Tag: Operações

10 set by João Ricardo Correia Tags:, , ,

SINPOL divulga trigésima edição de “Policiais Civis em Foco”


O SINPOL-RN divulga, nesta segunda-feira (10), a 30º edição do Policiais Civis em Foco. O vídeo reúne ações e operações realizadas em todo o Rio Grande do Norte, no período de 3 a 9 de setembro.

27 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , , ,

Governo atende solicitação de José Adécio e mandará caminhonete para reforçar patrulhamento em Pedro Avelino

O município de Pedro Avelino ganhará, até a próxima semana, reforço em seu policiamento, com a chegada de uma caminhonete 4×4, que possibilitará o patrulhamento na área rural. Mais um benefício obtido graças ao trabalho do deputado José Adécio, que solicitou o veículo ao Governo do Estado.

O deputado José Adécio esteve nesta terça-feira(26) com o comandante geral da Polícia Militar, coronel Osmar Oliveira, para agradecer as recentes ações da Corporação em Pedro Avelino, que resultaram na apreensão de drogas, armas, animais e veículos roubados, além de prisões de suspeitos. O deputado também falou sobre o bom trabalho que está sendo feito pela Polícia Civil no município.

“Apesar de todas as dificuldades, os policiais que trabalham em Pedro Avelino estão dedicados e o resultado está na cidade, com a diminuição da criminalidade e operações constantes. Estou aqui no Comando Geral para desejar sucesso ao coronel Osmar, que assumiu o cargo recentemente, e dizer que sempre estarei apoiando as polícias do meu Estado. Sei que enfrentam problemas, sempre digo ao governador Robinson que é preciso total atenção com a segurança. Saio daqui feliz em saber que uma caminhonete chegará à minha cidade natal. Já conseguimos uma viatura para a Polícia Civil e não mediremos esforços para ampliar essas operações contra a bandidagem”, disse José Adécio.

 

Assessoria de Comunicação do deputado José Adécio

15 jun by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Polícia Federal combate pornografia infantil em Pernambuco

PF3

O combate ao armazenamento e divulgação de pornografia infantil fazem parte da segunda fase da Operação Help, da Polícia Federal (PF), que resultou na apreensão de um computador e um HD (equipamento que guarda dados) na casa de um estudante universitário em Boa Viagem, no Recife. O cumprimento do mandado de busca e apreensão foi realizado ontem, mas a divulgação ocorreu hoje (15).

A primeira fase da operação começou no dia 12 de maio, quando foram apreendidos equipamentos eletrônicos em dois endereços, um em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana do Recife, e em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata. A suspeita surgiu há dois anos, a partir de acordo de ajustamento de conduta firmado entre o Ministério Público Federal de São Paulo (MPF/SP) e uma grande empresa de pesquisa de páginas na internet. Começou aí uma troca de informações sobre páginas que poderiam estar envolvidas com fotos e vídeos de material pornográfico em que se configura a pedofilia.

De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Federal em Pernambuco, não há indícios de que o material era produzido pelos suspeitos envolvidos na Operação Help. A acusação envolve o armazenamento do conteúdo, o que pode render uma pena de reclusão de 1 a 4 anos, e o compartilhamento do material, quando a sentença passa a ser de 3 a 6 anos de reclusão.

Agora o material apreendido passa por análise para identificar provas dos crimes, sem previsão de entrega do resultado. O equipamento apreendido na primeira fase ainda não teve a perícia concluída, segundo a assessoria da PF, que argumentou que a vistoria técnica é feita de forma minuciosa para identificar a existência das imagens e se elas foram passadas adiante. A identidade do suspeito não será divulgada pela Polícia Federal.

Casos anteriores

Em investigações distintas em 2015, foram deflagradas em Pernambuco cinco operações contra a pornografia infantil pela Polícia Federal. Oito pessoas foram responsabilizadas, sendo duas presas em flagrante.

Já em 2013 e 2014, foram instaurados 76 inquéritos policiais e desenvolvidas 11 operações, o que resultou na prisão de sete pessoas e na investigação de 21 suspeitos.  Desses, segunda a assessoria de comunicação da PF, “alguns foram indiciados e vão responder ao processo em liberdade”, diz a nota da Polícia Federal divulgada hoje pela manhã.

Fonte: Agência Brasil

Fale no ZAP