26 set by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

TAM e Banco do Brasil condenados a indenizar por cobrar compras não autorizadas

A juíza Maria Cristina Menezes de Paiva Viana, do Grupo de Apoio às Varas Cíveis em atuação na 11ª Vara Cível de Natal, condenou solidariamente a Tam Linhas Aéreas S/A e Banco do Brasil S/A a pagar a uma consumidora a quantia de R$ 14.497,55 a título de indenização pelos danos materiais e ainda ao pagamento de R$ 5 mil, a título de compensação pelos danos morais, provocados por cobranças ilegais advindas de compras feitas com cartão de crédito sem consentimento da proprietária.

Na ação judicial, a consumidora afirmou que no dia 31 de agosto de 2011 efetuou compra de passagem aérea na Tam Linhas Aéreas no valor de R$ 941,33, utilizando-se o cartão do Banco do Brasil, em cinco parcelas, na qual o pagamento era feito através de débito automático na sua conta corrente.

20 maio by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Atraso em voo deixa passageiros esperando quase três horas dentro de aeronave

AEROPORTOSGAEUDES2_CEDIDA

Do advogado Eudes Pinheiro, o Portal Companhia da Notícia recebeu a seguinte informação, às 14 horas de hoje, 20 de maio de 2016:

“Passageiros da TAM, que deveriam ter voado  para Fortaleza/CE às 11 horas, estão aglomerados no saguão do aeroporto de São Gonçalo do Amarante/RN, depois de terem esperado por quase três horas, dentro da aeronave, sem qualquer informação ou assistência. Entre os passageiros estão mulheres e crianças. O pessoal de solo da TAM informa que o voo direto para Fortaleza,  que deveria demorar 40 minutos, não será reposto. Em vez disso, os passageiros estão sendo redirecionados para Brasília e Rio de Janeiro, sem garantia sequer de conseguirão voar de lá para Fortaleza”.

O advogado também enviou as fotografias.

AEROPORTOSGAEUDES1_CEDIDA

AEROPORTOSGAEUDES3_CEDIDA

30 abr by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

TAM abrirá seu palco para receber cultura dos municípios potiguares

CHUVADEBALANOPAISDEMOSSORO1
Cena do espetáculo teatral “Chuva de bala no país de Mossoró”

O saudoso folclorista Deífilo Gurgel já disse que o Brasil é o país mais folclórico do mundo, e o Rio Grande do Norte é o Estado de folclore mais rico do Brasil. Portanto, o folclore potiguar é o mais diversificado e consistente do mundo. O interior do Rio Grande do Norte tem muito o que mostrar. E pensando nisso, o diretor do Teatro Alberto Maranhão, Toinho Silveira, idealizou um projeto mensal para trazer uma representação da cultura de cada município potiguar para o palco do TAM. A estreia seria em maio, com Mossoró.

“A ideia é que a cultura do interior seja mostrada aos potiguares e turistas no palco do mais tradicional teatro do Estado. É uma vitrine boa para eles, gera atividade aos artistas e, ao mesmo tempo, traz uma receita mínima ao TAM”, destacou Toinho Silveira. O diretor ainda irá conversar com prefeitos. A prioridade será dada aos municípios cuja Casa de Cultura esteja em plena atividade. A estreia seria com a mostra do Mossoró Cidade Junina, que acontece em junho e movimenta mais de 40 atividades culturais no município.

A proposta é que as prefeituras arquem com a pauta do teatro e os cachês dos grupos e artistas. O TAM, através do Governo do Estado e Fundação José Augusto, cederia o espaço. “Tenho alguma conversa adiantada com o prefeito de Mossoró, Silveira Júnior. Mas quero a participação de quem faz a cultura no nosso interior. Nosso Teatro e a cultura potiguar ganharão. É uma iniciativa de baixo custo e de visibilidade às prefeituras”. E concluiu Toinho Silveira: “Com criatividade damos palco ao artista e geramos receita ao TAM”.

Fonte: Assessoria de Comunicação do TAM

22 abr by Marcelo Hollanda Tags:, , , , ,

Quando não há planejamento, vai a vontade política

Imagem Fernanda Zauli, portal G1

A expressão “vontade política” deveria ser banida da economia brasileira. Especialmente em países onde a corrupção tem como vetor os poderes Executivo e Legislativo.

A discussão reaberta nesta terça-feira pela TRIBUNA DO NORTE, em matéria assinada pelo jornalista Ricardo Araújo, dá conta das dificuldades do aeroporto Aluizio Alves para servir de RUB do ambicioso projeto da TAM.

Recapitulando.

O RN disputa com o Ceará e Pernambuco a condição de abrigar um investimento de 1,5 bilhão da TAM Linhas Aéreas para a construção de um parque  de estocagem da companhia na região Nordeste.

O problema para nós, como sempre, é  a deficiente infraestrutura de acessos, embora o governador já tenha desonerado de 17% para 12% o ICMS sobre o QAV (querosene de aviação) para atrair de volta os voos perdidos.

Os presidentes das Federações da Indústria e do Comércio se apressaram a declarar que o projeto é perfeitamente possível, embora reconheçam que a falta de acessos ao terminal seja o maior obstáculo a essa pretensão, entre outros problemas.

Voltando à expressão malfadada “vontade política”.

Desde os tempos de imemoriais é a vontade de políticos que provoca inaugurações que trazem votos e prestígio a governantes. Isso funcionou nos últimos séculos para ser bastante conservador na conta. Mas esse tempo acabou.

A construção do aeroporto de São Gonçalo não deveria anteceder às obras de infraestrutura, bem como as torres eólicas não deveriam acontecer antes da construção de “linhões” de energia. Mas num país onde a “vontade política” é reverenciada como os políticos,  a coisa não funciona assim. O cinco vem antes de dois e o dez antes de sete.

Mais uma vez, a solução mágica (antes da racional) virá de um político. O novo Ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. É dele que se espera a pressão para que a TAM engula goela abaixo todas as deficiências de infraestrutura e aceite de bom grado investir num RUB para o RN.

Será que desta vez vai dar certo?

19 jul by Henrique Goes Tags:, , ,

‘Divas’ levam ao palco do TAM o melhor da música erudita

Uma cantora com longa estrada em palcos internacionais e duas professoras de canto lírico da UFRN são as “divas” que vão conduzir o espetáculo Viva L’opera. Uma noite especial no Teatro Alberto Maranhão regada a muita música erudita. Será quarta-feira, dia 24 às 20 horas. Além das cantoras soprano Alzeny Nelo, Angela Maria e Nazaré Rocha, participam ainda os pianistas Marluze Romano, Guilherme Rodrigues e Igara Cabral, os bailarinos Arcanjo Diego, Júlia Vasques e Thazio Menezes,  e também o coral In Versão Vocal e a Camerata de Vozes do Rio Grande do Norte. Os ingressos podem ser adquiridos diretamente com os coralistas da Camerata de Vozes ao preço promocional de R$10 até o dia 22 de julho.

viva la opera
Divulgação

O espetáculo Viva L’opera é mais uma produção e realização da Camerata de Vozes do Rio Grande do Norte, coral regido pelo Pe. Pedro Ferreira. Serão executadas árias de óperas consagradas como Carmen e La Boheme. A Camerata se prepara para uma série de apresentações na Holanda e Alemanha em setembro deste ano, onde levará para a Europa a cultura musical do RN através do excelente trabalho de canto coral desenvolvido pelo grupo. Toda a renda gerada com o show Viva L’opera será revertida para a causa.

Participam da Camerata de Vozes do Rio Grande do Norte 35 cantores entre profissionais e amadores, entre eles as sopranos Alzeny e Angela – duas das três vozes do Viva L’opera. A camerata recebe preparação vocal da soprano Alzeny Nelo e direção musical e regência do Pe. Pedro Ferreira. Atuando há pouco mais de dois anos, a Camerata de Vozes do RN coleciona apresentações importantes, entre elas a participação no 18º Festival Unicanto de Corais no Paraná em outubro de 2012.

 

 Serviço:

Espetáculo de música erudita Viva L’opera

Quarta-feira, 24 de julho às 20 horas

Teatro Alberto Maranhão

Informações – 8805-6686,  9666-2474, 8728-2476, 9431-3359

Fonte: Assessoria de Imprensa da EMUFRN

24 maio by Henrique Goes Tags:, ,

‘OS CHICOS’ REVISITAM FASES DE CHICO BUARQUE COM BOSSA E SWING; SHOW 04 DE JUNHO, NO TAM

Trilhar em um novo ritmo o caminho já percorrido – com letra e melodia-, por Chico Buarque em décadas de produção. Se o objetivo soa como pretensioso, o resultado pode ser surpreendente. O potiguar Rafael Barros e o carioca Tiago Landeira apresentam no dia 04 de junho (uma terça) o show “Os Chicos”, no qual revisitam com bossa e swing fases daquele que mexe com o imaginário de muita gente, seja pela obra, seja pelos olhos azuis.

O repertório, cuidadosamente escolhido, levará ao público as muitas faces do compositor, cantando o amor, o Brasil, a política, e mesclando música e poesia em doses certas. Participam do show os músicos Bruno Barros e Egberto Trigueiro nos violões e o percussionista Dudu Campos, além dos bailarinos Charles Sales, Rodrigo Silbat, Thazio Menezes e Natália Negreiros.O espetáculo Os Chicos já tem data certa de estreia, será dia 04 de junho em única apresentação no Teatro Alberto Maranhão.

CARTAZ COMPLETO OS CHICOS
Arte: Rita Machado

A junção dos timbres agudo (tenor – Tiago Landeira) e grave (barítono – Rafael Barros), é um dos diferenciais do show d’Os Chicos. A vozes com diferentes cores se entrelaçam em arranjos vocais diferenciados, que aliados à força do repertório de um dos maiores compositores do Brasil, Chico Buarque, e munidos do auxílio luxuoso da viola de sete cordas e violão, se desdobram em interpretações que vão muito além do samba. Um espetáculo de bom gosto que promete revelar ao cenário artístico natalense um novo jeito de fazer música.

O PROJETO MUSICAL

Os Chicos é produzido pela Camerata de Vozes do Rio Grande do Norte, coral regido pelo Pe. Pedro Ferreira. A Camerata se prepara para uma série de apresentações na Holanda em setembro deste ano, onde irá levar para a Europa um pedaço da cultura do RN através do excelente trabalho de canto coral desenvolvido pelo grupo. Toda a renda gerada com o show Os Chicos será revertida para a causa.

Participam da Camerata de Vozes do Rio Grande do Norte 35 cantores entre profissionais e amadores. A camerata recebe preparação vocal da cantora lírica Alzeny Nelo e direção musical e regência do Pe. Pedro Ferreira. Atuando há pouco mais de dois anos, a Camerata de Vozes do RN coleciona apresentações importantes, entre elas a participação no 18º Festival Unicanto de Corais no Paraná em outubro de 2012.

 

OS CHICOS

OS CHICOS por Rita Machado 3
Thiago Landeira (esquerda) e Rafael Barros misturam bossa e swing na interpretação de clássicos de Chico Buarque
Foto: Rita Machado

Rafael Barros e Tiago Landeira trabalham como coralistas da Camerata de Vozes do Rio Grande do Norte, grupo regido pelo Pe. Pedro Ferreira. Tiago Landeira cantou em diversos coros da capital potiguar, sendo a sua mais recente participação registrada junto ao grupo vocal Octovoci, com o qual apresentou o show Vestindo Beatles, espetáculo aclamado por crítica e público. Rafael Barros participou do Coral da UnP, e em 2010 ficou entre os 40 finalistas dentre os 43.000 participantes do programa Ídolos. Amante da noite, Rafael tem se apresentado em bares da cidade, dando sempre especial atenção ao samba em seu repertório. A exemplo disso, apresentou em 2011 show especial em homenagem a cantora Maria Rita.

 

SERVIÇO:

Os Chicos – canta Chico Buarque

04 de junho, 20h, Teatro Alberto Maranhão

Ingressos R$10,00 na bilheteria do teatro

Contato: 8834-6863/ 8805-6686

 

Com informações da Assessoria de Imprensa d’ Os Chicos

27 mar by Henrique Goes Tags:, ,

TAM: CHIQUINHA GONZAGA NO TABLADO

Uma ótima oportunidade para conhecer ou mergulhar na obra da grande compositora Chiquinha Gonzaga. A programação do Dia Mundial do Teatro, neste dia 27, no Teatro Alberto Maranhão, traz a partir das 18h30,  o espetáculo “Nas ondas do rádio com Chiquinha Gonzaga”, da Cia Bagana de Teatro, e concerto especial da OSRN.

chiquinha
Divulgação

O musical, criado em 2011, se passa em um programa de rádio e divulga 14 canções de autoria de Chiquinha Gonzaga, numa alusão a era dos cantores do rádio. O espetáculo tem 40 minutos de duração e 07 peças em cena – quatro cantoras, uma locutora e dois músicos. A produção geral é de Joriana Pontes.

Informações pelos telefones: 3222-3669 / 3232-9704

Com informações da Assessoria da SecultRN/FJA

Fale no ZAP