6 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Oceânica promove mais uma Campanha Praia Limpa em Búzios

A campanha Praia Limpa é uma iniciativa da Oceânica e faz parte das atividades da Fase 3 do Projeto Ponta de Pirangi, patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental e Governo Federal. Desta vez o evento de limpeza de praia ocorrerá no dia 11 de novembro, das 8:30h às 11:30h na Praia de Búzios, ao lado da torre dos Guarda-vidas, em frente ao Parque Aquático Big Blue.

Esta será a segunda edição da campanha em 2018 e terá como: “Campanha Praia Limpa: Abertura da temporada de tartarugas”. Realizada no mês de junho, a primeira limpeza, recolheu 197kg de lixo da praia, que também é um berçário natural de tartarugas-de-pente e é monitorada pela equipe do Projeto Ponta de Pirangi e voluntários.

“Desde fevereiro monitoramos a desova das tartarugas em Búzios. Com isso percebemos a necessidade de discutir o crescente acumulo de lixo na praia e a circulação de veículos. Nosso objetivo é integrar a comunidade local na conservação da praia, e para isso trabalhamos em parceria com as associações comunitárias, Ongs e escolas ressaltando a necessidade de manter a praia limpa”, diz a presidente da Oceânica, Joane Batista.

Fonte: ONG Oceânica

16 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Rotary Club Natal e Open Doors entregam brinquedoteca para ONG Atitude Cooperação

BRINQUEDOTECAOPENDOORS1_DIVULGACAO

Na manhã deste sábado (15), representantes da escola Open Doors e do Rotary Club Natal Tirol, juntamente com intercambistas, entregaram mais de 500 brinquedos para a brinquedoteca da ONG Atitude Cooperação, que atua no bairro Bom Pastor, zona Oeste da capital.

O projeto solidário teve como objetivo de recolher fundos para criação da brinquedoteca. A compra dos brinquedos só foi possível graças as vendas dos mascotes de pelúcia “Sparky” (boneco conhecido dos alunos da Open Doors), através da campanha com ações e materiais expostos na escola.

A ONG Atitude Cooperação atua no bairro Bom Pastor, levando novas alternativas socioeconômicas e culturais através de ações e programas assistenciais a dezenas de crianças e jovens de escolas municipais da comunidade. Além de ações educativas, capacitação profissional e recreações, a Atitude Cooperação gerencia 10 projetos ligados à educação, esporte, música, saúde, leitura, fotografia e teatro.

Fonte: G7 Comunicação

20 jan by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

ONG informa que 1% da população vai deter mais riqueza que os 99% restantes

OURO
A organização não governamental britânica (ONG) Oxfam informou ontem (19) que, em 2016, o patrimônio acumulado pelos mais ricos do mundo – 1% da população mundial – vai ultrapassar o dos restantes 99%. “A parte do patrimônio mundial detida por 1% dos mais ricos passou de 44% em 2009 para 48% no ano passado e vai ultrapassar os 50% no próximo ano.”

A Oxfam, cuja diretora-geral, Winnie Byanyima, copresidirá o Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça), exigiu “a realização, este ano, de uma cúpula mundial para reescrever as regras fiscais internacionais”. O fórum será realizado de quarta-feira (21) até sábado (24) e reunirá importanres líderes mundiais.

“A amplitude das desigualdades mundiais é vertiginosa”, disse Winnie, para quem “o fosso entre as grandes fortunas e o resto da população aumenta rapidamente”.

A Oxfam apelou aos Estados para que adotem um plano de luta contra as desigualdades, coibindo a evasão fiscal, com a promoção de serviços públicos gratuitos, com mais impostos sobre o capital e menos sobre o trabalho, criando salários mínimos, ou ainda por meio da criação de sistemas de proteção social para os mais pobres.

São esperados para o 45º Fórum Econômico Mundial mais de 300 chefes de Estado e de Governo e líderes políticos, incluindo a chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente francês, François Hollande, o chefe do governo italiano, Matteo Renzi, o primeiro-ministro chinês, Li Kepiang, e o secretário de Estado norte-americano, John Kerry.

 

Fonte: Agência Lusa /Agência Brasil

6 dez by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Preservação de tartarugas é destaque em São Miguel do Gostoso

TARTARUGAS_ARQUIVOAMJUS

 

Em São Miguel do Gostoso, litoral norte do Rio Grande do Norte, um importante trabalho de preservação de tartarugas marinhas acontece há pelo menos nove meses, por ano por iniciativa da Associação de Meio Ambiente, Cultura e Justiça Social (AMJUS), ONG criada por iniciativa de jovens nativos, demonstrando ainda preocupação em relação às crianças, adolescentes e jovens e a sua convivência com o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável.

Nos últimos quatro anos, todo o trabalho tem sido desenvolvido com base no trabalho totalmente voluntário da ONG, apoiado pela comunidade. Iniciado os trabalhos neste último mês de novembro, o projeto retoma com o importante apoio da Voltalia do Brasil e Copel Renováveis, empresas produtoras de energia eólica em área do município. “Contar com parceiras que além de produzir energia respeita a comunidade é confortável para uma relação de trabalho voltado à ecologia, à educação, e ao cuidado com o meio ambiente”, diz Heldene Santos, gestor da ONG e pesquisador.

O trabalho da ONG vem sendo tão reconhecido que já conta até como madrinha a top model Isabelli Fontana e, como padrinho, o Ricardinho, ex-capitão da seleção brasileira de vôlei, já anunciado nas redes sociais mas previstos para irem conhecer a ONG em início de 2015, relação essa criada a partir da admiração do fotógrafo e empresário artístico André Sanseverino pelo trabalho socioambiental do grupo.

“Com este projeto de pesquisa e educação ambiental, a AMJUS vem garantindo milhares de tartarugas salvas das incidências que mais matam e que até impedem o nascimento dos animais, como a incidência de passagem de veículos sobre os ninhos, assim também como o lixo na praia, incidência de luz artificial, desrespeito aos locais de marcação de ninho, além da caça por animais domésticos e a reação do pescador ao ver alguma tartaruga presa às redes de pesca”, explica a bióloga Maria Lucivânia.

O trabalho de monitoramento diário é realizado por uma equipe treinada no manejo das espécies, devidamente autorizada, para localizar e marcar os ninhos com localização registrada em GPS, e, quando necessário, pela ameaça da natureza ou humana, transferir a desova para locais seguros. Campanhas de sensibilização e educação ambiental também são realizadas informando frequentadores da praia, moradores, pescadores, empresários e turistas, e também nas escolas e grupos sociais, sobre a importância da colaboração de todos para a continuidade do ciclo de vida das tartarugas.

Paralelo a estas ações a ONG ainda se empenha na promoção da participação social de crianças, adolescentes e jovens de São Miguel do Gostoso, integrando às ações ambientais à educação com intervenções artísticas e musicais. Nas ocasiões de algumas aberturas de ninhos e soltura de animais, é mobilizada a comunidade, é realizado momento de conscientização com a participação dos agentes ambientais.

Mais informações: www.amjus.org.br

 

 

Fonte: Amjus / Foto: Arquivo da Amjus

Fale no ZAP