10 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Festa do Boi começará na manhã da sexta-feira

Márcia Felipe será uma das atrações musicais do tradicional evento agropecuário

Vai começar o maior e mais tradicional evento agropecuário do Nordeste brasileiro. Em sua 56ª edição a Festa do Boi 2018, realizada pela Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc) em parceria com o Governo do Estado, Prefeitura de Parnamirim, BB, BNB, AGN, Senar, Emater, Fecomércio, Fiern e Sebrae, deverá movimentar mais de R$ 50 milhões em negócios e receber um público estimado em 330 mil pessoas no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, no período de 12 a 20 de outubro. Com uma programação de exposições, negócios e lazer diversificada, o evento promete ser uma grande pedida para a família potiguar.

O Parque Aristófanes Fernandes abre ao público às 8h do dia 12, com uma programação especial voltada às crianças, com parque de diversões, passeio de pônei, fazendinha e espaço aventura (uma das novidades deste ano, que contará com escalada kids, parque de arvorismo e tirolesa, entre outras atrações). Haverá ainda, na Arena de Shows, o “Show da criançada”, com alguns dos principais personagens infantis dos desenhos da Pixar e da Disney, além de um show da Larissa Manoela Cover. Lembrando que o acesso ao parque é feito com o pagamento de uma taxa única de R$ 5, sendo cobrado R$ 2,50 de estudantes e maiores de 60 anos.

A abertura oficial será na sexta, 12, a partir das 17h, pelo presidente da Anorc, Marcelo Passos Sales, e pelo governador, Robinson Faria. Deverão participar da solenidade de abertura dirigentes de núcleos e associações de criadores, representantes de parceiros e patrocinadores da Festa.

29 ago by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Banda Duat inicia temporada de festivais

Com arranjos bem elaborados, letras complexas e originalidade, a Banda Duat é uma das novas revelações da música potiguar nesta temporada. Formada em 2016, Duat é composta por Cyro Morais (vocal), Victor Sitonio (contrabaixo), Mozart Neto (guitarra base), Gregório Tinôco (guitarra melódica) e Garibaldi Soares (bateria).

A origem do nome da banda nasce na mitologia egípcia – sendo abreviativo – Duat referência ao submundo post mortem onde a alma é julgada para alcançar sua imortalidade ou perecer em eterno esquecimento.

De acordo com Cyro Morais, a banda “passeia por influência e intenções diversas, mas tendo como alicerce comum a dicotomia, a abstração e a introspecção”. E como ponto de confluência entre seus membros misturam temas sensíveis à filosofia, á psicologia e ao cotidiano emocional, de onde muito é retirado para a construção lírica. O resultado destes ingredientes não poderia ser melhor: o som flutua entre o jazz, o post-rock, trip hop, bossa nova, soul e o rock progressivo.

9 abr by Henrique Goes Tags:, , , , ,

MINISTÉRIO PÚBLICO DEFLAGRA OPERAÇÃO EM MACAU E GUAMARÉ PARA DESARTICULAR ESQUEMA FRAUDULENTO DE SHOWS MUSICAIS

O Ministério Público deflagrou na manhã desta terça-feira, 09, a operação Máscara Negra com o objetivo de desarticular esquemas de contratação fraudulenta de shows musicais, estrutura de palco, som, trios elétricos e decoração para eventos realizados nos municípios de Macau e Guamaré entre os anos de 2008 a 2012.

Imagem de internet

Só no ano passado a prefeitura de Guamaré gastou mais de R$ 6 milhões em festividades, enquanto que a de Macau chegou à cifra de R$ 7 milhões entre 2008 e 2012. Esses gastos com contratações de bandas e serviços para festas compreendem mais de 90% do recebido em royalties no período e mais de 70% do recebido em FPM.

Foram expedidos pelo juízo da Comarca de Macau 53 mandados de busca e apreensões, 14 mandados de prisões temporárias, a suspensão do exercício da função pública de 8 servidores públicos além da suspensão parcial do exercício da atividade econômica de 4 empresários e suas respectivas empresas.

As provas apontam que empresários do ramo artístico atuavam na região, alternando-se na fraude aos procedimentos licitatórios e fornecendo suas empresas e bandas aos superfaturamentos.

Em Guamaré, o suposto grupo criminoso era liderado por familiares do ex-prefeito, que controlava os principais cargos políticos do Poder Executivo municipal. Já em Macau, o esquema tinha como líderes o então Chefe do Executivo e o presidente da Fundação Municipal de Cultura.

Os elementos colhidos pela Justiça dão conta de que eram desviados recursos das prefeituras por meio de contratações com superfaturamento de preços e mediante uso de intermediários não exclusivos e de laranjas.

Estima-se que aproximadamente R$ 3 milhões foram desviados por ordem dos então prefeitos e demais agentes públicos a empresários do ramo artístico, a pretexto de fomento da economia local.

A Operação Máscara Negra contou com o apoio de 200 policiais militares e foi coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO). E faz parte da Operação Nacional contra a Corrupção deflagrada na manhã de hoje em 12 outros Estados pelo Ministério Público brasileiro, por meio do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), em parceria com a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícias Civis e Militares, Controladoria-Geral da União, Tribunal de Contas de Rondônia, Receita Federal, Receitas Estaduais.

 

Fonte: MPRN

Fale no ZAP