Tag: José Agripino Maia

13 dez by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

“Jajá” é denunciado por manter funcionário fantasma em seu gabinete

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou hoje (13) o senador José Agripino Maia (DEM-RN) ao Supremo Tribunal Federal (STF), com mais dois acusados, pelos crimes de associação criminosa e peculato. A procuradoria acusa o parlamentar de manter um funcionário fantasma em seu gabinete durante sete anos. Conforme a PGR, o funcionário fantasma era gerente de uma farmácia em Natal e nunca esteve em Brasília.

Na denúncia, a procuradoria afirma que foram desviados dos cofres públicos cerca de R$ 600 mil entre 2013 e 2016. Pelo suposto desvio, a PGR também pediu ao Supremo o pagamento de indenização por danos morais coletivos no mesmo valor do suposto desvio.

Também fazem parte da denúncia duas pessoas ligadas ao senador: Victor Neves Wanderley, que recebia o dinheiro, e Raimundo Alves Maia Júnior, que era beneficiado pelo repasse.

“Victor Neves Wanderley manteve-se firmemente vinculado à associação criminosa, aceitando as nomeações fictícias que o tornaram um funcionário fantasma que não prestava serviços públicos, mas era remunerado por eles. A seguir, transferia a verba que lhe era determinada para Raimundo Maia. Este, por sua vez, prestava serviços ao senador Agripino Maia e aceitava ser remunerado com verbas públicas que lhe eram transferidas por Victor Neves Wanderley a mando do senador”, acusa a PGR.

Defesa

Por meio de sua assessoria, o senador afirmou que a denúncia não é verdadeira e que nunca houve nenhum funcionário fantasma em seu gabinete.

“A acusação que me fazem não é verdadeira. Nunca tive, nos quatro mandatos de senador que exerci, nenhum funcionário fantasma no meu gabinete. Asseguro que isso ficará demonstrado na resposta que oferecerei à denuncia”, afirmou Agripino Maia.

Por André Richter – Repórter da Agência Brasil / Brasília

10 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Mulher e filho de José Adécio viram aliados da senadora petista Fátima Bezerra

Reprodução do Blog da Thaisa Galvão mostra os sorrisos dos novos aliados políticos: Neide, Fátima e Gustavo

“Político sem mandato, só o vento bate nas costas”. A frase é de autoria do deputado estadual José Adécio Costa, democrata de carteirinha e amigo há décadas do senador José Agripino. Nas eleições de 2018, Agripino tentou ser deputado federal, perdeu. Adécio não foi candidato, por ter sido declarado inelegível pelo TRE, permaneceu no DEM e tentou manter sua estrutura na Assembleia Legislativa lançando um dos filhos, Gustavo Costa, candidato pelo PSD do governador Robinson Faria. Gustavo perdeu. Robinson também.

Hoje, o blog da jornalista Thaisa Galvão (veja acima) publicou que a mulher de José Adécio, Neide Suely, filiada ao DEM e afastada pelo TRE do cargo de prefeita de Pedro Avelino, vai apoiar a candidatura de Fátima Bezerra, do PT, ao governo do Estado, acompanhada do filho derrotado recentemente.

José Agripino Maia foi uma das principais figuras do DEM no cenário nacional, chegou a presidir o partido, mas agora, reprovado nas urnas, não conseguindo chegar a deputado federal, começa a perceber que a frase dita pelo aliado José Adécio faz sentido. E Adécio, que apoiou Robinson Faria no primeiro turno, ainda não se pronunciou.

É a tal dinâmica na política. O PT, tão criticado pelo DEM de Agripino e Adécio, recebe o apoio no RN de uma ex-prefeita do Democratas, casada com um dos maiores parceiros políticos de Jajá de todos os tempos.

Mas em política partidária, tudo é possível. Em 2014, Robinson e Fátima era parceiros. Ele pedia votos para ela se eleger senadora e ela declarava sua preferência por ele para governador. Depois, se afastaram e hoje Fátima concorre ao Governo do RN com o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves.

No primeiro turno, ex-prefeita Neide e Gustavo Costa pediram voto para Robinson no município de Pedro Avelino, na Região Central do RN (Foto: Facebook)
Fale no ZAP