Tag: segurança

14 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Ivênio Hermes: pesquisador é vítima de “juízes” e “especialistas” na internet

Nos últimos dois, três dias, “especialistas” e “juízes” formados e deformados em redes sociais passaram a agredir e condenar Ivênio Hermes, graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade da Amazônia, com experiência na área de Ciência Política, atuando, principalmente, nos temas: segurança pública, problemas sociais, gestão pública, violência homicida e direitos humanos.

Pelo que entendi, os xingamentos seriam provocados pela relação de Ivênio com os direitos humanos. Ele está na equipe de transição da futura governadora Fátima Bezerra. Seu nome tem até sido citado como possível secretário da Segurança Pública e da Defesa Social do RN, a partir de janeiro próximo. Conversei pessoalmente apenas uma vez com Ivênio, depois mantivemos contado por meio da internet, ele atuando como pesquisador e eu como jornalista. É um cidadão educado, inteligente, trabalhador, atencioso. Lutar pelos direitos humanos não é crime! Defender criminosos, sim, é injustificável.

Não sei quais seriam as diretrizes do trabalho de Ivênio, caso ele viesse a ocupar a principal cadeira na Sesed, mas considero um absurdo a forma com que vem sendo destratado. O Brasil só vai melhorar quando esses radicalismos babacas acabarem, quando essas picuinhas deixarem de existir, quando o respeito entre os cidadãos e cidadãs prevalecer.

Será que Ivênio não daria certo no comando da Segurança? E tantos que já passaram por lá, estrelados, famosos, que não resolveram nada??? Num país onde se fala tanto em educação, cultura, inteligência, não caberia um estudioso nesse cargo, auxiliado por uma equipe multidisciplinar tão dedicada quanto?!

Acompanho a Segurança Pública do RN desde 1992, como repórter, indo atrás da notícia, fuçando, frequentando delegacias, quartéis, presídios, hospitais, necrotérios, ouvindo relatos, buscando provas, dando espaços para debates. Não sou, graças a Deus e ao meu trabalho, apenas mais um curioso.

Quem me conhece sabe o quanto não gosto de bandidos, o quanto defendo rígidas ações policiais, leis mais fortes. Ivênio não é a primeira e não será a última vítima dos “donos do mundo” que se escondem na rede mundial de computadores e passam a denegrir pessoas e instituições.

Ivênio desenvolve um trabalho sério de pesquisa sobre a violência, que serve de fonte de informações para milhares de pessoas. É reconhecido Brasil afora e tem muito com que colaborar para nosso sofrido Rio Grande do Norte, seja na gestão de quem for.

A hora é de trabalho, união, bom senso. As eleições já fazem parte do passado. Depois, teremos novas oportunidades de votar, de reeleger, de não eleger, enfim, de exercer a democracia, mesmo cheia de questionamentos e falhas, mesmo dando oportunidades a bandidos que se elegem e metem a mão no dinheiro público, mas essa é outra história.

João Ricardo Correia

8 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Futura ministra da Agricultura quer defender propriedade e frear “indústria de multa”

Futura ministra Tereza Cristina concede entrevista em Brasília (Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

Confirmada para o Ministério da Agricultura, a deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS) afirmou hoje (8) como será o perfil da sua pasta. Segundo ela, os produtores esperam segurança jurídica, defesa da propriedade e um ministério “mais moderno”, incluindo aumento no número de acordos comerciais.

A deputada federal vai se encontrar ainda nesta quinta-feira com o presidente eleito Jair Bolsonaro. Na conversa, ela disse que pretende saber o “tamanho” que o Ministério da Agricultura terá, se vai agregar a pesca e a agricultura familiar, por exemplo.

A futura ministra avaliou que toda vez que o Brasil recebe “um chamamento” para produzir, o setor produtivo responde de forma “firme e acertiva”. “[Mas], é preciso ter mercado”, ponderou.

Segundo Tereza Cristina, o Ministério da Agricultura deve se concentrar na produção sustentável e na redução do que chama de “indústria de multas”, repetindo a expressão utilizada com frequência pelo presidente eleito Jair Bolsonaro.

“Acabar com a indústria das multas, ter normas claras, ter um ambiente de negócios mais favorável. É o que o Brasil precisa para receber empreendimentos tanto externos quanto internos. Licenças serem mais ágeis não quer dizer perder segurança. Alguns processos precisam ser modernizados”, acrescentou.

Ao ser questionada sobre propostas em tramitação no Congresso relacionadas à defesa de propriedade e que podem enquadrar ocupações como ações terroristas, Tereza Cristina evitou se posicionar sobre os temas.

“Tenho um pouco de dúvidas porque já temos leis sobre isso. É uma coisa que tem de ser discutida com o [futuro] ministro [Justiça] Sergio Moro”, afirmou a deputada federal. Segundo ela, a equipe de transição trabalha também para analisar este tipo de assunto.

Por Karine Melo – Repórter da Agência Brasil / Brasília

7 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Não importa de onde saiam, balas devem abater criminosos que tocam terror no Brasil

Era madrugada desta terça-feira, 7, e entre um sono e outro, ouvia a programação da rádio CBN. Num determinado momento, um entrevistado, que não consegui saber quem era, afirmava que 60 ONGs estão preocupadas com a possibilidade levantada pelo governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, de colocar atiradores de elite para abater os bandidos que portam fuzis e outras armas de guerra, em via pública.

O tal sujeito ainda disse ter ouvido que drones poderiam ser usados nos ataques aos suspeitos e que isso era admissível. Segundo ele, o tráfico de drogas responderá à altura, podendo provocar mortes de inocentes.

O que não mais podemos aceitar é a bandidagem ditando as regras. Evidentemente, mortes de inocentes são cruéis, lamentáveis, mas vêm ocorrendo há anos, sem que o Estado tenha se preparado para enfrentar os bandidos. Também é verdade que muitos policiais não agem de maneira mais severa, porque sabem que sofrerão punições.

Não importa de onde venham as balas que acertem os marginais. O importante é que venham, e logo. As forças de segurança brasileiras precisam ter segurança jurídica para agir. A sociedade não pode mais ficar ajoelhada, deitada no chão, nos assoalhos dos ônibus, embaixo das camas, diante de criminosos covardes, sanguinários. Essa turma que anda abanando a bunda, portando fuzis, metralhadoras, deve mesmo ser abatida, pela continuidade da vida de homens e mulheres de bem, de crianças, de todos os brasileiros decentes.

João Ricardo Correia

1 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Bolsonaro avisa: “Forças Armadas vão fazer parte da política nacional”

O presidente eleito Jair Bolsonaro incluiu hoje (1º), pela primeira vez, o Ministério da Defesa entre os três superministérios de seu futuro governo – os dois outros são o da Justiça e o da Economia. “A Defesa é um outro superministério. As Forças Armadas vão sim fazer parte da política nacional. Não vão ser relegadas como nos governos de Fernando Henrique e do PT”, anunciou, em entrevista coletiva para emissoras de televisão.

Bolsonaro também deu outros detalhes sobre a estrutura de seu futuro governo. Disse que o ministérios da Agricultura e Meio Ambiente deverão mesmo ficar separados, mas avisou que ele escolherá os dois ministros. “Não vão ser as ONGs”, afirmou, referindo-se à pasta do Meio Ambiente. Ele se disse “pronto para voltar atrás” neste caso porque, primeiramente, relatou, o setor rural defendeu de forma unânime a união dos dois ministérios, mas depois se dividiu, por entender que a fusão prejudicaria o agronegócio no Exterior – onde é exigido dos exportadores o cumprimento de normas ambientais.

O presidente eleito também anunciou que o ensino superior sairá do âmbito do Ministério da Educação e passará a ser administrado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia. “Não temos nenhuma das nossas universidades entre as melhores do mundo e o nosso Marcos Pontes vai dar um gás especial para essa questão aí”, afirmou.

Perguntado se investiria mais nas universidades, disse que não. “Pelo contrário, nós queremos investir mais no ensino básico e médio”. Provavelmente, relatou, o seu governo deverá ter até 17 ministérios – hoje são 29.

Por Agência Brasil / Brasília

1 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Bolsonaro diz que Moro terá “liberdade” para escolher sua equipe

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse hoje (1º) que o juiz Sérgio Moro (FOTO), responsável pelas ações da Lava Jato na primeira instância, e futuro ministro da Justiça terá “total liberdade” e “meios” para escolher sua equipe, inclusive o nome para comandar a Polícia Federal. Segundo ele, Moro participará do governo de transição, mas antes vai tirar férias.

“Quem ganha é o governo Bolsonaro. Quem ganha é o Brasil”, disse o presidente eleito a emissoras católicas de televisão, logo após confirmar o nome de Moro para o superministério da Justiça, que deverá englobar as áreas de Segurança

Moro passou a manhã com Bolsonaro, na casa dele, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Segundo o presidente eleito, conversaram muito e concordaram em “100%” dos temas tratados. De acordo com ele, o juiz garantiu que os processos relativos à Operação Lava Jato não serão abandonados. “Ele me disse que a Lava Jato não será esquecida”, disse o presidente eleito.

Por Agência Brasil / Brasília

31 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

General Heleno defende uso de atiradores de elite contra criminosos

O general da reserva Augusto Heleno (FOTO), futuro ministro da Defesa no governo de Jair Bolsonaro (PSL), apoiou hoje (31) a polêmica proposta do governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), de usar atiradores de elite para conter criminosos que portem armamentos de uso restrito. O general da reserva disse que já fez uso da mesma “regra de engajamento”, no linguajar militar, enquanto atuava no Haiti e que não se trata de uma autorização para matar de forma indiscriminada. As declarações foram feitas hoje (31) em entrevista exclusiva à Rádio Nacional, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

“Minha regra de engajamento no Haiti era muito parecida com essa que o futuro governador colocou. É óbvio que muita gente faz uma distorção nisso e acaba dizendo que é uma autorização para matar. É uma reação necessária à exibição ostensiva que tem sido feita no Rio de Janeiro de armas de guerra nas mãos, muitas vezes, de jovens”, disse.

O militar lembrou que esses fuzis, normalmente, são empregados em ações que resultam em mortes de inocentes e de policiais envolvidos em confrontos e defendeu a retomada do respeito pelas forças legais. “Nós não vamos readquirir esse respeito com as regras de engajamento benevolentes que temos hoje”, destacou.

Por Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil / Brasília

23 out by João Ricardo Correia Tags:, , ,

TSE autoriza envio de tropas federais para 357 locais no segundo turno

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou hoje (23) o envio de tropas federais para 357 localidades a fim de garantir a segurança do segundo turno das eleições, que será realizado no próximo domingo (28).

Os militares vão garantir a tranquilidade do pleito nos estados do Acre, Amazonas, Ceará, de Mato Grosso, do Maranhão, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Pará e Tocantins.

No primeiro turno, as tropas foram enviadas para 513 localidades. A medida é prevista no Inciso XIV do Artigo 23 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737/65).

Os pedidos de requisição de militares foram formulados pelos tribunais regionais Eleitorais (TREs), com a finalidade de garantir a normalidade da eleição, o livre exercício do voto e o bom andamento da apuração dos resultados.

Por André Richter – Repórter da Agência Brasil / Brasília

15 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Governo da Segurança: Região Metropolitana de Natal terá videomonitoramento “até o final do ano”

Equipamentos como esses serão instalados até dezembro (Foto: Solano Braz)

Até dezembro próximo, o Rio Grande do Norte passará a contar com o videomonitoramento, com a instalação de 184 equipamentos que beneficiarão a Região Metropolitana de Natal, ficando o restante do Estado como está. Para um governador que, enquanto candidato, prometia ser o “governador da segurança”, parece que essa ferramenta tecnológica está chegando um “pouquinho” atrasada. Se bem que ele, mesmo com o alto índice de rejeição, segundo todas as pesquisas de intenção de votos, continua sorridente, andando e acreditando que será reeleito.

Abaixo, comunicado enviado à redação pela assessoria de comunicação da Interjato Soluções, responsável pela instalação:

A segurança pública do Rio Grande do Norte passará a ter mais uma ferramenta de auxílio: o videomonitoramento. Esta semana, o Governo do Estado publicou a homologação do processo licitatório, que é a última etapa necessária para o início da instalação dos 184 equipamentos que serão distribuídos pela região metropolitana de Natal e em funcionamento até dezembro desse ano.

7 ago by João Ricardo Correia Tags:, , ,

Cidades Seguras: especialista fará palestra sobre as novas tecnologias voltadas para a segurança nos centros urbanos


Está confirmada para o próximo dia 14 de agosto, no auditório do CDL Natal, a palestra “Cidade Segura com a Utilização de Tecnologia”, que será ministrada pelo consultor paulista e especialista em tecnologia César Leonel (FOTO), que irá expor para uma plateia composta por empresários, gestores públicos e privados, executivos e formadores de opinião como as novas tecnologias podem contribuir com a segurança nos centros urbanos. O evento terá início às 19 horas e a sua promoção é resultado da parceria entre o CDL Natal e o grupo potiguar Interfort Segurança, uma das maiores companhias de segurança privada do Nordeste, que emprega cerca de sete mil colaboradores em todo o País.

Segundo César Leonel, as inovações tecnológicas e os novos processos de gestão existentes são utilizados para melhorar a vida das pessoas que moram e trabalham nas cidades. “A palestra irá mostrar como a tecnologia pode ser utilizada para favorecer o quesito ‘segurança’, explica.

O especialista defende que os processos de gestão das tecnologias voltadas para o objetivo ‘cidade segura’ se adequam a qualquer centro urbano, seja Natal, São Paulo, Nova Iorque ou Paris. Ele relata que na cidade de Barueri (SP) foi implantado um sistema inteligente, programado para monitorar crimes e combater a violência através da adoção de tecnologia voltada para alarmar situações criticas.

10 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

RN atinge a marca dos 2.100 assassinatos em 2017

Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) informa: até às 06 horas de hoje, 10 de novembro de 2017, o Rio Grande do Norte já registrou 2.100 assassinatos, somente este ano.

Pois é… E olhe que o então candidato Robinson Faria prometia ser o “governador da segurança”. Imagine se não fosse.

3 nov by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Projeto que permite bloqueio de ruas será debatido na Câmara Municipal

A Câmara Municipal de Natal realiza nesta segunda-feira (06) uma audiência pública para debater o projeto de lei denominado “Bairro Seguro”, que permite aos moradores de ruas residenciais da capital potiguar o fechamento das vias na busca por mais segurança. A audiência pública é uma iniciativa da vereadora Nina Souza, que também é a autora da proposta em tramitação no Legislativo. A audiência pública ocorrerá a partir das 10 horas.

Nina destaca a importância do debate em torno do tema, principalmente diante da onda de violência crescente na cidade. “Os cidadãos de bem estão sendo feitos de reféns, literalmente, e não podemos ficar de braços cruzados. O dever da segurança é do Estado, mas se isso não acontece, temos que pensar em uma forma de enfrentar essa situação”, disse a parlamentar.

Segundo a proposta, a Prefeitura precisará expedir alvará autorizando a “instalação de equipamentos de sinalização e bloqueios em vias públicas, nos bairros considerados de zoneamento residencial, desde que não utilizados pelo sistema viário principal e pela rede estrutural de transporte coletivo”.

26 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

É o fraco! Robinson Faria será orador de encontro que tratará sobre a segurança no Brasil

Apesar dos mais de dois mil assassinatos somente este ano, dos salários dos servidores atrasados, etc, etc, o governador do RN, Robinson Faria, parece ter voltado do Vaticano mais forte que nunca. Pois não é que nesta sexta-feira, 27, por sugestão dele, haverá reunião que contará com as presenças do presidente Michel Temer; da ministra do STF Carmen Lúcia, dos presidentes da Câmara dos Deputados, do Senado e de mais um monte de autoridade. A pauta é a segurança!!! Isso mesmo!!! Afinal de contas, na campanha, Robinson prometia ser o “governador da segurança”. E tem mais: ele será orador do encontro, representando a região Nordeste!

 

Confira o comunicado da Assessoria de Comunicação do Governo do Estado:

O governador Robinson Faria participa nesta sexta-feira (27) do “Encontro de Governadores do Brasil pela Segurança e Controle das Fronteiras – Narcotráfico, uma emergência nacional”, em Rio Branco, no Acre. O objetivo é discutir a criação do Sistema Nacional de Segurança Pública e outros assuntos relacionados ao tema.

A reunião foi sugerida por Robinson durante o último encontro de governadores do Nordeste, ocorrido no dia 11 de maio, em Salvador. Neste encontro de amanhã, o chefe do executivo do RN foi convidado a ser orador, representando a região.

Estão confirmadas as presenças do presidente da República, Michel Temer; a ministra do STF, Carmen Lúcia, presidentes da Câmara Federal, Rodrigo Maia, e Senado, Eunício Oliveira, além de representantes de órgãos federais; embaixadores e governadores da Bolívia, Peru e Colômbia; Comando Militar da Amazônia; Comando do Exército Brasileiro e governadores do Brasil.

Com informações da Assecom

 

17 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , , ,

Equipes da Polícia Civil e do Itep estão na Cadeia Pública de Natal

Movimentação intensa de policiais civis e equipe do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), na Cadeia Pública de Natal, zona Norte da cidade. O repórter-fotográfico Ney Douglas registrou.

9 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , ,

Segurança pública é destaque na pauta do Senado nesta semana

A segurança pública é tema de uma série de propostas que podem ser votadas essa semana pelo Senado. Na pauta da sessão plenária desta terça-feira (10) está a proposta de emenda à Constituição (PEC) que cria as polícias penais federal, estaduais e distrital. Com isso, os agentes penitenciários passam a ter os direitos inerentes à carreira policial.

De autoria do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), a PEC 14/2016 acrescenta essas polícias ao rol dos órgãos do sistema de segurança pública e determina como sua competência a segurança dos estabelecimentos penais e a escolta de presos. Para o autor, além de igualar os direitos de agentes penitenciários e policiais, a proposta visa a liberar as polícias civis e militares das atividades de guarda e escolta de presos. A PEC já foi aprovada em primeiro turno e está pronta para a votação em segundo turno pelo Plenário. Se aprovada, seguirá para a Câmara dos Deputados.

Também está na pauta o projeto (PLC 44/2016) que transfere à Justiça Militar o julgamento de crimes cometidos por militares em missões de garantia da lei e da ordem (GLO), como a que ocorreu recentemente na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Na semana passada, houve uma tentativa de votar o projeto. Por falta de acordo, porém, a matéria foi retirada de pauta.

9 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

José Adécio prestigia assinatura de cooperação para ampliar videomonitoramento em Natal

O deputado José Adécio participou, nesta segunda-feira(9), da assinatura de cooperação entre a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal) para o desenvolvimento do projeto ‘Conectados com a Segurança’, que visa ampliar o videomonitoramento na capital potiguar.

Com a assinatura, o Centro integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) passa a ter acesso a câmeras de segurança particulares em vários pontos da cidade. A titular da Sesed, Sheila Freitas, destacou os benefícios que a segurança pública terá com o projeto. “Isso vai ajudar bastante as forças de segurança. Tanto no momento em que uma ocorrência estiver acontecendo, com a possibilidade de se deslocar viaturas para o local mais rapidamente, quanto para as investigações, já que as imagens ficarão armazenadas”.

Para José Adécio, a cooperação firmada é mais um passo em busca de melhorar a segurança em Natal. “Não podemos mais suportar tanta violência, tanta insegurança. Diariamente, falo sobre essas questões e tenho conversado muito com o governador Robinson sobre o que pode ser feito para oferecer aos potiguares melhores condições de viver em paz, com menos medo, com menos ações dos criminosos”, relata o parlamentar.

Empresas, condomínios ou qualquer pessoa jurídica que tenha interesse em aderir ao projeto pode entrar em contato com a CDL Natal no 4009-0000 ou pelo endereço de email segurança@cdlnatal.com.br.

 

Com informações da Assessoria de Imprensa da SESED

Fale no ZAP