Tag: Lâmpadas

30 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Cosern doa 160 geladeiras a moradores de baixa renda de Jandaíra

COSERNCOMUNIDADES1
A caravana de serviços Cosern nas Comunidades está em Jandaíra, no Agreste Potiguar, de 28 de março a 01 de abril e leva aos moradores do município ações de eficiência energética e segurança e troca 160 de geladeiras com o selo Procel A. A ação faz parte do Programa de Eficiência Energética da Cosern, regulado pela ANEEL.

Além de uma geladeira nova, os clientes poderão ser contemplados com três lâmpadas LED, desde que atendam aos requisitos necessários. A unidade móvel onde acontecem as ações da caravana está instalada na Praça Antônio Messias, Centro, em frente à igreja matriz da cidade. O horário de atendimento é das 8h às 17h.

Durante a ação serão substituídas, gratuitamente, 160 geladeiras antigas por refrigeradores novos e eficientes. Além da troca dos equipamentos, os consumidores que forem à caravana participarão de palestras educativas, receberão kits educativos e informações sobre o uso racional e seguro de energia elétrica, orientações para o cadastramento na Tarifa Social de Energia Elétrica, o qual poderá disponibilizar descontos na conta de luz.

O Projeto Cosern nas Comunidades segue as diretrizes da política de sustentabilidade do Grupo Neoenergia, que adota o modelo de gestão socialmente responsável, visando à contribuição para uma sociedade sustentável.

Para ser beneficiado com as ações é preciso atender aos seguintes critérios:

Requisitos para substituição de geladeiras:

Ser cliente baixa renda, morador de comunidade popular;
Apresentar a última conta de energia, devidamente quitada;
Não ter trocado geladeira em outras ações de doação da Cosern nos últimos cinco anos;
Estar adimplente junto à Cosern;
Possuir uma geladeira usada para entregar no momento da troca;
Ter consumo médio superior a 80 kWh;
Cada titular da conta de energia, limitado a uma unidade consumidora, terá direito a fazer uma troca.

Requisitos para ter direito às lâmpadas:

Ser cliente baixa renda, morador de comunidade popular;
Apresentar a última conta de energia devidamente quitada;
Não ter recebido lâmpadas em outras ações de doação de lâmpadas da Cosern nos últimos três anos;
Cada titular da conta de energia, limitado a uma unidade consumidora, receberá três lâmpadas LED compactas.

Fonte: Departamento de Comunicação Institucional e Sustentabilidade | CSU

22 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Cosern leva “Ouvidoria Itinerante” e doação de lâmpadas led a Currais Novos

LAMPADALED1
O projeto “Cosern nas Comunidades – Ouvidoria Itinerante” visita o município de Currais Novos hoje e amanhã, 22 e 23 de março, no horário das 08h00 às 17h00. A unidade móvel da Cosern estará instalada na Av. Cel. José Bezerra, Centro, em frente ao Hotel Tungstênio. Durante os dois dias serão realizados atendimentos presenciais, esclarecimentos ao consumidor acerca dos serviços oferecidos pela distribuidora, bem como quatro palestras em horários alternados, às 09h00 e às 14h00, com o tema “Canais de Atendimento e Pontos de Arrecadação da Cosern”.

A iniciativa visa levar informações que são importantes para o consumidor, bem como divulgar a Ouvidoria como mais um canal de relacionamento com o cliente. A ação conta com a parceria de áreas estratégicas, como a Eficiência Energética e o Atendimento Comercial, com o intuito de elucidar eventuais dúvidas dos usuários do sistema elétrico.

Além da ouvidoria, a Cosern oferece aos consumidores residenciais de baixa renda orientações sobre o uso seguro e eficiente de energia e três lâmpadas LED, desde que atendam aos requisitos necessários. A ação faz parte do Programa de Eficiência Energética da Cosern, regulado pela ANEEL.

Estão aptos a receber as lâmpadas os usuários que estejam com as contas de energia em dia e não tenham participado de outra ação de doação de lâmpadas nos últimos seis anos. Para isto, será necessário ter Tarifa Social de Energia Elétrica ou ser morador de comunidade popular, levar a cópia da última conta de energia paga, CPF e um documento com foto.

Além das lâmpadas, os consumidores também receberão kits contendo jogos educativos e cartilhas informativas com orientações sobre o uso seguro e eficiente da energia elétrica e iluminação pública. Os consumidores que atenderem aos critérios estabelecidos pelo governo federal para inscrição na Tarifa Social de Energia Elétrica poderão atualizar seu cadastro, o qual possibilita descontos na conta de luz.

Economia e durabilidade – em média as lâmpadas LED distribuídas na ação consomem 30% menos energia elétrica e possuem vida útil três vezes superior às lâmpadas fluorescentes compactas.

A Cosern sugere algumas recomendações importantes para consumir energia elétrica de forma eficiente:

Chuveiro elétrico: usar na posição menos quente (verão), o que poderá proporcionar uma economia média de 30% no consumo;

Geladeira e freezer: verificar periodicamente o estado das borrachas de vedação;

Ar-condicionado: adquirir os modelos que possuem o Selo Procel de economia e limpar sempre os filtros;

Máquina de lavar e ferro elétrico: juntar o máximo de roupas para lavar e passar de uma só vez.

 

Fonte: Departamento de Comunicação Institucional e Sustentabilidade/Cosern

25 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Pagou, trocou. Você quer lâmpada amarela ou branca?

Rua Pintor Rodolfo de Amoedo: lâmpadas “amarelas” e “brancas”

Afinal de contas, as lâmpadas que devem ser colocadas nos postes de Natal são de luz amarela ou branca? Será que existe uma “Máfia da Lâmpada” agindo na capital do RN? Caso não exista, algo pelo menos estranho está acontecendo em vários pontos da cidade.

Em muitas ruas e avenidas, existe uma mistura de cores, com lâmpadas de luz amarela e outras de luz branca. Aí, quando se conversa com moradores, questionando se sabem o motivo da diferenciação, eles informam que as ‘brancas” são colocadas por “rapazes que trabalham para a Cosern” e cobram, em média, 50 reais por cada uma. Seria assim: pagou, trocou. As lâmpadas de luz branca iluminam mais. Um eletricista contactado pelo Portal Companhia da Notícia, pedindo para não ser identificado, disse que o correto é a instalação das “lâmpadas amarelas”, pois as outras (brancas) consomem mais energia.

Em frente à Igreja Presbiteriana, iluminação “branca” foi instalada recentemente e o restante é todo “amarelo”

No conjunto Vale do Pitimbu, por exemplo, na zona Sul de Natal, é visível a “confusão”. Em uma das principais vias, a rua Deputado Marcílio Furtado, em frente à Igreja Presbiteriana do Brasil, recentemente, foi colocada uma lâmpada de luz branca, enquanto o restante da via é iluminada pelas amarelas.

Bem perto dali, a rua Pintor Rodolfo do Amoedo, paralela a Marcílio Furtado, tem luz para todo gosto, ou melhor, para todo bolso. Quem pode tem lâmpada branca em frente a sua casa. Quem não pode fica com as amarelas.

Outro ponto bem iluminado pelas lâmpadas brancas é a rua Barão de Ladário, também no Pitimbu.

Se não há algo, digamos, “obscuro” por trás dessa questão, qual seria o motivo das trocas seres tão irregulares? Por que não trocar todas as lâmpadas da rua de uma vez? E qual seria o motivo de apenas uma “branca” em meios às demais “amarelas”?

 

Rua Barão de Ladário: mais uma que recebeu iluminação branca
Fale no ZAP