatura aparentemente forte que se desfaz em algum fato novo promovido por autoridades judiciais e/ou policiais.

E de repente, como num passe de mágica, eis que começam a surgir, nas redes sociais da internet, principalmente o Instagram, perfis anunciando pré-candidaturas. Os supostos candidatos juram que não foram eles ou ninguém das suas assessorias os responsáveis por tais atos. Também acho que não foram. Deve ter sido algum defunto cibernético!

O governador Robinson Faria, que tem sido seguido há alguns meses por papagaios de pirata que sempre aparecem perto dele nas fotos e se dizem seus candidatos à Prefeitura, disse que vai encomendar uma pesquisa de opinião pública para saber o que o povo de Natal deseja.

Ora, governador, o senhor sabe muito bem e talvez seja, atualmente, a maior representatividade desse desejo, pois começou lá na rabeira das pesquisas e desbancou o todo poderoso então presidente de Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, numa nítida manifestação popular que avisou, com todas as letras, que não suporta mais tanta cara de pau, tanta hipocrisia, tanta sacanagem, tantos acordos sebosos, tanta roubalheira, tanta esculhambação.

O governador está certo em analisar uma pesquisa, mas também sabe que pesquisas podem ser manipuladas. E por essas bandas temos tantas histórias de candidatos que chegaram a comemorar a vitória que levaram pau na hora que os votos foram contatos.

Nomes estão sendo postos à mesa. Nomes para todos os gostos e bolsos. Nomes de profissionais em pedir votos. Nomes de condenados. Nomes citados em roubalheiras. Nomes que sonegam os sobrenomes. Nomes maquiavélicos. Nomes desgastados. Nomes que não respeitam o povo. Nomes superados. Mas há também nomes novos. E entre os novos, o governador e os eleitores precisam identificar quem tem história de trabalho e capacidade para administrar nossa bela cidade com muitos ou poucos recursos, sem desculpas, sem falsidade, sem esquemas fraudulentos.

6 ago by Marcelo Hollanda Tags:, , , ,

Os números incômodos da Guararapes e a chegada de Flávio Azevedo

FLAVIOAZEVEDOEROBINSON1_IVANIZIORAMOS

No mesmo dia, esta semana, em que o empresário Flávio Azevedo assumia a pasta do Desenvolvimento Econômico do governo Robinson, os jornais divulgavam a queda assombrosa do lucro líquido do grupo Guararapes, um dos símbolos do orgulho potiguar.

Controlador da rede de lojas Riachuelo e do shopping Midway Mall, entre outros negócios bem sucedidos, a queda registrada atingiu os impressionantes 40% – dos 124 milhões no ano passado desabou para 74,6 milhões este ano de lucro líquido consolidado. No semestre esse recuo bateu na trave dos 19%, exatamente quando os problemas do país vieram todos à tona de uma só vez.

O resultado disso para qualquer varejo são os estoques saindo pelo ladrão sem a desova que seria esperada. Embora não seja o fim do mundo para um gigante habituado a voar por céu de brigadeiro,  a turbulência acendeu todas as luzinhas vermelhas no painel de controle.

Enquanto isso, na Governadoria, o ex-presidente da Federação da Indústria potiguar assumia um cargo que vem se caracterizando, nos últimos anos, como um dos mais inócuos da estrutura palaciana. E fez isso com o otimismo habitual que costuma esconder o homem competente, pragmático e até eventualmente mal humorado que está por detrás.

Afinal, desde o governo Wilma de Faria, Flávio Azevedo não faz outra coisa a não ser manter o moral elevado, até por força do ofício de presidente da Fiern antes da posse de Amaro Sales.

Irritante para alguns petistas que vivem agarrados nas abas do governo, nem toda a competência do novo secretário, que é notória, terá efeito sobre projetos antigos que jamais saíram do lugar – mais ainda agora com a recessão instalada.

Só que desta vez Robinson pegou um subordinado diferente, que ele não poderá desautorizar pelas redes sociais como fez com o anterior.

E isto, acreditem, faz toda a diferença.

Foto: Ivanízio Ramos – Secom RN

11 maio by Marcelo Hollanda Tags:, , ,

O Robinson Faria que só Carl Jung consegue explicar

Imagem: arquivo Novo Jornal

A entrevista longa feita pelos jornalistas Aldemar Freire e Vicente Neto, publicada neste domingo na TRIBUNA DO NORTE, é uma peça reveladora da personalidade do governador Robinson Faria. Porque atira no que vê acerta no que não vê.

Nunca, em passado recente, um governador se expôs tanto e forneceu tantos aspectos para a análise comportamental de um objeto que, literalmente, habita o limbo entre o sonho e a realidade.

Mas não há nada que melhor defina o “nosso” Robinson do que as consagradas abordagens ligadas à “persona”, uma palavra de origem latina usada para definir a máscara usada pelos atores na antiguidade. Você já deve ter visto em algum lugar – enquanto uma sorri, com a curva dos lábios para cima, a outra é diametralmente oposta. E ambas estão sempre juntas.

Jung, famoso psiquiatra suíço nascido na segunda metade do século IXX, usou o  termo “persona” para mostrar como uma pessoa pode se adaptar ao mundo por meio se sua máscara exterior, sua maneira social de se conduzir. As cinco  linhas seguintes são de um artigo de Leniza Castello Branco extraído do blog “Amigos de Freud”. Vejam que interessante:

“A criança já na infância, tenta se comportar para receber aprovação de suas atitudes. Enquanto cresce, pais e professores na escola vão transmitindo seus valores. Assim aos poucos se desenvolve essa “persona”, que estará presente na profissão e nos papéis da vida. Mas com isso podemos nos esquecer de nosso “ego”, nosso verdadeiro eu. Quando alguém se identifica somente com a persona e esquece-se do ego, tende a ficar frio e vazio”

Mas o que isto tem a ver com o governador e sua entrevista?

“No processo terapêutico, – lembra Leniza, a autora do artigo – temos que conhecer a “persona” para ajudar a pessoa a encontrar seu eu verdadeiro. Mas não ter “persona” é tão negativo quanto tê-la em excesso. Ela é necessária para nos relacionarmos com uma certa civilidade. Ninguém fala tudo o que sente, há um limite, um respeito com o próximo, mas que não nos faça esquecer quem somos verdadeiramente.”

Pois é isso, justamente, que não se vê na entrevista do governador. Ao ponto dele afirmar, categoricamente, “que nunca teve modernidade no Rio Grande do Norte”, como se Cortez Pereira – e, afinal, outros que deixaram uma marca  – jamais tenham existido.

Diante da perplexidade dos entrevistadores, o pedido de explicação acontece em seguida. “Eu respondo a pergunta: aponte um governador de modernidade”, reitera Robinson despreocupado em trilhar, com passos vigorosos, sobre areia movediça.

 

9 fev by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Robinson Faria e Amaro Sales conversam sobre política industrial

ROBINSONEAMAROSALES

O presidente do Sistema Fiern, Amaro Sales de Araújo, convidou o governador Robinson Faria para participar de uma reunião da Diretoria da Federação das Indústrias, com objetivo de tratar com a classe industrial dos fatores positivos e gargalos que se impõem ao crescimento do Estado. O convite foi feito nesta segunda-feira (09) durante encontro na Casa da Indústria – seguido de almoço – que tratou de temas relevantes para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte e futuras parcerias.

No encontro da diretoria da Fiern com o governador foram discutidos projetos  para o setor industrial, como o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do RN (Proadi), o Projeto MAIS RN – produzido pela FIERN, com o diagnóstico de vários setores da economia e o potencial de crescimento  e de contribuição que cada um pode dar para alavancar o desenvolvimento,  a Zona de Processamento de Exportação (ZPE), e o fortalecimento das micro e pequenas empresas, entre outros.

Amaro Sales e Robinson Faria abordaram também a formulação de uma política industrial para o RN. O presidente da FIERN disse que espera a condução do assunto pelo governador e que a Federação vai apoiar a iniciativa com informações e levantamentos necessários para sua formulação.

O governador reafirmou as intenções do seu Governo, explicando que o Rio Grande do Norte terá um “papel empreendedor”, facilitando a criação de novos investimentos. “O desenvolvimento industrial fomenta a cadeia produtiva, gera mais empregos e, com isso, aumenta a arrecadação. Queremos fortalecer as empresas que já existem e atrair novas”, disse.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Fiern

Fale no ZAP