Tag: trânsito

12 out by João Ricardo Correia Tags:, , , , , , ,

Lei Seca: multa para quem for pego alcoolizado ao volante será de R$ 2.934,70

lei_seca

Quem for pego pela Operação Lei Seca dirigindo alcoolizado ou se recusar a fazer o teste do bafômetro, a partir do dia 1º de novembro, pagará uma multa muito superior ao valor cobrado atualmente, que é de R$ 1.915. Devido a  mudanças na legislação de trânsito, o valor subirá para R$ 2.934,70 e o motorista ainda terá a carteira de habilitação suspensa pelo prazo de 12 meses.

O motorista que falar ao celular enquanto dirige também será penalizado com mais rigor: de infração média (multa de R$ 85,13) para gravíssima (R$ 191,54). E quem estacionar indevidamente em vaga de idoso ou deficiente perderá sete pontos na carteira.

1 jul by João Ricardo Correia Tags:, , , , ,

Passarela na avenida Salgado Filho padece com falta de manutenção

PASSARELA1_WALDIRBARROSO

Waldir Barroso

Construída para facilitar a vida das pessoas que se aventuravam a atravessar a avenida Salgado Filho, uma das mais movimentadas de Natal, e para desafogar o caótico trânsito, a passarela que fica ao lado da Igreja Universal está com sérios problemas em sua estrutura.

O descaso do poder público coloca em risco a vida daqueles que a atravessam. Durante todo o seu percurso, nota-se claramente o abandono em que o equipamento se encontra, com as grades de proteção completamente tomadas pela ferrugem, podendo ocasionar sérios acidentes. O mais incrível é que até o elevador, que existia, simplesmente desapareceu. O que causa sérios problemas a pessoas deficientes e idosos, pois muitos deles, se dirigem a uma agência do INSS, para se submeterem a avaliação da junta médica ou em busca de informações de aposentadoria e não são respeitados nos seus direitos.

22 jan by João Ricardo Correia Tags:, , , , , ,

Prefeitura de Parnamirim instala câmeras de monitoramento no litoral

CAMERASPARNAMIRIM1

O trânsito do litoral de Parnamirim(RN) está sendo monitorado 24 horas por dia, através de dez câmeras de segurança. Este ano, foram instaladas o dobro de equipamentos em relação a 2015.

O sistema tem como objetivo divulgar informações sobre o tráfego de carros e pessoas nos principais pontos da praia de Pirangi e coibir possíveis ações criminosas. As imagens são acompanhadas diariamente pelas secretarias municipais de Trânsito e Turismo.

De acordo com o assessor de tecnologia da informação, Dario Medeiros, a ação já é tradição em Parnamirim. “Esse é o terceiro ano que implantamos as câmeras e percebemos que a população se sente mais segura com a presença dos equipamentos. Além da prefeitura ter acesso a essas imagens, também vamos disponibilizar o serviço para a Polícia Militar e CIOSP para acompanhar a movimentação em tempo real”, explica Medeiros.

As câmeras estarão funcionando até a segunda quinzena de fevereiro, quando termina o veraneio e diminui a circulação de pessoas no litoral. Para mais informações sobre o monitoramento, ligar para o Grupo de Ciência e Tecnologia pelos telefones: 3644-8333/ 3644-8101 ou pelo e-mail: gcti@parnamirim.rn.gov.br.

Confira os locais de monitoramento:

Câmera IP – 1: Feirinha de frutas em Pium
Câmera IP – 2: Cotovelo
Câmera IP – 3: Portal de entrada de Pirangi
Câmera IP – 4: Portal de saída de Pirangi
Câmera IP – 5: Feirinha de Pirangi próximo ao Posto de Saúde
Câmera IP – 6: Lateral do Maior Cajueiro do Mundo
Câmera IP – 7: Frente do Maior Cajueiro do Mundo
Câmera IP – 8: Praça São Sebastião em Pirangi
Câmera IP – 9: Praça São Sebastião em Pirangi
Câmera IP – 10: Próxima ao restaurante Comeu Morreu

 

Fonte: Portal da Prefeitura de Parnamirim

2 maio by João Ricardo Correia Tags:, , , ,

Movimento Maio Amarelo pede atenção pela vida no trânsito em Natal

MAIOAMARELO_DIVULGACAOSTTU

Uma série de ações integradas entre órgãos, instituições e organizações não governamentais marcará a agenda do movimento Maio Amarelo na cidade. A iniciativa será coordenada pela Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana. O lançamento oficial será na segunda-feira (4), na Faculdade Maurício de Nassau, unidade da Av. Engenheiro Roberto Freire, às 17 horas.

Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes no trânsito e que tem como objetivo colocar em pauta, para sociedade, o tema trânsito e estimular a participação da população, empresas, governo, entidades e associações em ações voltadas para segurança no trânsito. Maio marca também a Semana Mundial de Segurança ao Pedestre e o amarelo foca a atenção a sinalização de advertência do trânsito.

A programação oficial está sendo definida e deverá ser anunciada nos próximos dias. Mas, entre as ações, já estão previstas palestras, apresentações teatrais, mesas redondas, passeios ciclísticos. Tudo com o objetivo de reduzir o número de mortos e feridos no trânsito.
“Um mês inteiro de ações voltadas para conscientização sobre segurança e a cultura de paz no trânsito. Maio Amarelo é um convite à reflexão do nosso comportamento no trânsito. Vamos, portanto, fazer do trânsito um lugar seguro para todos: pedestres, ciclistas, motociclistas, passageiros e motoristas”, destaca a secretária da STTU, Elequicina Maria dos Santos.

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação / Foto: Divulgação STTU

20 fev by Henrique Goes Tags:, , ,

ASSOCIAÇÃO ENTRE ÁLCOOL E DIREÇÃO É RESPONSÁVEL POR 21% DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO

Pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde revela que 21% dos acidentes ocorridos no trânsito e cujos atendimentos foram feitos na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) tinham como causa a ingestão de bebida alcoólica. Isso representa que de cinco casos, pelo menos um foi ocasionado por imprudência em decorrência de embriaguez. Os dados são referentes ao ano de 2011.

trânsito
Divulgação

De acordo com o levantamento do órgão ministerial, 22,3% dos condutores, 21,4% dos pedestres e 17,7% dos passageiros envolvidos em acidentes possuíam sinais de embriaguez ou confirmaram o consumo de álcool.As principais vítimas desta modalidade acidentes estão entre 20 e 39 anos de idade.

O estudo também revela que 54% dos homens que sofreram violência e 24,9% dos que sofreram acidente de trânsito estavam alcoolizados,ao passo que no caso das mulheres os números foram, respectivamente, 31,5% e 10,2%.

O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, destacou que  40% das vítimas de acidente de trânsito e 28% das vítimas de violência possuem de 9 a 11 anos de escolaridade. “A imagem de que a vítima de violência associada ao álcool é algo presente apenas em população de baixa renda e com baixa escolaridade não se sustenta com esses dados”, disse.

Para o gestor da pasta da saúde, o resultado traz informações novas sobre as consequências que as mortes associadas ao álcool trazem ao país. “Estamos perdendo vítimas não só em uma faixa extremamente produtivas, mas também com grau de instrução extremamente qualificado”, explicou ele desmistificando a ideia de que os menos instruídos eram as principais vítimas.

O levantamento faz parte do Sistema Vigilância de Violências e Acidentes (Viva) do Ministério da Saúde,e  foi feito em 71 hospitais públicos de urgência e emergência em 2011. O documento  mostra que o consumo de álcool tem forte impacto nos atendimentos de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde (SUS). A pesquisa ouviu 47 mil pessoas em todas as capitais e no Distrito Federal.

Segundo o ministro da Saúde, em 2011, foram investidos R$ 200 milhões na internação de vítimas de acidentes de trânsito, “sem contar com reabilitação e com segunda cirurgia, muito frequentes em vítimas de acidentes”.

 

Com informações da Agência Brasil

 

18 jan by Henrique Goes Tags:, , ,

PREVIDÊNCIA PODERÁ COBRAR DE AUTORES DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E NO TRÂNSITO BENEFÍCIOS CONCEDIDOS ÀS VÍTIMAS

Ao considerar que a violência doméstica contra a mulher e os acidentes de trânsito originados por faltas gravíssimas resultam em danos que levam vítimas a dependerem de benefícios da Previdência Social – como nos casos em que precisam se aposentar por invalidez -, será apreciado no Senado o Projeto de Lei 264/2012. A partir dele, a Previdência poderá cobrar dos responsáveis os valores pagos via benefícios previdenciários. O projeto é de autoria do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) e tem como relator Vital do Rego (PMDB-PB).

876bf0d06d19e26d37c3ab00d016af7b_XL
Imagem de internet

As duas modalidades de infrações penais poderão ser inclusas no rol das causas de ações regressivas, meio pelo qual quem sofreu eventual ônus financeiro, para o qual não contribuiu com culpa ou dolo, pode exercer o seu direito de ser ressarcido pelo verdadeiro causador do dano. O objetivo de tal medida é diminuir os gastos do Instituto Nacional de Previdência Social (INSS) provocados de forma criminosa ou negligente.

Ao justificar o projeto, Carlos Valadares diz esclarece que, a exemplo do que já acontece em relação aos acidentes do trabalho, que acarretam ação regressiva contra os empregadores que descumprem as regras de saúde e segurança, a possibilidade de se aplicar o mesmo princípio sobre os protagonistas de crimes gravíssimos de trânsito e de violência contra a mulher terão um forte impacto na redução de acidentes e da violência, em razão da sua dimensão punitiva e pedagógica.

Quanto à cobrança dos autores pelo ressarcimento dos benefícios previdenciários pagos às vítimas, fica a cargo do INSS a comprovação do dano, a culpa do responsável pelo fato e o nexo causal entre a culpa e o evento causador do dano.

 

Com informações da Agência Senado

12 jan by Henrique Goes Tags:, ,

AUMENTA GRAVIDADE DE MULTA POR DIRIGIR FALANDO AO CELULAR

A Comissão de Viação e Transportes vai apertar os cintos dos condutores de veículo que possuem o hábito de falar ao celular enquanto dirigem. Foi aprovada a reclassificação, de média para grave, da multa referente a esta infração no trânsito.

Na prática, ser pego ao celular vai originar 5 pontos na carteira e onerar o bolso do motorista em R$ 127, 69. Sem contar que tal transgressão à legislação e ao bom senso representam risco real de acidente e morte.

Mobile phones and driving
Celular: uma arma perigosa no trânsito
Foto: Internet

O Código de Trânsito Brasileiro estabelece quatro níveis de multas:

– gravíssima: R$ 191,54 e ainda 7 pontos na carteira (o valor pode ser multiplicado em até 5 vezes em certas circunstâncias);
– grave: R$ 127,69 e 5 pontos na carteira;
– média: R$ 85,13 e 4 pontos na carteira; e
– leve: R$ 53,20 e 3 pontos na carteira.

 

Com informações da Câmara Notícias

Fale no ZAP