Tag: saúde

19 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Estudo relaciona 12% das mortes por câncer de mama ao sedentarismo

Uma pesquisa publicada na revista Nature e que contou com a colaboração do Ministério da Saúde revela que uma em cada dez mortes em decorrência de câncer de mama no Brasil – cerca de 12% – poderiam ter sido evitadas com a prática de atividade física regular. De acordo com a pasta, os números mostram que, em 2015, 2.075 mortes poderiam ter sido evitadas se as pacientes realizassem pelo menos uma caminhada de 30 minutos ao dia cinco vezes por semana.

Segundo o ministério, um dos fatores que causam o câncer de mama é o excesso de estrogênio no organismo, que pode levar à formação de mutações e carcinogênese estimulando a produção de radicais. A pasta destacou que a atividade física, por sua vez, diminui o estradiol e aumenta a globulina de ligação a hormonas sexuais, provocando uma redução de circulantes inflamatórios e aumentando as substâncias anti-inflamatórias.

11 out by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Serviço de Reabilitação do Hospital Walfredo Gurgel completa 30 anos

Acordar, tomar banho e café da manhã, escovar os dentes, trocar de roupa e sair para trabalhar. Você já se imaginou impossibilitado de realizar algumas dessas atividades? Como seria seu dia a dia sem poder fazer coisas consideradas simples e rotineiras como, por exemplo, pentear o cabelo ou tomar um copo d’água? Assustador, não é? Pois fique sabendo que até o final da década de 80, no Rio Grande do Norte, as especialidades ligadas a área da reabilitação, não estavam disponíveis nos serviços públicos de saúde.

Este quadro, no entanto, começou a mudar no ano de 1988 com a chegada dos primeiros fisioterapeutas no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG). Na área da reabilitação, o curso de fisioterapia foi o primeiro a ser aberto na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em 1978. Este ano, a Divisão de Reabilitação, composta por fisioterapeutas (21), terapeutas ocupacionais (2) e fonoaudiólogas (6), completa 30 anos de assistência, mostrando, cada vez mais, a importância e a necessidade destes serviços especializados na recuperação do bom estado de saúde e na devolução de uma melhor qualidade de vida para o paciente, durante e após a internação.

11 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Bolsonaro espera participar de debates e reafirma que pretende investigar financiamentos internacionais feitos pelo BNDES

Utilizando as redes sociais, o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, rebateu as críticas sobre sua ausência e suposta fuga dos debates com o candidato do PT, Fernando Haddad. Segundo ele, após um novo exame a que será submetido no dia 18, deverá ser liberado pelos médicos para os debates e demais atividades de campanha.

“[Para] quem acha que estou fugindo de debates, estou cuidando da minha saúde. Não adianta eu debater, ter uma recaída e voltar para o hospital”, disse o candidato, que informou estar disposto a participar de pelo menos dois debates.

21 set by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

MP recomenda correção de irregularidades em UBS de Tangará

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou ao prefeito de Tangará/RN e à Secretaria Municipal de Saúde que adotem, no prazo de 90 dias, as providências necessárias para a correção de diversas irregularidades encontradas na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Várzea do Milho, zona rural do município.

Entre as medidas a serem adotadas, a recomendação ministerial prevê a realização de obras de acessibilidade, a regularização da coleta de lixo na Unidade e em suas proximidades, a lotação de um ASG para garantir a limpeza e a realização de serviços de manutenção da estrutura hidráulica.

Os pedidos foram encaminhados à Promotoria de Justiça de Tangará em fevereiro de 2018 por uma médica lotada da UBS, indicando as irregularidades nas atuais condições estruturais e de atendimento da unidade.

Fonte: MPRN

3 set by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Senado analisa projetos para beneficiar pacientes com doenças raras

As pessoas que sofrem de doenças raras recebem atenção especial do Senado. O Plenário aprovou este ano o projeto que cria uma política nacional para o atendimento desses pacientes no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Outras cinco matérias sobre o assunto aguardam decisão de comissões permanentes da Casa.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, uma doença é definida como rara quando afeta até 65 em cada grupo de 100 mil pessoas. As enfermidades são caracterizadas por uma ampla diversidade de sinais e sintomas, que variam inclusive entre os pacientes diagnosticados com uma mesma condição.

O Senado aprovou em julho deste ano a Política Nacional para Doenças Raras no SUS. O projeto de lei da Câmara (PLC) 56/2016 recebeu parecer favorável do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), relator na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e no Plenário. Como sofreu alterações, o texto voltou para análise dos deputados.

29 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Projeto garante ajuda de custo a paciente do SUS que se trata em outra cidade

Está pronto para votação no Plenário do Senado Federal o projeto que garante ajuda de custo para pacientes do SUS que necessitem de tratamento fora da cidade onde vivem. O PLS 264/2017, do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), prevê o pagamento para os gastos do paciente com alimentação, transporte e hospedagem.

O benefício valerá para deslocamentos superiores a 50 quilômetros. Para ter o direito garantido, é necessária indicação médica de tratamento em outra unidade mais distante e a autorização do gestor municipal ou estadual do SUS, aliada à garantia do atendimento na outra cidade. A ajuda só poderá ser paga após esgotados todos os meios de tratamento na cidade onde reside o paciente. Um acompanhante também poderá ter direito à ajuda, caso solicitado.

27 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Agora é lei: morador de rua deve ser atendido pelo SUS

A partir desta segunda-feira (27), está assegurado por lei o atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS) de famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade ou risco social, mesmo que eles não apresentem comprovante de residência. A Lei 13.714, de 2018, que proíbe expressamente a recusa de atendimento pelo SUS nesses casos, foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

O texto original do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 112/2014 obrigava a criação de uma identidade visual para o Sistema Único de Assistência Social (Suas), que sirva para identificar todos os locais que prestam esse serviço à população. A identidade visual seria nos moldes do SUS, com um símbolo próprio que identifique as unidades públicas estatais, as organizações de assistência social, os serviços, programas, projetos e benefícios vinculados ao Suas.

Porém, o senador Eunício Oliveira (MDB-CE) apresentou uma emenda para determinar o atendimento a moradores de rua, geralmente assistidos por instituições filantrópicas. O texto garante a essa camada da população “a atenção integral à saúde, inclusive com dispensação de medicamentos e produtos de interesse para a saúde”.

Fonte: Agência Senado

14 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

18 de agosto: Dia D da Campanha de Vacinação contra a poliomielite e sarampo

O sábado, dia 18 de agosto, será o Dia D de mobilização para a Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e contra o sarampo. A campanha teve início dia 6 e segue até 31 de agosto, realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde. Devem ser vacinadas crianças de um ano até quatro anos 11 meses e 29 dias.

A campanha tem como objetivo manter elevada cobertura vacinal contra a poliomielite nos municípios, para evitar a reintrodução do vírus selvagem da poliomielite, bem como vacinar os menores de cinco anos de idade contra o sarampo e a rubéola, para manter o estado de eliminação dessas doenças.

10 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Sesap apoia oficina para estimular crianças com síndrome congênita pelo Zika

A Secretaria de Estado da Saúde Publica (Sesap) apoia a realização da “Oficina para capacitação de famílias e profissionais para estimulação de crianças com síndrome congênita pelo vírus Zika e STORCH”, que ocorrerá em Parnamirim, nesta segunda-feira (13) e em Mossoró, na terça-feira (14). As oficinas são promovidas pela Coordenação Geral da Saúde da Criança e Aleitamento Materno/DAPES/SAS do Ministério da Saúde, em parceria com Estratégia Brasileirinhas e Brasileirinhos Saudáveis (IFF/FIOCRUZ), além do Movimento Zika (projeto do Movimento de Ação e Inovação Social) e do Movimento Down.

O objetivo das oficinas é oferecer às famílias, cuidadores e profissionais da saúde, da educação e da assistência social a metodologia para a produção e uso de materiais de estimulação precoce de crianças de 0 a 3 anos. Dessa forma, a iniciativa busca somar esforços e integrar as ações de modo a produzir e disseminar conteúdos que colaborem para o pleno desenvolvimento de crianças afetadas pela síndrome congênita do vírus zika, de modo a contribuir para sua inclusão na sociedade.

6 ago by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Começa hoje Campanha contra a pólio e sarampo

A partir de hoje (6), crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 devem ser levadas aos postos de saúde para receber a dose contra a pólio e também contra o sarampo. O Dia D de mobilização nacional foi agendado para 18 deste mês, um sábado, mas a campanha segue até 31 de agosto. A meta do governo federal é imunizar 11,2 milhões de crianças e atingir o marco de 95% de cobertura vacinal nessa faixa etária, conforme recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Este ano, a vacinação será feita de forma indiscriminada, ou seja, pretende imunizar todas as crianças na faixa etária estabelecida. Isso significa que mesmo as que já estão com esquema vacinal completo devem ser levadas aos postos de saúde para receber mais um reforço. No caso da pólio, crianças que não tomaram nenhuma dose ao longo da vida devem receber a VIP. As que já tomaram uma ou mais doses devem receber a VOP. E, para o sarampo, todas devem receber uma dose da Tríplice Viral – desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Por Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil / Brasília

31 jul by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Médicos Sem Fronteiras leva cuidados a pessoas afetadas por graves crises humanitárias

Médicos Sem Fronteiras (MSF) é uma organização humanitária internacional que leva cuidados de saúde a pessoas afetadas por graves crises humanitárias. Também é missão de MSF chamar a atenção para as dificuldades enfrentadas pelos pacientes atendidos em seus projetos.

A organização foi criada em 1971, na França, por jovens médicos e jornalistas, que atuaram como voluntários no fim dos anos 60 em Biafra, na Nigéria. Enquanto socorriam vítimas em meio a uma guerra civil brutal, os profissionais perceberam as limitações da ajuda humanitária internacional: a dificuldade de acesso ao local e os entraves burocráticos e políticos, que faziam com que muitos se calassem, ainda que diante de situações gritantes. MSF surge, então, como uma organização humanitária que associa ajuda médica e sensibilização do público sobre o sofrimento de seus pacientes, dando visibilidade a realidades que não podem permanecer negligenciadas. Em 1999, MSF recebeu o prêmio Nobel da Paz.

Ação médica acima de tudo

A atuação de Médicos Sem Fronteiras é, acima de tudo, médica. A organização leva assistência e cuidados preventivos a quem necessita, independentemente do país onde se encontram.

Em situações em que a atuação médica não é suficiente para garantir a sobrevivência de determinada população – como ocorre em casos de extrema urgência –, a organização pode fornecer água, alimentos, saneamento e abrigos. Esse tipo de ação se dá prioritariamente em períodos de crise, quando o equilíbrio anterior de uma situação é rompido e a vida das pessoas é ameaçada.

A atuação de MSF respeita as regras da ética médica, em particular, o dever de oferecer auxílio sem prejudicar qualquer indivíduo ou grupo e a imparcialidade, garantindo o direito à confidencialidade. Ninguém pode ser punido por exercer uma atividade médica de acordo com o código de ética profissional, não importando as circunstâncias, nem quem são os beneficiários.

>>MSF NO BRASIL: https://www.msf.org.br/msf-no-brasil

Fonte: MSF

20 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Extremoz recebe incentivos para custeio de equipes de saúde e agentes comunitários

Por solicitação da Prefeitura, o município de Extremoz foi contemplado com incentivos financeiros para custeio de novas equipes de saúde bucal (ESB), agentes comunitários de saúde (ACS) e equipes de saúde da família (ESF). Os recursos foram garantidos por meio de portarias publicadas pelo Ministério da Saúde.

As publicações credenciam o município a receber os incentivos por meio de transferências mensais do orçamento do Ministério da Saúde, do Bloco de Atenção Básica.

17 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Projeto que prevê transporte para mães e recém-nascidos avança no Senado

 

Projeto da senadora Regina Sousa (PT-PI) obriga os serviços de saúde a fornecer transporte individual e asséptico para as mães e seus filhos recém-nascidos entre o local do parto e sua residência, e da residência ao serviço de saúde para complementação de exames. Ela informou que a experiência já foi implantada em seu estado e não gerou muitos custos. Regina Sousa disse considerar uma situação terrível para a mãe pobre ter que, 24 horas após o parto, pegar ônibus com bebê e sacolas, ou sair do hospital de moto, na garupa, carregando o filho. O PLS 53/2017 já foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) e segue para a Comissão de Assuntos Sociais (CAS), onde terá decisão final. A reportagem é de Gustavo Azevedo, da Rádio Senado.

OUÇA

 

14 jul by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Pessoas com mais de 80 anos terão prioridade sobre outros idosos

A partir de agora, pessoas com mais de 80 anos terão preferência no atendimento em relação aos demais idosos. A mudança no Estatuto do Idoso que estabelece essa prioridade especial — Lei 13.466/2017 — foi sancionada pelo presidente Michel Temer (PMDB) nesta quarta-feira (12/7).

A Lei 10.741/2003 considera idosas pessoas a partir de 60 anos. O projeto saiu do Senado no dia 21 de junho e seguiu para sanção presidencial.

Uma das mudanças envolve diretamente a Justiça. O parágrafo 5º do artigo 71 define que, “dentre os processos de idosos, dar-se-á prioridade especial aos maiores de oitenta anos”.

3 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Corredômetro registra 177 pacientes em macas no RN

Na manhã desta segunda-feira (03), foi realizada a contagem dos pacientes que recebiam atendimento em macas nos corredores e em locais inadequados. Foi registrado um total de 177 pacientes em macas nos quatro maiores hospitais do estado: Walfredo Gurgel, Deoclécio Marques, Santa Catarina e Tarcício Maia.

Nos corredores, o maior número de pacientes ficou com o Deoclécio Marques, que contabilizou 53 pacientes em situações insalubres. Esse é o maior número de pacientes em macas nos corredores desde o mês de maio, onde o Walfredo Gurgel registrou nos dias 2 e 8 de maio, 59 pacientes nos corredores.

A situação se agrava no hospital Santa Catarina, que apesar de não apresentar um número alto de pacientes nos corredores, com 14 pacientes em macas, registrou a presença de sete gestantes em trabalho de parto em cadeiras, pois não havia macas e nem leitos.

Mesmo funcionando com a entrada regulada o Hospital Walfredo Gurgel apresentou 48 pacientes em macas nos corredores e 31 em outros locais, sendo ainda o que lidera o total de pacientes em macas. O hospital Tarcísio Maia contabilizou 14 pacientes em macas nos corredores e 6 em outros locais.

A contagem geral nos quatro hospitais registrou um aumento de 54% na quantidade de pacientes internados de forma irregular, em corredores e em outros locais, de 177 da semana passada, para 115 da última contagem.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sindsaúde

Fale no ZAP