Tag: Polícia Civil

6 dez by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Polícia faz operação contra lavagem de dinheiro em escola de samba

Policiais civis cumprem hoje (6) 11 mandados de busca e apreensão contra integrantes da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os agentes investigam, junto com integrantes do Ministério Público do Rio de Janeiro, um grupo suspeito de atuar na exploração ilegal de jogos na região e na prática de lavagem de dinheiro.

Segundo a Polícia Civil, os alvos da operação são o presidente de honra da Grande Rio, Antônio Jaider Soares da Silva, e mais quatro suspeitos, Leandro Jaider Soares da Silva, Dagoberto Alves Lourenço, Paulo Henrique Melo Rufino e Yuri Reis Soares. Além da busca e apreensão, estão sendo cumpridos o bloqueio e sequestro de bens dos investigados no valor de R$ 20 milhões.

As equipes também estão fazendo buscas na quadra da Escola de Samba Grande Rio, em Duque de Caxias, e no seu barracão, na Cidade do Samba, no centro da cidade do Rio de Janeiro.

De acordo com as investigações, Antônio Jaider é apontado como chefe da organização criminosa, sendo responsável por controlar a exploração de jogos de azar em Duque de Caxias. Ele também figura como sócio de empresas ao lado do filho, Yuri Soares Reis, e do sobrinho, Leandro Jaider Soares da Silva. Os dois são investigados como braços operacionais da quadrilha na operação de lavagem de capitais e no controle financeiro da organização.

23 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Operação Pecado Original prende 34 integrantes de facção criminosa

Uma investigação conduzida pela Delegacia de Polícia Civil de Caicó(RN) resultou na deflagração da Operação Pecado Original com o intuito de prender integrantes de uma facção criminosa, na manhã desta sexta-feira (23), em diversas cidades da região do Seridó. Durante a Operação, que teve a coordenação da Diretoria de Polícia Civil do Interior (DPCIN) e o apoio de outras equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar, foram efetivadas as prisões de 34 investigados, mediante o cumprimento de mandados de prisão temporária e preventiva. Um adolescente também foi apreendido. Entre os 34 presos, 11 são mulheres e 23 são homens.

Das 34 prisões efetivadas, 12 delas foram cumpridas mediante mandados judiciais em desfavor de criminosos que já estavam detidos no sistema penitenciário. Durante a Operação, foram apreendidas armas, drogas e dinheiro. “A Operação Pecado Original foi bastante exitosa e com certeza teremos uma redução nos índices de criminalidade nas cidades desta região”, destacou a delegada-geral da Polícia Civil, Adriana Shirley.

22 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Brasil e Argentina fazem operação de combate à pedofilia

A terceira fase da Operação Luz na Infância foi deflagrada na manhã desta quinta-feira pelo Ministério da Segurança Pública. Policiais civis de 18 estados e do Distrito Federal (DF) estão desde as primeiras horas da manhã cumprindo 69 mandados de busca e apreensão
Nota divulgada pelo ministério diz que a operação dá “continuidade aos trabalhos de identificação de crimes relacionados ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados no meio cibernético”.

Também participa da operação o Corpo de Investigações Judiciais (CIJ) do Ministério Público Fiscal da Cidade Autônoma de Buenos Aires, na Argentina. O CIJ cumpre simultaneamente no pais vizinho 41 mandados de busca.

“Os alvos internacionais foram identificados após atuação conjunta entre a Diretoria de Inteligência da Senasp e autoridades policiais da Argentina. As ações simultâneas realizadas no Brasil e na Argentina mobilizam um efetivo aproximado de mil policiais”, diz a nota.
Todas as ações no Brasil estão sendo coordenadas entre a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e as Polícias Civis dos estados e do DF.

Luz na Infância

A Operação Luz na Infância teve início em outubro de 2017, quando foram cumpridos 157 mandados e presos 112 abusadores. Na segunda edição, ocorrida em maio de 2018, houve cumprimento de 579 mandados de busca, resultando na prisão de 251 pessoas.

Por Agência Brasil / Brasília

30 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Estado revoga contratação de banca para concurso da Polícia Civil

A Secretaria Estadual de Administração e Recursos Humanos do Estado do Rio Grande do Norte (Searh/RN) publicou uma portaria revogando o processo licitatório para contratação do Instituto Acesso para realização do concurso da Polícia Civil. A publicação foi feita no Diário Oficial do Estado da última sexta-feira (26) e determina ainda a suspensão da portaria que criou a Comissão de Especial designada para realização do concurso.

A medida vem após questionamentos feitos pela Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE/RN), Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), Associação dos Escrivães de Polícia Civil (ADEPOL), Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (SINPOL) e pela Associação dos Escrivães da Polícia Civil do RN (ASSESP).

No início deste mês, a DPE/RN havia aberto um procedimento preparatório para demanda coletiva para analisar a contratação de empresa. Em ofício, a Defensoria alertou que o Instituto Acesso responde a Ação Civil Pública de nº 0637751-54.2018.8.04.0001, proposta pela Defensoria Pública do Estado do Amazonas, por supostas irregularidades na aplicação da prova para concurso de professor daquele Estado.

Os relatos são de possível violação de lotes de provas, duplicidade de questões na prova e ausência de lista de presença para candidatos. Tais indícios levaram a suspensão do certame, por decisão judicial, bem como na formalização de pedido de anulação das provas aplicadas. No mesmo período, o MPRN recomendou à Searh a anulação de todos os atos decisórios praticados pela comissão do concurso da Polícia Civil.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública do RN

24 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Laudo aponta que suástica em jovem foi ato de automutilação ou consentimento

Um laudo da Polícia Civil do Rio Grande do Sul apontou que os cortes feitos em forma de suástica no corpo de uma jovem de 19 anos foram resultado de automutilação ou uma intervenção consentida por ela. De acordo com o delegado Paulo César Caldas Jardim, responsável pelas investigações do caso, que veio à tona há duas semanas, em Porto Alegre, disse que não há cortes na pele, apenas arranhões na epiderme – parte mais superficial.

“O que ressalta aos olhos é que todos os traços são bem retilíneos. São 23 riscos muito certos e todos muito superficiais”, disse Jardim à reportagem da Agência Brasil. A perícia descartou o uso de objeto cortante e apontou o provável uso de objetos como um grampo ou uma bijouteria.

Paulo César Jardim disse que a jovem faz tratamento psiquiátrico e toma diversos remédios. “É uma fragilidade emocional”, acrescentou. O procedimento será encaminhando hoje para a Justiça e a pena por falsa comunicação de crime pode variar entre 6 meses a 1 ano de detenção.

24 set by João Ricardo Correia Tags:, , ,

STF nega anulação de interceptações telefônicas em inquérito contra delegado de Polícia Civil

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o Habeas Corpus (HC) 156157, no qual a defesa do delegado da Polícia Civil do Paraná (PR) Gustavo Tucci de Nogueira, investigado na Operação Jogo Sujo II, deflagrada pelo Ministério Público estadual, buscava a nulidade de todas as interceptações realizadas em suas linhas telefônicas. Ele foi denunciado em razão da suposta prática da contravenção penal de exploração do jogo do bicho, quadrilha, corrupção passiva, violação de sigilo funcional e lavagem de dinheiro.

A interceptação, pedida pelo Ministério Público do Paraná, foi autorizada pelo juízo da Vara Criminal de Apucarana. Alegando a suposta perda ou subtração de parte das gravações, a defesa impetrou HC junto ao Tribunal de Justiça do Paraná, que concedeu apenas parcialmente a ordem. A corte estadual reconheceu a licitude da interceptação e de suas prorrogações, mas determinou ao juízo de primeira instância que desentranhasse os áudios e degravações afetados pela solução de continuidade e examinasse a existência de eventuais provas ilícitas por derivação, afastando-as dos autos.

10 set by João Ricardo Correia Tags:, , ,

SINPOL divulga trigésima edição de “Policiais Civis em Foco”


O SINPOL-RN divulga, nesta segunda-feira (10), a 30º edição do Policiais Civis em Foco. O vídeo reúne ações e operações realizadas em todo o Rio Grande do Norte, no período de 3 a 9 de setembro.

9 ago by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Polícia Civil elucida assassinato de vigia na praia de Búzios

Na manhã dessa quinta-feira, 9, a Polícia Civil de Nísia Floresta, litoral Sul do RN, prendeu George Augusto Ferreira Lins , Karina Agra de Melo e Alberto Luiz Ramalho Lima Filho, o “Betinho”, apontados como participantes do assassinato a tiros do vigia Romário Ivanov Bezerra de Macedo e da tentativa de homicídio contra um outro vigia, na madrugada de 27 de julho passado, no Distrito de Búzios.

A investigação feita pelos policiais civis levantou que motivação para o crime foi a concorrência entre empresas de segurança na área. As três pessoas presas são proprietárias da JK Segurança, enquanto as vítimas pertenciam a outra firma.

Uma vez elucidado o crime e encontrados os pré-requisitos necessários para os pedidos de prisão temporária, o procedimento foi encaminhado ao Juiz Tiago Neves, titular da Comarca, que determinou as prisões.

A Polícia Civil de Nísia Floresta continua as investigações sobre o caso. Colabore com informações através do telefone/whatsapp 981187675.

23 jul by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Protesto contra salários atrasados: desembargador considera paralisação da Polícia Civil ilegal

O desembargador Amílcar Maia, do Tribunal de Justiça do RN, declarou ilegal o movimento grevista deflagrado pelo Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Norte (Sinpol/RN), denominado Operação Zero, determinando, em consequência, a sua imediata suspensão e o retorno imediato ao trabalho de todos os policiais civis, sob pena de multa diária no valor de R$ 20 mil em caso de descumprimento. A decisão liminar atende a pedido da Procuradoria Geral do Estado.

Em sua petição, o Estado do Rio Grande do Norte afirmou que, por iniciativa do Sinpol, os policiais civis do Estado paralisaram suas atividades no dia 13 de julho para protestar contra o atraso no pagamento do 13º salário. Alega que a paralisação causou inúmeros transtornos à população e aos policiais que não a aderiram, inclusive interditando vias de acesso às principais delegacias. Argumentou que o sindicato agendou assembleia extraordinária para o dia 19 de julho com a finalidade de aprovar a deflagração de nova paralisação, denominada Operação Zero.

A Procuradoria Geral do Estado requereu a declaração da ilegalidade da greve e o imediato retorno ao trabalho de todos os policiais civis que a ela aderiram, determinando-se ao sindicato que se abstenha de incitar os sindicalizados e agirem de forma contrária aos seus deveres funcionais, e solicitou a fixação de multa diária no valor de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

Decisão

Para o desembargador Amílcar Maia, em se tratando de movimento grevista deflagrado por policiais civis, servidores ocupantes de cargo público cuja atividade diz respeito à segurança pública, considerada como serviço essencial, sua paralisação, mesmo que por parte da totalidade da categoria, afigura-se ilegal.

“Validamente, embora os servidores públicos, em regra, sejam seguramente titulares do direito de greve, alguns deles, pela natureza da função pública exercida, não podem sequer exercitar tal direito, como é o caso da atividade pertinente à segurança pública”, explica o magistrado.

O membro da Corte de Justiça aponta que havendo conflito entre o direito de greve e o direito fundamental à segurança pública, ponderando os interesses em conflito, deve prevalecer este último em prol da própria coletividade.

O desembargador Amílcar Maia lembrou que o Plenário do Supremo Tribunal Federal reafirmou o entendimento no sentido de que é inconstitucional o exercício do direito de greve por parte de policiais civis e demais servidores públicos que atuam diretamente na área da segurança pública, no julgamento do Recurso Extraordinário com Agravo (ARE nº 654432), com repercussão geral reconhecida.

Para a concessão da liminar, o magistrado considerou estar presente o fundado receio de dano irreparável ou de difícil reparação, uma vez que “em se tratando de serviço público essencial, a realização do movimento grevista violará a ordem pública, em razão da descontinuidade dos serviços prestados pelos servidores representados pelo Sindicato réu à população”.

Fonte: Portal do TJRN

23 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , , , ,

Justiça mantém mãe e filhos presos por tráfico de drogas

 

Uma decisão no TJRN, ao julgar Habeas Corpus negou o pedido para relaxamento de prisão de uma mulher, de 50 anos de idade, presa com seus filhos, por tráfico de drogas no interior do Estado. A prisão se deu nos autos da Ação Penal 0102950-47.2017.8.20.0103, pelo crime tipificado no artigo 33, da Lei 11.343/2006, a qual trata dos delitos que envolvem o tráfico de drogas. O julgamento manteve, desta forma, o que foi decidido pela Vara Criminal da Comarca de Currais Novos.

A defesa, dentre outros pontos, sustentou ausência de embasamento legal para manutenção da custódia cautelar, além de alegar condições pessoais da acusada, como bons antecedentes, residência fixa. A saúde debilitada da presa também foi levantada como argumento para o pedido de HC.

17 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , , ,

Equipes da Polícia Civil e do Itep estão na Cadeia Pública de Natal

Movimentação intensa de policiais civis e equipe do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), na Cadeia Pública de Natal, zona Norte da cidade. O repórter-fotográfico Ney Douglas registrou.

27 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , , ,

Governo atende solicitação de José Adécio e mandará caminhonete para reforçar patrulhamento em Pedro Avelino

O município de Pedro Avelino ganhará, até a próxima semana, reforço em seu policiamento, com a chegada de uma caminhonete 4×4, que possibilitará o patrulhamento na área rural. Mais um benefício obtido graças ao trabalho do deputado José Adécio, que solicitou o veículo ao Governo do Estado.

O deputado José Adécio esteve nesta terça-feira(26) com o comandante geral da Polícia Militar, coronel Osmar Oliveira, para agradecer as recentes ações da Corporação em Pedro Avelino, que resultaram na apreensão de drogas, armas, animais e veículos roubados, além de prisões de suspeitos. O deputado também falou sobre o bom trabalho que está sendo feito pela Polícia Civil no município.

“Apesar de todas as dificuldades, os policiais que trabalham em Pedro Avelino estão dedicados e o resultado está na cidade, com a diminuição da criminalidade e operações constantes. Estou aqui no Comando Geral para desejar sucesso ao coronel Osmar, que assumiu o cargo recentemente, e dizer que sempre estarei apoiando as polícias do meu Estado. Sei que enfrentam problemas, sempre digo ao governador Robinson que é preciso total atenção com a segurança. Saio daqui feliz em saber que uma caminhonete chegará à minha cidade natal. Já conseguimos uma viatura para a Polícia Civil e não mediremos esforços para ampliar essas operações contra a bandidagem”, disse José Adécio.

 

Assessoria de Comunicação do deputado José Adécio

20 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Polícia Civil deflagra Operação Arecê Fase 6 em São José do Mipibu


A Polícia Civil com apoio da Polícia Militar deflagrou, nesta quarta-feira (20), a sexta fase da Operação Arecê,
na cidade de São José do Mipibu, tendo como objetivo cumprir mandados de prisão e busca e apreensão contra suspeitos pela prática de diversos crimes como homicídios, roubos, furtos, receptação, estupro, tráfico de drogas entre outros. Houve a participação de 140 policiais e mais de 20 viaturas.

Na Operação, foram cumpridos 21 mandados sendo presas 10 pessoas e mais uma em flagrante por receptação, porte ilegal de arma de fogo e munições. Durante a ação policial também foram lavrados 03 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) por crimes de menor potencial ofensivo. A Operação totaliza em sua sexta fase a marca de 79 pessoas presas.

Assessoria de Imprensa da Polícia Civil (Degepol)

5 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Operação das Polícias Civil e Militar prende sete e apreende quase um quilo de droga

Uma equipe de policiais civis da Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Caicó e de policiais militares de Caicó deflagraram, na segunda-feira (04), uma operação com o objetivo de combater o tráfico de drogas na cidade. Os policiais deram cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão, todos no Walfredo Gurgel, e dois mandados de prisão preventiva contra Hélio de Ângelis dos Santos e Joélio Carlos da Silva.

No momento da prisão de Joélio Carlos, realizada em uma residência, também foram presas em flagrante outras cinco pessoas que estavam no local. Foram apreendidos na residência cocaína, maconha e crack, totalizando uma quantidade de quase um quilo de drogas, uma espingarda Winchester calibre .44, duas balanças de precisão, dinheiro fracionado e dois coletes balísticos.

Foras presos na ocasião, além de Joélio Carlos, Vanildo Alexandre dos Santos, Andrielio Roges Soares Santos, Antônio Roberto Alves de Oliveira, Érica Raiane da Silva e Clarazete Fernandes. A equipe policial apreendeu em outro imóvel cinco munições calibre .38, sendo quatro deflagradas e uma intacta.

A Operação é uma resposta policial contra o tráfico de drogas na região, outras ações em conjunto das polícias civil e militar terão continuidade para combater a prática deste tipo de crime. Os presos foram encaminhados ao sistema prisional onde aguardam a decisão da Justiça.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da
Polícia Civil do RN (Degepol)

Fale no ZAP