Terceirizadas defendem transmissões ao vivo das licitações e prometem fiscalizar próximo Governo do RN

20 out by João Ricardo Correia

Terceirizadas defendem transmissões ao vivo das licitações e prometem fiscalizar próximo Governo do RN

Empresários que vendem serviços ao Governo do Rio Grande do Norte se articulam para, a partir de janeiro de 2019, independente de quem seja eleito, Fátima Bezerra ou Carlos Eduardo Alves, montar uma “força-tarefa” para evitar benefícios ilegais que estariam sendo oferecidos a políticos, por meio das terceirizadas.

Segundo fontes do Companhia da Notícia, é “cultural” a prática de políticos e/ou seus “laranjas” interferirem nas gestões públicas, indicando empresas prestadoras de serviços que seriam usadas como cabides eleitorais. Licitações seriam fraudadas no esquema.

“É muito difícil sobreviver nesse meio, porque empresários ligados a grupos políticos sempre são beneficiados. Infelizmente, além de pagarmos impostos exorbitantes, ainda precisamos ver tantas injustiças. São esquemas, demissões em série, tudo como parte de um jogo de troca de interesses com políticos. Temos conhecimento que também rola muita propina nesse meio. Vamos ficar de olho e denunciar qualquer tipo de fraude”, relatou um empresário, que prefere não ser identificado, temendo represálias.

Outra fonte deste informativo revelou que será sugerido, na Assembleia Legislativa, que seja criada uma lei para que sejam transmitidas, ao vivo, pela internet, todas as licitações, para que não pairem dúvidas sobre suas licitudes.

João Ricardo Correia

ByJoão Ricardo Correia

Formado em Comunicação Social pela UFRN. Experiências profissionais em rádio, jornais, TV, informativos virtuais e assessorias de imprensa. Editor geral do Portal Companhia da Notícia.

Deixe seu comentário

Fale no ZAP