Tag: Presidente

10 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Glória a Deuxxxxxxxxx!!!! Cabo Daciolo pede ao TSE anulação da votação do 1º turno

O candidato do Patriota à Presidência da República, Cabo Daciolo, foi ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apresentar pedido de anulação da votação do 1º turno para que seja feita uma nova edição do pleito usando o método de voto em cédula, e não em urna eletrônica. Ele argumentou que houve fraude na adoção de urnas eletrônicas.

Daciolo disse que já havia apresentado um pedido de uso de voto em cédula no início de setembro. Segundo o candidato, o TSE respondeu argumentando que não havia situação de excepcionalidade que exigisse o abandono do emprego de urnas eletrônicas em favor da votação em cédula.

10 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Bolsonaro pode ser liberado para ações de campanha nos próximos dias

O candidato do PSL à Presidência da República neste segundo turno, Jair Bolsonaro, deverá ser liberado para todas as atividades de campanha pela equipe médica na próxima semana. No dia 18, ele será submetido a novos exames. Por enquanto, permanece com restrição para atividades físicas e só deve sair de casa por curtos períodos.

O cirurgião Luiz Macedo – que operou o candidato em São Paulo em 12 de setembro – e o cardiologista Leandro Echenique confirmaram a informação, depois de examiná-lo hoje na casa dele, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Ambos integram a equipe médica que cuidou de Bolsonaro no Hospital Albert Einstein.

8 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Jair Bolsonaro diz que vai buscar a união e pacificar o país

Bolsonaro chega à seção acompanhado do filho Flávio e seguranças. (Foto: Tania Rêgo/Agência Brasil)

Após obter 49,2 milhões de votos no primeiro turno, o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, disse hoje (8) que pretende intensificar a campanha eleitoral nos próximos dias, mas depende de uma avaliação médica no dia 10. Segundo ele, a intenção é procurar a união para o segundo turno com os adversários derrotados e eventuais aliados.

“O discurso é de união, queremos unir o Brasil e pacificar”, afirmou o candidato à Presidência durante quase 20 minutos de entrevista exclusiva concedida à Rádio Jovem Pan.

Bolsonaro confirmou que chamou a atenção do candidato a vice-presidente, General Mourão, e do consultor econômico Paulo Guedes. Ele disse que deu “uma canelada” neles para que “maneirem” nas opiniões. “O que eu pedi para ele [Guedes] e para o Mourão é que tenham cuidado com as palavras.”

8 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Fernando Haddad fala em unir democratas e debater “olho no olho” no segundo turno

Haddad, após resultado do primeiro turno (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

No primeiro pronunciamento após a confirmação da disputa de segundo turno na corrida presidencial, o candidato Fernando Haddad (PT) afirmou haver “muita coisa em jogo” no pleito deste ano e sinalizou a busca de apoio nas próximas três semanas de campanha. Até a última atualização do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), neste domingo, o petista tinha 28,95% dos votos válidos contra 46,26% de Jair Bolsonaro (PSL), com 98,86% das urnas apuradas. O segundo turno será realizado no próximo dia 28 de outubro.

“Esta eleição coloca muita coisa em jogo. O próprio pacto da Constituinte de 1988 está em jogo em função das ameaças que sofre quase diariamente”, afirmou. A declaração foi dada em um hotel no bairro do Paraíso, em São Paulo, na presença de dezenas de apoiadores, correligionários e aliados, incluindo a candidata a vice-presidente na chapa, Manuela d’Ávila (PCdoB) e integrantes do PROS, o outro partido que compõe a coligação.

8 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Ciro critica Haddad e sugere que jornalista estrangeiro ajude jornalismo brasileiro a ser mais profissional

Publicado pelo canal do Intercept Brasil em 30 de agosto passado: candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes conversou quase uma hora com Glenn Greenwald em São Paulo. Ele não poupou críticas aos adversários, aos ex-aliados do PT, como Lula, e mesmo ao que chama de “velhos amigos”, como Geraldo Alckmin, do PSDB.

Veja o que Ciro pensa de Haddad:

 

Confira a entrevista completa:

8 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Eleitores demitem políticos que se achavam “donos do mundo”

Eleitores “deram as contas” de um monte de “coronéis” e “aspirantes a coronéis” que achavam dominar a vontade popular, com suas eternas promessas e modos atrasados de fazer política. Essa turma que se acostumou a ganhar eleição há 20, 30 anos, praticando todo tipo de sacanagem começou a perceber, com a eleição de 2018, que os tempos são outros.

A ferramenta comunicação é indispensável, quando bem feita. E bem comunicar não significa gastar milhões. Comunicar é ser transparente, claro, objetivo. Em pleno século XXI, ainda tem político ignorando o povo, esnobando de quem tem acesso à informação por meio da internet. Antes, quem controlasse veículos como rádios, jornais e televisões tinha uma vantagem espetacular e quase imbatível. A globalização derrubou barreiras. Mesmo com as tais “fake news” (notícias falsas), eleitores mandaram muito bem seus recados; pior é a falsidade de muitos candidatos. Conversas moles, sorrisinhos forçados e abraços de mentirinha não têm mais tanto poder de convencimento.

Tem candidato que acredita ganhar votos por dizer que é honesto! Ora essa! Honestidade não é virtude, é obrigação. Outros exploram a religião e usam templos religiosos quase como comitês eleitorais. E tem os que comem pastéis e tomam cafezinho no meio da rua, como se isso os credenciassem como pobrezinhos, humildes, merecedores da caridade dos eleitores.

Os resultados das urnas comprovaram também a necessidade de reciclar. Quem deseja ter sucesso eleitoral daqui pra frente precisa compreender que elogios vindos de assessores bem pagos e babões não representam votos. O eleitor está cada vez mais exigente. Claro, ainda existem e existirão por vários anos aqueles que trocam os votos por quais tipo de vantagens, mas as mudanças ocorrem às claras e aos poucos. Muitos bandidos travestidos de políticos ainda continuam sendo eleitos.

A necessidade de uma reforma política no Brasil é urgente. A nação não suporta tantos partidos, tantos interesses mesquinhos, tanta roubalheira.

As ações do Ministério Público, da Polícia Federal, da Justiça, enfim, de autoridades que ainda, na maioria, transmitem credibilidade ao povo, encorajam a tomada de novos rumos. Chega da mesmice, dos mesmos crápulas, dos discursos cansativos, das negociatas regadas a uísque, vinho, gargalhadas e muito dinheiro. Chegou tarde, mas chegou o momento de não concordar mais com candidatos que se acham donos de cidades, de bairros, de estados. O eleitor deve continuar dizendo não à passagem de poder de pai pra filho, pra neto, pra mulher. O Brasil começou a reagir. Os eleitos de agora estarão sob observação rígida. Qualquer escorrego, pega o beco na próxima.

Dia 28 próximo, segundo turno. Alguns estados escolherão seus governadores e o Brasil o próximo presidente. Sem radicalismo, sem querer ser o dono da verdade, sem falsidades, sem hipocrisia, o eleitor deve votar de forma livre e aceitar o resultado seja ele qual for. Caso o eleito não desempenhe um bom papel e conseguir chegar à próxima eleição, é só demiti-lo, afinal de contas, é o povo que paga os salários desses senhores e senhoras que ocupam cargos eletivos.

João Ricardo Correia

4 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Amoêdo promete extinguir auxílio-moradia e férias de 60 dias de juízes e membros do Ministério Público

O candidato do Novo a presidente, João Amoêdo (FOTO), propõe acabar com benefícios de magistrados e integrantes do Ministério Público, como auxílio-moradia e férias de 60 dias. Embora seja entusiasta do Estado mínimo na economia, o banqueiro defende o endurecimento da repressão a crimes e não concorda com a legalização do aborto e das drogas.

Em seu programa de governo, Amoêdo afirma que, se eleito, buscará extinguir os auxílios especiais no Executivo, Legislativo e Judiciário – ele já estendeu essa proposta ao MP em publicações em suas redes sociais.

18 ago by João Ricardo Correia Tags:, , ,

João Amoêdo defende 65 anos para aposentadoria e novas regras para o mínimo

Primeiro candidato à Presidência da República entrevistado pela Agência Brasil, TV Brasil e pela Rádio Nacional (veículos da Empresa Brasil de Comunicação), João Amoêdo (Partido Novo), defendeu a reforma da Previdência com fixação de idade mínima em 65 anos, desvinculando o reajuste da correção do salário mínimo, mas indexando pela inflação e unificar os regimes dos empregados de empresas públicas e privadas. Também disse que estudaria cobrar contribuição previdenciária dos trabalhadores rurais.

A entrevista foi mediada pela jornalista Roseann Kennedy, com a participação dos jornalistas Luiza Damé, da Agência Brasil, Paulo Leite, da TV Brasil e Valter Lima, da Rádio Nacional.

Confira entrevista na íntegra:

Ele afirmou que pretende mudar o sistema educacional, invertendo a prioridade de investimentos do ensino superior para o ensino básico. Segundo ele, é preciso também mudar a política de reajuste do salário mínimo limitando à reposição conforme a inflação.

Questionado sobre temas de segurança pública, Amoêdo se disse favorável à redução da maioridade penal para 16 anos, a privatização dos presídios e o emprego de tecnologia avançada nas fronteiras para rastreamento financeiro dos recursos oriundos do tráfico de drogas, armas e outros ilícitos.

16 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Bolsonaro é mais um a contestar candidatura de Lula no TSE

O deputado Jair Bolsonaro, um dos 13 candidatos à Presidência da República, entrou hoje (16) com o sexto pedido de impugnação (questionamento) do registro de candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva ao cargo, alegando que o ex-presidente inelegível.

No pedido, os advogados Tiago Ayres, Gustavo Bebianno Rocha e André Castro, que representam Bolsonaro e a coligação Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos, detalham o processo que levou à condenação de Lula no caso do tríplex do Guarujá (SP) e afirmam que, em decorrência disso, o ex-presidente é inelegível. “Isso porque restou comprovado que o ex-presidente da República participou de um grande esquema de corrupção”, diz o texto.

6 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Antônio Jácome é favorável à apuração de denúncia contra Temer

O deputado federal Antônio Jácome declara seu posicionamento favorável ao prosseguimento do processo de denúncia contra o presidente Michel Temer.

21 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Igreja vai indenizar músico ofendido em público por presidente da instituição

justica8A Igreja Cristã Maranata – Presbitério Espírito Santense foi condenada a indenizar em R$ 25 mil por dano moral um de seus membros que, além de pastor, exercia a função de músico profissional na igreja e foi tratado em público grosseiramente, com sarcasmo,  pelo presidente da instituição. A Quinta Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou provimento ao agravo de instrumento da igreja que pretendia trazer a discussão ao TST.

Contratado como músico regente e dispensado sem justa causa, ele entrou com a ação trabalhista contando que tinha em seu currículo profissional a participação em atividades culturais em todo Espírito Santo, tendo, inclusive, integrado o corpo da orquestra sinfônica do estado. Disse que formou orquestras na igreja, presidiu reuniões dos corais e foi diretor artístico dos CDs gravados pela instituição.

7 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , ,

Governo envia reforma da Previdência ao Congresso este mês

MICHEL-TEMER

Apesar dos apelos de partidos da base aliada para adiar o envio da reforma da Previdência ao Congresso Nacional, o presidente Michel Temer decidiu que vai mandar a proposta este mês, antes das eleições municipais.

A reforma da Previdência tem sido anunciada pelo governo desde que Temer assumiu a Presidência como interino, em maio deste ano. Parlamentares de partidos aliados, porém, argumentavam que o envio agora poderia atrapalhar as disputas eleitorais por ser uma medida impopular.

De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, Temer manifestou-se ontem (6) no sentido de enviar ainda neste mês a proposta, como havia prometido em ocasiões anteriores.

22 jun by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Temer volta a afirmar que não será candidato em 2018

MICHELTEMER3
Presidente interino da República, Michel Temer

Após a queda de três ministros em pouco mais de um mês de governo, o presidente interino da República, Michel Temer, disse hoje (21) acreditar que não terá mais desfalques na equipe ministerial daqui para frente. Em entrevista ao jornalista Roberto D Ávila, da Globo News, Temer descartou, novamente, a possibilidade de concorrer à reeleição em 2018 caso seja mantido no poder e que aguardará o desfecho do processo de impeachment para “pleitear” mudanças conjunturais, como a reforma da previdência.

“Evidentemente que, depois da decisão do Senado [pelo impeachment], abre-se um campo muito mais vasto para a governabilidade. Então, certas questões que neste momento ainda não deu tempo de tratar, eu tratarei depois, como a questão da reforma da previdência. Acho que só poderei pleitear uma reforma da previdência se tiver a efetivação”, disse Temer.

Sérgio Machado

Temer voltou a desqualificar as acusações feitas contra ele pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. Para o presidente interino, Machado quer “polarizar” com a Presidência da República. O peemedebista ressaltou a importância da Lava Jato e refutou qualquer tentativa de limitar a atuação do Ministério Público e da Polícia Federal.

29 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , ,

O acordo Cunha-Temer é o tributo do crime aos “movimentos anticorrupção”

TEMERECUNHA

*Por Kiko Nogueira

Se a hipocrisia é a homenagem que o vício presta à virtude, o acordo de Cunha com Temer para livrá-lo da cassação é o tributo do crime ao inocente útil que o colocou no poder.

Falo em inocente útil, mas, no final das contas, não se trata nem de uma coisa e nem de outra. O bando mal intencionado e desinformado usado pelos grupos que perderam a eleição em 2014 está tendo o que merece.

Toda a gritaria sobre corrupção, acompanhada por clichês como “cleptocracia” e velhacarias da Guerra Fria, fartamente insuflada e coberta pela mídia, caminha para a fraude anunciada.

A presidente que não cometeu crime será enforcada no Congresso por uma quadrilha implicada em lavagem de dinheiro, sonegação, fraude fiscal etc etc — mas uma quadrilha de branco, de bacana, de chefia.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, o combinado Cunha/Temer funciona assim: “Ele renunciaria à presidência da Câmara dos Deputados sob o argumento de que o novo governo precisaria articular nova maioria no parlamento. Seria suspenso pelo conselho de ética, mas manteria o cargo, garantindo o foro privilegiado”.

Com o filme queimado e líderes escorraçados de passeatas coxas, o PSDB desistiu de tentar destituir a chapa e apoia o vice Michel. A ideia, como frisou o relator do impeachment, deputado Jovair Arantes, é fazer um “pacto” com o Judiciário — leia-se abafar a Lava Jato.

Essas costuras não levam em consideração os russos. Não haverá folga dos movimentos sociais e de milhões de cidadãos que estão vendo seu voto ser jogado no lixo. O golpe é branco, mas a reação não será. Se a conspiração é transmitida em real time, a defesa da democracia também será.

E os “movimentos” contra os corruptos? E os donos do pixuleco? E os indignados que queriam “um Brasil mais limpo”?

O MBL, do anão moral Kim Kataguiri e associados, postou um avisou desesperado no Facebook: “A gente não fez tudo isso para você ir lá e votar na Marina”, diz o texto, sobre uma foto de um protesto.

Primeiro, é de se perguntar o que é “tudo isso”. Desenterrar idosos pedindo intervenção militar? Levar torturadores para a avenida, como Carlinhos Metralha? Bater em gente de camiseta vermelha? Usurpar os símbolos nacionais? Berrar “Vai pra Cuba”?

“Tudo isso” dá dimensão do grau de loucura desse pessoal. Eles colocaram os patriotas nas ruas!

Mas enfim os estúpidos caem na real: vai dar na porcaria da Marina, então? Usados pelos que se dão bem em qualquer situação há décadas, abriram um vácuo político — e em política, como dizia Ulysses Guimarães, não há vazio de poder.

Esse vácuo está sendo preenchido na vontade das pesquisas, hoje, por Marina Silva e Jair Bolsonaro, com Sergio Moro no banco de reservas. Ou o MBL queria proibir seus seguidores de votar em quem eles quisessem? Kataguiri e apaniguados vão enviar milícias à casa das pessoas, como fizeram com o filho de Teori Zavascki, para fiscalizar?

Não se sai impune de se conspurcar a democracia. Esses cúmplices do caos já estão pagando. E isso é uma parte pequena da conta que vai sobrar para todos nós.

 

Fonte: Diário do Centro do Mundo
*Kiko Nogueira é Diretor-adjunto do Diário do Centro do Mundo. Jornalista e músico. Foi fundador e diretor de redação da Revista Alfa; editor da Veja São Paulo; diretor de redação da Viagem e Turismo e do Guia Quatro Rodas

20 mar by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Presidente dos Estados Unidos inicia viagem histórica a Cuba

OBAMA1
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, inicia hoje (20) viagem histórica para Cuba. A agenda do presidente norte-americano inclui, após o desembarque na capital cubana, visita cultural a Havana Velha e um encontro com o cardeal Jaime Ortega, líder católico que trabalhou com o papa Francisco no esforço para trazer os dois países à mesa de negociações visando ao restabelecimento das relações diplomáticas.

A viagem do presidente Obama é uma “boa notícia” porque encerra, no âmbito das Américas, o último capítulo da guerra fria na política externa dos Estados Unidos, disse à Agência Brasil o diretor do Instituto Brasil, Paulo Sotero. O Instituto Brasil é ligado ao Centro Internacional de Woodrow Wilson, sediado em Washington, entidade que realiza estudos sobre a democracia e o desenvolvimento econômico em vários países.

Segundo Paulo Sotero, a viagem do presidente Barack Obama desafia as forças norte-americanas que ainda se opõem à suspensão do embargo econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos, em 1962, com o objetivo de isolar Cuba do mundo. “No lugar de isolar Cuba, a política isolou os Estados Unidos na região”, disse Sotero.

De acordo com Sotero, a aproximação norte-americana com Havana (capital cubana) pode também trazer benefícios para o Brasil, que sempre teve uma política externa de normalidade com Cuba.

O professor da Universidade do Texas, em Austin, James Galbraith, disse à Agência Brasil que a viagem do presidente Obama “coloca um ponto final a um período longo, totalmente desnecessário, de hostilidade” dos Estados Unidos em relação a Cuba. “É correto dizer que, fora de um pequeno segmento da classe política, a população norte-americana está totalmente favorável a Obama na ideia de que o melhor caminho a seguir é ter relações normais com Cuba.”

Raúl Castro

O presidente Obama, que viaja com a esposa Michelle, e com as filhas Malia e Sasha, terá um encontro amanhã (21) com o presidente Raúl Castro. Entre os temas a serem discutidos estão os direitos humanos, o estímulo ao comércio entre Cuba e Estados Unidos e o desenvolvimento da iniciativa privada em solo cubano.

A viagem – a primeira de um presidente norte-americano à ilha cubana em quase 90 anos – prosseguirá na terça-feira (22). Nesse dia, o presidente Obama fará um discurso dirigido ao povo cubano. Em seguida, participará de reunião com integrantes da sociedade civil cubana, incluindo ativistas de direitos humanos e representantes da oposição.

Depois desses encontros, o presidente Obama vai participar do jogo de beisebol entre o Tampa Bay Rays e a equipe nacional cubana. O beisebol é um esporte muito popular tanto nos Estados Unidos quanto em Cuba. O Tampa Bay Rays é um time de beisebol da Florida, que joga na liga profissional norte-americana.

 
Fonte: Agência Brasil

Fale no ZAP