Tag: Petrobras

6 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Petrobras fecha terceiro trimestre com lucro líquido de R$ 6,6 bilhões

A Petrobras fechou o terceiro trimestre do ano com um lucro líquido de R$ 6,6 bilhões, resultado mais de 2.300% superior aos R$ 266 milhões obtidos no mesmo período no ano passado.

Assim, a estatal encerra os primeiros nove meses do ano com um lucro líquido de R$ 23,6 bilhões, crescimento de 371% em relação a igual período de 2017.

O resultado reflete maiores margens na comercialização de derivados no mercado interno e o aumento das exportações, além da alta do preço do barril do óleo no mercado externo e da depreciação do real frente ao dólar.

Os números foram divulgados hoje (6) pelo presidente da empresa, Ivan Monteiro, e indicam que o Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu o recorde histórico de R$ 85,7 bilhões, com margem de 33%.

Por Nielmar de Oliveira – Repórter da Agência Brasil / Rio de Janeiro

21 set by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Projeto estimula exploração do ‘pré-sal eólico’ no mar

A regulamentação do aproveitamento da energia dos ventos no mar territorial tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Projeto com esse objetivo, do senador Fernando Collor (PTC-AL), estimula a implantação de usinas eólicas na faixa de águas a 12 milhas (ou a 22 quilômetros) da costa, e na zona econômica exclusiva, a 200 milhas (ou 370 quilômetros) da costa.

De acordo com a proposta (PLS 484/2017), o litoral brasileiro será dividido pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) em “prismas eólicos”, de forma semelhante ao que ocorre nos blocos de exploração de petróleo e gás natural, conforme seu potencial energético e baixo potencial de degradação ambiental. As unidades de exploração serão disputadas em leilão pelas empresas interessadas, e os parques eólicos marítimos, mediante regulamentação pelo Poder Executivo, repassarão royalties a estados e municípios litorâneos.
“Pré-sal eólico”

6 set by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Petrobras “poderá” manter preço da gasolina estável por até 15 dias

A Petrobras anunciou hoje (6), no Rio de Janeiro, um mecanismo financeiro que permitirá manter o preço da gasolina estável por até 15 dias.

Chamado de mecanismo de hedge, ele será opcional e visa reduzir a volatilidade [variação] do preço do combustível sem afetar o resultado financeiro da estatal.

A nova ferramenta foi anunciada pelo diretor financeiro da Petrobras, Rafael Grisolia, e pelo diretor de refino e gás natural, Jorge Celestino, que concederam uma entrevista para explicar a decisão.

2 ago by João Ricardo Correia Tags:, ,

Polícia e MP fazem operação contra furto de combustível

O Ministério Público Estadual e a Polícia Civil do Rio de Janeiro cumprem hoje (2) cinco mandados de prisão e 14 de busca e apreensão contra suspeitos de furto de combustíveis.

Os alvos da operação são suspeitos de tirar ilegalmente petróleo e derivados de dutos da Transpetro, subsidiária da Petrobras.

A ação conta também com o apoio do MP e da Polícia Civil de São Paulo, já que a quadrilha atuava nos dois estados.

A investigação teve início em agosto de 2017, após abordagem a um veículo pela Polícia Rodoviária Federal, que encontrou três válvulas de contenção de líquidos, objetos utilizados nos furtos de combustíveis de oleodutos.

Por Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil / Rio de Janeiro

 

12 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Negada liberdade a ex-gerente da Petrobras acusado de repatriar recursos desviados

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz (FOTO), indeferiu um pedido de liberdade feito pela defesa de Márcio de Almeida Ferreira, ex-gerente de empreendimentos da Petrobras, acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de repatriar R$ 48 milhões de recursos desviados e mantidos no exterior.

O gestor teve a prisão efetivada em maio de 2017, após a 40ª fase da Operação Lava Jato. A defesa sustentou que Márcio Almeida não oferece risco às investigações. Para o acusado, a decisão de primeira instância seria uma antecipação de culpa.

14 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias em 3,2%

 

gasolina

A Petrobras anunciou hoje (14) a redução do preço da gasolina em 3,2% em suas refinarias, a partir da zero hora de amanhã (15). Também haverá redução de 2,7% no preço do diesel. Os reajustes são reflexo de uma nova política de preços aprovada ontem (13) pela empresa.

A redução é para o combustível vendido no atacado para postos de gasolina. O impacto dessas reduções no bolso do consumidor dependerá das estratégias de cada posto. Mas, se o repasse da redução no preço na refinaria for feito integralmente para o preço ao consumidor, as reduções serão de 1,4% na gasolina e 1,8% no diesel.

A nova política terá preço de paridade internacional (PPI), margem para remuneração de riscos inerentes à operação e nível de participação no mercado. A empresa estabeleceu, entre outras coisas, que nunca terá preços abaixo da paridade internacional. A política de preço de paridade internacional (PPI) inclui os custos com frete de navios, custos internos de transportes e taxas portuárias.

Os preços serão revistos pelo menos uma vez por mês. Eles podem ser reduzidos, aumentados ou mantidos.

Fonte: Agência Brasil

29 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Delação de Delcídio Amaral é aconselhada por parentes e amigos

DELCIDIO1

Parentes e amigos do senador Delcídio Amaral (PT-MS) o aconselham a negociar um acordo de delação premiada, acreditando que esse seria o melhor caminho para tirá-lo da prisão ainda ainda este ano. A mulher de Delcídio, Maika, que visitaria o marido neste fim-de-semana na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília, para tratar do tema da delação premiada, era uma ferrenha defensora da estratégia e discutiu o assunto com o advogado do senador. Ela tem dito que o marido não pode pagar sozinho por erros cometidos pelo PT e pelo Planalto – Delcídio era líder do governo até ser preso pela PF na quarta-feira.

Na delação, Delcídio contaria o que sabe sobre o esquema de corrupção e desvios na Petrobras em troca de benefícios concedidos pela Justiça.

No depoimento que prestou na quinta-feira à PF, Delcídio citou a presidente Dilma Rousseff, de maneira espontânea, pelo menos três vezes. “A então ministra (de Minas e Energia no governo Lula) Dilma já conhecia Nestor Cerveró desde a época em que ela atuou como secretária de Energia no governo Olívio Dutra, no Rio Grande do Sul”, afirmou o senador.

PARTE DO CURRÍCULO

No governo de Itamar Franco (1992-1994), foi secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, ministro da pasta e presidente do Conselho de Administração da Vale do Rio Doce.

Em 1998, Delcídio assinou sua filiação ao PSDB, mas seu ingresso no partido não chegou a ser homologado. Durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, foi diretor de Gás e Energia da Petrobras entre 2000 e 2001, quando trabalhou com Nestor Cerveró e Paulo Roberto Costa, dois dos delatores da Operação Lava Jato.

Em 2001, ocorreu a aproximação com o PT. Delcídio foi secretário estadual de Infra-estrutura e Habitação do governo de Zeca do PT no Mato Grosso do Sul e, em 2002, elegeu-se senador, já no Partido dos Trabalhadores.

 

Com informações da Carta Capital e Exame

6 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Petrobras anuncia redução de 11 bilhões de dólares em investimentos

PETRO2_80GRAUSCOMBR

A Petrobras anunciou uma redução de US$ 11 bilhões em investimentos neste e no próximo ano, comparado ao que estava previamente definido no Plano de Negócios e Gestão 2015-2019. A informação foi divulgada na noite desta segunda-feira (5), por meio de nota, na qual a companhia expõe os motivos da revisão.

“A Petrobras informa que, diante dos novos patamares de preço do petróleo [Brent] e da taxa de câmbio [R$/US$], ajustou seu planejamento financeiro para os anos de 2015 e 2016. Na divulgação do Plano de Negócios e Gestão 2015-2019 (PNG 2015-2019) a companhia havia informado que a execução do plano estaria sujeita a fatores de risco que poderiam impactar adversamente suas projeções, dentre os quais estão incluídas mudanças de variáveis de mercado, como preço do petróleo e taxa de câmbio.”

A estatal explicou que estava ajustando suas previsões de investimento e gastos operacionais gerenciáveis para preservar seus objetivos fundamentais de desalavancagem e geração de valor para os acionistas.

A projeção de arrecadação para o biênio 2015-2016 foi mantida em US$ 15,1 bilhões com a venda de ativos, sendo cerca de US$ 700 milhões em 2015 e US$ 14,4 bilhões em 2016. “As metas de produção média diária de petróleo no Brasil, previstas no PNG 2015-2019 [2,125 milhões de barris por dia em 2015 e 2,185 milhões de barris por dia em 2016], permanecem inalteradas.”

 

Fonte: Agência Brasil
Foto: 80graus.com.br

4 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Ex-presidente do PT morre de câncer aos 58 anos

JOSEEDUARDODUTRA1

Morreu na madrugada de hoje (4), em Belo Horizonte, o ex-presidente do PT e da Petrobras, ex-senador José Eduardo Dutra, Ele tinha 58 anos e lutava contra um câncer.

Dutra foi senador por Sergipe, estado no qual desenvolveu sua vida política, ao lado do ex-governador Marcelo Déda (que morreu em 2013).

Nascido no Rio de Janeiro, Dutra foi dirigente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), de 1988 a 1990, e presidente do Sindicato dos Mineiros do Estado de Sergipe (Sindimina), de 1989 a 1994 – ano em que foi eleito senador.

Dutra foi presidente da Petrobras, de janeiro de 2003 a julho de 2005, e presidiu a Petrobras Distribuidora, de setembro de 2007 a agosto de 2009. Ele deixou o cargo para disputar a presidência do Partido dos Trabalhadores, sendo eleito para o biênio 2010-2012.

Atualmente, era primeiro suplente do senador Antônio Carlos Valadares (PSB/SE).

 

Fonte: Agência Brasil

6 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Trabalhadores adiam para esta segunda greve na Petrobras

PETROBRASFACHADA1_SergioMoraes-Reuters

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) adiou a paralisação inicialmente marcada para hoje (6) em todas as unidades administrativas e operacionais da Petrobras, assim como nas instalações da Transpetro, subsidiária da estatal. Segundo a FUP, a paralisação começa amanhã (7), por tempo indeterminado.

Os grevistas terão de respeitar efetivos mínimos e cotas de produção para não afetar a população. A greve ocorre em protesto contra o novo Plano de Negócios da Petrobras, que pode resultar em milhares de demissões de trabalhadores terceirizados e cortes de despesas.

“O novo plano prevê a venda de US$ 57,7 bilhões em ativos, além de cortes de US$ 76 bilhões em investimentos e despesas, ou seja, representa um verdadeiro desmonte da empresa, cujos impactos já estão ocorrendo em várias unidades do país, com milhares de demissões de trabalhadores terceirizados e cortes em despesas, que colocam em risco conquistas históricas da categoria”, afirma, em nota, a FUP.

A Federação dos Petroleiros manifesta-se também contra o Projeto de Lei 131, que pode ser votado a qualquer momento na Câmara dos Deputados. O texto retira da Petrobras a função de operadora única do pré-sal e acaba com a sua participação mínima em 30% dos campos exploratórios.

Em nota, a assessoria de imprensa da Petrobras manteve as informações já divulgadas de que se reuniu na última quinta-feira (3) com representantes da FUP para tratar das negociações sobre o Acordo Coletivo de Trabalho ACT deste ano. “A empresa se comprometeu a apresentar proposta para o ACT 2015 no próximo dia 10 e reafirmou seu compromisso de dialogo aberto com as entidades sindicais.”

 

Fonte: Agência Brasil
Foto: Sergio Moraes/Reuters

4 set by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Petroleiros entram em greve por tempo indeterminado neste domingo

PETRO2

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) inicia, neste domingo (6), greve por tempo indeterminado. Segundo a FUP, a paralisação deve atingir todas as unidades administrativas e operacionais da Petrobras, assim como as instalações da Transpetro, subsidiária da estatal. Hoje (4), a FUP e representantes sindicais reúnem-se para discutir a organização e a construção da greve.

De acordo com a FUP, o comunicado de greve já foi protocolado na sede da Petrobras. A decisão foi aprovada pela federação e seus sindicatos em assembleias realizadas entre os dias 7 e 23 de julho, período que antecedeu a paralisação de advertência de 24 horas, no dia 24 de julho, em todo o sistema Petrobras.

Ontem (3), diretores da empresa e representantes da FUP reuniram-se pela primeira vez para discutir a pauta de reivindicações enviada pela federação à estatal há cerca de dois meses. A reunião terminou sem acordo e a decisão pela greve foi mantida.

Segundo a federação, a greve foi motivada pelo novo plano de negócios da Petrobras. “O novo plano prevê a venda de US$ 57,7 bilhões em ativos, além de cortes de US$ 76 bilhões em investimentos e despesas, ou seja, representa um verdadeiro desmonte da empresa, cujos impactos já estão ocorrendo em várias unidades do país, com milhares de demissões de trabalhadores terceirizados e cortes em despesas, que colocam em risco conquistas históricas da categoria”, afirma, em nota, a FUP.

A Federação dos Petroleiros manifesta-se também contra o Projeto de Lei 131, que pode ser votado a qualquer momento pela Câmara dos Deputados. O projeto retira da Petrobras a função de operadora única do pré-sal e acaba com a sua participação mínima em 30% dos campos exploratórios.

A assessoria da Petrobras confirmou a reunião de ontem com representantes da FUP e divulgou nota dizendo que a empresa se comprometeu a apresentar proposta para o acordo coletivo de trabalho deste ano no próximo dia 10. A nota destaca ainda que a Petrobras reafirma “seu compromisso de diálogo aberto com as entidades sindicais”.

 

 

Fonte: Agência Brasil

14 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Sérgio Moro autoriza para dia 25 acareação entre Youssef e Paulo Roberto Costa

SERGIOMORO1_DIARIODOCENTRODOMUNDO
O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, Hugo Motta (PMDB-PB), informou ontem que o juiz federal Sérgio Moro (FOTO), responsável pelas investigações da Operação Lava Jato na primeira instância, autorizou para o próximo dia 25 a acareação entre o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef.

Investigados pela operação, os dois são delatores do esquema de corrupção na Petrobras e devem ser confrontados pelos deputados da CPI sobre contradições em seus depoimentos em colaboração com a Justiça. A acareação chegou a ser marcada para o início deste mês, mas foi adiada após Moro enviar à CPI um atestado médico encaminhado por Costa, alegando doença.

Antes, a comissão continuará ouvindo depoimentos de pessoas ligadas aos mercados de câmbio e financeiro e apontadas como participantes do esquema de corrupção, lavagem de dinheiro e pagamento de propina envolvendo a Petrobras.

Nesta quinta-feira, Mota também se reunirá com o ministro do Supremo Tribunal Federal Celso de Mello para tratar da manutenção do depoimento de acareação do ex-gerente de Serviços da Petrobras Pedro Barusco com o ex-diretor de Serviços da empresa Renato Duque.

No dia 7 de julho, Mello concedeu habeas corpus adiando a acareação marcada para o dia seguinte. O ministro acatou o argumento da defesa do ex-gerente da Petrobras, segundo o qual ele passara a sentir fortes dores e formigamentos nos membros inferiores, em consequência de um câncer ósseo. Apesar de pedir o adiamento, Barusco assumiu o compromisso de ir à CPI em data posterior.

“Vou apelar ao ministro Celso de Mello, decano da Corte, para que ele possa reavaliar o habeas corpus concedido. Saíram diversas reportagens e matérias que provam que ele [Barusco] tem, sim, condições de vir à CPI”, afirmou Motta.

 

Fonte: Agência Brasil
Foto: Diário do Centro do Mundo

6 abr by Marcelo Hollanda Tags:, , , ,

O desespero dos prefeitos com a queda dos royalties da Petrobras

A produção de petróleo recuou no Rio Grande do Norte nos últimos anos, mas a Petrobras afirma ter projetos para reverter o declínio
Imagem: Getúlio Moura, TN

Cortar os custos do “Mossoró Cidade Junina” é o menor dos problemas do prefeito Odorico, perdão, do prefeito de Mossoró Francisco José Júnior, que na qualidade de presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Fermurn) organiza uma marcha de prefeitos para tentar reverter vertiginosa queda dos royalties da Petrobras.

O governador Robinson Faria, em entrevista neste fim de semana ao Novo Jornal, declara que pretende dialogar com a estatal onde um diretor que não é de carreira ganha 160 mil por mês e acaba de pedir aumento. Melhor ele correr pra tirar a senha.

Parece que ninguém se dá conta do que acontece.

A maior empresa brasileira, ex-orgulho dos brasileiros, está em frangalhos, como o governo da presidente Dilma também está.

Então, é neste contexto de envelhecimento prematuro do segundo mandato presidencial, que o governador quer se dirigir à Petrobras… E, pasmem, no momento em que o deputado petista Fernando Mineiro, lançado sabe-se lá porque a prefeito de Natal pelo recém-eleito chefe do Executivo, questiona publicamente as retiradas pelo Estado de dinheiro do Fundo Financeiro Unificado, que é dinheiro do funcionalismo estadual.

Ou seja, o aliados da última eleição não se entendem. Difícil entender a cabeça dos políticos. Só que a economia é uma questão de fechar contas. E elas não fecham.

A dificuldade imediata do governo de Robinson com isso é que terá de remanejar recursos de outras frentes da administração para a Saúde e Educação, setores cobertos pelos royalties do petróleo. A perda estimada já está em R$ 100 milhões. Só um súbito aumento no mercado internacional poderá amenizar essa situação.

Enquanto isso não acontece, contar com os parceiros petistas não parece o melhor caminho, embora seja o único, verdade seja dita.

Que situação.

 

 

 

13 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Deputado do DEM discorda do impeachment da presidenta Dilma

GETULIO1
Deputado estadual Getúlio Rêgo (DEM/RN)

O deputado estadual  Getúlio Rêgo, do DEM, afirmou na manhã de ontem que o movimento popular contra o governo Dilma Rousseff, programado para o próximo domingo, 15, em todo o País, é o reflexo generalizado de insatisfação por parte da população pelo não cumprimento dos compromissos assumidos durante a campanha eleitoral, segundo ele, “principalmente em repulsa ao assalto aos cofres da Petrobras pelos figurões do PT”. E completa o deputado: “se fosse um governo ao qual o PT fazia oposição, o afastamento do presidente seria a bandeira principal”, observa o deputado.

Getúlio Rêgo considera o movimento legítimo, entretanto, diz não acreditar que resulte no impeachment da presidente da República, mesmo considerando que a situação do País é grave. “A oposição não está alimentando isso”, disse Getúlio Rêgo, lembrando que as vaias que a presidente Dilma Rousseff está recebendo “é o resultado da traição imposta ao povo brasileiro afirmou que não haveria aumentos de tarifas e quando assumiu fez o contrário do que havia dito”. Ao ser questionado sobre  a possibilidade de retrocesso político no País, o deputado do DEM diz não acreditar. “A democracia no Brasil está consolidada. O que existe é uma desordem estimulada pelo PT”, disse ele.

Concluindo, o deputado do DEM disse que faz 13 anos que o PT manda no País e o que se vê é a falência total de setores essenciais como saúde, educação e segurança.

4 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Sindicalista diz que DEM e PSDB “estão querendo desestabilizar a democracia brasileira”

PETROBRAS1_SENGECECOMBR
O presidente do Sindicato dos Petroleiros, Márcio Dias, afirmou, após participar de encontros com vereadores de Natal na tarde desta última terça-feira, que “a oposição está querendo desestabilizar a democracia brasileira”, segundo ele, “utilizando-se do episódio da Petrobras”. O dirigente sindical refere-se  a DEM e PSDB, os dois principais partidos de oposição no Brasil. “São grupos que estão influenciando junto à população, mas nós queremos o debate e não linchamento”, disse ele, ressaltando a importância que tem a empresa para a nação.

Funcionários da Petrobras, tendo à frente Márcio Dias, estão mobilizando segmentos representativos da sociedade para realização de um encontro na próxima sexta-feira, para pedir que as denúncias contra a empresa sejam apuradas e os culpados punidos, sem no entanto, prejudicar a instituição. “Queremos preservar esse patrimônio que é do povo brasileiro. A Petrobras não pode ser responsabilizada pelo que está ocorrendo. Temos que mostrar ao mundo que existe uma crise, mas mesmo diante de tudo o que está ocorrendo a empresa tem apresentado record de produção e refino”, disse o sindicalista.

 

LUIZALMIR2015A_JRC
Vereador Luiz Almir ressalta importância da Petrobras para o Brasil

Uma comissão de integrantes do Sindicato dos Petroleiros compareceu à Câmara Municipal de Natal na tarde desta última terça-feira objetivando convidar os vereadores, através do presidente da Casa, Franklin Capistrano, para prestigiarem o evento da sexta-feira. Participaram também do encontro com os petroleiros, os vereadores Hugo Manso, do PT, e  Luiz Almir, do PV, primeiro secretário da Câmara Municipal de Natal. “A Petrobras tem a riqueza do pré-sal e segundo ele, “estão querendo destruí-la, mas mesmo assim, a empresa continua crescendo”, disse Hugo Manso, enquanto o presidente da Câmara Municipal, vereador Franklin Capistrano e o vereador Luiz Almir, defendem o engajamento de todos na defesa da Petrobras, segundo eles, “um patrimônio que deve ser preservado”.

Fale no ZAP