Tag: Polícia Militar

26 jul by João Ricardo Correia Tags:, ,

Bicho “tá pegando” pelo segundo dia consecutivo na Rocinha

A Polícia Militar e as Forças Armadas prosseguem hoje (26) com uma operação na Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro.

A ação foi iniciada na manhã de ontem por equipes do Comando de Operações Especiais, na Rocinha e no Vidigal.

Também participam agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), unidade que coordena uma ocupação permanente na Rocinha desde setembro de 2012.

As tropas foram acionadas ontem à tarde para dar apoio à Polícia Militar e cercar a favela. Houve confrontos durante a ação, mas não há informações sobre presos ou feridos.

Por Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil / Rio de Janeiro

 

27 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , , ,

Governo atende solicitação de José Adécio e mandará caminhonete para reforçar patrulhamento em Pedro Avelino

O município de Pedro Avelino ganhará, até a próxima semana, reforço em seu policiamento, com a chegada de uma caminhonete 4×4, que possibilitará o patrulhamento na área rural. Mais um benefício obtido graças ao trabalho do deputado José Adécio, que solicitou o veículo ao Governo do Estado.

O deputado José Adécio esteve nesta terça-feira(26) com o comandante geral da Polícia Militar, coronel Osmar Oliveira, para agradecer as recentes ações da Corporação em Pedro Avelino, que resultaram na apreensão de drogas, armas, animais e veículos roubados, além de prisões de suspeitos. O deputado também falou sobre o bom trabalho que está sendo feito pela Polícia Civil no município.

“Apesar de todas as dificuldades, os policiais que trabalham em Pedro Avelino estão dedicados e o resultado está na cidade, com a diminuição da criminalidade e operações constantes. Estou aqui no Comando Geral para desejar sucesso ao coronel Osmar, que assumiu o cargo recentemente, e dizer que sempre estarei apoiando as polícias do meu Estado. Sei que enfrentam problemas, sempre digo ao governador Robinson que é preciso total atenção com a segurança. Saio daqui feliz em saber que uma caminhonete chegará à minha cidade natal. Já conseguimos uma viatura para a Polícia Civil e não mediremos esforços para ampliar essas operações contra a bandidagem”, disse José Adécio.

 

Assessoria de Comunicação do deputado José Adécio

5 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Operação das Polícias Civil e Militar prende sete e apreende quase um quilo de droga

Uma equipe de policiais civis da Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Caicó e de policiais militares de Caicó deflagraram, na segunda-feira (04), uma operação com o objetivo de combater o tráfico de drogas na cidade. Os policiais deram cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão, todos no Walfredo Gurgel, e dois mandados de prisão preventiva contra Hélio de Ângelis dos Santos e Joélio Carlos da Silva.

No momento da prisão de Joélio Carlos, realizada em uma residência, também foram presas em flagrante outras cinco pessoas que estavam no local. Foram apreendidos na residência cocaína, maconha e crack, totalizando uma quantidade de quase um quilo de drogas, uma espingarda Winchester calibre .44, duas balanças de precisão, dinheiro fracionado e dois coletes balísticos.

Foras presos na ocasião, além de Joélio Carlos, Vanildo Alexandre dos Santos, Andrielio Roges Soares Santos, Antônio Roberto Alves de Oliveira, Érica Raiane da Silva e Clarazete Fernandes. A equipe policial apreendeu em outro imóvel cinco munições calibre .38, sendo quatro deflagradas e uma intacta.

A Operação é uma resposta policial contra o tráfico de drogas na região, outras ações em conjunto das polícias civil e militar terão continuidade para combater a prática deste tipo de crime. Os presos foram encaminhados ao sistema prisional onde aguardam a decisão da Justiça.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da
Polícia Civil do RN (Degepol)

24 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , , , ,

MPRN investiga desvios de R$ 22 milhões na Semsur de Natal

 


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou na manhã desta segunda-feira (24) a operação Cidade Luz, que investiga o desvio de R$ 22.030.046,06 da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal (Semsur). Pelo que foi apurado pelo MPRN, há indícios que o montante é decorrente de superfaturamento e pagamento de propina relativos a contratos firmados entre empresas e a Secretaria para a prestação de serviços referentes à manutenção e à decoração do parque de iluminação pública da capital potiguar. O ex-secretário de Serviços Urbanos de Natal, Ranieri Barbosa, foi afastado do cargo de presidente da Câmara Municipal de Natal, que ocupa atualmente.

Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pelo juiz da 7ª vara Criminal de Natal e foram cumpridos com apoio da Polícia Militar nas cidades de Natal e Parnamirim, no Rio Grande do Norte, e também em Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e ainda em Fernando de Noronha, em Pernambuco. Os gabinetes de Ranieri Barbosa e da Presidência da Câmara Municipal de Natal também foram alvo dos mandados. Ao todo, foram expedidos 13 mandados de prisão temporária.

Dados da Controladoria Geral do Município de Natal demonstram que entre os anos de 2013 e 2017, as empresas Alclog, Ancar, Enertec, FGTech, Geosistemas, Lançar, Real Energy e Servlight, todas sediadas em Pernambuco, foram beneficiárias de pagamentos no montante de R$ 73.433.486,86 de contratos coma Semsur. O MPRN estima superfaturamento médio de 30% no valor dos contratos celebrados.

21 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Estado terá que cumprir com progressão remuneratória de PM

cabo_pmrn
O Estado terá que efetivar a implantação do Subsídio, de acordo com o novo modelo remuneratório estabelecido pela LCE n° 463/2012, e implantar a remuneração no valor correspondente à graduação de Cabo PM, Nível VI, para um servidor da Polícia Militar, que moveu o Mandado de Segurança com o objetivo de garantir esses direitos. A decisão foi tomada pelo desembargador Amaury Moura Sobrinho, o qual determinou que o reajuste fosse implantado em caráter imediato.

No MS, o autor alegou ser Cabo da Polícia Militar da ativa e que, em observância ao artigo 10 da LCE 463/2012, a Diretoria de Pessoal da PM/RN publicou no Boletim Geral do Comando n.° 143, de 03 de agosto de 2016 a concessão de progressão funcional, movimentando-o para do Nível Remuneratório V para o VI de Cabo da PM/RN, contudo não vem percebendo os valores remuneratórios de acordo com a tabela de subsídio atual.

21 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

“Despromoção” de sargentos seria plano para “queimar” comandante geral da PM

dancleiton_pereira_leite

João Ricardo Correia

O episódio publicado ontem, com exclusividade, por este Portal Companhia da Notícia, da “despromoção” de 80 sargentos promovidos há uma semana, segundo fontes deste informativo, pode ter sido muito mais que um “simples equívoco”. O ato falho teria sido planejado, como forma de “queimar” o comandante geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, coronel Dancleiton Pereira Leite.

Extraoficialmente, informações dão conta que a tal “despromoção” provocou um mal estar na tropa e uma revolta nos policiais que passaram apenas uma semana promovidos. Um oficial que pediu para não ser identificado disse: “É muito estranho esse fato. Para haver as promoções, elas passam por uma comissão, depois é que é publicado no Boletim Geral e ninguém viu isso? O comandante geral, independente de quem seja, tem diversos auxiliares e todos deixaram passar o erro?!”.

Por meio da Portaria 158/2016-AAD, publicada ontem, 20 de setembro de 2016, no Boletim Geral da Polícia Militar, o comandante geral da corporação, coronel Dancleiton Pereira Leite, determinou a instauração de uma sindicância para apurar quem foi o culpado pela confecção e tramitação da Portaria 096/2016-DP/CPP, de 13 de setembro de 2016, que levou a publicação da promoção “em desacordo” de 80 cabos a graduação de 3º sargentos.

 

20 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Nem o “coronel Chicó” explica: Comando da PM “despromove” 80 sargentos no RN


João Ricardo Correia

O Governo do Rio Grande do Norte acaba de “despromover” 80 terceiros sargentos PM que haviam sido promovidos há uma semana. Incompetência? Brincadeira de mau gosto? “Não sei. Só sei que foi assim”, diria Chicó, personagem imortalizado por Ariano Suassuna em “O Auto da Compadecida”.

Por meio da Portaria 158/2016-AAD, publicada hoje, 20 de setembro de 2016, no Boletim Geral da Polícia Militar, o comandante geral da corporação, coronel Dancleiton Pereira Leite, determina a instauração de uma sindicância para apurar quem foi o culpado pela confecção e tramitação da Portaria 096/2016-DP/CPP, de 13 de setembro de 2016, que levou a publicação da promoção “em desacordo” de 80 cabos a graduação de 3º sargentos.

despromocao_pmrn

3 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Adepol emite nota repudiando críticas do prefeito Carlos Eduardo Alves

CARLOSEDUARDO_E_ROBINSON
Governador Robinson Faria e policiais do RN foram alvo de críticas feitas pelo prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, disse na manhã de hoje, na entrevista que concedeu ao jornalista Diógenes Dantas, na rádio 96 FM, que as polícias Civil e Militar são ineficientes, quando falou da onda de ataques que acontece no Rio Grande do Norte, desde a sexta-feira passada. Candidato à reeleição, o prefeito, que fez diversas críticas ao governador Robinson Faria, disse, ainda que as polícias estavam levando um “totó”.

A Associação dos Delegados de Polícia Civil do RN publicou Nota de Repúdio à fala do primo do ex-ministro Henrique Alves.

Eis a íntegra:

NOTA DE REPÚDIO

A ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS DE POLICIA CIVIL DO RIO GRANDE DO NORTE vem a público REPUDIAR as palavras de conotação ofensiva proferidas pelo Senhor Prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, contra policiais civis e militares do Estado do Rio Grande do Norte em entrevista concedida à rádio 96 FM.

Na ocasião, referida autoridade, de maneira desrespeitosa e pejorativa, insinuou que a “ineficiência” das Polícias Civil e Militar seria responsável pelos ataques a mais de 40 municípios. Afirmou ainda que tais servidores levaram um “totó das pessoas.”.

Causa perplexidade a esta entidade de classe as manifestações de cunho político contra policiais que labutam de forma incessante, inclusive fora de suas jornadas habituais de trabalho, movidos única e exclusivamente pelo dever e compromisso com a sociedade potiguar.

Desde o início dos ataques promovidos por facção criminosa, dezenas e dezenas de pessoas foram presas. Vários atentados foram frustrados. Não obstante, não se pode exigir das polícias o dom da onipresença. Todas as medidas legais e jurídicas têm sido adotadas e os ataques têm diminuído.

Em um momento de tão grande comoção, é lamentável um detentor de mandato eletivo explorar fatos criminosos e atacar corporações para atender seus interesses políticos. As instituições policiais pertencem ao Povo Potiguar. As polícias só tem um lado: a defesa da sociedade Norte Riograndense.

Sem esperar nenhum reconhecimento do Prefeito, continuaremos dedicados e comprometidos neste tão honroso mister. O povo do Rio Grande do Norte continuará a contar de forma irrestrita com a Polícia Civil do seu Estado.

ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA CIVIL DO RN – ADEPOL

11 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Empresários e capitã são presos por desviar recursos da PM

CORRUPCAO3

Acusados de participar de um esquema de desvio de recursos do Fundo de Saúde da Polícia Militar do Rio de Janeiro (Fuspom), além do recebimento de propina e envolvimento em fraudes em licitações públicas, três empresários e uma capitã enfermeira da PM foram presos hoje (11) durante a Operação Carcinoma II, um desdobramento da Operação Carcinoma, realizada em dezembro último.

Os presos são os empresários Rogério Wilson Ribeiro Colaço, Fernando Carlos Ribeiro Colaço e Silvio Guedes Boaventura e a capitã enfermeira da Polícia Militar Cristiane Cardoso Gonçalves de Souza. Também foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão expedidos pela 20ª Vara Criminal da Capital para a operação, comandada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e executada pelo Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com apoio das polícias civil e militar.

Os empresários vão responder por corrupção ativa, fraude à licitação, dispensa ilegal de licitações e peculato (crimes comuns). Já a capitã da PM também responderá por corrupção passiva e peculato perante a auditoria militar (crimes militares).

De acordo com a denúncia dos promotores do Gaeco, a empresa M&C Comércio e Soluções de Equipamentos foi contratada pela PM, sem licitação específica, para o fornecimento de 200 aparelhos de ar-condicionado  destinados ao Hospital Central da Polícia Militar (150 unidades) e ao Hospital da PM de Niterói (50 unidades), pelo valor total de R$ 560 mil. Apenas 25% dos aparelhos foram entregues e, mesmo assim, em qualidade e especificações diferentes e inferiores aos que constavam nas notas fiscais. Alguns foram desviados e instalados em residências de oficiais da corporação.

A capitã Cristiane, no exercício de suas funções administrativas, contribuiu para que fossem atestadas as notas fiscais de recebimento do equipamento em troca de propina no valor de 1% do total da compra, além de ter se beneficiado com a instalação de um dos aparelhos em sua própria casa, segundo a denúncia do Ministério Público.

De acordo com o subsecretário de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, delegado Fábio Galvão, “Através da farta documentação apreendida na primeira fase, temos conseguido aprofundar as investigações e dar continuidade às diligências, com intuito de responsabilizar os envolvidos nesta organização criminosa”.

O promotor de Justiça Cláudio Galo Souza disse que a segunda fase da Operação Carcinoma foi proveitosa, com a produção de elementos que ratificam as denúncias oferecidas pelo Gaeco. Segundo ele,  “As investigações prosseguem em busca de informações, com o fim de identificar novos fatos e agentes transgressores”.

Na primeira fase da operação, em dezembro de 2015,  foram cumpridos 21 mandados de prisão, dos quais 11 contra oficiais da Polícia Militar e um contra uma funcionária administrativa contratada pela PM. Também foram cumpridos cerca de 40 mandados de busca e apreensão, principalmente em bairros da zona oeste, incluindo um condomínio de luxo na Barra da Tijuca.

 

Fonte: Agência Brasil

23 fev by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Presidentes do TJ e AL recusam convite para integrar comitiva de Robinson

ROBIN1

O portal do Governo do Rio Grande do Norte informa que “o Governador Robinson Faria chega nesta quarta-feira (24) a Colômbia para conhecer um plano de segurança pública que diminuiu o número de homicídios e a violência em geral no país. Juntamente com o governador, embarcaram também o Secretário de Justiça, Cristiano Feitosa, o Procurador Geral do Estado, Francisco Wilkie, o Secretário-adjunto da Secretaria de Segurança, Caio Bezerra, e o Procurador Geral de Justiça, Rinaldo Reis”. 

Os presidentes do Tribunal de Justiça e da Assembleia Legislativa do RN, desembargador Cláudio Santos e deputado Ezequiel Ferreira de Souza, respectivamente, foram convidados a integrar a comitiva, mas não foram.

Informações extra-oficiais recebidas pelo Portal Companhia da Notícia dão conta que os dois presidentes deram “desculpas elegantes” para a não ida à Colômbia. “Conhecendo os dois como conheço, acredito que eles achavam que não pegaria bem, com tantos desmandos, tanta crise no Estado, no Brasil, eles irem viajar, com recursos do Estado, sabendo que isso não resolverá nada”, comentou uma funcionária pública com fácil trânsito no TJ e na ALRN.

Por mais que a intenção seja boa, as críticas vindas dos bastidores das Polícias Civil e Militar são intensas, inclusive em alguns grupos de redes sociais, na internet. Principal motivo das reclamações: na comitiva que, segundo o Governo, vai conhecer como funciona a Segurança Pública colombiano, não tem nenhum representante da Polícia Civil, nem da Polícia Militar.

“O governador deveria respeitar mais nossa instituição, levando pelo menos um policial civil, mas nem a secretária Kalina, que é delegada de Polícia Civil, foi levada. A Polícia Civil ficou desprestigiada”, disse um delegado com mais de 20 anos de carreira, preferindo não ser identificado.

Um coronel PM também criticou: “O governador promoveu policiais, entregou viaturas, mas esse oba-oba todo Governo faz, uns mais, outros menos. O mais importante ele não fez, que foi integrar os 824 aprovados no concurso público. Será que não tem nenhum PM qualificado para participar dessa comitiva? A tropa não está vendo isso com bons olhos”.

A informação oficial acrescenta que “a agenda oficial começa na cidade de Bogotá, capital do país, e segue até a próxima semana. A viagem ainda inclui uma visita à cidade de Medellín, segunda maior cidade da Colômbia”. Robinson declarou: “Recebemos o convite do Governo da Colômbia para conhecer de perto os projetos na área de segurança que conseguiram diminuir, de forma gradativa mas muito fortemente, a criminalidade no país”.

CONVITE

A jornalista Thaisa Galvão publicou em seu blog, dia 15 passado, a lista dos convidados do Governo.

Confira: http://www.thaisagalvao.com.br/2016/02/15/comitiva-do-governo-tj-al-e-mp-vai-a-colombia-conhecer-o-plano-de-seguranca-que-acabou-violencia-no-pais/

3 dez by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Quadrilha é presa após roubar 23 mil reais de agência do BB

ARMASQUADRILHABB1_DEGEPOL

A quadrilha que assaltou a agência do Banco do Brasil localizada no cruzamento das avenidas Prudente de Morais e Amintas Barros, na zona Sul de Natal, foi presa em flagrante na manhã desta quinta-feira (3). O grupo roubou aproximadamente 23 mil reais. Foram presos: Wellington Ferraz, Cleyson Oliveira de Santana, Deyvson Cleyton Pessoa da Silva e Fábio Francisco dos Santos.

A ação criminosa aconteceu no início da manhã de hoje, quando a quadrilha usou armamento para forçar a entrada na agência, que se quer havia sido aberta para atendimento ao público. Rendendo os funcionários e em posse das armas dos seguranças do banco, os ladrões, armados e usando coletes à prova de bala, roubaram os malotes de dinheiro.

Avisados sobre o assalto, policias militares empreenderam perseguição à quadrilha, que usava um carro roubado para fugir.  Durante a perseguição, houve troca de tiros, que feriu o acusado Wellington Ferraz e um acidente com o carro usado pelos assaltantes. Outros dois assaltantes, Cleyson Oliveira e Deyvson Cleyton, foram presos, um deles tentando fugir em um táxi.

Os acusados Cleyson e Deyvson foram conduzidos à Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), enquanto Wellington foi encaminhado para atendimento hospitalar. Com o grupo os policias apreenderam seis armas, diversas munições, quatro coletes balísticos, os malotes de dinheiro e o montante no valor de R$ 22.995,00.

Durante os procedimentos de autuação dos acusados, foi recebida uma denuncia de que Fábio Francisco dos Santos se encontrava escondido em uma residência, localizada no bairro de Lagoa Nova, nas proximidades do assalto. A equipe policial se dirigiu ao local e efetuou a prisão do quarto integrante da quadrilha, que não ofereceu resistência.

De acordo com informações policiais, a quadrilha de assaltantes é de Pernambuco e estava hospedada em um hotel em Natal apenas para realizar o assalto. Há, inclusive, suspeitas de que o grupo tenha praticado crimes semelhantes, como o mesmo tipo de atuação operacional, no seu estado, o que já vem sendo apurado junto a Polícia Civil de Pernambuco.

 
Com informações da Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do RN – (Degepol)

9 maio by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Ladrão invade UTI, lancha na cozinha e foge roubando celular de médico

HOSPITALRUYPEREIRADOSSANTOS1

Madrugada de medo, tensão, pessoas assustadas, celular roubado, um ladrão à solta, Polícia Militar acionada. O cenário onde aconteceu tudo isso foi o Hospital Estadual Dr. Ruy Pereira dos Santos, em Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Na madrugada deste sábado, 9 de maio, por volta das 4 horas, um bandido foi visto nas dependências da unidade e saiu de lá após ser descoberto por funcionários, roubando o celular de um médico plantonista, identificado apenas como Flávio.

Fontes deste Portal Companhia da Notícia, que preferem manter o anonimato temendo represálias não somente do bandido como também da direção do Hospital, relataram que uma técnica de enfermagem deparou-se com o marginal na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ao perceber a presença da servidora, o bandido escapou. Mas já havia passado pela cozinha, onde lanchou e foi embora depois começar uma espécie de “caçada” feita pelos próprios funcionários, após um servidor ter flagrado a “hora do rango”. Os dois vigilantes que estavam de serviço só chegaram aos “andares de cima” bem depois. E, pelo jeito, também não viram o momento da entrada do marginal.

O desconhecido, que usava um casaco, tentou roubar também a carteira com documentos e dinheiro do médico Flávio, mas terminou deixando o objeto cair durante a fuga. O boné do ladrão também ficou no Hospital. O roubo teria sido feito na UTI, onde os objetos pessoais da equipe médica e de enfermagem ficam sobre uma bancada durante os plantões.

O caso foi amplamente discutido em um grupo do WhatsApp, composto por funcionários da saúde estadual.

A Polícia Militar foi acionada, mas pouco tinha o que fazer.

Servidores do Hospital Ruy Pereira afirmam que não é a primeira vez que acontecem episódios relacionados à insegurança, mas estão preocupados porque, segundo eles, o bandido conseguiu chegar à UTI e poderia ter provocado uma tragédia, caso tivesse tentado, por exemplo, operar alguns dos equipamentos ligados aos pacientes em estado grave.

O governador Robinson Faria, logo que assumiu o cargo, em janeiro passado, fez “visita surpresa” a alguns hospitais. No Hospital Walfredo Gurgel, por exemplo, ele chegou a dizer que a situação era “pior do que pensava”.

No Hospital Ruy Pereira, o faminto “visitante” deste sábado chegou tão de surpresa que nem os vigilantes o “recepcionaram”.

21 fev by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Polícia busca suspeitos de assassinato de família a golpes de foice

INVESTIGACAO2
Com o apoio da Delegacia de Polícia do município de Redenção, a Policia Civil do Pará ainda busca, com auxílio de um helicóptero, três suspeitos de participação no assassinato de seis pessoas da mesma família, a golpes de foice – entre elas uma criança de 10 anos e três adolescentes com idade entre 13 e 15 anos –, na madrugada da terça-feira (17). A chacina foi em uma área rural, na divisa entre os municípios de Redenção e Conceição do Araguaia, a cerca de 1,1 mil quilômetros da capital, Belém, e teria sido motivada por disputa de terra, segundo a Polícia Civil.

Depois de prender um suspeito de ter colaborado com os criminosos, os policiais mantêm as buscas na região, que é de mata e igarapés, na tentativa de cumprir os mandados de prisão expedidos contra Dinho Santos, ex-dono do terreno e apontado como mandante do crime, e os irmãos identificados como Tonho e Jonhe, suspeitos de ter executado a chacina.

De acordo com a polícia, o antigo proprietário não aceitava a perda do lote, localizado na Fazenda Estiva, que está em processo de desapropriação pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) desde 2012. Santos teria contratado dois capangas para retirar a família do local. A polícia não conseguiu esclarecer, entretanto, porque a família foi brutalmente assassinada em vez de ser expulsa do local.

Segundo as investigações, os suspeitos de executar a família viviam pela cidade e desapareceram logo após o crime. As vítimas da  chacina moravam em um barraco de madeira há cerca de duas semanas. De acordo com as investigações, os suspeitos invadiram a casa, amarraram as seis pessoas da família e as levaram para a mata próxima a um igarapé, onde todos foram executados. Preliminarmente, apenas o agricultor Washington da Silva, de 40 anos, tinha marcas de tiro pelo corpo.

Os corpos foram encontrados na madrugada de terça-feira após agricultores da região informarem a Polícia Militar sobre o desaparecimento das seis pessoas. Os policiais foram ao lote e o encontraram abandonado. Ao iniciar as buscas, localizaram o corpo da agricultora Leidiane Soares, de 30 anos, com as mãos amarradas, na margem de um igarapé. Em seguida, com auxílio de bombeiros, os policiais localizaram os outros corpos.

Em nota, o ouvidor agrário nacional e presidente da Comissão Nacional de Combate à Violência no Campo, Gercino José da Silva Filho, repudiou o ato de violência e convocou, para o dia 4 de março, reunião da comissão para tratar do assunto.

“A ouvidoria reitera que irá atuar em todas as instâncias necessárias para que os responsáveis pelo ato criminoso, hediondo, sejam punidos na forma da lei”, diz nota divulgada pelo órgão. A comissão é composta por representantes do Ministério Público Federal, da Polícia Federal, dos ministérios da Justiça, do Meio Ambiente e da Secretaria de Direitos Humanos, da Defensoria Pública da União, do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Incra.

De acordo com o Incra, a Fazenda Estiva, de propriedade de Ricardo Rocha Lima Paranhos, com área de 2.830 hectares, foi declarada de interesse social para fins de reforma agrária em 22 de dezembro de 2010. O valor da área, com as benfeitorias, foi calculado em R$ 5,6 milhões.

Em 17 de dezembro de 2012, o Incra protocolou ação de desapropriação na Justiça Federal da Subseção Judiciária do município de Redenção. Passados dois anos, ainda segundo o Incra, a Justiça estadual homologou acordo entre o Estado e o dono da área. No início de fevereiro, o processo voltou para a sede do Incra, em Brasília, para emissão do Título da Dívida Agrária (TDA), documento que estabelece  como o Estado fará o pagamento ao proprietário da área.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Fale no ZAP