Tag: Policiais

8 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Estado é condenado a indenizar cidadão agredido por policiais militares

Um cidadão do Município de Assu ganhou uma ação judicial movida contra o Estado do Rio Grande do Norte e será indenizado com a quantia de R$ 8 mil, mais juros moratórios e correção monetária, por ter sido vítima de abuso de poder e sofrido diversas agressões físicas e psicológicas praticadas por policiais militares em uma abordagem violente em praça pública em meados de 2016. A sentença é do juiz do Juizado Especial Cível, Criminal e da Fazenda Pública da Comarca de Assu, Marivaldo Dantas de Araújo.

O autor ajuizou ação com o objetivo de que a Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte e o Estado do RN sejam condenadas ao pagamento de uma indenização por danos morais, ao afirmar que, em 21 de junho de 2016, por volta das 23 horas, ele estava na Praça São João Batista, prestigiando os festejos do padroeiro, junto aos seus familiares e amigos, quando foi abordado agressivamente por policiais militares que faziam ronda no local do evento.

Alegou que, sem justo motivo, levou tapas, empurrão, foi derrubado no chão, recebeu chutes até no rosto, foi algemado e arrastado até o centro de apoio à Polícia. Após as agressões, foi liberado, quando afirmou que procuraria seus direitos, tendo recebido ameaças de um dos policiais. No dia seguinte, em 22 de junho de 2016, registrou Boletim de Ocorrência com os fatos narrados. No dia 23 de junho de 2016, buscou atendimento hospitalar.

O Estado do Rio Grande do Norte, alegou que os policiais militares agiram sob a excludente de ilicitude do exercício regular do direito. No mérito, sustentou que o autor não fez prova dos fatos alegados, bem como que, caso os fatos ficassem comprovados, não passariam de mero aborrecimento. Alegou, ainda, que o valor pretendido pelo autor é exorbitante; caso a pretensão chegasse a ser procedente, o valor da indenização deveria ser arbitrado em valor razoável.

22 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Suspenso julgamento de recursos de policiais demitidos sob acusação de extorsão

Pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes, da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu o julgamento conjunto de 13 Recursos Ordinários em Mandado de Segurança (RMS) interpostos contra decisões do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que mantiveram as penalidades de demissão aplicadas a policiais rodoviários federais. Eles foram acusados de integrar quadrilha que atuava no Estado do Amazonas extorquindo empresários do setor de transporte, durante suas atividades de fiscalização. Segundo as acusações, os policiais receberiam vantagens indevidas para deixar de fiscalizar ou liberar de autuação veículos de empresas de transporte de cargas e de passageiros.

25 jul by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Prefeitura de Natal consegue fazer com que policiais, guardas e carteiros paguem passagens

O Pleno do Tribunal de Justiça do RN, na sessão desta quarta-feira (25), declarou, por maioria de votos dos desembargadores presentes, a inconstitucionalidade de uma lei do Município de Natal que assegurava a gratuidade do acesso à frota do sistema de serviço de transporte coletivo aos policiais militares, guardas municipais e carteiros. O relator da Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 2017.000165-7 foi o juiz convocado Homero Lechner.

Para a maioria dos desembargadores que compõem o Pleno, a norma impugnada que instituiu benefício de gratuidade no transporte público, traz repercussão na política de preços público do serviço público municipal, bem como usurpa competência privativa do chefe do Poder Executivo Municipal. A lei municipal também afronta os preceitos previstos nos artigos 1º, caput, 2º, 3º, 13, 19, inciso I e 24, 26, inciso XXI, 46, § 1º, alínea b, e 64, inciso IX, da Constituição Estadual. Assim, julgaram procedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade.

Voto divergente

O julgamento teve início na sessão passada, quando o desembargador Claudio Santos pediu vistas do processo. Na sessão desta quarta-feira, apoiado em razões de interesse público por ele levantadas, ele julgou procedente apenas parcialmente a ação direta, para excluir da declaração de inconstitucionalidade a parte da lei que assegurou aos policiais militares o livre acesso às unidades que integram a frota do Sistema de Serviços de Transporte Coletivo, do Município de Natal. Porém, seu voto foi vencido pelos demais membros do Pleno.

20 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Polícia Civil deflagra Operação Arecê Fase 6 em São José do Mipibu


A Polícia Civil com apoio da Polícia Militar deflagrou, nesta quarta-feira (20), a sexta fase da Operação Arecê,
na cidade de São José do Mipibu, tendo como objetivo cumprir mandados de prisão e busca e apreensão contra suspeitos pela prática de diversos crimes como homicídios, roubos, furtos, receptação, estupro, tráfico de drogas entre outros. Houve a participação de 140 policiais e mais de 20 viaturas.

Na Operação, foram cumpridos 21 mandados sendo presas 10 pessoas e mais uma em flagrante por receptação, porte ilegal de arma de fogo e munições. Durante a ação policial também foram lavrados 03 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) por crimes de menor potencial ofensivo. A Operação totaliza em sua sexta fase a marca de 79 pessoas presas.

Assessoria de Imprensa da Polícia Civil (Degepol)

26 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Natal Shopping é condenado por danos morais após abordagem violenta de seguranças

JUSTICA3

A juíza Francimar Dias Araújo, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Natal, condenou o Natal Shopping Center a pagar a três rapazes uma quantia de R$ 8 mil, a título de indenização por danos morais, o que totaliza a quantia de R$ 24 mil, valor que será corrigido monetariamente, e acrescido de juros, em virtude de suposta abordagem truculenta e vexatória perpetrada por policiais civis e pelos seguranças do shopping, no âmbito do estacionamento do estabelecimento.

Segundo os autos, em 16 de abril de 2007, os autores encontravam-se no Natal Shopping Center, quando, ao sair perceberam que seu veículo, um Ford Ka estava com problema na bomba de combustível. Em razão disso, dirigiram-se a um preposto do estabelecimento, para avisar do ocorrido, tendo recebido autorização para o veículo defeituoso pernoitar no estacionamento do local. Em seguida, saíram de lá no veículo de um deles.

4 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Delegado geral de Polícia Civil do RN parabeniza empenho dos policiais

 

Produção: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do RN (Degepol)

22 jun by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

“Intocáveis”: Força Nacional cumpre ordens de buscas e prisões na casa de policiais

INTOCAVEIS_MOSSORO_HERMESCASTROMOSSOROHOJE
Foto: Hermes Castro/Mossoró Hoje

Mossoró Hoje

A Força Nacional, com apoio de um helicóptero, policiais militares e policiais civis, está cumprindo ordens judiciais de buscas e apreensões, bem como também prisões, em vários bairros de Mossoró/RN. Entre os investigados, existem policiais militares. A operação foi batizada como “Intocáveis.”

Os policiais fecharam o trecho da Rua Coronel Gurgel, que fica perto da Riachuelo, no Centro de Mossoró, onde fica a delegacia montada para a Força Nacional.

Nos bairros, já se tem informações com imagens de buscas e apreensões na casa do Cabo PM Gomes, conhecido por Quebra Osso, no Abolição IV, zona oeste de Mossoró.

A Operação cumpriu 7 mandados de prisão e 4 de condução coercitiva.

2 jun by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Promulgada lei que anistia policiais e bombeiros militares grevistas

ANISTIAPM_LAFUENTE
O presidente interino, Michel Temer, promulgou a Lei 13.293/2016, que anistia a policiais e bombeiros militares de 19 estados e do Distrito Federal por terem participado de movimentos grevistas de reivindicação por melhores salários e condições de trabalho. A lei foi publicada nesta quinta-feira (2) no Diário Oficial da União.

Em novembro do ano passado a presidente da República vetou o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 17/2015. Dilma Rousseff justificou o veto total (VET 56/2015) por ser contrário ao interesse público. Nas razões para o veto, a presidente se respaldou em parecer do Ministério da Justiça segundo o qual o “projeto ampliaria o lapso temporal e territorial de anistia concedida pela Lei 12.505/2011, já ampliada pela Lei 12.848, passando a abranger situações que se deram em contextos distintos das originais”.

Mas o Congresso Nacional derrubou o veto na sessão do último dia 24 e madrugada do dia 25. Ele foi rejeitado por 286 deputados contra 8 votos favoráveis e 1 abstenção. No Senado, o placar foi de 44 contrários ao veto, 7 favoráveis e 1 abstenção. Na sessão que analisou a proposição, senadores se pronunciaram a favor da nova lei. A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) afirmou que a anistia aos militares é “uma questão de justiça”.

— Não é porque são militares que não merecem e não têm o direito de fazer movimentos que sejam movimentos pacíficos.  É a isonomia de cinco estados brasileiros em relação a quase todas as outras unidades da Federação, que já anistiaram essa categoria muito importante —disse.

Para o senador João Capiberibe (PSB-AP) é importante reconhecer o direito de mobilização dos militares.

— Temos que rever essa questão da segurança pública, principalmente dos fardados, que ainda são punidos pelas velhas regras da ditadura, com prisão. Um funcionário público não pode ser punido com prisão.

A anistia

O Código Penal Militar proíbe os integrantes das corporações de fazerem movimentos reivindicatórios ou greve, assim como pune insubordinações. Com a nova lei, a anistia valerá para a participação nos movimentos ocorridos a partir de 13 de janeiro de 2010 – data de publicação de outra lei de anistia (Lei 12.191/2010). Crimes tipificados no Código Penal civil não serão anistiados.

O projeto abrange policiais e bombeiros militares grevistas de 20 unidades federativas: Amazonas, Acre, Mato Grosso do Sul, Paraná, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Roraima, Santa Catarina, Tocantins e Distrito Federal.

Fonte: Agência Senado
Fonte: LAFUENTE

10 jan by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

RN sofre com ausência de policiais, mas vai enviar 361 ao Rio de Janeiro

HOMICIDIO3_REDEPINDORAMACOM

Não é de hoje que o Rio Grande do Norte sofre com a defasagem de policiais civis e militares. Governos entram, governos saem, prometem, falam, concedem entrevistas, mas nada, efetivamente, é feito para aumentar substancialmente o número de agentes de segurança pública. O máximo que acontece é a reposição dos que se aposentaram, morreram ou procuraram emprego melhor. Em média, segundo fontes deste Portal, nove mil homens estariam faltando apenas nessas duas instituições. O resultado disso está nas ruas, com a bandidagem agindo quase sem reação do Estado. Mesmo assim, o RN se prepara para enviar 316 servidores para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, que acontecerão no Rio de Janeiro, no segundo semestre desse ano.

Se com o atual efetivo, a insegurança aterroriza os potiguares e os que visitam o Estado, o que poderá acontecer com a diminuição de policiais durante os Jogos? Será que o Governo vem com aquela velha história do “remanejamento” e do pagamento de diárias operacionais para encobrir os buracos deixados pela ausência dos servidores?

Eis a informação passada pela assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed):

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, em parceria com Departamento da Força Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, inicia nesta segunda-feira (11), às 9h, na Escola Estadual Reginaldo Teófilo, situada no CAIC Lagoa Nova, em Natal, a Instrução de Nivelamento de Conhecimento (INC), que capacita os agentes de segurança pública do estado a serem empregados nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Além do CAIC Lagoa Nova, os treinamento stambém ocorrerão na sede do 7º Batalhão de Engenharia e Combate do Exército Brasileiro (7º Becom).  
 
Um total de 361 profissionais da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), sendo 319 policiais militares, 30 policiais civis, 10 bombeiros militares e dois peritos do ITEP participarão da INC, dividos em três turmas.
 
A previsão é de que os agentes de segurança do RN sejam cedidos de forma gradual, durante o período de 20 de junho a 30 de setembro de 2016, devendo ter seu número total integralizado até o dia 1º de agosto de 2016, a critério da Secretaria Nacional de Segurança Pública.
 
A grade curricular contemplará disciplinas como Direitos Humanos; Armamento, Munição e Tiro Policial; Busca e Varredura de Explosivos; Atendimento Pré-Hospitalar; Policiamento de Eventos; Terrorismo e Contraterrorismo.
 
Além da capacitação do efetivo com a doutrina da FNSP, o Estado do RN receberá, como contrapartida (legado), viaturas, armamento e outros equipamentos para incrementar as ações de segurança no estado.

 

 

Foto: Rede Pindorama

1 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Advogada chamada de “patricinha” por PMs será indenizada

JUSTICA5
Atitudes excessivamente truculentas de policiais, ainda mais em situações que podem ser resolvidas por meio de diálogo, geram indenização por dano moral. O entendimento é da 1ª Vara da Fazenda Pública de Vitória, que condenou o governo do Espírito Santo a indenizar em R$ 20 mil uma advogada que foi ofendida e abordada de maneira desproporcional por policiais militares que faziam a escolta do prefeito da capital capixaba.

No caso, que ocorreu em novembro de 2007, a autora da ação raspou o retrovisor de seu carro em uma das viaturas descaracterizadas que escoltavam o prefeito da época. O veículo oficial passou então a perseguir a motorista até abordá-la e revistá-la.

As testemunhas ouvidas pela corte afirmaram que a advogada foi abordada de maneira agressiva e que os policiais a interpelaram com arma em punho, apontando o objeto contra ela e chamando-a de “patricinha” e “filhinha de papai”. Também disseram que a situação chamou a atenção das pessoas que passavam pelo local onde o fato ocorreu, o bairro Praia do Canto.

Em sua defesa, o município alegou que não deveria ser parte no processo porque o ato foi executado pela Polícia Militar, que responde ao governo estadual. Já a administração do ES afirmou que a atitude de seus servidores foi lícita. Os agentes de segurança pública argumentaram que a intensidade da ação se deu pela atitude suspeita da motorista, que teria feito zigue-zague com seu carro e estacionado em cima da ponte.

Ao analisar os autos, o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Felippe Monteiro Morgado Horta, disse que a administração municipal não deve ser parte na ação, pois o ato questionado foi praticado por integrantes da administração estadual. Sobre a responsabilidade do estado, o julgador afirmou que a indenização é válida, “especialmente pela ampla repercussão do caso na mídia, além da abordagem abusiva ter sido presenciada por grande público”.

Sobre a alegação dos policiais, Horta explicou que “nada do que foi narrado justifica a forma exagerada com que a abordagem ocorreu”. Segundo ele, “tratando-se de servidores públicos no exercício de sua função, praticando ato ilícito causador de dano [moral], deve o estado ser obrigado a indenizar a autora”.

 

Fonte: Consultor Jurídico

25 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , ,

Robinson governa há quase oito meses e o povo continua com as mãos pra cima

ROBINSONMAOSPRACIMA1

Alguém já avisou ao governador Robinson Faria que a situação da segurança no Rio Grande do Norte vai de mal a pior? Até que dia reuniões e apresentações de projetos vão tentar encobrir a verdade enfrentada pelos cidadãos e cidadãs do nosso Estado? Precisa desenhar?! Não sou daqueles que acham que quanto pior, melhor. Mas ficar calado, esperando o tempo passar, achando que quase oito meses de gestão é pouco, aí é querer demais. Não tenho dúvida que o governador tenta acertar. Ele prometeu nos palanques que seria o “governador da segurança”. Segurança de onde?! A secretária da Segurança Pública e da Defesa Social, Kalina Leite, é incompetente? Não! Quer acertar? Claro que sim! A maioria dos policiais civis e militares é comprometida com a sociedade? Lógico que é! Mas, então, o que falta? Ou o que sobra? Falta efetivo? Falta condição de trabalho? Falta gestão?! Sobra blablablá? Sobra cafezinho? Sobra reunião que não dá em nada? Sobra puxa-saco? Sobra postagem em rede social divulgando até queda de bêbado? Ou os gestores da segurança, aqueles que desejam trabalhar, chegam junto do governador e mostram o quadro como é, ou então nos preparemos para o caos absoluto. Assaltos, furtos, roubo de veículos e assassinatos viraram rotina no Rio Grande do Norte. É assustador! A bandidagem nunca agiu tão livremente, apesar de várias prisões, apreensão de armas, recuperação de veículos, enfim. O que está confirmado é que o poder dos marginais é bem superior ao da aparelho da segurança pública! Mas aí vai aparecer alguém para argumentar que é um problema complexo, que no Rio de Janeiro é assim, assado… Ora essa! Deixem o Rio na conta do Pezão, o governador de lá. Aqui, é Robinson Faria. E ele foi às ruas pedir votos dos potiguares, portanto, ele nos deve satisfação! Robinson Faria, ex-deputado estadual, conhecido como um bom articulador, foi eleito democraticamente chefe do executivo estadual e usava as duas mãos erguidas para pedir que votassem em seu número, o 55. Mas de primeiro de janeiro até agora, homens, mulheres e crianças têm levantado as mãos por dois motivos: por estarem diante da arma de um marginal ou pedindo ajuda do céu. O governador precisa botar, de novo, seu bloco na rua; agora, para ouvir o povo, para saber a verdade, longe dos bajuladores.

=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=

O CARA
Não tenho a menor intenção – e quem sou eu para isso – de desqualificar o trabalho do juiz federal Sérgio Moro, que comanda o processo da Operação Lava Jato, que tem mostrado uma série de roubalheiras no Brasil. Mas sempre desconfio de quem é certo demais e começa a ser endeusado. O tempo, como sempre, dirá tudo. Morou?

CULTURA
O Rio Grande do Norte precisa começar a valorizar sua cultura, a torcer pela vitória dos nossos artistas. Os que vêm de fora, claro, merecem respeito, boa acolhida, mas os nossos devem estar em primeiro lugar. Na área musical, por exemplo, diversos cantores e cantoras, de primeira qualidade, sobrevivem com cachês de 300, 400, 500, mil reais, para serem divididos entre eles e a banda, na maioria das vezes.

QUAL SERÁ?
Informações extra-oficiais dão contra que uma emissora de televisão em Natal está exposta à venda. Preço: R$ 35 milhões.

CALENDÁRIO
Hoje é dia de parabenizar os heróis que defendem nossa sociedade. Parabéns, soldados! Salve 25 de agosto!

IDOSOS
A Assembleia Legislativa debateu nesta segunda-feira, 24, em audiência pública proposta pelo deputado Gustavo Fernandes (PMDB), a situação dos abrigos de idosos do Rio Grande do Norte. O evento reuniu políticos, religiosos e representantes de instituições governamentais e civis, que cobraram a construção de abrigos por parte do Poder Público.

MENSAGEM
Uma mensagem em uma garrafa, atirada ao mar há 108 anos por cientistas britânicos, foi encontrada encalhada em uma praia, na Alemanha. Acredita-se que ela seja a mais antiga mensagem do tipo já descoberta. Marianne Winkler, uma aposentada que trabalhou por anos nos correios, encontrou a garrafa no Mar do Norte, na ilha de Amrum, durante as férias que passava com o marido. A descoberta foi feita em abril, mas a história só veio à tona agora.

PREOCUPANTE
O câncer já representa a primeira causa de mortalidade por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 18 anos no Brasil. Segundo os dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), no país anualmente, são mais de 10 mil casos novos de câncer registrados nessa faixa etária, sendo em torno de 150 só no Rio Grande do Norte. Frente a essa realidade, a Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva, o Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC), o Hospital Infantil Varela Santiago e a Liga Norte Riograndense contra o Câncer, contando com o apoio da Prefeitura do Natal, realizam durante o próximo mês a Campanha Setembro Dourado, visando conscientizar a sociedade quanto à importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil.

ENERGIA
Mais econômicas e eficientes, as lâmpadas Led (diodos emissores de luz) são a grande aposta do mercado de iluminação em todos os segmentos: industrial, residencial, decorativa, pública e de emergência. Para 2015, a ABILUX – Associação Brasileira da Indústria de Iluminação prevê um crescimento de 30% no consumo desta tecnologia, sobretudo com os reajustes ocorridos na energia elétrica, que de acordo com o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em doze meses já acumula alta de 60,42%.

DÉCIMO TERCEIRO
O adiantamento do décimo terceiro salário a ser pago aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será de 50%. Ele será pago na folha do mês que vem, creditado a partir de 24 de setembro.
A decisão foi tomada ontem (24) pela presidenta da República, Dilma Rousseff, conforme nota divulgada pelo Palácio do Planalto.  O valor restante será pago normalmente em dezembro, na folha de novembro, seguindo a rotina tradicional.

INFLAÇÃO
O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, reafirmou nesta segunda-feira que a inflação acumulada nos últimos 12 meses deve atingir seu pico neste trimestre, permanecer elevada em 2015 e começar a cair no próximo ano. “Em 2016, os números de inflação, empatados pelo realinhamento de preços relativos, cederão lugar aos valores que refletirão melhor o estado corrente das condições monetárias, levando a uma forte queda na inflação anual já nos primeiros meses do ano”, disse durante a 15ª edição do Prêmio Valor 1000.

PASSAGEIRO
Um bêbado entra no ônibus e vai cambaleando pra lá e pra cá e na primeira freada que o motorista dá, ele cai em cima de uma freira, que diz: – O senhor vai para o inferno. Então, o bêbado puxa a campainha correndo e grita para o motorista: – Pare, pare! Que eu peguei o ônibus errado!!!

Entre em contato comigo:
E-mail: jornalistajoaoricardocorreia@gmail.com
WhatsApp: (84) 9 9401-5905
Twitter: @joaoricardo_rn

19 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Bombeiros e policiais militares dão crédito ao Governo e desmontam acampamento

MILITARESEGOVERNO1_RAYANEMAINARA
A negociação entre o Governo do Estado e os militares chegou a um desfecho. Após reunião realizada nesta quarta-feira, 19, a categoria decidiu desfazer o acampamento montado em frente à sede da Governadoria, no Centro Administrativo.  Apenas um dos três pleitos não foi atendido, por ser comum a várias categorias e ter forte impacto financeiro.

O Governo do Estado, através da chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, reafirmou durante o encontro que fará, já no mês de setembro, a reposição salarial de 9% prevista na Lei complementar 514/2014 – acordada ainda na gestão passada -, e o pagamento, em folha suplementar, das remunerações de acordo com o posto e graduação dos 1.353 militares, entre oficiais e praças, promovidos em abril de 2015. Quanto às promoções realizadas no período de 2012 a 2014, o Governo propôs que estes vencimentos sejam regularizados em duas datas, outubro e novembro de 2015.

Já as promoções ex officio, que envolvem atualmente 3.967 militares, ocorrerão em quatro datas. A primeira neste mês de agosto, quando serão promovidos 843 militares, e as demais nos meses de dezembro de 2015, abril e agosto de 2016. Em cada uma das três últimas datas devem ser promovidos 1.113 militares.

“A crise financeira impede a concessão do enquadramento dos níveis remuneratórios, uma vez que este pleito é semelhante ao de várias outras categorias e excede a capacidade fiscal do Estado”, assinalou Tatiana Mendes, sinalizando que o pleito voltará à mesa de negociação, logo que seja ultrapassada a crise financeira do Estado.

Também participaram da reunião, o secretário adjunto de Segurança, Caio Bezerra, o consultor Geral do Estado, Eduardo Nobre, o secretário de Planejamento, Gustavo Nogueira, o adjunto da Administração, Marcelo Marcony, e os comandantes gerais da Polícia Militar, Coronel Ângelo Mário de Azevedo, e do Corpo de Bombeiros, Coronel Otto Ricardo Saraiva.

Fonte: Assecom-RN
Foto: Rayane Mainara

20 jan by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

PMs e Civis já se preparam para novos confrontos com Cláudio Santos

 

CLAUDIOSANTOS1
Desembargador Cláudio Santos foi auxiliar de Wilma de Faria

 

Embora ainda muito por “debaixo do pano”, policiais militares e civis estariam articulando a primeira paralisação, de ambas categorias, na gestão de Robinson Faria. PMs não estão satisfeitos em ainda não terem recebido diárias operacionais do governo anterior, como também não gostaram nem um pouco de saberem dos seus superiores que não há previsão de receber os dias já trabalhados.

Policiais civis também não estariam satisfeitos com a falta de algum anúncio de ações que beneficiariam a categoria, principalmente no tocante à estrutura de trabalho.

E a situação tende a piorar, admitem representantes dos policiais, caso a paralisação provoque uma interferência do Tribunal de Justiça do RN, hoje presidido pelo desembargador Cláudio Santos, jornalista e advogado que foi secretário da Segurança Pública e da Defesa Social, no governo Wilma de Faria, e teria desagradado PMs e policiais civis com algumas das suas atitudes à época. “Na época que o desembargador foi secretário, sempre foi muito linha dura, não sabia dialogar com as categorias”, comentou um cabo PM.

Representantes “oficiais” das duas categorias negam qualquer tipo de problema e garantem que tudo está transcorrendo dentro da mais perfeita normalidade. Aguardemos, pois.

 

Fale no ZAP